1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

MEC libera quase 1000 livros na web

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Úvatar, 17 Nov 2004.

Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.
  1. Úvatar

    Úvatar Meow? Miau! Usuário Premium

    [
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ]

    MEC libera, de graça, quase 1 000 livros na web

    Quarta-feira, 17 de novembro de 2004 - 11h12
    SÃO PAULO - O Ministério da Educação colocou ontem (16) no ar o portal
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , que libera gratuitamente para alunos, professores, pesquisadores e internautas em geral cerca de mil obras literárias, artísticas e científicas.

    O acervo inclui títulos nacionais e estrangeiros, entre poesia, romances, crônicas, obras sobre filosofia, história e ciências, além de teses e dissertações.

    Só que, por causa da imensa procura, o site já saiu do ar. Quem entra no endereço
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    encontra o seguinte aviso: "Devido ao grande número de usuários, estamos providenciando o redimensionamento dos equipamentos.". Segundo a assessoria de imprensa do MEC, ainda não há previsão para o portal voltar a funcionar normalmente. A implementação, manutenção e administração do Domínio Público está nas mãos da Secretaria de Educação a Distância (Seed/MEC) que receberá, em 2005, um investimento de cinco milhões de reais para o projeto.

    As obras colocadas na internet são de domínio público ou têm autorização legal de divulgação e exibição. Para compor o acervo, o MEC fechou parcerias com a Biblioteca Virtual do Estudante de Língua Portuguesa da Universidade de São Paulo; Biblioteca Digital da Fundação Biblioteca Nacional; Núcleo de Pesquisas em Informática, Literatura e Lingüística da Universidade Federal de Santa Catarina; eBooksBrasil; Project Gutenberg e Phoenix-Library.

    O portal conta ainda com acervos de imagens, fonográfico e um multimídia, representados por fotografias documentais e registros da população; mapas populacionais, topográficos, políticos, históricos e geoeconômicos; registro fotográfico dos acervos dos museus de belas-artes e dos memoriais brasileiros; canções populares do Brasil; documentários sobre cultura, sociedade, economia e política; entrevistas com personalidades brasileiras ou estrangeiras; e filmes nacionais, entre outros itens.
     
  2. Ka Bral o Negro

    Ka Bral o Negro Tchokwe Pós-Moderno

Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.

Compartilhar