1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Outros Sistemas Lobisomem Apocalipse [Alguem aqui já jogou e gostou]

Tópico em 'RPG' iniciado por Erion Storm eyes, 14 Nov 2007.

  1. Erion Storm eyes

    Erion Storm eyes Usuário

    :think:Lobisomem é um jogo muito interessante, com um universo vasto para ser explorado, muitos preferem vampiro, mas como são coisas bem distitas evito comparações, joguei apenas uma vez, mas para minha infelicidade o narrador não soube explorar o verdadeiro tema proposto no livro e a sessão não passou de um quebra pau de lobisomens contra outras criaturas sobrenaturais que são citadas no final dos típicos livros da White Wolf.
    Mas alguem já jogou e gostou, conseguiu se divertir e sentir o clima de horror apocalíptico proposto por Mark Hein, ou como é de costume foi só pancadaria!?!?!?:panela:
     
  2. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    É, mesmo numa crônica não direcionada à pancadaria, mas sim ao aspecto tribal dos garou, eu diria que Werewolf, assim como Mummy, são os primos pobres do World of Darkness.
     
  3. Elminster

    Elminster Usuário

    Por esse cenário exótico, tribal e natural que eu gosto muito de lobisomem depois de vampiro, é imaginação pura para os que sabem jogar! :mrgreen:
     
  4. Oromë

    Oromë Purge 'em all

    Bom, indo na direção contrária, considero Lobisomem justamente o cenário mais rico do WoD. Toda a espiritualidade Garou, sua luta numa batalha já praticamente perdida, o mundo decadente à sua volta, as próprias brigas e dramas internos que preenchem a Nação Garou e suas relações com as outras raças metamórficas, além de um "outro lado" inteiro a ser explorado, e que pertence quase que exclusivamente a esse cenário, tornam o jogo, se bem contruído, mais completo que Vampiro. Apesar do último contar com uma profundidade maior na questão de drama pessoal, L:oA abrange outros aspectos que o complementam, oferecendo um leque maior de possibilidades. Só que, como já foi dito, geralmente (99,9% dos casos) o +4 de Força, +1 de Destreza e +3 de Vigor ofuscam a parte espiritual e ritualística, deixa-se L:oA de lado, pega-se a descrição dos Garou no final de V:aM como base, e o jogo vira mais uma arena do que interpretação, o clima de horror é esquecido (afinal, os jogadores são máquinas de matar praticamente indestrutíveis) e fica nesse quebra-pau que boa parte do povo acha que é o tema principal de Lobisomem.
    Enfim, é questão de gosto pessoal mesmo. Quem acha legal tal ligação com a natureza e o mundo animista de L:oA muito provavelmente irá gostar do jogo, quem não gosta muito provavelmente irá achar ridículo, talvez o jogo inteiro, e se ao menos for tentar jogar ou (provavelmente) vai descartar completamente esse lado ou (provavelmente) irá distorce-lo durante o jogo, o que de qualquer forma já retira boa parte da essência do mesmo.

    Estou tentando construir uma campanha bem-feita de L:oA, na qual devo começar a trabalhar mesmo nas férias, mas está complicado. Primeiro pelo próprio estilo de jogo dos outros membros do grupo, que já mencionei no outro tópico, segundo pelo número de jogadores, cujo ideal seria 4 ou 5 (para uma matilha completa), porém disponho de apenas 2 (3 se o Fëa conseguir um espaço na agenda dele, o que ultimamente anda difícil...), e por último o próprio empenho que é fazer a mesma, pois mexer com a a Umbra e fazer um jogo com o mínimo possível de pontas soltas é um trabalho desgraçado...

    Sky, discordo com você no que disse sobre Múmia. Pode realmente não ser tão bom quanto Vampiro, mas isso não significa que seja ruim. Já vi uns dois ou três que não gostavam antes de ter lido o livro, mas que mudaram de idéia depois. É um cenário desconsiderado em parte pelo mesmo motivo que Changeling: o fato de ser pouco conhecido e o domínio do "grande trio" do WoD. Se bem explorado resulta em jogos tão bons quanto os proporcionados por Vampiro ou Lobisomem, caso contrário tão ruins quanto os proporcionados pelos mesmo quando abordados da maneira "Mortal Kombat".
     
  5. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Eu não disse que Múmia é ruim. Só que pra mim ela fica fora do trio ternura (que pra mim é Vampire, Mage e Changeling) do WoD.

    Sobre o Werewolf, tu tocou no aspecto tribal do jogo, que foi o que eu mencionei no meu post ali em cima. Essa é a melhor parte, já que explora o lado feral do lobisomem, sem a obviedade do combate. Mas mesmo assim é um jogo que sempre que joguei (e joguei bastante), ficou aquela sensação de que podia ser mais legal.

    Ele tem bem menos opções de jogo que o Vampiro, onde tem o lance do horror, da intriga, do drama e, pra quem gosta, do pós-apocalipse. Isso sem falar no Mage e Changeling, os jogos de abrangência mais ampla da linha.

    Mas ainda assim é melhor que muita porcaria indie que tem por aí.
     
    Última edição: 16 Nov 2007
  6. Oromë

    Oromë Purge 'em all

    Má interpretação minha então, foi mal:mrgreen:

    Continuo discordando da abrangencia de temas, mas gosto é gosto.

    Só aproveitando pra fazer um adendo, geralmente culpamos os mestres pelas campanhas ruins de Vampiro e Lobisomem, mas boa parte dessa culpa cabe também aos jogadores, afinal eles geralmente são os maiores influenciados pelo fator "musculos", enquanto o narrador piora a situação tentando contornar esse problema lançando monstros e outras criaturas cada vez mais poderosas para conte-los, o que nos leva à discussão do outro tópico sobre overpowers...
     
  7. ByPedrinho

    ByPedrinho Usuário

    Oi galera, estou iniciando minha ''jornada'' em lobisomem: o Apocalipse e vou falar um negócio: eu estou ADORANDO esse jogo. Pra ser sincero, nem ficha de personagem eu tenhu ainda, e do jogo só conheço sobre o q leio e observo. Apesar disso, Lobisomem me parece um jogo de aspecto interessante e que, se nós fizermos um paralelo com as culturas antigas, nos mostra que é um verdadeiro instrumento de DIFUSÃO CULTURAL, principalmente influenciado pela cultura grega (Gens gregas=matilhas, referencia a deuses gregos e etc.)
    Por fim, queria acrescentar que, por ser iniciante nesse sistema, estou precisando de MUITA ajuda daqueles q ja estão familiarizados ao mundo de lobisomem,
    um abraço
    ByPedrinho
     
  8. The King

    The King Kingdom Nerds

    Que bom que você gostou da proposta do jogo. Eu não mexo com Apocalypse tem um tempo já, mas ainda devo lembrar de algo. Pergunte o que tiver dúvida e se eu puder, tento solucionar.

    The King
    Harmonizando com fetiche.
     
  9. ByPedrinho

    ByPedrinho Usuário

    E aew The king, blz? Eu vi q vc postou la no meu outro tópico (e já respondi).
    É mano, to iniciando no lobisomen, sendo que nem ficha de person. tenhu ainda =(.
    Alguem ai pode me dizer como eu faço a minha ficha? É q eu ainda naum sei direito como fazer as coisas e meu primo q me ''ensinava'' as coisas viajou.
    Brigadaun pessoal
    um abraço
    ByPedrinhu
     
  10. Elda King

    Elda King Senhor do passado e do futuro

    No Dia D RPG eu joguei uma mesa... Eu já tinha lido um pouco, e não tinha me entusiasmado muito. Foi até legal, e quase não teve luta (só no finalzinho, e eu nem participei do massacre que tomamos...). E eu ainda acho a proposta de vampiro e de mago mais interessante...
     
  11. ordepiii

    ordepiii Usuário

    Lobisomen é muito bacana se for bem explorado.
    Mas se o grupo for do tipo chachina ovepower, ferrou.
    Fica difícil para o mestre lidar com um garou que normalmente dá trabalho para muitos humanos.
    Se for uma matilha inteira assim é bem pior.
    Gosto do gênero, mas prefio vampiro, e mago, e no crossover o Lobisomem fica muito forte logo de início.
     

Compartilhar