1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Melkor e Sauron - "Longevidades darks!"

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Elessar Hyarmen, 5 Abr 2010.

  1. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri

    Olá de novo!

    Se não estiver enganado, a Primeira Era do Sol durou mais ou menos uns quinhentos anos. Haviam momentos de preponderância de Melkor sobre Beleriand, mas haviam momentos em que seu poder ficava reservado a Angband. Mas se comparar com os períodos de atuação de Sauron na Segunda e Terceira Era, o tempo de atuação malévola de Melkor foi menor; mas talvez possamos dizer que seus estragos foram muito maiores de que as maldades de Mordor. Na verdade, isso é algo bem discutível e polêmico falar qual foi pior que a outra.

    As vezes para o leitor pode haver o entendimento de que a inflência, ou as consequencias que Melkor fez para vários povos afetou direta e radicalmente vários povos que habitavam não somente a Terra media, mas até mesmo Aman que estava a milhares de milhas marítimas de distância.

    As vezes tento entender o porque de tanto tempo que foi a influência de Sauron, que aliás foi muito maior que a de Melkor. As vezes foi uma estratégia do próprio Sauron, ou mesmo por competência do mesmo ele se manteu tanto tempo (milhares de anos) influenciando e infernizando a vida de muitos, ou se foi por incompetência mas aliada a permissividade dos Valar, uma vez que os males de Sauron, talvez não causassem prejuízos diretos aos senhores do oeste.

    Mas afinal, porque Sauron teve tanto de interferência, que inclusive foi muito maior que do seu próprio Suserano, Morgoth?

    Obrigado!
     
  2. Rikky

    Rikky Unleash His Hard Fury

    Sauron agia mais na moita.
    No meu ponto de vista ele era melhor em enganar que Morgoth, então daí a longevidade de seu reinado.

    Mas como dizemos aqui em Minas(Tirith), "Tamanho de boi não é manteiga". Então os aproximadamente 500 anos que Morgoth reinou(que foram mais de 500) foram bem mais produtivos que todo o tempo que Sauron encheu o saco do povo da Terra Média.
     
  3. Almirante Ackbar

    Almirante Ackbar Usuário

    Concordo com o Wild_Rikky, Sauron não dispersou todo o seu poder na forma como Melkor fez, apesar dele ter depois concentrado seu poder num objeto muito pequeno, mas nem eu no lugar dele imaginaria que um hobbit entraria no meu quintal dentro da minha oficina acenderia o fogo e me mandaria toma no...

    É preciso lembrar que Melkor por um período antes dos anos das arvores que ele conseguiu junto com sua trupi ter o controle total de Arda expulsando os Valar, ele fez muito mais estragos que Sauron, na verdade Sauron não passar de um agente...

    Eu gostaria de dizer mais coisas me preciso ir amanhã é só labuta.

    EDIT: vixi, acho que acabei não respondendo ao tópico! Depois eu volto aqui.
     
  4. General Artigas

    General Artigas Não tá morto quem peleia

    Morgoth preferia o estilo "guerra total", queria sair chutando todos os elfos e homens de uma vez, por isso se ferrou. Ele acabou "poluindo" o mundo com o "elemento Morgoth", dispersando seu poder, além de modificar umas criaturas pra "criar" os dragões e outros bichinhos fofos...

    Sauron era mais esperto, talvez por ter menos poder e saber que o estilo "guerra total" não funcionaria com alguém com menos poder que Morgoth.

    Quando Sauron levou aquele corte do Isildur, ele resolveu ficar na moita ( :sacou: ), fazendo com que o ódio dos orientais para com os homens do oeste aumentasse, etc...

    Sauron usava o cérebro, Morgoth usava mais a força, tá certo que ele até era esperto em algumas coisas, mas era meio tapadão em outras, achar que venceria os Valar... muito tapado...

    Acho que só enchi linguiça, lol, enfim.
     
  5. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Penso que além da dispersão de poder, o destino das Silmarils atingiu Melkor também. Diferente de Sauron, o qual abertamente não as nomeava com desejo definitivo (nem foi seu protagonista principal), Melkor não previu que a Silmaril que havia perdido seria um sinal para a guerra dos Valar, ajudando Eärendil a chegar ao oeste e convocar os poderes. Seu coração só fica em dúvida quando ela finalmente se levanta no céu do oeste.

    Tudo por causa do reflexo do desejo de Thingol, que de uma tacada atraiu para a condenação Doriath, Finrod, Beren, Huan, Carcharoth, Morgoth e lançou as pedras para o segundo e terceiro fratricídio de elfos por elfos pela Silmaril. De quebra o sucesso da demanda da Silmaril animou Maedros a desejá-las e querer realizar outra guerra destruidora dos reinos élficos remanescentes para conseguir as outras e acelerou a chegada dos poderes (quanto maior a deterioração do mundo, mais próximo se encontra o juízo).

    Foi um catalisador da queda de Morgoth.:think:

    Quanto a Sauron, percebe-se seu interesse inicial em fundar um reino delimitado antes de dominar totalmente o globo, diferente do que Melkor fazia. Enquanto os riscos de Sauron era relativos (por sua ambição imediata ser relativa), os riscos de Melkor eram mais absolutos e muito mais perigosos para ele. Os Valar tinham muita urgência em derrotá-lo porque ninguém mais teria forças para isso.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  6. Anwel

    Anwel Nazgûl Cavaleiro

    Acho que o Morgoth poderia ser tachado de muitas coisas, mas não creio que 'tapado' seja uma delas. Ele foi o Vala mais poderoso, não eram pretensões sem sentido.

    E não tenho certeza se Melkor teve consciência do processo que sofrera ao criar criaturas. Será que foi instântaneo sua perda de poder? Não sei.
    Além do mais o "poluir o mundo" com o elemento Morgoth, na minha opinião, teve muito sucesso. E não acho que ele queria "sair chutando elfos e homens" de uma vez, se não Beleriand ficaria em guerra constante. É só lembrar que Morgoth não levava a guerra, a guerra ia até ele, o que te dava amplas vantagens: terreno conhecido, sem necessidade de locomover um exército numeroso, aproveitamento das fortalezas, etc...

    E sim, talvez Sauron fosse mais esperto, mas ele tinha o exemplo da falha do Morgoth para pensar antes de fazer suas ações. Melkor não tinha o exemplo de ninguém, a não ser ele próprio.

    Concordo plenamente :joinha:
     
  7. Tuor

    Tuor Usuário

    Acho que existem alguns fatores para responder o tópico: Morgoth criou o mal; Sauron se aproveitou dele. Morgoth estava mais desgastado; Sauron, não.

    A questão é que o mundo mudou. Na Primeira Era, em Beleriand, Morgoth começou com o conceito de mal e se espalhou. Sauron ficava mais na dele e obedecia aos comandos de seu mestre. Mas ali, na Primeira Era, houve um Eärendil para clamar por ajuda. Isso é importante.

    Na segunda Era, talvez por uma escassez maior de descrições de Tolkien, vemos Sauron como um ser mais discreto vivendo em seu mundinho mal. Para a maioria dos elfos não havia necessidade de guerrear: o juramento das Silmarilli era inútil e a maioria deles vivia em Aman, logo ali, na esquina da Terra-Média. Para os homens eles não estavam se importando: das Três Casas se uniram e viviam sob o governo de um único rei na ilha que haviam ganhado por ajudar os elfos. Assim Númenor permaneceu. Os homens da Terra-Média eram mais fracos. Ou seja, cadê o Eärendil para pedir ajuda, se é que tinham conhecimento dos Valar? Eles não tinham necessidade, já que a sua maioria era influenciada e subjugada por Sauron mesmo.

    Quando Sauron enganou o já de fácil manipulação Ar-Pharazôn por conta do medo da morte, o mundo muda mais uma vez: os Valar invocam Eru que desce o braço, rasgando Arda e afundando Númenor. Os sobreviventes agora viviam às portas do mal, assim como em Beleriand elfos e homens viviam às portas de Angband. Agora existem Eärendils para pedir ajuda quando a situação se tornar insustentável, mas... onde está Aman? Pois é, ela está agora fora dos círculos do mundo.

    Então vemos a Terceira Era em que Sauron sente a necessidade de aumentar o mal criado por Morgoth ao multiplicar seus orcs como coelhos, fazendo guerras e tentando dizimar os homens que não eram influenciáveis, ainda mais por conta do que estes presenciaram em Númeror, seja com relação ao naufrágio, seja com relação às mentiras que Sauron tinha alimentado nos numenoreanos.

    Os Valar, então, só se meteriam no assunto de Sauron caso este crescesse de tal forma a quase minguar a raça humana. Aparentemente a concepção dos Valar é de que os homens têm que viver suas vidas e sobreviver ao mundo. Pelo visto fariam o mesmo em Beleriand caso Eärendil não aparecesse.

    Morgoth ficou menos tempo por causa de Eärendil, independente do desejo de dominar o mundo, ao contrário de Sauron, que só queria a Terra-Média, já que sabia que não era páreo para os Valar.

    Sobre Sauron, ele foi mais discreto, e mesmo que não tenha sido tanto assim na Segunda Era, ele exercia influência sobre os desavisados homens daquela terra, manipulando-os, escravizando-os e matando-os. Com os sobreviventes de Númenor ele tinha motivos maiores para odiá-los: ele odiava tudo, mas eles eram uma ameaça. Falhou ao tentar matá-los todos antes; não poderia falhar novamente. E seu poder cresceu com o Anel. Submeteria todos, todos mesmo, inclusive outros homens, sob manipulação e influência, ao seu comando. Seu poder cresceu novamente no fim da Terceira Era, sem o Anel: ele estava próximo de encontrá-lo. Frodo não deixou. As mudanças no mundo contribuíram para a permanência de Sauron, considero eu.

    Edit: boa colocação a do Neoghoster Akira!
     
    Última edição: 5 Abr 2010
  8. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Eu acho que to ficando velho. Não entendi qual é a questão?

    Se for entender porque Sauron durou mais tempo no seu reinado, acredito que boa parte disso é creditada pelo afastamento dos Valar sobre os problemas da TM.
     
  9. Rikky

    Rikky Unleash His Hard Fury

    Isso a meu ver entra como credito pra Sauron e não um facto isolado.
    Ele viu e sentiu no couro o poder dos Valar. Viu seu patrão se lascar e anotou no seu caderninho.
    Se ele agisse como Morgoth, descendo porrada pra tudo quanto é lado ele certamente atrairia a ira dos Valar sobre ele. E Sauron sabia disso(acredito eu).
    Então ele ficou ali, comendo pelas beiradas, soltando uma mentirinha aqui e outra ali, dando um presente aqui e enganando outro ali até ter poder pra se levantar.
    Mas tudo com muita tranquilidade pra não correr o risco de atrair a ira dos Senhores do Oeste pra cima dele.

    Sauron foi tão esperto que sua presença passava quase despercebida.
    Poder pra dominar a Terra Media ele certamente tinha, e só não dominou por que como o Almirante Akbar disse, um hobit entrou no quintal dele e destruiu o objeto que ele tanto queria.
     
  10. Meneldur

    Meneldur We are infinite.

    Mas temos que levar em consideração que Melkor 'reinou' absoluto na Terra-média durante grande parte da Era das Árvores e das Lâmpadas.
     
  11. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Você está certo quanto ao fato de que Sauron foi esperto e não "chamou tanta atenção" assim.

    Mas o fato dos Valar se recolherem aos problemas da TM nada tem a ver com isso. Foi uma escolha deles..e se lembrar bem até mesmo depois de malefeitos de SAuron.
     

Compartilhar