• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Maurício de Souza

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ



Mauricio de Sousa 'abandona' Turma da Mônica e lança primeiro livro solo


Capa do novo livro de Mauricio de Sousa, Sou um rio - Divulgação

Capa do novo livro de Mauricio de Sousa, 'Sou um rio' Imagem: Divulgação
Renata Nogueira

Prestes a completar 86 anos de vida, Mauricio de Sousa embarca em um projeto pessoal grandioso.

O livro "Sou um rio" (Editora Nova Fronteira e Mauricio de Sousa Editora), que chega ao público no próximo dia 27 —data do aniversário do autor— é o primeiro do ilustrador sem os personagens que são seu maior legado, a Turma da Mônica, e sem os traços dele. Mauricio assina o texto e o livro é ilustrado por Mauro Souza, editor de arte da Mauricio de Sousa Produções.

Eu vou continuar fazendo histórias em quadrinhos, mas eu quero me engajar na turma que escreve sobre meio ambiente. Esse livro é uma grande crônica. Mauricio de Sousa

Veja imagens do livro em primeira mão:​


Imagem do novo livro de Mauricio de Sousa, 'Sou um rio', que será lançado no seu aniversário de 86 anos - Divulgação

1 / 4

Imagem do novo livro de Mauricio de Sousa, 'Sou um rio' - Divulgação

2 / 4

Ilutração de 'Sou um rio', livro de Mauricio de Sousa - Divulgação

3 / 4

"Sou um rio" foi baseado em uma crônica escrita por Mauricio de Sousa há alguns anos que estava guardada. No texto, ele conta a história de um rio desde sua nascente, repleta de peixinhos, passando pelos grandes centros poluídos até desembocar no mar.

A inspiração veio de sua infância em Mogi das Cruzes (SP), quando o pequeno Mauricio podia se divertir e pescar em um rio Tietê limpo que em dia de enchente transbordava e chegava até a porta da casa de sua madrinha, onde ele podia até brincar de navegar. Uma realidade bastante diferente da atual, em que até mesmo longe da capital, São Paulo, o rio registra águas escuras e peixes mortos.

mauricio - Lailson dos Santos/Divulgação - Lailson dos Santos/Divulgação

Mauricio de Sousa completa 86 anos no próximo dia 27
Imagem: Lailson dos Santos/Divulgação

"É um assunto que me faz refletir muito. O escândalo, o pouco cuidado que o ser humano tem com a natureza. O pessoal não acordou ainda para as consequências disso. Eu busco informar o meu leitor sobre os tipos de catástrofes que estão se aproximando se a gente não tomar cuidado", sintetiza o autor, que foi pego de surpresa com as ilustrações e começou o projeto.

Mauro Souza (não confundir com o filho de Mauricio, Mauro Sousa) teve acesso à crônica e resolveu ilustrá-la como um presente. "Ele fez as ilustrações, eu gostei, e resolvemos transformar em livro. Demorou um pouco, demorou alguns anos. Mas foi importante porque tive mais tempo para estudar as soluções que poderíamos passar ao leitor sobre o cuidado com as águas."

O livro tem 36 páginas e é adequado tanto para crianças como para adultos, com uma mensagem que traz diversas reflexões. "É um livro curto. A pessoa lê em um pulinho. E está escrito de uma maneira bem coloquial para qualquer um entender e gravar a mensagem que está ali."

É um livro pequeno, com poucas páginas, para não assustar quem tem preguiça de ler. Mauricio de Sousa sobre 'Sou um rio'

Cadê a Turma da Mônica?​


No ano passado, quando completou 85 anos, Mauricio de Sousa já havia adiantado à Splash que não tinha planos de parar de trabalhar, mas sim a intenção de escrever mais e desenhar menos. "Eu não posso! Eu não sei [parar], eu não tenho freio. O que estou querendo fazer agora é escrever mais e desenhar menos."

O plano agora de concretiza com o lançamento de "Sou um rio" e mais novidades estão por vir. "Daqui há algum tempo eu pretendo escrever também um livro de crônicas. Algumas que já lancei em livros antigos, escolherei algumas que não sejam datadas, e escrever novas crônicas que parei um pouquinho."

O desejo dele é seguir na temática. "Eu quero escrever um pouquinho mais sobre meio ambiente, não necessariamente em quadrinhos, que já fiz muito. Chico Bento tem histórias antológicas sobre natureza. Mas quando você faz texto, prosa, você pega um leitor diferenciado, que quer conhecer o que você está pensando, sua filosofia", explica.

A Turma da Mônica segue firme e forte, e Mauricio até tem uma boa explicação para não ter incluído seus filhos mais famosos no novo livro.

"Eu fiquei em dúvida 'será que boto personagem?', mas se eu botasse os personagens desviaria a atenção. Eu queria um livro que focasse só na mensagem da minha preocupação com o meio ambiente. Senão virava mais uma história em quadrinhos. História em quadrinhos eu faço de outro jeito e com outro clima."

Vacinado com a terceira dose e trabalhando para reabrir seus escritórios em segurança, Mauricio de Sousa adianta os próximos planos. "Neste livro e nos próximos eu vou tratar de assuntos que não são tão agradáveis. Mas ainda assim são mensagens positivas e que levem algum tipo de lembrança positiva de comportamento para crianças, jovens e adultos."

 

Neoghoster Akira

Brandebuque
Bem, não é novo o engajamento de pautas políticas da Maurício de Souza Produções aos personagens e esse projeto entrou bem forte depois do ano 2000. Se digitar no buscador "cartilha governo mônica turma" e ligar o google imagens vão aparecer toneladas dos projetos adquiridos por sucessivas administrações, eu mesmo tenho umas duas revistinhas educativas que eles dão em órgãos públicos.

Quer dizer, não há preocupação em abandonar pois ele nunca deixou os quadrinhos.

 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$250,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo