1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Mamãe Rússia e sua árvore de Natal

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Luciano R. M., 14 Ago 2009.

  1. Luciano R. M.

    Luciano R. M. vira-latas

    Há uma grande árvore
    e é para o Natal:
    o pequeno Vladimir caminha
    com passos incertos
    e procura seu presente.

    São muitas as caixas
    embaladas com esmero.
    Mamãe Rússia é gentil
    e presenteia até mesmo
    seus sobrinhos.

    Há presentes para Ceau?escu:
    era um pouco rebelde, mas
    um assassino requintado.
    Há presentes para Zhivkov,
    que foi um sobrinho tão
    amoroso quanto os filhos.
    Há presentes para Boles?aw Bierut:
    esse sim, filho biológico
    concebido com papa Stalin.
    Há presentes para Miloševi?:
    um genocida tão dedicado!

    Mas mamãe Rússia já é avó.
    E o pequeno Vladimir a chama
    por baba. E ela não se esquece
    de tanto carinho: ele a deixa
    livre dos estrangeiros, dos
    pacifistas. Ela a deixa livre
    de todos que não a amam
    como Stalin a amou.
    Por isso ele ganha sempre
    o melhor dos presentes.
     
  2. Maycon Aguiar

    Maycon Aguiar Usuário

    Sempre leio seus poemas. Despertam em mim recordações, parecem-se com o que escreve até certo ponto. Existe muito de mim neles. Será que como eu você faz o estilo meio rebelde? rsrs
     
  3. gostei da ironia cáustica que emprenha o poema. um libelo inteligente
    contra o totalitarismo eurasiano.
     

Compartilhar