1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Maldito

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Devotchka, 22 Out 2008.

  1. Devotchka

    Devotchka Usuário

    Enfim, fico um tanto apreensiva em postar isso aqui. É uma das poucas poesias que eu fiz e não excluí. Não costumo escrever muita coisa do gênero, e essa saiu numa madrugada qualquer.

    Madrugada
    Aflita, sozinha, infeliz
    E tu, como uma punhalada
    Em mim deixou cicatriz

    És cruel, traiçoeiro
    Envenenaste-me com teu amor
    Com repulsa, almadiçô-o
    E odeio-te com todo o fulgor!

    Oh, como o amor é cruel!
    Mata, condena, maltrata
    Os sentimentos destrói
    Marca-me como um golpe de espada
    Tremenda ferida que dói

    Que fiz para a vida? Que fiz para o destino?
    Maldita sina que carrego
    Maldito amor que desprezo
    Maldito sejas tu, menino!

    [size=xx-small]Ah, e não é necessariamente auto-biográfico.[/size]
     
  2. Fernando Giacon

    Fernando Giacon [[[ ÚLTIMO CAPÍTULO ]]]

    Eu sei que madrugada e solidão são armamentos pesados para deixarem grandes feridas dentro de nós. Pensamentos que vagam livremente somados com uma frustração, ah...como é triste, parece realmente que alguém nos deu uma apunhalada no peito, e que o sangue escorre, enquanto nos culpamos por sermos tão malditos sentimentais. Muito bom mesmo "N".
     
  3. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Já ouvi dizerem que é de madrugada que grande obras são escritas, fica ai a dica!
    A poesia é muito boa e um pouco intença. Gostei muito, vai até entrar para o moral de poesias lá no meu quarto.

    Sei sei...:uhum:
     
  4. imported_Cabal

    imported_Cabal O Poeta Aprendiz

    É isso aí N, não tenha me de expor nada disso, que aconteceu ou não.
    Isso alivia o peito, parabéns.:sim:
     
  5. imported_Amélie

    imported_Amélie Usuário

    singelo e sincero :timido:
     

Compartilhar