1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Mais um sumiço?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Olwë, 25 Mar 2004.

  1. Olwë

    Olwë Usuário

    Faz eras que eu não crio tópicos nesta área. Mas parece-me que agora é uma questão realmente interessante...

    A lista de discussões da Valinor descobriu alguns erros de tradução da versão brasileira de O Senhor dos Anéis.

    Eu acho que nós, aqui do Fórum Obras, também podemos dar alguma colaboração...

    Dêem uma conferida no capítulo A Partida de Boromir, no As Duas Torres.
    Ao que me parece, uma frase foi suprimida, com algum prejuízo para a interpretação do texto.

    No texto original:
    Na versão da MF (p. 434 da quarta tiragem da primeira edição):
    Reparem que foi suprimida a frase que permitia perceber que Aragorn estava diante de uma raça de orcs por ele desconhecida (os Uruk-hai de Saruman) e não simplesmente diante de equipamentos estranhos, utilizados pelos duendes das Montanhas Sombrias.

    Do jeito como ficou na edição brasileira, dá a impressão de que Aragorn falou que o equipamento dos orcs prevenientes das Montanhas Sombrias (dos duendes) era estranho para ele. Mas na versão original dá pra perceber que ele está falando dos uruk-hai (que lhe eram estranhos) e de seus equipamentos.

    Será que esse é mais um furo da tradução?
     
  2. Eru- o Ilúvatar

    Eru- o Ilúvatar Usuário

    :eek: Eu estou cada vez mais decepcionado com isso, num momento em que estou relendo a versão da Martins Fontes.
     
  3. Edrahil

    Edrahil Usuário

    A coisa cresce a cada dia mais. A cada semana parecem mais trechos sumidos não públicados pela MF.

    Acho que logo encontraremos trechos de outros livros que também não foram publicados.

    E com esse exemplo dado, deve-se tomar cuidado não somente em relação à parágrafos faltantes, mas também com trechos de parágrafos.
     
  4. TT1

    TT1 Dilbert

    Ê laiá ! (essa eu aprendi com a Joy)

    Mais uma frase. Com o que tá faltando da versão brasileira já dá pra fazer um quarto livro de SdA :|
     
  5. Eru- o Ilúvatar

    Eru- o Ilúvatar Usuário

    Bom, meu Silmarilion e meu Contos Inacabados são da edição portuguesa, da Europa América. Se encontrarem trechos faltando na versão da Martins Fontes, posso conferir depois se os mesmos também faltam na edição de lá, gajos. :|
     
  6. Imadofus

    Imadofus Banana Hammock!

    Mais um? já são seis até agora?
    Francamente MF... :gotinha:
     
  7. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Aposto q ainda vão aparecer mais alguns...... Agora q começaram a procurar por eles, é bem capaz q ainda achem uns dois ou três....... Só espero q naum sejam muitos......
     
  8. Olwë

    Olwë Usuário

    Agora eu me empolguei:

    Existe um erro sistemático de tradução no Senhor dos Anéis da MF de que eu já falava há meses: a cruel e implacável caça os duendes.

    O termo foi cuidadosamente substituído por “orc” em todas (TODAS!) as suas aparições em O Hobbit, nO Senhor dos Anéis e no Contos Inacabados da MF.

    NO Hobbit a substituição foi total e absolutamente inexplicável. Todas as vezes em que deveria aparecer duende (goblin) está escrito orc. Exceto na nota preliminar (o que torna tudo ainda mais bizarro).

    Já no Senhor dos Anéis, que eu tenha encontrado aqui, os tradutores substituíram o termo goblin (duende) nas seguintes páginas da quarta reimpressão da primeira edição (três-em-um) da MF:

    Página 27 (no capítulo Uma Festa Muito Esperada: a expressão goblin-barkers foi substituída por fogos-de-orc).
    Página 114 (no capítulo A Floresta Velha: goblins foi trocado por orcs).
    Página 187 (no capítulo Uma faca no escuro: he looks more than half like a goblin foi traduzido por ele se parece muito com um orc).
    Página 350 (no capítulo Lothlórien: goblins foi trocado por orcs).
    Página 407 (no capítulo O grande rio: goblins foi trocado por orcs).
    Página 434 (no capítulo A partida de Boromir: goblin-soldiers foi trocado por soldados-orc).
    Página 460 (no capítulo Os cavaleiros de Rohan: a great goblin head foi trocado por uma grande cabeça de orc).
    Página 464 (no capítulo Os Uruk-hai: dozens of other goblins foi trocado por dúzias de outros orcs).
    Página 467 (no capítulo Os Uruk-hai: smaller goblins foi traduzido como orcs menores).
    Página 476 (no capítulo Os Uruk-hai: goblin foi traduzido como orc).
    Página 479 (no capítulo Os Uruk-hai: goblin foi traduzido como orc).
    Página 561 (no capítulo O Abismo de Helm: goblin-men foi traduzido como homens-orcs).
    Página 592 (no capítulo Escombros e Destroços: goblin-faces foi traduzido como rostos de orcs).

    E, finalmente, na página 504 do Contos Inacabados: na nota de rodapé n. 21 he looks more than half like a goblin foi traduzido por ele se parece muito com um orc.

    Eu me pergunto o que a MF vai fazer quando (se um dia) traduzir o Letters... Lá é simplesmente impossível manter essa farsa de dizer que duendes não existem. (:lol:)

    O que me parece nesse caso, é que a lambança começou na tradução do Hobbit. Alguém na MF se achou muito esperto e resolveu psicografar Tolkien, presumindo (erradamente) que o Professor teria substituído goblin por orc na versão original, se tivesse surgido a oportunidade.
     
  9. Tilion

    Tilion Administrador

    Quanto ao perigo do Letters sofrer desse "mal" de tradução nas mãos da MF, não há com o que se preocupar: como foi dito em outro tópico, sobre possíveis livros a serem traduzidos, a MF, em resposta ao e-mail de um usuário aqui do Fórum, disse não possuir os direitos para a tradução do Letters e dos HoMe.
     
  10. Edrahil

    Edrahil Usuário

    Pode até ser que eles não queiram dar mais chance à Xuxa, mas pelo menos nos livros o goblins deveriam ser traduzidos como duendes.

    Será que eles queriam evitar que a Xuxa tentasse fazer uma versão de SdA, em função dos duendes?
     
  11. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    É, mas se eles não queriam criar confusão com o termo "duende", que mantivessem o original "goblin", já que eu não sei de nenhuma indicação de Tolkien para que goblin seja traduzido como orc. Eles seriam um ramo dos orcs, mas essa diferenciação nos nomes é bastante importante.
     
  12. Aí Eru, as edições da Europa-America estão intactas!!! :dance:

    Ainda bem.... não compro edição nacional nem a pau! Isso é triste mas.... é a realidade..... :osigh:
     
  13. hAlf

    hAlf Usuário

    Hum, perai. Concordo com a raiva de vocês quanto ao fato de algumas partes terem sido omitidas/mudadas. Mas esse aí, não sei não.. Está faltando mesmo, mas, por favor, não se dá pra traduzir exatamente tudo ao pé da letra. Quando eu li essa parte eu subentendi muito bem que ele se referia aos Uruk-Hai. Culpa a MF por isso já é exagerar..

    E quanto à tradução goblins/orcs, tenho certeza que já li um texto sobre antes, mas agora num to conseguindo acha, depois eu ponho aqui. E por que todo mundo reclama disso? Goblins e orcs não são praticamente a mesma coisa? Por que pra mim sempre foi...
     
  14. Realmente é uma pergunta que me atormenta ..... qual é extamente a diferença.... Orcs x Goblins

    Porque tambem existe uma confusão entre Duendes e Elfos....
    Por exemplo.... Elfos são caracterizados de maneira bela somente no mundo criado por Tolkien..... em outros livros parecem mais duendes e saõ assim chamados frequentemente....

    Alguem poderia esclarecer essa duvida??
    Elfos são Elfos? Duendes são Duendes? Orcs são Orcs? Goblins são Goblins??
    Ou existe uma ligação entre eles? Tem em algum lugar escrito isso?? No HoME por exemplo??
     
  15. hAlf

    hAlf Usuário

    Ha! Exatamente!
    Se elfos são confundidos com duendes, e goblins, como vocês dizem, são duendes, então....... orc = elfo?

    Então parem de encher!
















    :doido:



    Nada a vê :disgusti:
     
  16. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    pra mim podia deixar goblin mesmo...... afinal, a palavra orc tbm naum existe em português e duende naum parece realmente ameaçador......
     
  17. Heceldamar

    Heceldamar Usuário

    Já existe um tópico sobre isso. Mais resumindo, goblins são orcs menores. São extremamente populosos nas Montanhas Sombrias e nas Montanhas Cinzentas. :wink:

    Alguns podem reclamar que no final, "são orcs", mas como o Maglor disse, a diferenciação é necessária, até porque Tolkien nunca disse (até onde eu saiba) que goblin poderia ser traduzido como orc. Apesar de ser compreensivel a tendencia da MF de não confundir os leitores, eu particularmente acho que a diferenciação deveria ser mantida.

    Mais a tradução da MF cada vez parece pior. Estou realmente decepcionado, visto que sempre a defendi. Novos trechos desaparecidos são só questão de tempo, infelizmente.... :|
     
  18. Tilion

    Tilion Administrador

    Não, não são.

    Leia esse texto de autoria do Olwë:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  19. Goba

    Goba luszt

    O real problema desse tipo de omições ou traduções se encontra em quem tem interesse de estudo ou é atencioso para com suas leituras. As partes colocadas no ensaio que tem sido publicado pela Valinor são significativas pois causam, algumas, quebras no ritmo de leitura e na coerência textual, como o caso do Tom Bombadil "gagá".

    Já a parte que postaras, Olwë, é mais significativa para quem estuda a obra de Tolkien. Uma informação que falta pode atrapalhar um estudo ou deixá-lo mais pobre, então pode ocorrer a depreciação do trabalho daqueles que tem acesso à tradução da MF. Mas esses erros de edição são comuns em toda tradução, mas podem ser erradicados.

    Quanto à tradução do termo "goblin", se torna algo preocupante para estudiosos, novamente. Quem não teve acesso ou não procurou saber das nuances da tradução não se preocupa com tal detalhe. E a MF ainda fez tal tradução em busca de evitar confusões que seriam inevitavelmente feitas - as quais a editora não tem o poder de saná-las. A tradução foi feita para evitar conflitos com a editora, sem questionamentos diretos da qualidade da tradução, revisão e coerência. Tais conflitos também representariam gasto de dinheiro para re-editar e re-lançar o livro, mesmo achando que esses problemas sejam pouco significativos.

    Que fique claro que eu não concordo, de modo algum, com a tradução mutada. Preferiria que ela fosse estritamente fiel em termos sem indicação de tradução, mas ela tem, inevitavelmente, desleixos. Aliás, há também o uso da sensatez do tradutor ou revisor nesse caso, com a interferência da editora. A culpa de certo não é dos ledores, mas não podemos culpar um órgão independentemente.

    Enfim, não concordo mas não condeno as traduções "mal-feitas", mas condeno a falta de frases ou parágrafos. O único conselho que eu dou para quem quer se livrar desses incômodos é ler a versão em inglês, publicadas e editadas na Inglaterra, das obras de Tolkien, que é o que eu tenho buscado fazer. Do mais, leia o que a Valinor publica que tem sido de extrema valia. :wink:
     
  20. hAlf

    hAlf Usuário

    Uhum...
    Mas se goblins são uma raça, mesmo que peculiar, de orcs, eles ainda são orcs.
    Certo?
     

Compartilhar