1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Mamonas Assassinas

Tópico em 'Música' iniciado por Raphinha Revolti, 9 Ago 2009.

  1. Raphinha Revolti

    Raphinha Revolti Usuário

    È impossível negar que "Mamonas Assassinas" alienaram o Brasil.Tenho certeza de que todos tiveram a sorte de viver e presenciar a fama dos "Mamonas Assassinas" , infelizmente quando eles morreram eu ainda não era nascida , e como ótima fã segue ai um breve resumo do estou que foi "Mamonas Assassinas"

    Mamonas Assassinas foi uma banda brasileira de rock cômico, com influências de gêneros populares tais como forró, sertanejo, além de hard rock, música portuguesa e punk rock.
    Tornaram-se um grande sucesso com seu humor em meados dos anos 90, vendendo mais de 2,3 milhões de cópias de seu álbum homónimo de estréia e único de estúdio, graças ao sucesso de temas como "Pelados em Santos", "Robocop Gay", "Vira-Vira", "1406" e "Sabão Crá-Crá". No auge de suas carreiras, os integrantes da banda foram vítimas de um acidente aéreo fatal.[1]



    A aeronave havia sido fretada com a finalidade de efetuar o transporte do grupo musical para um show no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. No dia 1 de Março de 1996, transportou esse grupo de Caxias do Sul para Piracicaba, aonde chegou às 15:45. No dia 2 de Março de 1996, com a mesma tripulação e sete passageiros, decolou de Piracicaba, às 07:10, com destino a Guarulhos, onde pousou às 07:36. A tripulação permaneceu nas instalações do aeroporto, onde, às 11:02, apresentou um plano de vôo para Brasília, estimando a decolagem para as 15:00. Após duas mensagens de atraso, decolaram às 16:41. O pouso em Brasília ocorreu às 17:52.
    A decolagem de Brasília, de regresso a Guarulhos, ocorreu às 21:58. O vôo, no nível (FL) 410, transcorreu sem anormalidades. Na descida, cruzando o FL 230, a aeronave de prefixo PT-LSD chamou o Controle São Paulo, de quem passou a receber vetoração por radar para a aproximação final do procedimento Charlie 2, ILS da pista 09R do Aeroporto de Guarulhos (SBGR). A aeronave apresentou tendência de deriva à esquerda, o que obrigou o Controle São Paulo (APP-SP) a determinar novas proas para possibilitar a interceptação do localizador (final do procedimento). A interceptação ocorreu no bloqueio do marcador externo e fora dos parâmetros de uma aproximação estabilizada. Sem estabilizar na aproximação final, a aeronave prosseguiu até atingir um ponto desviado lateralmente para a esquerda da pista, com velocidade de 205Kt a 800 pés acima do terreno, quando arremeteu.
    A arremetida foi executada em contato com a torre, tendo a aeronave informado que estava em condições visuais e em curva pela esquerda, para interceptar a perna do vento. A torre orientou a aeronave para informar ingressando na perna do vento no setor sul. A aeronave informou "setor norte".
    Na perna do vento, a aeronave confirmou à Torre estar em condições visuais. Após algumas chamadas da Torre, a aeronave respondeu e foi orientada a retornar ao contato com o APP-SP para coordenação do seu tráfego com outros dois tráfegos em aproximação IFR. O PT-LSD chamou o APP-SP, o qual solicitou informar suas condições no setor. O PT-LSD confirmou estar visual no setor e solicitou "perna base alongando", sendo então orientado a manter a perna do vento, aguardando a passagem de outra aeronave em aproximação por instrumento. No prolongamento da perna do vento, no setor Norte, às 23:16, o PT-LSD chocou-se com obstáculos a 3.300 pés, no ponto de coordenadas 23º25'S 046º35'W. Em conseqüência do impacto, a aeronave foi destruída e todos os ocupantes faleceram no local.

    Quais são as melhores músicas para vocês??
     
  2. Thorondir

    Thorondir Usuário

    Eu acho um saco, não vejo graça nenhuma, já cansei de ouvir as besteiradas todas. Quando eu era menor, cantarolava uma ou outra com os amigos pra dar risada, mas já deu pra mim faz um bom tempo. Em suma, preferiria ver o filme do Pelé do que ganhar um disco deles...

    Isso porque sou uma pessoa bem humorada. :)
     
  3. Raphinha Revolti

    Raphinha Revolti Usuário

    Tipo , eu acho MTO massa as vozes que o Dinho fazia
     
  4. Anica

    Anica Usuário

    eu não suportava na época que eles fizeram mais sucesso, porque simplesmente não paravam de tocar isso. era muita exposição, em tudo que é canto. ligava a tv, tinha mamonas, ligava o rádio tinha mamonas. ¬¬
     
  5. Raphinha Revolti

    Raphinha Revolti Usuário

    aah , infelismente eu ano posso dizer , nao peguei eles vivos :/
     
  6. Izze.

    Izze. What? o.O

    Eu sempre adorei. Na época eu não entendia bulhufas das músicas, mas cantava tudo.

    Uns anos atrás eu tava ouvindo rádio durante uma aula de educaçao física, e começaram a tocar músicas deles como tributo à eles e tal, e na hora de Mundo Animal eu me matei rindo sozinha porque finalmente estava entendendo o que diziam. xD

    Os caras eram feras. Não só pela criatividade, mas quem viu os vídeos dos shows dele deve saber do que eu falo. Eles pulando, brincando e mandando muito bem na música. Dá até vontade de voltar no tempo pra poder frequentar um show deles, deveria ser muito bom.
     
  7. Palazo

    Palazo Mafioso Literário

    Opaaa... eu sabia cantar todas as musicas, e minha descendencia Lusitana se apaixonou pelo vira.......hehehehe!! Confesso meu lado brega...rss
     
  8. Raphinha Revolti

    Raphinha Revolti Usuário

    Concordo com tudo :sim:
     
  9. Marcio Scheibler

    Marcio Scheibler Usuário

    Inesquecíveis
     
  10. imported_Faye

    imported_Faye Usuário

    Será que eu era a única que sentia medo deles??
    o_O

    Fala sério... eu tinha medo do Robin. E quando o Dinho aparecia vestido assim, eu fugia, como se ele fosse sair da tv e me pegar... uuuuu

    :rofl:
     
  11. Farfael

    Farfael Usuário

    Exatamente! Depois que eu cresci comecei a gostar ainda mais das letras dos mamonas. São muito boas mesmo! Sem contar que eles são responsáveis pela criação de uma palavra genial: monoteta! :P
     
  12. Chyz

    Chyz Usuário

    Monoteta é uma palavra ótima mesmo!!!!:rofl:

    E, além de confessar meu lado brega, confesso a culpa pelo fato a Raphinha ser fã....sempre gostei dos carinhas, mesmo com super-exposição e talz...
    Fora que show deles era muito bom! Certeza de diversão!!!:sim:
     
  13. imported_Ariane

    imported_Ariane Usuário

    Mamonas... Eu gostava muito deles, embora a minha mãe tenha feito das tripas coração pra tirar isso de mim, ela os odiava, mas me deu o CD assim mesmo. Lembro com saudade, os caras eram engraçados (embora exagerassem muito no humor).

    A minha música favorita deles é, sem dúvida nenhuma, "Uma Arlinda Mulher". :rofl: :rofl: :rofl:

    "...te ensinei por B mais C que as meninas dos teus olhos não têm menstruação..."

    De passar mal! :lol: :lol: :lol:
     
  14. imported_Amélie

    imported_Amélie Usuário

    Eu achava muito engraçado... talvez pq era meio aquela fase pré-adolescente, bem a época da bobeira! Até hoje rio com algumas frases, tenho uma fita k7 com a gravação de um ao vivo na Transamérica que era muito cabuloso... :rofl:

    Concordo que Robocop Gay deu o que tinha que dar! :hahano: Quem cantasse nos karaoquês da vida deveria ir preso, sem fiança! :sim:

    O que mais me intrigou no tópico é ouvir o depoimento da Rapha, que disse nem ser nascida quando eles morreram... :timido: Vê, os caras foram longe mesmo, influenciando jovens de agora, achei que nem ia durar tanto assim!
     
  15. Raphinha Revolti

    Raphinha Revolti Usuário

    :think: nao entendi :S
     

Compartilhar