1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

"...Mas livrai-nos do mal"

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Imrahil, 21 Jun 2003.

  1. Imrahil

    Imrahil Kyknos kyknón

    A inesperada e tocante relação entre o Pai-Nosso e o clímax de "O Senhor dos Anéis"

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
    Última edição por um moderador: 8 Jun 2008
  2. Olwë

    Olwë Usuário

    Inesperada, tocante, e talvez até inconsciente...

    Mas algo me diz que o valor hexegético das cartas escritas em resposta a perguntas de fãns é diferente do valor interpretativo das cartas escritas durante o trabalho de elaboração de SDA...

    Perece-me que as cartas escritas em resposta às vezes continham desdobramentos sobre os quais o Professor talvez não tivesse realmente pensado enquanto escrevia e revisava o livro...

    Prefiro pensar que algumas dessas coisas ele só percebeu depois, e nas cartas não expôs alegorias intencionais, mas apenas refletiu sobre a própria obra.

    De qualquer forma, todas as cartas servem ao propósito de conhecer melhor o trabalho de Tolkien...

    Belo Texto! :D
     
  3. Knolex

    Knolex Well-Known Member In Memoriam

    QUE TEXTO IRADO!!!!

    Nossa! Fazia tempo que eu não lia algo tão legal na Valinor.. aprecia que um marasmo reinava.. ainda bem que o imharil voltou com seus textos, sempr eótimos..

    essa analogia sem dúvida é válida, e ajuda a guiar-nos dentro dos vários temas de SDA.... compaixão, perdão, resistência, redenção, além de outras dezenas, que fazem a obra ser tão fascinante.;..
     
  4. Imrahil

    Imrahil Kyknos kyknón

    Valeu!

    Pessoal,

    Sempre é bom saber que vocês apreciam o que eu escrevo. Pena não conseguir escrever com mais freqüência, mas a gente vai se virando ;-)

    Quanto à influência inconsciente do Pai-Nosso, concordo totalmente com o Olwë. O Tolkien sempre falava das influências que ele lia como uma espécie de húmus: era preciso haver uma decomposição e recombinação dos elementos iniciais, que o influenciavam mais tarde "a partir da raiz", por assim dizer. Esse caso não é diferente. Ele sempre via coisas que, no princípio, pareciam não estar ali depois de reler o que escrevera e de conversar com seus leitores.

    Abração a todos,
     
  5. Olwë

    Olwë Usuário

    Está na carta 142:

     
  6. Veänis

    Veänis Lempe ou Sleestak?

    Nossa!
    Parabéns pelo artigo.
    Muito interessante.
     

Compartilhar