1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Massacre Paulista

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Vovin, 18 Mai 2006.

  1. Vovin

    Vovin Steve Vai, The Mars Volta

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Tradução de termos da reportagem...

    "suspeito de envolvimento" - qualquer pessoa que não aparente ser um "cidadão de bem" pego em algum ponto da periferia numa hora imprópia, na maioria dos casos a vitima não tem relação nenhuma e nem armada esta...

    "suposto confronto" - assassinato, porque em confronto morrem mais ou menos a mesma quantidade de gente dos dois lados, se morrem 93 de um lado e 24 dos outros o que acontece é um massacre...

    Vejam que legal, a policia, com o nosso dinheiro, em nosso nome esta sendo usado como instrumento de guerra, como exército de ocupação pra satisfazer a classe media que se sente mais segura cada vez que um "bandido" é morto, o resultado disso é que nem o problema da bandidagem é resolvido nem resulta em segurança, ja que as ruas ficam na pratica sem policia...

    E seguimos caminhando alegremente em direção ao fascismo...
     
  2. Orion

    Orion Jonas

    esquece o facismo. o bangue bangue paulista nada tem a ver com facismo ou encaminhamento pro regime totalitário. é, antes de tudo, acerto de contas entre os psicopatas da rota com a bandidagem que quer ver jogos da copa do mundo nas celas de presídio de segurança máxima e briguinhas de politicagem entre situação e oposição, enquanto a população fica sitiada.
     
  3. Vovin

    Vovin Steve Vai, The Mars Volta

    Que bandidagem? Com certeza a maioria dos mortos são inocentes que estavam no lugar errado na hora errada... a tal "vingança" esta sendo usada como desculpa pelo Estado de SP pra praticar uma politica de extermínio pura e simples, e politica de exterminio é coisa de estado fascista, e usar a policia pra isso é jogar o estado de direito e a lei no lixo...
     
  4. Vëon

    Vëon Do you know what time it is?

    Ah, vc acha que eles simplesmente estão escolhendo pessoas aleatoriamente na rua e metralhando???
     
  5. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Hoje um cliente da minha empresa, não quis sair do Rio e ir pra uma vaga em São Paulo pq tava com medo da violencia da cidade :lol:
     
  6. Idril

    Idril Usuário

    Não é bem isso. Você se lembra do lema da ROTA, nos anos 80 (e que dura até hoje)? "Matar primeiro pra depois interrogar"?

    Pois então, eles não estão escolhendo qualquer um e metralhando, dando tiros na cabeça (conforme os jornais dissera que as fotos dos corpos no IML mostram) e tals. Eles simplesmente estão matando qualquer suspeito de envolvimento nos atentados e com o PCC que eles encontram no caminho e/ou que entram em confronto com eles em alguns ataques. Ou seja, pra fulano estar no local errado e na hora errada e tomar um tiro, pouco custa e isso já aconteceu em alguns tiroteios passados entre Rota e criminosos. Segundo a imprensa, tem pelo menos um caso já conhecido como erro da PM (e pelo jeito que eles pintaram isso na TV e nos jornais, foi um erro bem típico da ROTA mesmo). É desse exagero, dessa paranóia da Rota que, creio eu, o Vovin provavelmente falou.

    E bom, do jeito que a polícia já matou desde segunda-feira, as pessoas podem até achar que eles estão revidando, retaliando a torto e direito. Mas a história não parece ser bem essa. Caso fosse, creio que o número de mortos seria bem maior.
     
    Última edição: 18 Mai 2006
  7. Vëon

    Vëon Do you know what time it is?

    Claro, nesses ultimos dias pra policia se tornou uma sitação de matar ou morrer. E devem tar indo pra cima com um gosto de vingança mesmo pelo que aconteceu nesse fim de semana e tal, mas não simplesmente sair matando, e na maioria inocentes como ele disse.

    E enquanto tiverem matando assasinos, estão matando dois coelhos com uma cajadada só, um criminoso a menos na rua e não estão super lotando as cadeias.
     
  8. Vovin

    Vovin Steve Vai, The Mars Volta

    Nem tanto, 24 policiais foram mortos, mais de 100 "suspeitos" foram mortos, é uma disparidade muito grande pra ser simplesmente "matar ou morrer" ou "mortes em confronto", é extermínio mesmo, Deus cria e a Rota mata.

    Ao abrir um jornal e ver que um "suspeito" foi morto talvez você se sinta mais seguro, mas saiba que isso não resolve problema de segurança publica, nunca resolveu e nunca resolverá, senão o Brasil seria junto com a Colombia e a Africa do Sul os paises mais seguros do mundo, ja que são os paises onde a policia mais mata, o que se vê é justamente o contrario.
     
  9. Vëon

    Vëon Do you know what time it is?

    Foram 45 mortes, incluindo nisso 4 civis, sendo que a grande maioria foi assasinada no fim de semana, depois disso que a policia começou a revidar. Quantos precisariam morrer até a policia tomar um atitude???

    Eu não sou a favor de sair matando, claro. Acho que o Brasil precisa é de maior investimento na área segurança, polícia melhor treinada, mudança de várias leis que acabam favorecendo aos criminosos, etc.
    Porem isso não acontece, e quando chega ao ponto de você não poder mais sair de casa, e os criminosos tomarem o controle de um estado, uma postura mais séria tem que ser tomada.

    E não me referi a nenhum "suspeito" de qualquer coisa, e sim a assasinos.
     
  10. ombudsman

    ombudsman O Eto'o brasileiro

    O Brasil precisa de educacao e emprego, nao de leis penais mais rigorosas ou força policial maior e mais equipada.
     
  11. Vëon

    Vëon Do you know what time it is?

    Tem muita gente com boa educação e emprego, e nem por isso deixa de matar/roubar.
    E são justamente esses que não são presos por causa de brechas nas leis.
     
  12. Fafa

    Fafa Visitante

    Aleatoriamente? Claro que não. As forças repressivas do PSDB/PFL matam qualquer um, desde que seja pobre, para satisfazer a opinião pública.

    Aumentar essas forças repressivas apenas agrava a situação. Xangai tem, proporcionalmente, menos
    policiais que Paris, e um índice de violência urbana também inferior. A solução é a igualdade social.

    A burguesia mata e rouba, indiretamente e em silêncio, e depois ainda reclama detrás muros com cerca elétrica, alarme e intrincado sistema de segurança.
     
    Última edição por um moderador: 22 Mai 2006
  13. Vëon

    Vëon Do you know what time it is?

    :clap:
    Sim, os problemas de violencia do Brasil realmente são as "forças repressivas do PSDB/PFL"
     
  14. Vovin

    Vovin Steve Vai, The Mars Volta

    Ah, deixando pra lá o fanatismo bizarro do Fallen...

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Entrevista excelente, de um cara que mora na periferia e sabe o que está acontecendo, ele ja foi até ameaçado de morte por dizer o que disse (assim como o Caco Barcellos tambem foi por dizer coisa parecida).

    O que da medo é ver os comentarios no final, esse pessoal ainda vai pedir um golpe de estado pra defender o "cidadão de bem" dos "bandidos", alias, comunista esta fora de moda, a nova onda pra meter medo na classe media agora são os "bandidos" (e terroristas nos eua, e imigrantes na europa, é a descentralização da paranóia)
     
  15. Amanditas

    Amanditas Apaixonável

    eu nem li os outros posts, mas quem mora em SP sabe que o aconteceu mais foi um alarmismo geral, que deixou todo mundo em panico do nada. lógico que os ataques aconteceram e gente saiu morta, mas com certeza quem planejou tudo isso não sai metralhando gente inocente por ai. é bem aquela história de quem não deve não teme, e por isso mesmo muito PM ficou com a vigilancia dobrada.
     
  16. Sarcasmo

    Sarcasmo Funfamento

    Vo retoma a discução do tópico.


    Os ataques feitos em Sp desde 3ª feira mostram o total descontrole do Governo Estadual em controlar os bandidos. Hoje vi que mais de 5 milhões de pessoas ficaram sem onibus devido a falta de segurança. Os donos das empresas alegaram que não vão botart mais onibus na rua, pois não tem segurança suficiente que garanta o retornos dos carros por inteiro.

    Por que o Governador não aceita a ajuda do Governo e principalmente do Rio?
    No rio funcionou pq em Sp não????
     
  17. Konan

    Konan Alcohol Conserved

    O interessante é que somente algo com essas proporções pra imprensa nacional parar de falar apenas do que acontece de ruim no Rio.
     
  18. Tonho Hammond

    Tonho Hammond Molusco

    no rio funcionou o que, carapálida?

    ajuda federal!?!?!?!??!!?!?!?

    a tropa especial do Lulinha só foi ao ES e a MS.
     
  19. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    E eu ainda lembro em 2001, se não me engano, o Covas ainda vivo negando que existisse PCC. Naquele ano houve a maior rebelião até então articulada pela facção e foi a primeira vez que eu escutei falar neles.

    O pior é vir falarem que isso aconteceu porque o Alckmin subiu nas pesquisas. Ah por favor :tsc:
     
  20. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Revolução francesa, anyone? Revolução russa, anyone?

    Tem de ver no contexto... sim houve a rota, e até hoje tem muitos PMs que montam seus esquadrões da morte (mas isso é em todo lugar onde a idéia de "otoridade" é aceita. E "otoridade" tanto faz um general da PM/marinha/etc ou do PCC).

    Mas alguém imaginaria os relatórios do IML tão... acessíveis como são hoje? Até a imprensa "situação" faz dinheiro veiculando essas informaçãoes.

    Tipo, houve sim execuções de alguns "otoridade" contra suspeitos, e foi um número considerável. Estivéssemos em época militar, não haveria SEQUER a possibilidade de discutirmos sobre as condições suspeitas de tais mortes. (Fazer uma coisa dessas na China por exemplo é assinar contrato com a morte.)

    Olha só uma coisa engraçada que vi na PM da ilha de Marajó... aquele lugar onde tem búfalos. Lá é polícia montada em búfalos! :lol:

    Mas deixando a "piada" de lado, a logística e inteligência local deram um golpe de mestre. Não porque o veículo consegue chegar em qualquer lugar naquele local pantanoso, mas porque simplesmente a população local identifica-se tremendamente com a força policial. A polícia está integrada à comunidade, está inserida no contexto.

    Neste cenário é muito difícil o setor marginal angariar soldados para "morrer por uma causa" (entenda que jovens adoram esse tipo de coisa. Quando na verdade morrem para que o gostosão do líder possa comer caviar e comer a Gisele Bundchen, etc)

    O que mais se escuta é que o governo perdeu o controle e/ou uma revolução social. Não que estejam errados, mas duvido que pensem além disso, quero dizer, pensar lembrando rev. Russa e francesa. Então houve perda de um controle para que um usurpador tomasse o poder. É uma disputa, para ver quem é realmente o rei da bagaça.

    E quem fica no lugar não necessariamente é "melhor" ou "pior". É igual. Então não vejo muita lógica em ficar contente, indignado, etc., quando a situação é simples e entediante (repeteco histórico, mudança para não mudar nada...é como pobre mudando os móveis de lugar para não enxergar o elefante bem no meio dela)
     

Compartilhar