1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Eleições 2014 Luciana Genro no The Noite e no debate na CNBB

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Ana Lovejoy, 17 Set 2014.

  1. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Essa semana ela tá que tá. Primeiro, Danilo Gentili:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    E ontem, o Aécio no debate na CNBB:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    sobre o video do debate, vale notar que ela não responde o aécio, usa o tempo para atacá-lo. mas de qualquer forma, foi legal a chutada de bunda que ela deu. se tem algo que me incomoda profundamente na argumentação desse pessoal com discurso anti-PT é a forma como dão a entender que escândalos de corrupção só começaram com o governo do lula e depois da dilma.

    (edit: mas o aécio está certo, de certa forma ela age como bucha de canhão do pt ao atacá-lo, não?)
     
    • Gostei! Gostei! x 2
    • Ótimo Ótimo x 1
    • LOL LOL x 1
  2. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Infelizmente não consigo ver os vídeos aqui, mas já tinha visto o primeiro e li a transcrição do segundo.

    Sobre a entrevista com o Danilo Gentilli, bem, o cara é fraco na argumentação. Isso é um fato. Ele é do mesmo time do Constantino, ou seja, bate na esquerda com críticas do tipo "esquerda caviar" ou "a esquerda matou milhões". Se matou milhões ou não, sinceramente eu não sei dizer, talvez por falta de estudo (hu3). Para entrar nesse debate, no mínimo eu faria uma pesquisa decente para ter uma resposta pronta se alguém me respondesse como a Luciana fez. A resposta dela é tão quarta série quanto o comportamento do Danilo, que respondeu pelo Facebook horas depois. Sério, muito fail isso. Melhor engolir o sapo do que admitir que foi pesquisar na Wikipedia depois.

    Já no caso do Aécio e o papel de bucha de canhão do PSOL, acho que @Mercúcio e @Felagund poderão responder melhor. De qualquer forma, acho que a Luciana faz muitas críticas ao programa do PT, especialmente na parte econômica.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  3. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    pensei mais sobre esse ataque no debate em si. honestamente falando, a luciana não estava no meu radar até todo mundo começar a comentar sobre esses dois videos em específico. :oops:
     
    • LOL LOL x 1
  4. Grimnir

    Grimnir Usuário

    • LOL LOL x 5
  5. Mercúcio

    Mercúcio Well-Known Member

    Sobre a entrevista do Gentili...
    Bom, desde o início era notável o intuito dos "entrevistadores". Danilo Gentili a provocou dizendo que tinha a impressão que normalmente o PSOL se detinha sobre pautas como aborto, homofobia, etc e negligenciava questões centrais do debate econômico e a questionou sobre a crise. Ela ia bem na explanação, quando foi interrompida toscamente pelo celular do Danilo.
    No mais, era esperado uma pergunta como a que o Roger fez, vindo dos lugares comuns do mais raso anti-comunismo. Isto é, trata-se o marxismo e o socialismo como algo monolítico, mandam um foda-se para a contextualização, e imputam responsabilidades indiscriminadamente: "Ah, você é socialista! Então você é responsável pela morte de 100 milhões de pessoas."
    Também acho que a Luciana respondeu muito mal, também ela tratando o socialismo e o marxismo como tradições monolíticas, com essa bobagem de "deturparam Marx". Ademais, do ponto de vista teórico, acho que ela comete outros deslizes aqui e ali. Queria essa pergunta direcionada ao Mauro Iasi, na minha opinião um marxista muito mais refinado.
    Dito isso, a Luciana disse o fundamental: não temos experiências socialistas como o stalinismo ou o maoísmo como modelo. O PSOL tem por norte a construção de um projeto socialista democrático, o que supõe a busca pela construção de um novo consenso e de uma contra-hegemonia, partindo da crítica e da recusa ao capitalismo.

    Sobre o debate, acho que foi a melhor participação da Luciana até aqui - e acho que foi o melhor modelo de debate até aqui do ponto de vista democrático, lançando mão do sorteio em todos os blocos. A Luciana optou por não responder a pergunta sobre a educação - conforme o programa do PSOL dispõe - e atacou o Aécio. Eu sinceramente adorei. E note-se: Aécio nem tentou se defender.
    Também não acho que ela agiu como bucha de canhão do PT, porque atacando os tucanos ela não poupou os petistas. Enfim... por ora, é isso.
     
    • Gostei! Gostei! x 7
    • Ótimo Ótimo x 2
  6. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    essa coisa de discutir política com quem defende cegamente um candidato é uma bosta por causa disso: ela desancou o aécio, falou altas verdades. aí você vai ver o que o pessoal que vota no aécio tem a dizer sobre isso, o que eles estão comentando? que ela não respondeu a pergunta dele. por isso chamei a atenção para esse ponto. eles estão usando isso contra ela, ao invés de responder ou se defender da acusação (embora já até dê para saber o motivo).

    mesma coisa sobre a entrevista do gentili. olhem só isso >>
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    (acho que era disso que o @Grimnir falou sobre resposta do gentili no facebook, mas enfim, fica o registro)
     
    • Gostei! Gostei! x 3
    • Ótimo Ótimo x 1
  7. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Apesar de gostar de debate de idéias, vence o debate político quem deixa o outro mais exposto. No caso desse debate entre a Luciana e o Aécio, o tucano perdeu feio. Pra mim isso é inquestionável.

    Sobre a comparação entre Luciana e Hitler, o espírito da coisa é dizer que o socialismo é primo do nazismo. Essa é uma eterna masturbação ideológica entre esquerda e direita, um querendo empurrar o nazismo para o lado do outro. Acho que foi idiota por parte do Danilo, mas não acho isso pelo mesmo motivo da Luciana. O problema é essa babaquice de reductio ad hitlerum que não agrega nada, sinceramente. É coisa de quem leu rapidamente O Caminho da Servidão de Hayek e sai chamando todos da esquerda de nazista.

    Acho que a moral da história é que as personalidades de opinião política (isso se é que posso enquadrar o Danilo nessa categoria) ganham mais ibope quanto mais migram para os extremos.
     
    • Gostei! Gostei! x 4
    • Ótimo Ótimo x 1
  8. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Bem, ainda não vi os vídeos. Mas assim que puder verei. Danilo escreveu um livro chamado Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola, né? Ninguém nem precisa perder tempo dizendo que ele precisa estudar mais.

    E sobre a acusação dele. Hitler escreveu um livro (muito ruim, só é importante ser lido pra entender a história) chamado Mein Kampf (Minha Luta). Quem quer saber algo sobre Hitler leia esse livro. Nele ele não tinha em mente ser hipócrita ou demagogo. Não tinha como ser mais explícito. Nele Hitler bate nos marxistas, socialistas, social-democratas e em toda a esquerda. Se o nazismo era de esquerda, eu sou um elfo.
     
    • LOL LOL x 3
    • Gostei! Gostei! x 1
  9. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Whatever para o que foi o nazismo.

    @Mercúcio, sinceramente não achei que ela foi bem na resposta econômica e acho sim que os partidos de esquerda gostam de focar na agenda progressista, mesmo que com forte presença do Estado. É claro, é normal que os partidos de menor eleitorado partam para essa frente, já que PT e PSDB tipicamente fogem desse tipo de debate. Não gostei da resposta dela sobre a crise e já deixo a dica: Elevadas taxas de juros? Se a avassaladora crise (da qual os EUA já estão mostrando ótima recuperação, mas tudo bem) teve seu foco nos EUA e Europa e por motivos financeiros, como explicar as taxas de juros abaixo:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Enfim, acho que falta debate econômico, canso de dizer isso. E pela falta de preparo da Luciana nesse tema - ou pela menos ela mostrou pouco do seu conhecimento - acho que ela tomaria uma surra da maioria dos economistas.
     
  10. Mercúcio

    Mercúcio Well-Known Member

    Ué, Grimnir... sou leigo, mas do que li e do que entendo, a crise não foi disparada justamente pela inadimplência de devedores em uma conjuntura de elevação dos juros? Um colega me passou um documentário há um tempo atrás. Não lembro o nome... vou pedir ele pra me passar de novo.

    Do que lembro, rolou uma enorme expansão do crédito a partir dos anos 2000, em uma conjuntura de juros baixos.
    Inúmeras pessoas, inclusive as camadas de mais baixa renda, passaram a financiar imóveis - que, em crescente valorização, alimentavam a especulação e eram hipotecados em razão de novos financiamentos. Por sua vez, bancos compravam títulos dessas dívidas. No entanto, os imóveis iniciam um processo de desvalorização a partir de 2006, os juros estão em alta (dá pra acompanhar esse movimento pelo gráfico que você postou), o crédito retrai, a inadimplência aumenta e começa a quebradeira generalizada a partir de 2008, quando o governo norte-americano se vê compelido a uma política de auxílio aos bancos e de interferência mais efetiva na economia. Não é isso?
    Onde a Luciana errou a mão - considerando a interrupção? Ela fala dos juros altos (que pra mim, leigo, parece um fator importante no agravamento da bolha imobiliária), do investimento em títulos de dívidas, da especulação... :think:
     
    • Ótimo Ótimo x 3
  11. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Cara, eu entendi que o Danilo perguntou sobre a crise de agora, da qual a Dilma tanto fala.
     
  12. Mercúcio

    Mercúcio Well-Known Member

  13. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Eu acho que estamos misturando os assuntos, só isso. O Danilo perguntou para ela sobre a crise internacional que a Dilma tanto fala e ela respondeu sobre as taxas de juros mundiais estarem elevadas. E isso não é verdade.
     
  14. Mercúcio

    Mercúcio Well-Known Member

    Mais uma vez correndo os riscos da minha noobice econômica... :dente:

    Eu tinha entendido que a Luciana conduz a reflexão do ponto de vista mais amplo, da crise do capitalismo, que deflagrada em 2008 a partir do desequilíbrio da maior economia mundial afetou as diversas economias nacionais e o seus efeitos ainda se fazem sentir, ainda que alguns países tenham conseguido enfrentar melhor essa conjuntura do que outros.

    De todo modo, o Danilo perguntou sobre a recessão da economia brasileira e disse que é uma crise mundial.
    A Luciana disse que a financeirização da economia, em uma conjuntura de juros alto, levou a uma crise de produtividade. A expressão "juros mundiais" não saiu da boca dela. E o gráfico acima mostra que o percentual dos juros anda elevado por essas bandas.

    O que foi dito:

     
    • Ótimo Ótimo x 2
    • Gostei! Gostei! x 1
  15. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Também sou noob em economia, mas isso aí que o Mercúcio apontou é fato.

    Essa é uma das razões porque o Ciência sem Fronteiras foca nos cursos de Exatas (sem desmerecer os outros cursos, apenas que o enfoque de cada área é diferente), algumas áreas do conhecimento gera riquezas, outras gere essa riqueza gerada.
     
  16. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Entendi, Mercucio. Só que aí vamos entrar num outro onto mais complicado e que não tem muito consenso: pq os juros são altos no Brasil? Não apenas isso, mas pq é difícil diminui-los?

    No gráfico q vc mostrou, os juros diminuíram e depois subiram. Pq não ficaram no patamar reduzidos? Acho que a resposta deve passar longe do argumento "pq os bancos querem".
     
  17. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Relendo o seu último post, realmente ela não falou nada sobre juros mundiais e o foto da resposta foi sobre a recessão brasileira.

    De qualquer forma, não mudo uma vírgula do escrevi acima. Adoraria saber mais sobre a lógica econômica dela e como ela pretende abaixar os juros na marra.

    E digo mais, embora ache esteja sozinho nesse debate: Falar de financerização de modo geral como uma força contrária ao crescimento econômico é uma besteira. Se eu compro uma ação de uma empresa, não estou afetando positivamente em termos econômicos, mesmo que numa escala micro? Ela tem razão, no entanto, quando fala sobre a questão do risco-retorno. A taxa de juros básica da economia afeta principalmente o retorno dos ativos de renda fixa que, por definição, apresentam baixo risco. Como a taxa é alta, o retorno é relativamente alto. "Investir na bolsa, nos mercados" (usando as palavras dela, para não repetir o meu erro) pode ser lucrativo, mas com certeza não pela falta de risco.
     
  18. Calib

    Calib Visitante

    Fui obrigado a dar um LOL pra isso. Sério. O que tem o cós a ver com as calças? XD
     
    • LOL LOL x 2
    • Ótimo Ótimo x 1
  19. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Ainda bem que não fui o único a achar esse comentário uma completa besteira. Ou então foi um senso de humor sarcástico que não consegui pescar.
     
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  20. Mercúcio

    Mercúcio Well-Known Member

    @Grimnir , do que pesquisei, essa tese da financeirização da economia, conforme adotada pelo PSOL, dialoga com economistas como o francês François Chesnais, o argentino Jorge Beinstein e a professora da USP Leda Paulani.
    Em 2009 o PSOL - com a presença da Luciana - os reuniu para a construção de um debate sobre a crise, conforme pode ser visto
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Recentemente, a Boitempo Editorial publicou um livro que é, na verdade, uma coletânea de artigos organizada pelo Chesnais, em que o tema é tratado:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Ainda não li, mas, em todo o caso, ficam aí as referências com as quais o PSOL vem dialogando.
     

Compartilhar