• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Melodias Inéditas vão terminar em 15 anos

Status
Fechado para novas mensagens.

TT1

Dilbert
Cálculos feitos pelo supercomputador da IBM Deep Blue estimam que dentro de 15 anos não haverá mais combinações possíveis entre as notas musicais para a elaboração de novas melodias. Os complexos cálculos levaram em conta as leis que definem o plágio musical e a freqüência com que músicas são lançadas em todo o mundo. O resultado do estudo só deve ser publicado no segundo semestre deste ano, pois matemáticos e engenheiros da IBM querem refazer as equações para diminuir a margem de erro da previsão.


A preocupação sobre o futuro da música já tinha sido motivo de discussão em seminários internacionais de musicistas. Muitos teóricos alertavam a comunidade musical para o esgotamento das combinações, enquanto muitos artistas já vinham comentando sobre a dificuldade de criar novas melodias. "Nossos cálculos vêm confirmar uma suspeita antiga dos estudiosos da música. Sempre se soube que um dia as múltiplas combinações chegariam ao fim, afinal a base de tudo são apenas sete notas. Não podemos esquecer que há milênios o homem vem criando melodias", declarou o matemático americano Gerald Hirschof, chefe da equipe responsável pelo estudo da IBM.


O presidente da Associação Internacional de Música, Abrahan McPhills, um dos maiores estudiosos do tema, afirma que a situação piorou nas últimas décadas com o crescimento da indústria musical. "Desde a década de 80 a mídia criou um cenário que precisa ser constantemente preenchido por novidades. O mercado acelerou o processo de composição musical. Se fosse mantido o padrão das décadas anteriores, as combinações entre as notas e suas variações garantiriam séculos e séculos de novas melodias. Hoje em dia há uma constante demanda por novas músicas. A cada dia, centenas de combinações musicais são desperdiçadas em canções de baixa qualidade, que são descartadas como faixas usadas apenas para completar álbuns de artistas que só fazem sucesso por um ou dois anos", diz McPhills. O músico lidera uma corrente que sugere a mudança nas regras sobre a definição do que é plágio como forma de não estagnar o processo de composição. "Algo precisa ser feito para garantir o futuro dos músicos. Propomos mudanças nas leis para que artistas de talento possam pegar músicas já registradas, dar novos tratamentos a elas, alterar letras e entregar ao público uma nova obra", defende McPhills.


Odisseu Kapyn

8O 8O
 

Fëaruin Alcarintur ¥

Alto-rei de Alcarost
Minha nossa.
8O

Será possível??

Sei lá, sempre surge alguma alguma coisa nova, uma combinação que teoricamente não daria certo, mas sonoramente fica muito bom, e o público aceita bem. Novos estilos que surgem, outros que ressurgem...

É algo estranho de se pensar, realmente.

Mas de qualquer maneira, é até assustador. 8O

Lembrete mental: Melhor voltar a compor... rápido...
 
S

Silenzio

Visitante
Nossa, eu já tinha pensando nisso mas nãoq ue fosse acontecer tão logo. Putz, só no Metal existe tanta coisa, a cada dia nasce centenas de bandas novas. Mas assim, acho que as notas vão se recilar, a atmosfera muda e as notas são iguais...
 
8O :tsc: 8O :tsc:
Que terrivel...bom, mas...ah muito deprimente falar sobre isso...mas só uma coisa, as músicas orientais levam em consideração a mesma base de 7 notas?
Eu acho que eu tinha lido alguma coisa sobre isso...
 

inominavell

Usuário
Maldito`Tuelho disse:
8O :tsc: 8O :tsc:
Que terrivel...bom, mas...ah muito deprimente falar sobre isso...mas só uma coisa, as músicas orientais levam em consideração a mesma base de 7 notas?
Eu acho que eu tinha lido alguma coisa sobre isso...
Sim..

Olha, é o seguinte......

A música não é só composta de Melodia. Isso implica que as musicas não serão todas iguais daki a 15 anos..
Fui numa palestra sobre isso quando fazia conservatório, e o palestrante, regente da sinfonica de sp (esqueci o nome do truta heheh) disse que mesmo com o esgotamento das melodias a musica não iria estacionar.
Ele disse que o grande problema será com relação ao plágio: Terá de se formar uma nova lei sobre o mesmo, ja que combinações melódicas se esgotaram. Sim este será o problema maior para musicos..
Agora, e o Público???
Bem, o publico ja sofre a mais ou menos 10 anos com a falta de melodias diferenciadas, e também com melodias disperdiçadas pela industria fonográfica. 25 anos à frente, acredito que, se alguém ainda tiver bom senso musical, este alguém nunca mais ligará o rádio, ou assistirá à MTV.

é isso... ;)
 
É mais ou menos como eu pensava, mesmo assim, pouca coisa boa (ao meu ver, é bom dizer) tem surgido ultimamente, não que nós devamos nos tornar nostalgicos e só gostar do que faziam, o negócio é ter fé na música :mrgreen: .
 

KK

Banned
Esse eh o problema...as milhares de melodias que foram disperdiçadas com lixo músical sem qualidade alguma. Mas como o Inominavell disse, as músicas não são apenas compostas pela melodia...elas não serão iguais. Bom...naum sei...complicado pensar nisso...
 

inominavell

Usuário
Além disso, quem produz as musicas somos nós.
Alguém ja viu algum ser humano igual (identico) ao outro psicologicamente?
 

KK

Banned
Ai que vai ser levado em conta a criatividade de cada compositor. O estilo do som tmb vai influir...naum vai ser igual...
 

KK

Banned
Com certeza...mas acho que as bandas de metal tem que inovar sem perder suas raizes...

Uma banda de que sou muito fã e é muito original é o Children of Bodom...quem curte Death Metal sabe que não existe ninguem que faça um som igual o deles. Isso é inovar sem perder as raizes
 

KK

Banned
Entaum kra...esse é o caminho que a música tem que tomar...pegar como exemplo bandas como o Bodom e inovar sempre, sem perder o seu estilo!
 

TT1

Dilbert
O fato de inovar não vai fazer com que elas repitam melodias de outras bandas.. simplesmente não vai ter mais combinação a fazer sem que seja plágio
 

Fëaruin Alcarintur ¥

Alto-rei de Alcarost
Maldito`Tuelho disse:
8O :tsc: 8O :tsc:
Que terrivel...bom, mas...ah muito deprimente falar sobre isso...mas só uma coisa, as músicas orientais levam em consideração a mesma base de 7 notas?
Eu acho que eu tinha lido alguma coisa sobre isso...
Não, as músicas orientais não seguem o sistema de tonicidade, como fazem as músicas ocidentais. Eu não sou expert em música oriental, então, no mais, é só isso que eu posso dizer. :wink:

------
Semelhança entre combinações teóricas já existem de monte, mas isso não se resume ao fato de que se esgotarão as possibilidades de se criar músicas diferentes. E mesmo melodias, pois não simplesmente a montagem sequencial de notas que perfaz uma melodia.
 

KK

Banned
O ponto não é esse. Eu disse que não importa que não haja mais melodias novas a se fazer. Uma vez que a melodia não é tudo, pode se fazer algo novo a partir de uma melodia que ja existe. Pode se mudar o tempo, o estilo da música, a letra, enfim quase tudo.
 

Lukaz Drakon

Souls. I Eets Them.
Deep Blue não eh aquele computador que perdeu pra um cara no xadrex? :mrgreen:

Mais não acaba não, ate la vai existir mais estilos as variações vou acabar diferentes :obiggraz:
 
Status
Fechado para novas mensagens.

Valinor 2020

Total arrecadado
R$130,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo