1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Mary e Max (Mary and Max, 2009)

Tópico em 'Cinema' iniciado por .Penny Lane., 12 Jan 2011.

  1. .Penny Lane.

    .Penny Lane. Usuário

    Ok, estou com pressa então o tópico vai ficar ruim. Mas basicamente, é uma animação que fala sobre a amizade improvável(e por correspondência) de uma garota de 8 anos que vive na Austrália e um americano de 44 anos. Ambos solitários, Max anti-social e Mary uma menina com mãe alcóolatra e complicada e pai ausente.
    O filme é lindíssimo. Definitivamente, não é para divertir crianças! Aluguei sem saber do que se tratava, esperando ver uma animação divertidinha, e só. O resultado: fazia uns 3 anos que eu não chorava vendo um filme, e chorei assistindo Mary e Max. Se não fosse uma animação, não seria tão bom.
     
  2. Excluído046

    Excluído046 Banned

    Um amigo, no meu aniversário do ano passado, me mandou alguns filmes de presente. Dentre eles, estava Mary and Max. Ver esta animação foi uma das melhores experiências artísticas que tive no ano passado.

    Não é uma animação sobre a qual eu diria "se tiver oportunidade, veja, você vai gostar". Eu digo, "ninguém deveria passar por este mundo sem assistir Mary and Max" (eu sei, também me irrito com o 'ESSE É O MELHOR FILME DE TODOS OS TEMPOS!' :rofl: ). O filme é estética e emocionalmente esplêndido. Eu nunca chorei TANTO, enquanto assistia a um filme, em toda a minha não tão curta vida. Na verdade, depois que o filme terminou, eu chorei ainda mais. É tudo muito perfeito. Eu diria que NADA é por acaso em Mary and Max, o que só evidencia a maestria com a qual esta animação foi orquestrada.

    Eu sempre fui alucinada por stop-motion. E ver esta animação falando de sentimentos tão intrinsecamente humanos, foi uma experiência única e, é claro, insubstituível.

    Não é uma questão de falar sobre a amizade, a solidão, as diferenças, as religiões, os vícios, assuntos polêmicos, sobre tudo concernente às questões humanas, enfim, é uma questão de mostrar/encenar tudo isso, com uma sensiblidade profunda, advinda da articulação entre todos os elementos constituintes do filme - Fotografia, roteiro, edição, trilha sonora, enquadramentos, etc. Mary and Max é 'uma senhora animação' em stop-motion. É um filme melancolicamente perfeito; que vale, sobretudo, pela forma com que aborda os sentimentos e as relações humanas.
     
  3. _Paulinha

    _Paulinha Usuário

    Eu tb adorei esse filme, que é baseado em fatos reais.
    A trilha é linda. A fotografia tb. A vida dela é toda "marrom" e a dele é toda "cinza".
    Ela é uma garotinha solitária e ele um homem portador da Síndrome de Asperger - e o acaso os faz tornarem-se amigos por correspondência, mostrando o valor e a importância da amizade.
    Identifiquei-me mais com ela, que amava leite condensado, do que com ele, que amava cachorro quente de chocolate...rss
    E adorei a frase do médico do Max:“a vida de todo mundo é como uma longa calçada. Algumas são bem pavimentadas, outras (…) têm fendas, cascas de banana e bitucas de cigarro”. Acho que amizade entre elas, tornou suas "calçadas" bem mais belas.

    ...sobre lágrimas..., bem, eu choro até em comercial da coca-cola...então vcs imaginam...
     
  4. Excluído044

    Excluído044 Banned

    Animação maravilhosa! Lindo filme sobre a amizade.
     
  5. Clara

    Clara Antifa Usuário Premium

    Hmmm, tá com cara de filme de que eu iria amar assistir! :sim:


    :rofl:

    Eu também!
     
  6. .Penny Lane.

    .Penny Lane. Usuário

    Assista, Clara! É muito lindo :amor:

    (bom, eu gostei ao menos rs)
     
  7. _Paulinha

    _Paulinha Usuário

    Clara vc tem que assistir, é muito poético. É a sua cara!
    Kss.
     
  8. imported_Sun

    imported_Sun Usuário

    Bom,
    o filme foi indicado pela Veja como um dos 10 melhores do ano passado.
    É realmente um filme bonito. (Sou maníaca por filmes:timido:)
    Meu priminho tem síndome de Asper e aluguei a uns meses atrás para ver se tinha alguma coisa a ver com os gestos e o jeito de ser dele.
    :rofl: Muito muito engraçadinho.

    Senti que o idoso do filme era bem mais nervoso, e tinha gestos exagerados, mas quase tudo, no geral, era semelhante. O nervosismo com qualquer coisa, a fácil irritabilidade, o carinho, os sentimentos escondidos, a difícil tarefa de comunicar- se... mas não vi como ele amar cachorro quente de chocolate, porque já tinha consultado uma psicóloga especialista na doença e de acordo com ela não condizia muito. E também pelo meu primo, porque ele não gosta de nada que crianças normais gostaríam. Não gosta de refrigerante, não gosta de doces, chicletes, não come chocolate com prazer e algodão doce só com muita insistência e fome:pipoca: Foi isso que a psicóloga disse, e que era o normal para ele, mas talvez, como tudo, existam excessões.

    Ria muito quando ele pegava as folhas com as expressões e lia "zangado" "alegre" e fazia como o desenho mandava, porque não conseguia achar a expressão. Lembrei do "João" (pseudônimo do meu primo)^^ que faz umas carinhas de vez em quando que ninguém entende(L). Contudo risada é com ele mesmo. Ri na hora que a gente pede, ri quando tem vontade... uma graça.
    Ele é isolado no cantinho dele também como o personagem, DE CERTA FORMA.
    Porque o idoso do filme era muito sozinho mesmo, porque eu acho que ele n tinha parentes, eu acho.:tedio:
    mas o João só fala numa boa com o pessoal de casa, porque quando chega alguém de fora, ele entra e quanto mais longe melhor xP.(todo mundo de casa e minhas amigas da escola amam ele ^^). Talvez porque ele é muito carinhoso e é engraçado o jeitinho dele pois mesmo quando se extressa, ele tende a se acalmar se a pessoa tentar conversar com ele e pedir para ele calmo. No Filme Max também era um poço de doçura, pelo menos na minha concepção. Mesmo sem ele saber, mas só de colocar o desenho da menina que ele mal conhecia no espelho(ou na parede) para ele olhar de vez em quando, fazia dele, um cara que tinha grandes sentimentos, e que era somente, muito sozinho.



    Chorei de verdade no final, mas era o que eu esperava e previa desde o início do filme.
    Senti mesmo. Porque comove mesmo.

    No sentido de filme, eu não gosto de filmes monótonos, sabe. Porque é animação de massinha, os movimentos são lentos, e as cores são mortas. Tem uma combinação perfeita dos tons com o clima do enredo. Não gostei muito disso, cores baseadas só no cinza, marrom, vermelho e preto, e lentidão.¬¬ (mas foi só)
    Mas o significado, o realismo e a intensa subjetividade é o que torna tudo muito verdadeiro.
    E como . Penny Lane disse: Se não fosse animação, não seria tão bom.


    (se fosse em filme, não seria algo tão original ^^)
     
  9. Clara

    Clara Antifa Usuário Premium

    Puxa, que bonito Sun. :sim:
     
  10. imported_Sun

    imported_Sun Usuário

    :timido:

    E muitas pessoas não sabem que a síndrome é um caso de inteligência escondida.
    São pessoas que não se dão muito bem na escola, e que reprovam ou não sentem nenhuma vontade de aprender a ler, ou escrever. Mas gostam de seus gostos e de aperfeiçoá- los, como o grande Einstein *-* (meu ídolo), que provavelmente possuía o problema. =)


    táaa. falei d+ jáa. n falo mais naaaum :rofl:
     
  11. aces4r

    aces4r Usuário

    Nossa! Assisti ontem, que filme bom. Todo mundo diz isso, mas eu não imaginava que era tão profundo. Quase chorei por 3 vezes. Já é um de meus filmes preferidos.
     

Compartilhar