1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Machismo

Tópico em 'De Fã Para Fã' iniciado por titallë, 8 Fev 2004.

  1. titallë

    titallë Usuário

    Não sei o que vocês pensam disso, mas eu sinto falta da participação das personagens femininas do livro.
    Em primeiro lugar, elas são poucas, e embora sejam importantes, os homens são muito mais!
    E aí, o que vocês acham disso?
     
  2. _ILÚVË_

    _ILÚVË_ Usuário

    pow.... axu q jah tah bom! eh usuficiente! i ainda daum um destake maior pra elas na capa dos filmes! sempre tem uma q kuase naum aparece q tah na capa!
    e tbm vamu combina q soh a presenca da Eowyn em RdR jah foi u suficiente! e banco tds os homens!! :lol:
     
  3. Finarfin

    Finarfin Usuário

    Os livros de Tolkien retratam guerras, e naum é comum terem muitas mulheres participando diretamente da guerra, isso naum é machismo, é fato, ainda mais numa sociedade antiga que sem duvida era patriarcal... Tolkien simplesmente retratou os fatos.....

    Acho que o machismo que encontramos nas obras de Tolkien naum é pelos numeros de suas personagens, e sim de como elas são representadas...
     
  4. Acho que devido ao tipo de época retratada as mulheres, exceto aquelas com alguma posição de destaque em uma hierarquia tinham como aparecer nos livros. Ex: Arwen filha de Elrond, Galadriel, Éowin...não vou contar aqui Fruta d'ouro ou Rosinha.
    Também tem o fato de que o tema principal é uma guerra, quando as mulheres aparecem elas "aparecem fortes ou de forma marcante".
    Não acho que foi machismo por parete de Tolkien... :? :tsc:
     
  5. Não podemos dizer machismo... mas realmente ele foi bem "moderno" ao dar uma ênfase nas mulheres de sua obra, já q naquela época lugar de mulher era no fogão e no tanque... vendo por esse lado, Tolkien não foi nenhum pouco machista... Já vendo do ponto de vista do mundo atual a coisa muda... apesar de q msm hj mulheres não lutam em guerras e nem saem por aí procurando aventuras..
     
  6. Carladriel

    Carladriel Usuário

    Eh mesmo.... a culpa eh da sociedade da época na qual Tolkien viveu...

    Eu, por exemplo, nunca iria pra uma guerra...

    Depende de que tipo de "aventura" vc se refere :mrgreen:
     
  7. Não acho que sjea machismo da parte do Tolkien.
    Acho que, como já falaram, existem muitas guerras na história, e a sociedade da terra-média mandava os homens para a guerra. Acho que se o Tolkien se focalizasse na vida familiar, por exemplo, talvez as mulheres tivessem mais participação.
    Mas acho que o fato de não participarem muito não influencia em nada na sua importância na história do livro, que é grande e essencial!
    Beijos
    Lu
     
  8. Idril

    Idril Usuário

    Machismo não, isso não pode ser dito em relação a Tolkien.
    SdA é um livro sobre guerra, onde no campo de batalha a pariticipação feminina sempre foi escarsa (e difícil, embora existam mulheres que encaram batalhas numa boa). Em uma guerra tem-se o hábito de mandar os homens pro front e não as mulheres.

    Se Tolkien fosse machista, não teria colocado a Éowyn em plena batalha, não teria criado a parsonagem do jeito que ela é. Tolkien mostrou em SdA 3 tipos de mulheres, as três importantes para o desenrolar de toda a história (sem falar nas outras "coadjuvantes", tipo a Rosinha).
     
  9. titallë

    titallë Usuário

    Peraí, não é isso não!!

    Não acho que a obra de Tolkien seja diminuída pela falta de mulheres e acho que mesmo hoje, em livros ou filmes sobre guerra, as personagens femininas não são maioria, e quando aparecem são coajduvantes (tipo, a namorada do soldado =P)
    Mas as mulheres poderiam aparecer mais, não necessariamente na batalha, mas em ocasiões menores, mas nem por isso menos importantes.
    Como, no filme da SdA, ao invés de ser Glorfindel quem leva Frodo ferido à Valfenda, é a Arwen... acho que o próprio PJ percebeu que isso poderia ser alvo de críticas e fez essa mudançazinha.
    Além disso, deu ênfase à história de amor da Arwen com o Aragorn, coisa que no livro só fica clara no RdR.
    Eu não acho que Tolkien em si seja machista, tanto que Galadriel, uma das personagens mais poderosas, temidas, belas, sábias, etc, etc, é uma mulher! Só acho que elas poderiam ser mais presentes na história.
     
  10. Nossa, mais presentes do que elas já são?

    Elas podem não ser muito presentes em quantidade, mas só o que a Éowyn fez... vixi... já dá pra ver o que Tolkien realmente pensava das mulheres... e a personalidade de Galadriel então?
    Acho q não existe essa de machismo, além da época que Tolkien viveu influenciar,
    a história em si é de guerra, até hj mulheres não vão muito pra guerra (a não ser a sque querem, como no caso da Éowyn), e não daria pra ele falar de todos os feitos importantes de cada mulher... ele só falou das que se envolveram diretamente com a história (claro) e foram papéis belíssimos na minha opinião e dignos de quem nós mulheres realmente somos! :mrgreen:
     
  11. Lothiriel

    Lothiriel Usuário

    Isso é verdade, apesar de poucas mulheres, muitas delas tiveram feitos grandiosos.
     
  12. Mentha Brandybuck

    Mentha Brandybuck Evolution

    Não creio que Tolkien tenha sido machista não. Pelo menos não em suas obras. Dizer que era se baseando no fato de não haverem mulheres na comitiva ou por Aragorn ter escolhido a mulher qua não fez nada a não ser bordar ao invés da que matou o nazgûl, não é um bom critário.

    Vejamos: Galadriel era uma das personagens mais poderosas do livro e se impunha de forma evidente. Éowyn matou o Rei dos Bruxos, mas além disso, provou que não era por ser mulher que ia deixar que os homens ditassem seu lugar. Ela conquistou seu espaço e é um símbolo feminista.
     
  13. Ehlana

    Ehlana Usuário

    Nos padrões de hoje, podemos pensar que Tolkien era machista - no entanto não era mais do que um homem da sua época - aliás, talvez até tivesse uma mentalidade relativamente avançada para os homens da sua época. Vocês estão a pensar apenas no SDA, mas estão a esquecer-se do Silmarillion, onde surgem muitas mulheres que são personagens bastante proeminentes: Lúthien (não se limitou a ficar em casa à espera de Beren, ela seguiu-o e lutou por aquilo que queria), Haleth, Galadriel (que era uma líder natural, e que teve uma presença bastante forte no SDA), Aredhel, Elwing, Nienor... as mulheres aparecem, algumas delas têm uma importância fulcral da história. Na minha opinião, Tolkien criou mulheres maravilhosas.

    Na fantasia actual as mulheres têm mais destaque. Em alguns as mulheres lutam lado a lado com os homens - há quem considere isto exagerado, mas se a ficção científica pode criar novas tecnologias, a fantasia pode criar novas mentalidades ;) Mas também há outros em que mesmo que as mulheres não lutem, ou que isso não seja tão frequente, elas têm uma presença forte. A literatura acompanha a evolução dos tempos e, nesse sentido, até considero Tolkien um escritor avançado para a época - para além de que é o pai da fantasia como a conhecemos hoje :)
     
  14. Isildur

    Isildur Oh, no... More Porcelaine!

    Não acho nem um pouco que seja machismo, muito pelo contrário, a valorização das mulheres (poucas é verdade, mas elas estão lá) é fortíssima, muitas personagens femininas são fundamentais para a trama. Em se tratando da época em que foi escrito e da época que retrata o livro, eu ouso dizer que a obra de Tolkien não só não é machista, como muito pelo contrário, é feminista, visto que histórias medievais dificilmente tão ênfase a personagens femininos, muito menos eleva-os a categoria de co-protagonistas.
     
  15. Sim! Sim! As mulheres são extremamente importantes para a trama TODA. Se não fosse pela Lúthien e a Elwing, por exemplo, o mundo inteiro estaria sobre o controle do Melkor!

    Beijos
    Lu
     
  16. NightRaven

    NightRaven Banned

    PRIMEIRO: SITUAÇÃO DE GUERRA
    SEGUNDO: ÉPOCA TOLKIEN, MULHER ERA MUUITO MAIS DONA-DE-CASA QUE HOJE
    TERCEIRO: QUER MAIS COISA QUE A ÉOWYN FEZ?

    foi mal pelo CAPS, nem me liguei!
     
  17. Fernanda

    Fernanda Andarilho de Eriador e

    Seria machismo se Tolkien tivesse retratado as mulheres de forma geral como sem cérebro, sem opnião e de uma existencia totalmente dependente dos maridos e/ou pais.
    Pois existe uma grande diferença em ter poucas mulheres guerreiras e criar um mundo de mulhers apagadas.
    Mas ele criou personagens femininas fascinantes, a Arwen não é apenas uma bordadeira de estandartes, mas ela é a força que impulsiona o Aragorn. No Silma temos uma série enorme de mulheres marcantes. E é interessante o fato de Tolkien dizer que Manwe enxergava mais longe quando Varda estava ao seu lado, e que ela ouvia melhor por estar junto dele. A toda uma relação de papeis diferentes e direitos iguais.
    Tolkien cita como barbarismo ( após a batalha da lagrimas incontáveis) ou decadencia ( o ultimo rei de numenor) o fato de se obrigar uma mulher a um casamento não desejado. Entre os povos "do bem" do unirveso de Tolkien a mulher não era objeto, mas pessoa.
    Mas a sociedade que Tolkien é patriarcal sim. Em Numenor havia rainhas, mas eram exeção. Na primeira era só houve um povo governado por uma mulher, e entre os elfos a única senhora que mandava mais que o senhor era Galadriel. Isso se justifica sem dúvida pelo estilo de vida da Terra Média, onde batalhas estavam na ordem do dia, mas eu acho que se justifica em grande parte tb pela mentalidade da época de Tolkien.
     
  18. §Etuerpe§

    §Etuerpe§ Usuário

    fazer o que né mas ja imaginou o senhor dos aneis só com mulheres,ia ser um fofocaiada só vixemaria!num ia ter jornada nenhuma ,as fofas iam acabar brigando no caminho! :lol:
     
  19. Ailinel

    Ailinel Usuário

    Concordo contigo, Finarfin! Na verdade, Tolkien só reproduziu em suas personagens femininas os aspectos e "valores" que aprendeu em sua criação...

    O "machismo" de Tolkien se deve muito à sociedade e à época em que ele viveu... a Inglaterra Vitoriana. Se uma pessoa é criada num ambiente de "valores" rígidos e ditados pelos homens como o dessa época, é improvável que pensará de forma diferente (ou até oposta).
     
  20. Unedë

    Unedë Usuário

    lembre-se q a obra se passa no q seria uma "era medieval" de tempos antigos, sendo assim, a comunidade em geral era machista, retratando de outro jeito, ficaria ateh mot forçado, e outra, ele foi criado em um hambiente , dogamos.. "machista" pra esses padroes, eu diria ateh q ele valorizou mto as mulheres para a epoca dele e do livro! eu sinto mto, ams discordo de vc......
     

Compartilhar