1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Maria do bairro

Tópico em 'TV' iniciado por Diego_alucard, 13 Abr 2007.

  1. Diego_alucard

    Diego_alucard Usuário

    Quem ja viu???? prestava?????............
     
  2. Sally

    Sally Un enfer de griffes et de croc

    Eu tinha uns 7 anos na época, entao pra mim prestava :lol:
    Sem contar, que marcou a infancia :hihihi:
    Tem marimar e maria mercedes também aiuahauahauaha
     
  3. Cad

    Cad The punishment is loneliness.

    :rofl:
    alguém lembra o dia que o irmão da maria do bairro/maria mercedes levou uma pedrada na cabeça?
    Anyway, era muito trash, mas eu assisti uns 2 capítulos.
     
  4. Diego_alucard

    Diego_alucard Usuário

    eu só sei que no final ela perdia a memória e ficava presa numa cabana com a vilã , que botava fogo na cabana e o cara lá salvava ela.......
     
  5. Laurelin

    Laurelin Voltei a ser um

    Olhava. Marimar, Maria do Bairro, Maria Mercêdes. Porque era estranha, dramática demais, tosca demais.

     
  6. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Fora Carrocel, existe alguma novela mexicana que presta?! o_O
     
  7. Sally

    Sally Un enfer de griffes et de croc

    Carinha de anjo e Usurpadora :obiggraz:
     
  8. Suel***

    Suel*** Usuário

    A Usurpadora era muito legal mesmo.
    Eu não perdia um capítulo. :lol:
     
  9. Ishtar Lillith

    Ishtar Lillith Usuário

    ahahahaha eu tambem na epoca dos meus 7 anos por ai assistia,e, nossa, era o maximo XD
    Carrosel e a Usurpadora tbm, aff era mto tosco esses dramalhoes, mas na epoca era o maior sucesso x)~
     
  10. Laurelin

    Laurelin Voltei a ser um

    Agora que lembraram; eu também assistia mil e uma novelas mexicanas, dentre elas:
    Carinha de Anjo, Luz Clarita, A Usurpadora, as "Marias", Carrossel e mais recentemente Rebelde; mas essa eu só olhei a primeira e segunda temporada, e não todos os episódios XD
     
  11. A Arlequina

    A Arlequina Sumida e inconstante

    Aí tu me pegaste...a minha vizinha via essa novela,mas ela não é referência.Mas enfim...tem o genérico agora no SBT,mas como não tem o mesmo figurino da original,acho que perdeu metade da graça!
     
  12. putz, maria do bairro eu devo ter visto em espanhol mesmo, a usurpadora era fera rss
    aquela mulher erá mo bonequinha e tals
     
  13. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    A gente descobre cada podre das pessoas nesse forum! :lol:

    Ela tinha a boca torta.
     
  14. Dirhil

    Dirhil Olha, Schroeder...

    Eu torcia o nariz pra novelas na época e torcia mais o nariz pra Thalia.

    Mas eu não resisti a "Maria do Bairro". Era muito boa a novela. Divertida e dramática na mesma dosagem. Acompanhei bons meses, perdi só o finalzinho mesmo.

    Eu adorei!
     
  15. Sally

    Sally Un enfer de griffes et de croc

    Outra novela mexicana que eu assisti e gostei foi Amigas e Rivais, mas A Usurpadora é a mais legal :yep:
     
  16. Diego_alucard

    Diego_alucard Usuário

    Maria do Bairro é uma novela mexicana, que já foi exibida em mais de 180 países, dentre eles Portugal, pela RTP1, e 4 vezes no Brasil, pelo SBT, nos anos de 1997 e 2004.

    A novela conta a história de Maria, uma menina de quinze anos, que vive com a sua madrinha Cacilda, em um bairro pobre. Após a morte de Cacilda, Maria vai trabalhar para uma casa riquíssima, onde se torna uma espécie de filha adotiva. No entanto, há alguém que a odeia: Soraya, a sobrinha de Fernando e Vitória.

    Passado algum tempo, Maria adquire educação e casa-se com Luís Fernando, filho do chefe da casa. Eles se casam e Maria engravida durante a lua-de-mel.

    Contudo, um enorme mal entendido separa-a do marido: passado alguns meses, Maria recebe uma carta onde o marido pede divórcio. Desesperada, ela vagueia nas ruas e sente as dores do parto. Então, um transeunte leva-a para o hospital e Maria dá a luz. Atordoada, ao sair do hospital, Maria pede a uma vendedora de doces que segure seu filho e, sem se dar conta, o entrega à doceira.

    Ao recobrar os sentidos, Maria se dá conta que perdeu seu filho e não desiste de procurá-lo. Mais tarde, descobre um menino que vende bilhetes da lotaria e acha-o parecido com o seu filho perdido. Começa, então, a sustentá-lo.

    A trama prossigue em um enredo cheio de vinganças, reaparecimentos e revelações.

    Elenco
    Maria do Bairro: Thalía
    Luis Fernando de la Vega: Fernando Colunga
    Soraya Montenegro: a terrivel vilãItatí Cantoral
    Alexandre Cinque(Xandy): Bruno Bendaham
    Ana Patricia Rojo: Penélope
    Osvaldo Benavides: Nandinho
    Alicia: Yuliana Peniche
    Agripina: Carmen Salinas
    Veracruz: René Muñoz
    Carlota: Rebeca Manríquez
    Vitória de la Vega: Irán Eory
    Fernando de la Vega: Ricardo Blume
    Vladimir: Hector Soberón

    fonte: wikipédia
     
  17. Laurelin

    Laurelin Voltei a ser um

    Ah, pois é. Fui falar, olha aí no que deu.
    :rofl:
     
  18. Edu

    Edu Draper Inc.

    Essa eu nunca vi, mas já acompanhei algumas bem antigamente, há uns 6 anos atrás, por aí. Me lembro d'A Usurpadora, Privilégio de Amar, quase todas as infantis e umas outras. Era legal.
     
  19. Chester Cubano

    Chester Cubano Chester_Cubano

    a unica q eu vi e gostei foi Usurpadora! o resto n vi nenhum capitulo...

    mas tdo mndo q eu conhecia via usurpadora ai dava pra comentar sobre a novela ne .. e ai fica mas emocionante!
     
  20. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Vocês sabem se os títulos originais também são toscos ou isso é coisa da tradução brasileira?

    Por novelas cujo o título são "Café com Aroma de Mulher", "Cúmplices de um Resgate", etc, não fazem com que as levem a sério.
     

Compartilhar