1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias Mário Sérgio polemiza: “Messi vive de lampejos, não é como Marcelinho”

Tópico em 'Esportes' iniciado por Ecthelion, 10 Jun 2015.

  1. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Mário Sérgio polemiza: “Messi vive de lampejos, não é como Marcelinho”
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    UOL Esporte

    10/06/2015 11:13
    Compartilhe
    Imprimir Comunicar erro
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Reprodução

    Durante o Boa Noite Fox, novo programa do canal Fox Sports, que contou com as presenças do ex-jogador Marcelinho Carioca e do atacante do PSG, Lucas Moura, o comentarista Mário Sérgio questionou Messi como jogador, segundo ele, que vive de lampejos, diferentemente do ídolo corintiano, mais constante, de acordo com suas palavras na atração.

    “O Messi é de outro planeta. Não puder ver Pelé jogando, mas jogar contra o Messi…Uma coisa é ver pela televisão, videogame, agora jogar contra o cara, ver o que ele faz ali de perto é impressionante. Um talento de outro mundo, totalmente natural e um grande ídolo”, derramou-se em elogios Lucas, para então surgir Mário com uma opinião, digamos, polêmica, sobre o craque do Barcelona e da seleção argentina.

    “Os tempos mudaram. Eu peguei ainda Müller, Silas, esse pessoal todo que jogava num ritmo de altíssima velocidade, um padrão de velocidade mais ou menos parecido com o que se joga hoje. Não é muito diferente, não. O Marcelinho veio depois. Você vê o futebol hoje, jogado, o Messi, por exemplo, eu cobro muito do jogador não viver só de lampejos. Cobro ser constante durante o jogo, porque aí ele está prestando um serviço constante ao conjunto. O Messi é um excepcional jogador, concordo com o Lucas, mas é um jogador de lampejos”, declarou.

    E, na sequência, citou Marcelinho Carioca, com quem trabalhou no Corinthians, como uma espécie de modelo. “[Messi] não é um jogador como, por exemplo [apontando para Marcelinho], você, mais constante, que participava 90 minutos, armando, chutando, batia falta, escanteio. Mudou-se muito o conceito do que é um jogador fora de série. O que temos de referência hoje é o Messi. Eu via na tua época muito mais jogadores”, finalizou o raciocínio.

    Perguntado por Mário se hoje é mais fácil um jogador ser rotulado de craque, Marcelinho disse que sim: “com certeza”. E fez coro à opinião do comentarista da Fox: “Messi tem muita velocidade, ele realmente faz muita diferença, mas ele [Mário Sérgio] fez uma colocação de constância. Teve alguns jogos que ele não conseguiu…”.

    “Nós vimos na Copa do Mundo o Messi sendo considerado o melhor jogador da Copa sem ser, abaixo, vivendo de lampejos”, enfatizou Mário Sérgio, para discordância de alguns ali, entre os quais os comentaristas Paulo Vinicius Coelho e Mauro Beting

    “Eu não me conformei muito com a história da constância do Messi'', comentou PVC. “Eu não conformei com nada'', acrescentou Beting. “Para não falar de memória, fui procurar direitinho [dados]: 58 gols e 28 assistência, passes pra gol na temporada. É muita coisa. A Copa do Mundo eu tô de acordo que estava um pouco abaixo, porque estava abaixo, fisicamente, também'', destacou Paulo Vinicius. “Tô com o PVC, discordo do Mário. Messi é de um nível de constância absurda. Duas jogadas do Messi valem por 600 de nós'', opinou, Mauro.

    O próprio Lucas Moura, que foi quem elogiou o craque argentino, com a experiência de tê-lo enfrentado, inclusive, em jogos de Liga dos Campeões, também fez a sua ponderação ali: “é difícil Messi viver de lampejos o jogo inteiro. Pela rotação que joga, essa constância não dá, é jogador pra definir. Ele recebe a bola, define ou alguma coisa ele vai fazer”, analisou.

    Rogerio Jovaneli
    Do UOL, em São Paulo



    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Ok. Já podem rir a vontade... :rofl: :lol:
     
    • LOL LOL x 3
  2. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    :clap:

    Pessoal paga muito pau pro futebol europeu.

    Ah, Djalminha > Messi também.


    Falando sério: Messi não, mas tem muito jogador europeu é superestimado demais, hein? Fábregas, Falcão Garcia, Rooney, Baloteli, e mais uns vários, não são nada de mais pra serem tão valorizados.
     
  3. fcm

    fcm Visitante

    Que isso Neithan.
    Concordo que tem alguns supervalorizados na europa, assim como acontece aqui no Brasil.
    Mas comparar Messi com Marcelino Carioca é digno de internação psiquiátrica.
    Messi é gênio, pode ser comparado com a turma lá de cima (Pelé,Maradona,Romário,Ronaldinho).
     
  4. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    "Falando sério, Messi não"...
     
  5. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Esse é o problema de nostalgia.
    O cara lembra dos bons momentos do Marcelinho. E aí faz uma montagem na cabeça dele que cada jogo do Marcelinho era inteiramente composto pelos bons momentos que ele lembra.
    Por isso que prefiro os comentaristas estudiosos. Os que não acham que é perda de tempo ir lá assistir um jogo de 20 anos atrás pra realmente analisá-lo em vez de ir pela memória.

    Dava pra ter elogiado o Marcelinho comparando com o Messi sem ter falado essa bobagem. O Marcelinho tinha um jeito de bater na bola melhor que o Messi tem hoje. O Messi é mais efetivo, possui várias outras características que fazem com que seus chutes resultem em gol, etc. Mas se colocar a bola na meia lua e alvos no gol, a disputa seria séria, e eu apostaria no Marcelinho.
    Na verdade, o Messi acho que até já participou de um jogo desse num talk show no Japão, e até o Neymar teve resultado melhor.
    Pronto. Um elogio ao convidado do programa sem ser imbecil.

    Falando nisso, bem que poderia ter esse tipo de coisa no futebol, né?
    Tipo o que tem na NBA com quem consegue encestar mais bolas de 3. Ou fazer a melhor enterrada. Etc.
    Não é porque LeBron James é o maioral no jogo jogado hoje em dia que ele vai ganhar todas as competições técnicas.



    Sobre os jogadores de fora, Neithan.
    Você se refere que não merecem ser valorizados em comparação a jogadores históricos ou jogadores daqui?
    Se forem com relação a jogadores históricos, concordo. Mas não vejo tanta gente seriamente comparando esses citados com grandes nomes do futebol. Eu particularmente coloco Rooney acima dos outros que você citou, pois ele me surpreendeu muito com o quão versátil ele consegue ser e render muito pro time. Seja antes quando era artilheiro, ou depois quando foi jogado mais pra trás e virou articulador. Até já jogou um tempo tendo responsabilidades defensivas quase de um volante. Mas claro, não é um Van Basten ou um Reinaldo. Mas abaixo disso, dá pra discutir.
    Quanto aos jogadores que estão hoje aqui. Todos os citados chutariam bundas. Ou, no mínimo no mínimo, seriam titulares absolutos.
     
  6. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Do Messi não dá pra discutir. Só o Cristiano Ronaldo cabe em comparações com ele.

    Digo no histórico. Atualmente o Brasil tá numa seca de craques sem igual. Onde até jogador em fim de carreira européia vem pro Brasil e se destaca, como Seedorf, Zé Roberto (ano passado), e varios outros veteranos que vieram.

    Mas futebol Brasileiro dos anos 90 tinha jogador melhor que a Europa tem hoje, a exceção de uns poucos como Messi, Ronaldo, Robben, e mais uns 5. Talvez eu seja nostálgico, mas anos 90 pra cá tinha muito cara bom de bola.

    Agora, o que irrita na Europa é a valorização comercial. Jogadores comuns valem 30, 40 milhões de Euros. Olha a janela de transferência européia e alguns valores. Não faz sentido. E esses caras ficam com status de craques, quando não passam de bons jogadores.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • LOL LOL x 1
  7. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Esse é um bom comentarista. :lol:
     
  8. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    A valorização comercial eu concordo.

    Mas discordo sobre a qualidade, você está sendo nostálgico sim.
    Nos anos 90 de fato existiam muito mais bons jogadores brasileiros e há uma explicação básica que a partir desse período as categorias de base dos nossos clubes (que eram o grande celeiro) foram totalmente leiloadas e largadas as moscas. Juntando com a sempre inexistente vontade da CBF de fazer um planejamento de longo prazo para as categorias de base da seleção brasileira também.

    Se for pra comparar jogadores brasileiros dos anos 90 e os de hoje, aí concordo. Porque há uma explicação, há um motivo.
    Mas no futebol geral, aí é a sua nostalgia falando. Em que você só lembra do Cesar Sampaio arrasando em uma temporada, mas sendo completamente inútil em outros clubes. Ou o próprio Alex, ídolo em Palmeiras, Fenerbahce e Cruzeiro, mas sendo um zero a esquerda decepcionante na seleção e no Flamengo (e ele recebia, nem podia reclamar como o Vampeta reclamava).
    Mas esses caras a nostalgia apaga esses maus momentos, enquanto que os jogadores de hoje como o Balotelli, Fabregas, Gerrard, etc, estão fresquinhos nas nossas memórias, e ainda jogando na verdade. Tanto as coisas boas, como também os momentos ruins.
    Você vê o Rooney pisando na bola e pensaria "Ah, o Marcelinho nunca faria isso". Aham....
     
  9. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Mario Sérgio é aquele que certa vez já falou que uma das maiores injustiças do campeonato brasileiro foi o Corinthians de 93 ter feito uma campanha quase perfeita e lamenta até hoje não ter chegado a final por causa de apenas uma única derrota pro Vitória do @Eriadan :lol:
     
  10. Ecthelion

    Ecthelion Mad

  11. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    A resposta de Marcelinho...
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    • Marcelinho Carioca fez história no futebol com a camisa do Corinthians
    A declaração de Mário Sérgio, ex-treinador e atual comentarista dos canais FOX Sports, de que diferentemente de Marcelinho Carioca, Lionel Messi vivia de lampejos, causaram polêmica. Mas para o "Pé de Anjo", não é uma declaração sem sentido.

    "Jamais vou querer me comparar ao Messi ou a qualquer outro jogador. Mas eu fiz 513 gols na carreira, seja de perna direita, esquerda ou de longa distância. Foram oito gols olímpicos e vários de falta. Ou seja, mantive uma regularidade. O Messi não faz gol de cabeça e de perna direita foram poucos", afirmou Marcelinho ao UOL Esporte.

    "Desde que eu subi para o profissional em 1988 até o final da carreira, mantive uma regularidade. E foi isso que o Mário (Sérgio) falou ontem e ninguém entendeu: eu mantive uma regularidade, uma sequência. Como o Mário falou ontem, eu fui decisivo em todos os campeonatos em que passei e mantive uma regularidade. Às vezes eu tirava nota 10, mas de vez em quando tirava nota 5 ou 6. Então mantinha uma média 8".
    De acordo com Marcelinho, o que faz as pessoas questionarem a regularidade de Lionel Messi é o fato de o craque do Barcelona ainda não ter conseguido repetir os mesmos desempenhos que tem no clube espanhol com a camisa da Argentina.

    "O Messi é craque? É, ele é diferenciadíssimo. Assim como o Cristiano Ronaldo e o Neymar são. Mas manter regularidade é outra coisa. Vou dar um exemplo: em 1996, o Maradona ganhou uma Copa sozinho. A Argentina não era um timaço, como o Barcelona e a Alemanha de agora. Mas ele decidiu porque era do nível do Pelé. Já o Messi não conseguiu render na seleção o que rende no Barcelona. E foi isso que o Mário quis dizer".

    Por fim, Marcelinho lamentou o fato de não ter disputado nenhuma Copa do Mundo, algo que Messi já fez três vezes (2006, 2010 e 2014).

    "Não disputei três Copas do Mundo (1994, 1998 e 2002). Era para eu estar lá, mas interesses pessoais e de empresários não permitiram isso". "Todo mundo me pergunta, 'como que você não foi para a seleção brasileira?'. E eu peço para perguntarem para o Zagallo, Parreira e Felipão. O Felipão não me levou em 2002 porque eu disse 'não' a ele em 2000, quando treinava o Cruzeiro. Tinha acabado de perder o pênalti (contra o Palmeiras, na Libertadores) e não queria sair do Corinthians humilhado", completou.
     
  12. Paraíba Hi-Tech

    Paraíba Hi-Tech Cabra Arretado

    Isso não dá demissão por justa causa, não? :lol:

    O problema de comentaristas como ele é a necessidade de atenção. Provavelmente, ele se acha muito mais entendedor de futebol do que outros entendedores, mas não tem a mesma notoriedade que um zé ruela como o Roger Flores, por exemplo. Isso é algo com que o ego inflado do Mário Sérgio não sabe lidar. E aí ele fala essas asneiras. No final, ele ainda obtém o resultado que queria: notoriedade, ainda que pela sua completa ignorância.
     
    • LOL LOL x 1
  13. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Polemica besta essa. Eu tava assistindo o programa ao vivo e o que o Mario Sérgio falou foi que o Marcelinho era mais participativo nas partidas que disputava do que o Messi. Ele, portanto, quis dizer que o Messi vive de grandes lances que a sua genialidade proporciona, mas que durante os 90 minutos o Marcelinho era mais participativo.

    Se isso é verdade ou não tanto faz, mas ele não falou que o Marcelinho era MELHOR que o Messi. Tanto que, minutos depois de fazer a comparação, ele reforçou o que havia dito, tentando desfazer interpretações erradas.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  14. Thor

    Thor ἀλήθεια

  15. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Felagund, galera tem problema de interpretação de texto?
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  16. fcm

    fcm Visitante

    eu só li a manchete :P
     
  17. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Problema de interpretação nenhuma. Eu assisti ao vídeo.
    Ele disse exatamente como a manchete deixa a entender.

    Acho o Mário Sérgio simpático, e adoro os comentários dele no Fox Sports, mas a verdade é que ele é louco. Fala um monte de abobrinha. Mas são abobrinhas engraçadas, pelo menos.
     
    • LOL LOL x 1
  18. fcm

    fcm Visitante

    cara, desde a liberta de 2013 eu não curto muito ele, parece que tá sempre torcendo contra o GALO.
    Galo x Inter então foi fodaaaaaaaaaaa.
     
  19. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Ele torce pra quem é amigo dele.

    Torcia pro Galo em 2013, porque é amigo do Cuca.
    Tá torcendo pro Inter, porque é amigo do D'Alessandro...

    Mas nem me preocupo pra quem o cara está torcendo. Desde que não seja chato, como o Galvão.
     
  20. fcm

    fcm Visitante

    é que os comentários ficam meio tendenciosos e irrita bastante.
    Pode torcer a vontade desde que comente sem torcer.
     

Compartilhar