1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Magia Inata na Terra Media

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Skanoff, 31 Jul 2007.

  1. Skanoff

    Skanoff Cachorrão fumegante come um

    Flashes de luz pra cá, espadas magicas pra lá, pedras despencando e lá vai mago fazendo todo tipo de serviço. Magia de muito estudo e muito talento.
    Mas aparentemente existem outras forças atuando na Terra Média:simples, sutis e suaves.
    São rios q descançam viajantes moribundos com suas águas puras e limpidas, Valfenda e sua boa medicina junto a algo no lugar q acelera a recuperação dos feridos e enfermos, lugares onde o tempo parece parar e lendas se imortalizam em redutos de paz ou mesmo....coincidencias não tão coincidentes em mãos de Hobitts em apuros e as mais simples obras de artesanato elfico.:mrgreen:
    Tudo parece estar impregnado com uma essencia magica q lhes confere um q todo pessoal e interessante. Algo q torna tudo isso muito menos simples e muito menos mundano.:joy:
    Surge em mim dúvidas:
    -De onde se origina essa força e por vontade de quê(quem)?
    -Tolkien fala sobre isso em algum lugar?
    -Alguém na TM controla pelo menos um pouco essas forças abertamente (Melkor, Galadriel, Celeborn, Elrond ou o próprio Gandalf teriam esse poder?)?
    Baumj.....talvez pereça tolo perguntar isso mas...to encucado e não tive muitas fontes (acesso a elas)
    Como isso funciona?
    Valeu gente! Qualquer informação já ajuda
     
  2. Belfalas

    Belfalas Ele é legal

    Eru

    Sem mais...
     
  3. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Os Valar. Ulmo, Yavanna, Melian chegou a consagrar as águas de beleriand também. Eru eu não sei, mas sei que os Valar, e também a magia dos elfos ajudavam bastante.
     
  4. miharu

    miharu Wild~

    Acho que vc queira saber se eles seriam como feiticeiros, não?
     
  5. Aldamar

    Aldamar Creating a shining future...

    Bom, sobre os lugares como Valfenda e Lórien, há uma explicação. O Três anéis dos elfos foram forjados para permitir a preservação dos locais e evitar o cansaço do mundo. Por isso essa "aura" quase tocável ao redor desses lugares.

    Magia, em Arda, nada mais é do que uma exteriorização do poder sub-crativo de seu usuário. Os elfos, portanto, tem muito mais capacidade de controlar essas forças do que as outras raças, embora as outras raças também possam fazê-lo. Mestres como Círdan, Galadriel e Elrond têm uma facilidade ainda maior, visto que ainda não esqueceram os antigos tempos de glória dos elfos.

    Os elfos amavam suas terras, e queriam que elas fossem imortais como eles próprios, por isso fizeram os Três.

    Abraços.
     
  6. Então, eles controlam um pouco e estão ligados a Eru, mas isso simplifica demais, acredito que exista algo mais profundo que faz com que essa magia esteja "naturalmente" em tudo e que tenha suas regras pré-estabelecidas mas não diretamente controladas por algo.:think:
     
  7. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Entendo...vou dar uma pesquisada. Eu creio, que os Valar que realmente faziam isso...Yavanna principalmente. Lórien e Valfenda, eram mágicos também graças aos Anéis. Mordor também tinha seu clima controlado por Saurom. O portão de Moria, letras da lua,arte dos Anões mesmo.
    Fontes e lagos de Beleriand= Melian, Ulmo e Yavanna ajudaram. Os valar podiam fazer muitas coisas, Melkor por exemplo, controlava o magma das Thrangorodrhin (é isso?)
     
  8. LatinoAmericano

    LatinoAmericano Aqui jaz Alcarecco

    Acho que quem mais controlava e contribuia com isso era Yavanna, mais do que todos os valar acho que era ela quem "cuidava" da TM e impedia muitas coisas ruins de acontecerem.
     
  9. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Os Ainur não foram cognominados Valar à toa. Eles são os Poderes de Arda e vice e versa até a Dagor Dagorath. Em relação aos encantamentos, tudo é uma questão de ponto de vista. Para os laiquendi da Terceira Era, as façanhas de noldor e sindar da Primeira Era seriam considerados prodígios, pois, o conhecimento para realizá-los foi perdido. Assim como a facilidade de os maiar andarem invisíveis entre os eldar também poderia ser considerada um encanto poderoso; mas o hröa de um maia é como nossas roupas, um acessório.
     
  10. Skanoff

    Skanoff Cachorrão fumegante come um

    Por Eru!
    To ficando desiludido!
    Será que não teria então uma essencia magica natural impregnada em todas as coisas em arda sem necessariamente ter um alguem p controlar?
    Lugares ermos e terras sem dono com sua própria força?
    Pequenos truques da "natureza" e vida em cada canto da TM?
    Elrond disse q o condado tinha uma força própria mas diferente para se proteger (e não se referia aos hobbits).O q seria essa força do condado?
    hauhuaha
    mais conhecimento q me dão....e
    Agora é q arranjei duvidas mesmo(quanto mais se sabe se sabe q naum se sabe nada)!
     
  11. Aldamar

    Aldamar Creating a shining future...

    Bom Skanoff, a Terra-média foi moldada e construída pelos Valar. Certamente existiam lugares onde a sua "mágica" permaneceu, como seria o caso do Vale de Tumladen. Lembre-se que Arda foi concebida pelos poderes de Eru. Logo, toda ela seria "mágica", se você quiser assim considerar. Ela foi concebida baseada nos pensamentos e criações mentais dos Valar.
     
  12. Tuor

    Tuor Usuário

    E os povos poderosos e belos [elfos] que em alguns cantos viviam a faziam ter uma essência "mágica" única, e explorar isso, creio eu.
     
    Última edição: 1 Ago 2007
  13. Filiph

    Filiph Hardcore Soldier

    Duvido que isso não esteja ligado Eru, ele criou tudo. Se alguma coisa existe ele deve ter participação.
     
  14. Aldamar

    Aldamar Creating a shining future...

    Claro... Eru "É" Arda, da mesma maneira que muitas religiões encaram que seus Deuses "são" a Terra...

    É mais uma explicação do fato de que a mente de Ilúvatar concebeu os Valar, que por sua vez conceberam Arda. Logo, Tudo vem da mente de Ilúvatar e de seus desígnios, mas sem nunca interferir no livre-arbítrio.
     
  15. Katrina

    Katrina Usuário

    Mas muitas vezes as criações não surpreendem seus criadores? :think:

    Acredito que o poder de Eru e dos Valar esteja impregnado em muitos lugares da Terra Média, mas não em todos (há de haver recantos ermos -esquecidos por assim dizer, mesmo supondo que Eru não se esqueceria de nada - em que uma magia própria destes lugares deve existir, e mesmo em lugares bastante conhecidos como o Condado citado pelo Skanoff uma magia própria - talvez surgida através das histórias que ali se desenrolaram, da convivência da "terra" com seus habitantes - não controlada por ninguém deve existir).

    Há sempre algo misterioso em todas as criações, algo que nem o criador previu quando as criou, aí se encontra a beleza de tudo, o fato de tudo ser mutável...:yep:
     
  16. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Apenas citando a carta 131:

    "Por razões que não elaborarei, isso me parece fatal. Mitos e contos de fadas, como toda arte, precisam refletir e conter em solução elementos de verdade (ou erro) moral e religiosa, mas não explicitamente, não na forma conhecida do mundo primário e "real"[...]
    Esse desejo está ao mesmo tempo associado com um amor apaixonado pelo mundo real e primário, e portanto repleto do senso de mortalidade, e no entanto insatisfeito por ele. Possui diversas oportunidades para "Queda". Pode tornar-se possessivo, agarrando-se às coisas feitas como sendo "suas próprias", o subcriador deseja ser o Senhor e Deus de sua criação particular. Rebela-se contra as leis do Criador – em especial contra a mortalidade. Essas duas coisas (isoladas ou juntas) conduzem ao desejo do Poder, para mais depressa tornar a vontade eficaz – e desse modo à Máquina (ou Magia). Com este último termo quero expressar todos os usos de planos ou estratagemas (aparelhos) externos ao invés do desenvolvimento dos poderes ou talentos interiores inerentes – ou mesmo do uso de tais poderes com o motivo corrupto da dominação: atropelar o mundo real ou constranger outras vontades. A Máquina é nossa forma moderna mais óbvia, apesar de estar relacionada mais intimamente com a Magia do que se costuma reconhecer[...]
    Não usei "magia" consistentemente, e de fato a rainha élfica Galadriel é obrigada a censurar os hobbits pelo seu uso confuso dessa palavra, tanto para os estratagemas e as operações do Inimigo quanto para aqueles dos elfos. Não usei aquele termo porque não existe palavra para estas últimas (visto que todas as histórias humanas sofreram a mesma confusão). Mas os elfos existem (em meus contos) para demonstrar a diferença. A "magia" deles é Arte, purificada de muitas das suas limitações humanas: com menos esforço, mais rápida, mais completa (produto e visão em correspondência sem vício)
    ".

    Creio que, mesmo indo contra meus princípios, esse trecho possa falar por si só acerca do assunto em questão: "magia".

    Abraços.
     
  17. Lyvio

    Lyvio Usuário

    Ou seja o que tolkien quer dizer é que Senhor dos anéis não é Harry potter, onde vc com um movimneto mágico lança um feitiço com alguma função, porém o próprio tolkien fala, no momento que gandalf está falando com Saruman e este não o quer escutar, aquele com uma voz imperiosa arrasta Saruman contra a sua vontade deixando-o quase dependurado na janela da torre negra de Orthac, inclusive fazendo com que a própria respiração de Saruman fosse dificultada por uma força que este desconhecia, mas desconfiava, nesse ponto pode-se dizer que é mágia, afinal Saruman se retirou e não queria mais conversar com gandalf, e não voltaria contra a sua vontade, deixando a berta e lógica o que o PJ fez no filme que muitos falam de poder Jedi, na realidade é mais ou menos isso, porém essa ultima afirmação náo é do assunto discutido e eu peço que descartem, afinal não cabe nesse tópico.
     
  18. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Eu diria que qualquer objeto que desafie a lógica mundana, pode ser considerado algo mágico, mas no sentido de extraordinário e impossível de se reproduzir. Como as Simarills e as Palantíri que foram concebidas pela genialidade de Fëanor e que assombrou até mesmo os Valar.

    Isto, em relação aos itens forjados pelos eldar de Valinor. Arrisco um palpite de que a tal magia no mundo de Tolkien seja oriunda da força mental de cada ser. Há alguns artigos
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    na Valinor que falam sobre o funcionamento da magia na T-m.
     
  19. kytarkiton-eru

    kytarkiton-eru Usuário

    a Magia na TM é como a tecnologia em nosso mundo.
    como Arthur C. Clarke disse "Qualquer tecnologia suficientemente avançada é indistinguivel da magia."... não foi dito por Tolkien, mas é assim q funciona em qualquer fantasia que preste!!!
     
  20. Aldamar

    Aldamar Creating a shining future...

    Diferentemente do que se fala nos RPGs e demais livros de fantasia (no geral), a magia tolkeniana não é um instrumento. Ou seja, ela não é um recurso disponível 24h que você possa dispor a hora que bem entender com uma finalidade pré-definida.

    Mas é importante salientar a mudança que houve. N'O Hobbit, a magia era tratada de um modo mais "vulgar", visto de Gandalf era, meramente, um mago. Mas com O senhor dos Anéis, a magia ganhou uma profundidade maior, deixando de ser simbolizada por pinhas flamejantes e passando a ser simbolizada por vozes de comando e florestas perenes.

    Abraços
     

Compartilhar