1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Mad Max (idem, Austrália, 1979)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 21 Jul 2014.

?

Sua nota para o filme:

  1. 10

    0 voto(s)
    0,0%
  2. 9

    11,1%
  3. 8

    44,4%
  4. 7

    33,3%
  5. 6

    11,1%
  6. 5

    0 voto(s)
    0,0%
  7. 4

    0 voto(s)
    0,0%
  8. 3

    0 voto(s)
    0,0%
  9. 2

    0 voto(s)
    0,0%
  10. 1

    0 voto(s)
    0,0%
  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Sinopse: Num futuro próximo, o combustível que alimenta os motores dos carros é também motivo para crimes perpretados por violentas gangues. Max é um jovem policial e junto com seus companheiros patrulha as estradas a fim de impedir a ação daqueles que insistem em perturbar a paz. A morte de um membro pelas mãos de Max dá início a uma série de crimes cruéis cometidos contra sua família e o melhor amigo. Assim, Max só tem uma escolha: vingança.

    Direção: George Miller

    Elenco: Mel Gibson, Joanne Samuel, Hugh Keays-Byrne, Steve Bisley

    Trailer
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Curiosidades:

    - Ainda antes do início das filmagens era intenção dos produtores que o intérprete de Max Rockatansky fosse um ator com aspecto bruto e desconcertado. Um dia antes de sua audição para o filme, Mel Gibson cortou o rosto em uma briga de bar, o que acabou ajudando-o a conseguir o personagem.

    - Aproximadamente 20% das cenas inicialmente previstas no roteiro não chegaram a ser rodadas, devido a dificuldades com o orçamento.

    A van destruída logo no início do filme pertencia ao próprio diretor George Miller, que a utilizou em cena devido ao enxuto orçamento.

    - Até 1998, Mad Max estava no Guinness Book como o filme de maior custo/retorno na história do cinema. Isto porque o filme custara cerca de US$ 300 mil aos seus produtores e arrecadou mais de US$ 100 milhões nas bilheterias mundiais.

    - A voz do ator Mel Gibson em Mad Max foi dublada na versão exibida nos cinemas americanos. A decisão foi tomada pelos produtores após considerarem que o público norte-americano teria dificuldades em compreender o sotaque australiano que Gibson tinha na época.

    - O diretor George Miller declarou certa vez ter se inspirado no filme O Menino e Seu Cachorro (1975) para realizar Mad Max.

    - Mad Max foi relançado nos cinemas norte-americanos em 2000 pela MGM, em uma versão que continha as vozes e os diálogos originais do filme.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  2. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Mad Max realmente surpreendeu na razão custo/benefício e na sequência pegaria depois uma carona no sucesso da Tina Turner!
    Mas essa da dublagem pro mercado estadunidense foi foda!
     
  3. Morgoth

    Morgoth Stalker

  4. G.

    G. Ai, que preguiça!

    Vi dia desses. Foi legal ver, achei só bem bom. Só me incomodou que pareceu serem dois filmes (ou tipo uma minissérie em dois episódios)... Assim o inicio mostrando a gangue para no meio o Max ir ficar de repouso com a mulher. Essa segunda parte que mais gostei, pow deu maior medo saber que o povo tava ali nas redondezas e a mulher andando sozinha e tal, dava uma agonia, essas sequências foram de um terror genuíno e bem feito.

    Agora o segundo eu gostei demais. Bem mais centrado, unificado e tal... Dá para perceber bem a evolução. E a direção é muito boa também. Estou aqui com o terceiro para ver e as expectativas são altas :)
     
  5. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Assisti o novo Mad Max hoje e to chapado até agora. Caralho, que filme foda.
     
  6. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Filmaço! :mrgreen:
     
  7. Fëanor

    Fëanor Fnord Usuário Premium

    Minha ordem de preferência para a trilogia antiga: Mad Max 2 > Mad Max > Thunderdome. Mas cada um tem seu próprio charme.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  8. Thor

    Thor ἀλήθεια

    Eu acho todos legais. Mas, em relação aos antigos, acho muito mais legal a idéia de mundo pós-apocalíptico do que os filmes em si.

    De qualquer forma, minha ordem de preferência dos filmes é:

    1. Mad Max: Fury Road
    2. Mad Max
    3. Mad Max: Beyond Thunderdome
    4. Mad Max: Road Warrior
     
  9. Erendis

    Erendis I'm a motherfucking woman

    Assisti a trilogia original esse final de semana com o @Indu e @Elizabeth Potter
    Talvez por se tratar de filme de ação - que não são os meus favoritos - ou de filme antigo - apesar de que normalmente eu gosto de filme antigo - ou a combinação das duas coisas, eu acabei de assistir achando meio :blah:
    No primeiro filme, a gente demorou um pouco pra se localizar no tempo, pq o início parecia de um filme normal de ação com bandido e polícia. Pode ser que eu que seja meio lerda, mas demorei pra entender que aquilo era num futuro pós apocalíptico...
    Enfim, provavelmente por se tratar de filme antigo eu achei previsível. No meio do filme eu já cantei a bola do que ia acontecer até o final :lol:
    O segundo filme foi melhor, achei o roteiro mais bacana e, sim, dá pra ver a diferença enorme de orçamento de um para o outro. Achei bem bacana que nesse existe uma introdução sobre o que aconteceu e como o Max se tornou um guerreiro solitário. Ri MUITO das roupas de couro dos vilões, um de mamylos de fora e outro mostrando a bunda a metade do filme. Adorei o moleque do bumerangue também.
    O terceiro filme foi bacana também, bem mais elaborado e claro, tinha a Tina Turner, néam? Além do que, o Mel Gibson estava mais com cara de...
    bem, de Mel Gibson :rofl:
    Enfim, não é que eu vá dizer: nossa, que filmes maravilhosos, vou assisti-los centenas de vezes. Mas também não que eu vá dizer que foram horas da minha vida perdidas. Serviu pra uma diversão e algumas risadas.
     
  10. Ranza

    Ranza Macaco

    O primeiro filme não tinha esse ideal tão fixo não, e foi um filme feito com apenas 300 mil dólares, que o Miller juntava trabalhando em um hospital. A idéia cresceu depois e original o road warrior qe e fodao.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  11. Erendis

    Erendis I'm a motherfucking woman

    Então quer dizer que não fui eu que fui lerda? Era difícil de entender mesmo?? :rofl:
     
  12. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

    O Miller tinha uma ideia em mente e ao longo do filme teve que adaptá-la por conta do orçamento. Dizem que ele só filmou uns 80% do roteiro porque a grana acabou. Ainda assim, pela edição não é difícil de entender, mas é, quando você está acostumado com um tipo de linguagem, pode ser difícil se habituar a outra. Relaxa, @Erendis . :D
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  13. Ranza

    Ranza Macaco

    O filme deixa a entender que o futuro apocalíptico já chegou, mas eles estão numa parte da austrália que ainda tinha um pouco de ordem. Mas você só consegue perceber isso se você tiver em mente os demais filmes para fazer contexto, assim consegue perceber que a polícia ta sucateada e que violência toma conta. Acredito que se o filem não tivesse feito sucesso, seria apenas um filme de ação com perseguição.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  14. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

    O filme foi inspirado na Crise do Petróleo, não?

    E olha, eu abraçaria o George Miller se pudesse, viu? Junto com ele foram projetados os grandes (e incríveis) Peter Weir, Nicolas Roeg, Bruce Beresford, Ted Kotcheff, Philip Noyce... (Me recuso a citar Russell Mulcahy.) O cinema australiano dos 1970-início dos 1990 é algo que vale a pena ser explorado/divulgado.
    --- Mensagem Dupla Unificada, 13 Jul 2015, Data da Mensagem Original: 13 Jul 2015 ---
    E isso que é curioso, pois hoje entendemos que Mad Max inaugurou o gênero pós-apocalíptico deserto - apesar do Miller mencionar O Menino e seu Cachorro - que é mais zoado que Zardoz, aliás. Nem Quinteto, do Altman, (que era na neve,) tem tanta notoriedade, considerando que mesmo os fãs deste nem gostam tanto desse filme. Um sonho e 300 contos que renderam pra caramba. :)
     

Compartilhar