1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)
  1. Deriel

    Deriel Administrador

    Um dos meus trechos preferidos dO Silmarillion é o destino de Maglor, que sempre achei que poderia/pode/poderá render a melhor fanfic de todos os tempos :

    (versão em português fica de lição de casa pra vocês)

    A resposta mais direta e reta é que ele sumiu da história mas morrer entre o começo da Segunda e final da Terceira Era, pois é dito que com a partida de Galadriel partiam os últimos dos Noldor. Uma resposta boa, razoável e muito, muito chata.

    Há dois detalhes no trecho acima que dão margem a novas interpretações: "and thereafter he wandered ever upon the shores". Olhem esse EVER aí no meio. Nham nham! Saboroso, não? "E depois disso ele SEMPRE vagou no litoral". Claro que pode significar meremante que "enquanto vivo ele sempre vagou no litoral", mas, oras bolas, outra solução chatinha.

    A outra é "but he came never back among the people of the Elves", "mas ele nunca retornou para o meio dos Elfos". Chatamente, pode indicar que ele nunca, enquanto vivo, retornou ao Elfos, mas, saborosamente, pode significar até mesmo que ele não era nem mais contado entre os Elfos. Nham, nham! Isso poderia indicar que ele não seria contado entre os Noldor e portanto não entra na ida dos últimos Noldor para Aman ao final da Terceira Era.

    Então, onde está e quais foram as aventuras de Maglor? ;)
     
  2. Minduim

    Minduim Suburban Kid w/ Biblical Name

    Até onde eu sei ele mora no Rio...
    Mas, enfim, eu prefiro a versão de que ele continuou vagando para sempre nas praias. Acho que seria um castigo bom pro Maglor, porque ele não era mau, não como Caranthir ou como Maedhros se tornou. Na Guerra da Ira ele queria entregar as Silmarilli para os Valar, estava cansado de conflitos e estava disposto a ser julgado pelos poderes. Mas ele, infelizmente, não tinha muita força de vontade, e acabou cedendo aos apelos de Maedhros. Sem contar que ele considerava Elrond e Elros como dois filhos, e nutria por eles grande amor, que era recíproco.

    Acho que seria um destino belo e poético o de vagar eternamente pelas praias da Terra-Média. Um final digno do grande poeta que ele era.
     
  3. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Acredita se eu disser que também acho? :mrgreen:
    A fan fic precisa da imaginação e maturidade de algum corajoso, ainda.

    Por que ele teria que ter morrido? Era um elfo, não morreria naturalmente. Não por coincidência eu gosto de imaginar algumas coisas a respeito disso. Se ele não morreu, fatalmente em determinado momento ele teria sido visto por alguém, como um fantasma de eras passadas que canta triste pelas praias: talvez por algum anão das Montanhas Azuis, ou algum elfo de Mithlond, algum soldado de Dol Amroth, um marinheiro de Pelargir, algum pescador de Anfalas, e até mesmo por algum corsário do sul, em Umbar. E por que não por algum navegante e colono numenoriano, na Segunda Era? Eu acho tudo isso possível e delicioso de ser imaginado.

    Minha imaginação ia parava nesse ponto até eu saber que "O 'minguar' dos hröar élficos deve ser (...) parte da História de Arda como contemplada por Eru, e modo pelo qual os elfos abririam caminho para o Domínio dos Homens" (Comentário sobre o Athrabeth), ou seja, era de se esperar que todos os elfos, em Aman ou na Terra-Média, desvanecessem-se como parte do plano que estava determinado no Terceiro Tema para eles. Então, inevitavelmente, Maglor teria chegado a esse estágio, em que viveria apenas no mundo "não-visível", e se daí em diante ele passaria ao outro lado do mar, eu não sei.
     
  4. Tauron

    Tauron Usuário

    Eu gosto de pensar que ele continuou a vagar nas praias e criando canções sobre tudo que aconteceu.
    Acho que ele passaria, afinal ele tinha nascido em Valinor e viu a luz das Árvores, dentro dele deveria desejar voltar.
     
  5. Saranel Ishtar

    Saranel Ishtar Usuário

    [comentário meio que off topic] Mau? Ah até que o Maedhros não ficou tão mau! :obiggraz: Ele só se deixou levar demais pelas Silmarils e pelo juramento.

    Mas se ele "desaparecesse" da TM, o que aconteceria? Ficaria só o espírito do cara ou o q? *burra*
     
  6. Tar-Telperiën

    Tar-Telperiën I hate Mondays!!!!

    Sei não...sempre tive essa dúvida: se o espírito dos elfos vão para os Salões de Mandos quando seu corpo é avariado a ponto deles morrerem, será que isso se aplica também quando o corpo físico mingua após eras e eras longe das Terras Imortais?

    Se considerarmos o fim do corpo físico como morte, então, acho eu que Maglor teria passado para Mandos no final.

    Mas, oras ... é bem mais poético considerar que seu espírito continuou a vagar pelas praias indefinidamente devido ao seu tormento. Ele pode ter se tornado um espírito que vaga nas praias cantando seu sofrimento, e por fim se tornado uma das lendas de pescadores e marinheiros. 8-) He, he, he... eu sei, eu sei... teoria doida, mas... imaginação foi feita pra ser usada :mrgreen: Me lembrei agora do The Flying Dutchman de Wagner. :grinlove:
     
  7. Peregrino

    Peregrino Estrela de Valinor

    Eu gostei da sua teoria e não acho sem sentido, para falar a verdade ela é tolkiana, e um final digno do professor, pq para ele nem tudo tinha que terminar bem, e convenhamos se terminasse ia ser muito CHATO. :grinlove:
     
  8. Saranel Ishtar

    Saranel Ishtar Usuário

    Comum, né.

    Clichezão.

    Tem coisa melhor que ver o Maedhros morrendo da mesma forma que o pai no fim de Gondolin? E o Túrin, que nunca revê a família (quer dizer, revê só a irmã, mas foi pior pra eles hehehe)? E a morte de Morwen!!! Sem essas coisas Tolkien não teria a mesma graça. :obiggraz:
     
  9. Minduim

    Minduim Suburban Kid w/ Biblical Name

    Maedhros morrendo na queda de Gondolin? :o?:
    Acho que você quis dizer Maeglin né? :wink:
     
  10. Peregrino

    Peregrino Estrela de Valinor

    Bem oq interessa é que Tolkien era contra os cliches e jargões, Thx God!!!!
     
  11. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Aí é que está, o corpo minguaria (e teoricamente, vai minguar) mesmo com os elfos nas Terras Imortais. Essa é um processo natural, ou seja, faz parte da natureza dos elfos. Eles foram imaginados como os primeiros a aparecerem, que deveriam embelezar o mundo, e então deixá-lo aos Homens. Faz parte deles isso, então é melhor ver como um estágio de evolução e desenvolvimento dos elfos do que como propriamente uma "morte".
     
  12. Swanhild

    Swanhild Usuário

    Qualquer que tenha sido o destino de Maglor, a coisa que me deixa realmente curiosa é qual era a relação que ele tinha com Elrond perto desse destino se cumprir (se é que ele não está ainda para ser cumprido... :mrgreen:).

    Maglor criou Elrond e Elros. Acredito que o mais moço dos dois tenha seguido sua vida em Númenor sem tornar a se preocupar muito com Maglor. Mas e Elrond, que ficou na TM, tb era um elfo e acabou sentindo o quanto a memória podia ser pesada a estes, como será que ele se relacionaria com Maglor? Não acredito por exemplo que Elrond tivesse má-vontade ou ressentimento para com o pai de adoção. Mas puxa, devia ser uma relação complicada.
     
  13. thunderbreaker

    thunderbreaker Usuário

    desde quando feanor foi jogado do alto d gondolin???? O_O kikoisa
     
  14. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie

    Swan, isso tbém sempre foi algo em que pensei.

    Eu acredito que Elrond não iria ter uma relação tão boa com Maglor. Ainda mais que esse sempre me pareceu meio fraco e não menos detestável que Maedhros. Quando a situação apertava ele cedia e fazia o que o irmão queria.

    É difícil fazer previsões de como Elrond agiria, uma gratidão e ao mesmo tempo uma crescente raiva, afinal foram os exilados do seu povo que foram mortos... Sem dúvida um grande conflito... nessas horas feliz de Elros cuja mortalidade garantiu um descanso...
     
  15. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Nenhum fraco sobrevive a sucessivas guerras contra Melkor e mata o líder daqueles que o traíram.

    Os sábios elfos ensinavam que deveria ser dada misericórdia aos orcs se eles a pedissem. Imagino se Elrond não perdoaria alguém que cuidou dele quando criança.
     
  16. Fëaruin Alcarintur ¥

    Fëaruin Alcarintur ¥ Alto-rei de Alcarost

    Lembrando que Maglor apiedou-se de Elrond e Elros e os criou, e que, segundo o Silma, surgiu amor entre eles.

    Eu acho que, se Maglor pedisse perdão a Elrond, este responderia "Não há o que perdoar".

    Por mais frio que possa parecer, Maglor foi mais pai do que o próprio Eärendil (que ficou viajando e viajando pelo Grande Mar, e quando atingiu o Reino Abençoado, não voltou mais).
     
  17. Swanhild

    Swanhild Usuário

    Difícil dizer quando o ser ponderado indica fraqueza e quando indica apenas... ponderação. :wink:

    Maglor foi de todos os filhos de Fëanor o que mais evoluiu. Ele começou com a mesma sede de vingança dos demais, mas no fim compreendeu que estava num caminho errado. Maglor no fim não estava feliz em seguir Maedhros, mas teria sido correto ele simplesmente abandonar o irmão? Ele não estaria com isso fugindo da responsabilidade que havia assumido? Prosseguir para ele passou a ser como uma punição. Quando ele finalmente recuperou as duas Silmarils com Maedhros e viu que não poderia ficar com elas, a história se completou e ele estava pronto para se arrepender de tudo o que tinha feito e seguir outro caminho e viver em paz finalmente - se ele conseguisse, com a memória do sangue dos parentes escorrendo pelas suas mãos sempre que olhava para elas.

    Creio que Elrond teria sido ao menos piedoso com Maglor. Não diria grato, porque afinal de contas Maglor havia ajudado a destruir o refúgio élfico do Sirion. Mas seria errado ele ter algum ressentimento por causa disso, ainda mais se Maglor realmente se arrependera e tivera estima por ele.
     
  18. Elrond Meio-Elfo

    Elrond Meio-Elfo Usuário

    Será que o Elrond nunca tentou procurar por Maglor nas praias da Terra-Média? Suposição claro... considerando que ele ainda estivesse vivo.
     
  19. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie

    Ok, mas eu nunca pensei em Elrond perdoando assim facilmente o assassinato de seu próprio povo. Fraco que eu falo é no sentido que ele tinha as idéias no lugar certo, quiz desistir, quiz voltar atrás mas acabou cedendo a vontade de Maedhros. Querendo ou não ele agiu com fraqueza (em relação ao irmão) nesses momentos.

    O que a não 'ponderação' dele poderia ter evitado??? Acho que muita coisa.

    O próprio Maglor vê que se quebrar o juramento menos mal estará fazendo, é uma questão de peso. O que vale mais? O juramento, ou fazer o que ele viu que era certo (sim essa parte demonstra que ao menos ele foi capaz de enxergar mais longe que qualquer um dos filhos de Feanor). Faltou a ele agir. Ele cede a vontade do outro irmão e isso é uma tremenda cag.... (opinião meramente pessoal).
     
  20. Swanhild

    Swanhild Usuário

    Bem, Maglor tentou convencer o irmão a desistir; mas como não conseguiu, e como por alguma razão ele não queria abandoná-lo sozinho, ele acabou cedendo e acompanhando este ao assalto do Sirion e ao roubo das Silmarils no final. O que parece é que para Maglor não havia muita alternativa. Se ele não estava disposto a abandonar o irmão, havia duas escolhas para ele: ou tentar convencê-lo a desistir, ou acompanhá-lo. Que tal culparmos Maedhros um pouco também, que não levou em conta os sentimentos do irmão e estava ele sim disposto a tudo para se apossar das Silmarils, ainda que detestasse esse 'tudo'?

    Maglor ponderou. Maedhros foi intransigente, até consigo mesmo. Não vejo em quê ele foi o melhor dos dois.
     

Compartilhar