1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

MEC diz que criacionismo não é tema para aula de ciências

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Deriel, 15 Dez 2008.

  1. Deriel

    Deriel Administrador

    Recebi por e-mail. Infelizmente não possui a fonte citada, mas parece ser a Folha de São Paulo.

     
  2. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Questão hipercomplexa, abominável é o dogmatismo que sempre acompanha esse tipo de visão cosmológica, mas creio que se for abordado de forma crítica (coisa rara hoje em dia), talvez a lavagem cerebral seja evitada e ainda possamos formar alunos verdadeiramente conscientes do papel da ciência e da religião na sociedade...
    Quem sabe?
     
  3. Fëanor

    Fëanor Fnord Usuário Premium

    É da Folha sim:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    E ainda bem que o MEC não afirmou o contrário. É uma pena que em certas escolas ainda se ensine o criacionismo como única possibilidade, esquecendo deliberadamente o evolucionismo.

    Mas o pior é que eles sequer mencionam URI.
     
  4. Katrina

    Katrina Usuário

    Talvez não seja mesmo o melhor método abordar o criacionismo nas aulas de Ciências/Biologia. Mas é fundamental que as crianças e jovens tenham acesso a essa "teoria", ainda que dogmática, de forma crítica de sob o contexto do desenvolvimento do pensamento da sociedade ao longo do tempo.
    Porque não abordar o tema nas aulas de filosofia ou ainda ou ainda como uma disciplina a la História das teorias humanas? Só para se ter uma idéia os fundamentos do pensamento evolutivo de Darwin e Wallace remontam aos filósofos gregos e muito do que está escrito no Gênesis serviu de bases para que naturalistas desenvolvessem suas idéias ao longo do tempo (p. ex. Lamarck, Buffon, Maupertuis....).
    Não estou dizendo com isso que o criacionismo deva ser ensinado como verdade absoluta como ocorre em muitas escolas administradas por grupos religiosos. E sim que a partir dessa crença foi que desenvolveu-se as primeiras teoria evolutivas e que portanto a mesma deve ser conhecida. Creio que seria melhor assim do que negar a sua existência, ensinar-mos só a evolução e relegar o conhecimento dessa crença aos templos e igrejas, contribuindo assim, para que interpretações errôneas acerca do tema sejam feitas.
     
  5. Fringway

    Fringway Andarilho do Norte (187)

    Eu acho que o criacionismo realmente não deve ser abordado nas aulas de ciências como algo certo. Mas - me crucifique quem quiser - que ele deve ser abordado de forma crítica ao se explicar a teoria evolutiva, ou seja, ao se ensinar o Darwinismo, eu acho que é bastante interessante mostrar as conseqüências da teoria evolucionista na religião e no criacionismo de forma geral e como ela contradiz tudo o que era acreditado até então.
     
  6. Errado, isso pode até se traduzir como uma tentativa de impor uma religião a criança antes mesmo desta entender o que é religião, além de ser falta de respeito com aqueles cujas famílias possuem crenças diferentes ou não acreditam em nada, mesmo não tendo-se provas de que qualquer uma é a correta, o criacionismo é algo escrito pelo homem para explicar a criação de tudo, sob a alegação de que um ser superior ditou a ele e este escreveu, no entanto a teoria de Darwin, foi feita através de observaçães no mundo animal, as aulas de ciências são teorias ou fatos, baseados em algo material, algo que se pode ver, tocar ou ouvir.
     
  7. Reverendo

    Reverendo Usuário

    Perfeito!
    Como eu já li em diversos debates, qual criacionismo seria ensinado nas escolas?
    O hindú?
    O janista?
    O muçulmano?
    O ensino religioso nas escolas (pelo menos nas públicas) fere a liberdade de culto das minorias. O criacionismo "científico" não é ciência, é religião. E como religião não pode ser ensinado.
    Outro problema sério é que o atrito não é apenas com o evolucionismo. A geologia, biogênese, cosmologia, astronomia e até a teoria da relatividade são afrontadas por essa... coisa, que seria considerada atrasada até no século dezenove.
    Daqui a pouco, a "Sociedade da Terra Chata" vai se achar no direito de impor suas idéias nas escolas.
     
  8. Katrina

    Katrina Usuário

    Por isso eu acho sim que o criacionismo deva ser abordado nas escolas, não nas aulas de ciências, mas de filosofia....
    é um dogma, eu sei, mas foi a partir dele que se desenvolveram todas as correntes de pensamento....
    Não estou dizendo aqui que deve-se ensinar religião como algo correto, mas sim como uma forma de mostrar aos alunos como o pensamento da sociedade modificou-se com o passar dos séculos e porque a teoria da evolução é coerente...
    Convenhamos, mesmo entre aqueles que acreditam no criacionismo, permeia o falar e a crença na evolução (ou seja, muitos admitem que as espécies não são fixas....)...
    Eu sou bióloga e recentemente fiz uma disciplina no mestrado que falava sobre a história da biologia comparada nos tempos pré-evolutivos e só posso dizer que estudar o gênesis foi fundamental para compreender como Darwin e outros tantos naturalistas puderam chegar a concepção de evolução que temos hoje...
     
  9. Lawliet_

    Lawliet_ Oni Giri

    Vou dar minha opinião nesse debate, mesmo que não tenha tanta "informação" quanto voces.
    Acho que o Criacionismo é mais uma forma de impor ideias religiosas aprisionadoras a crianças que são empurradas a esse tipo de "conhecimento" tanto na escola quanto em casa. Como é que os pais iriam reclamar de algo, quando esses mesmos não têm coragem e nem vontade de questionar as ideias religiosas? Algo imposto e forçado aos 8 ou 10 anos. Para exposição de tais ideias sem ferir o direito de "liberdade de opinião" dos estudantes seria coloca-los a par da situação sem interferencia de pais e professores em questão religiosa, transmissão imparcial. Melhor ainda seria cria-los sem religião e que no futuro eles decidissem por conta propria seu "caminho". Acho que deveria ser assim.
     
  10. Reverendo

    Reverendo Usuário

     
  11. Katrina

    Katrina Usuário

    Sim, essa é a idéia fazer uma abordagem múltipla sobre o tema... :yep:
     
  12. Deriel

    Deriel Administrador

    Não vejo problema. Afinal já estudamos mitologia greco-romana (em alguns casos até mitologia nórdica) e é super divertido. Colocar mitologia judaica-cristã não seria problema nenhum.
     
  13. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Eu concordo com essa visão de pluralismo religioso, parece interessante abordar questões religiosas de diversos pontos de vista, de diversas religiões, em contraste, em harmonia, consigo mesmas e com outras visões...mas temos um problema...

    Em se tratando do cristianismo e até do judaísmo, existem contradições flagrantes tanto na âmbito espiritual como histórico, de modo que essa abordagem pode abrir feridas muito cedo. Acho issi ótimo, formar filósofos-mirins, mas tem multidões que vão odiar...temo por um último surto de fanatismo antes do fim dessa década.
     
  14. Deriel

    Deriel Administrador

    Mas é óbvio que aulas de religião devem ser opcionais no ensino público. Um aluno que nãoqueria assisti-la pode abrir mão sem que seja prejudicado por isso.

    Estado laico.
     
  15. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Você soube do tal misterioso acordo entre o nosso querida Lula-lá e nosso ainda mais amável papa?

    Estremeço só de pensar nisso...
     
  16. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Quando ouço as siglas MEC, ainda me lembro do Motel Estancia Cantareira.

    Mas eu concordo com o MEC (Uma vez na vida).
    Não se pode adotar o Criacionismo como ciência. Da até vergonha pensar assim.


    Ditto.

    Ditto e reditto.

    Qual?
     
  17. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Li sobre isso em um artigo da Folha há uma semana se não me engano...parece ser um acordo para deixar que o ensino religioso seja ministrado por padres ou teólogos católicos, ligados ao vaticano.
    As aulas seriam dadas de acordo com diretrizes da Santa Sé. Está envolto em mistério, confesso que estou preocupado...
     
  18. Fringway

    Fringway Andarilho do Norte (187)

    O Estado é laico, não se pode obrigar ninguém a freqüentar qualquer aula de religião no ensino público. Fato. Só derrubando essa constituição ou fazendo um puta trambique inconstitucional para mudar isso.
    Quero até ver o que o Lula está planejando dessa vez...
     
  19. Deriel

    Deriel Administrador

    Não se preocupe com isso. Deixa que os evangélicos farão barulho por você.
     
  20. Excluído045

    Excluído045 Banned

    hahaha, com certeza farão... pra alguma coisa esse povo escandaloso deve servir.
     

Compartilhar