1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Livros sugeridos por Renato Russo

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Anica, 27 Mar 2010.

  1. Anica

    Anica Usuário

    Hoje o músico Renato Russo completaria 50 anos e como era de se esperar, as homenagens pipocam em todos os cantos. Entre elas, está previsto o lançamento de um CD com 15 duetos de Renato com artistas nacionais, e o também do livro Como se não houvesse amanhã, publicado pela Record e organizado por Henrique Rodrigues, trata-se de uma coletânea de contos baseados nas canções escritas pelo músico.

    As homenagens deixam evidente que musicalmente, alguém pode adorar ou odiar o que ele fez, mas é impossível dizer que foi irrelevante para o rock nacional. As letras são o destaque principal em sua carreira, algumas com versos que são poesia pura, daquelas que várias pessoas gostariam de ter escrito. E foi dessa vontade de compreender como Renato Russo conseguia compor músicas tão bonitas que surgiu uma história bem bacana envolvendo o músico com a Literatura.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. imported_Franco

    imported_Franco Usuário

    Nunca tinha pensado no que Renato Russo lia... mas depois de ver ali o Apanhador me bateu a impressão de que pelo menos esse, inevitavelmente, ele teria que ter lido.
     
  3. imported_Rafaela

    imported_Rafaela Usuário

    ele sempre me pareceu uma pessoa que tinha esse costume, principalmente depois que vi sua história naquele especial da Globo - Por Toda a Minha Vida. os problemas que ele enfrentou na adolescência, a solidão, ele só podia ser um grande leitor. Anotei todas as sugestões!
     
  4. Petra

    Petra Usuário

    Renato Russo :grinlove: :grinlove: :grinlove:

    Dos livros da lista eu só li um, e estão na minha lista de próximas leituras uns três. Cresci com minha mãe tendo ele como um ídolo, e se tornou um dos meus ídolos também, acho que através dos livros que ele leu dá pra se entender ou até mesmo descobrir a pessoa que ele era ou desejava ser.

    Sempre imaginei ele com um costume de ler, principalmente quando você presta atenção em algumas de suas letras. Tão intensas que dá a impressão de dignas de um leitor. :grinlove:
     
  5. kika_FIL

    kika_FIL Usuário

    Que ele era leitor eu não tinha dúvida nenhuma, a última entrevista que vi com ele tinha uma estante imensa cheia de livros atrás (apareceu na tv quando ele morreu :()

    Achei a lista bem legal. Dos citados ali eu li: A versão infantil da “A Montanha Mágica”, Thomas Maan, o “Admirável Mundo Novo”, Aldous Huxley, as “Estórias de Fada”, Oscar Wilde, “Encontro Marcado”, Fernando Sabino, "Histórias Extraordinárias”, Edgar Allan Poe e estou lendo o “1984”, George Orwell para o clube. Li ainda alguma coisa de fernando pessoa e Carlos Drummond. Claro q os outros já entraram na minha (imensa) lista de livros a ler....

    Como ele mesmo dizia "os bons morrem jovens" mesmo....
     
  6. Diego-

    Diego- Usuário

    Post muito, muito legal mesmo Anica. Já li alguns da lista, mas já havia ouvido falar de todos ali. Não sou um grande fã do Renato mas gosto bastante do trabalho dele.

    Rafaela, não é bem isso, né? No "Por Toda a Minha Vida", pelo que me lembro, dizia que ele era extremamente tímido e por um longo tempo viveu meio isolado dentro do quarto lendo, estudando inglês e etc... Os pais o incentivavam a sair e ele não via interesse, até que depois de uns tempos ele mudou e aí vivia fora de casa.
     
  7. -Arnie-

    -Arnie- Usuário

    ele nem gostava de Herman Hesse...\
     
  8. imported_Wilson

    imported_Wilson Please understand...

    só coisa batuta
     
  9. Mi Müller

    Mi Müller Usuário

    Báh lista batuta, adorei o artigo uma das homenagens mais originais das que vi rolando por ai :lily:

    eu já li esses da listinha:

    “Estórias de Fada”, Oscar Wilde
    “Encontro Marcado”, Fernando Sabino
    “O Senhor dos Anéis”, JRR Tolkien
    “Demian”, Herman Hesse
    “Histórias Extraordinárias”, Edgar Allan Poe
    “1984”, George Orwell - Lendo pro clube XD
    “O Vampiro Lestat”, Anne Rice
    “Feliz Ano Velho”, Marcelo Rubens Paiva

    E os autores que ele citou só não li: Colin Wilson


    Mas a indicação mais linda foi essa:

    “…e milhões de outros livros”
     
  10. Chatov

    Chatov Usuário

    Pouca gente sabe, mas o "Russo" do nome dele não tem nada haver com o país, na verdade o mesmo vem do fato dele na adolescência ser um admirador do escritor, filosofo, matemático (insira adjetivos aqui) inglês Bertrand Russell.
     
  11. nessa_straioto

    nessa_straioto Usuário

    que artigo legal!!!
    já li alguns da listinha..rss
     
  12. Diva

    Diva Usuário

    Artigo legal. Eu já fui grande fã de Renato Russo, mas confesso que hoje não vejo encanto algum nas letras e nem na música dele.
     
  13. Marcileia

    Marcileia Usuário

    Quando era criança e morava com minha irmã escutava direto as músicas dele, e me tornei uma grande fã.
    Agora só ouço de vez em quando, mas ainda continuo achando as músicas lindas!!
    Eu vi a reportagem no fantástico e anotei os livros, a maioria ainda não li....
     
  14. BFreitas

    BFreitas Usuário

    Li alguns da lista, outros está na lista de futuras leituras... Eu não posso dizer que sou grande fã do cara, pois muitas músicas eu ainda desconheço, mais tenho algumas músicas na minha playlist.
     
  15. Pips

    Pips Old School.

    Era óbvio que ele era um leitor assiduo, afinal, grande parte das músicas dele tem citações de livros, da biblia e de poemas.

    Acho que no link postado no final do post da Anica existe um trecho que ele mesmo escreve na carta: depois de ler isso você vai notar que não sou muito original.
     
  16. Anica

    Anica Usuário

    Eu citei isso no artigo, Pips :sim:
     
  17. Zzeugma

    Zzeugma Usuário

    “Discurso Sobre a Servidão Voluntária”, Etienne de la Boétie

    Eu não o li, mas soube de sua existência em um livro sobre... política (Muito bom, por sinal). O "Esquecimento da Política" traz vários ensaios de pensadores brasileiros sobre o "esvaziamento" da política das últimas décadas.

    Um dos ensaios (não lembro mais de quem) citava este livro... É um livro antigo (1563) e criticava a ideia vigente que o povo era dominado pelos líderes porque não passava de um bando de ignorantes... Aqui embaixo trecho de uma introdução que achei no google sobre o livro. Vale a pena uma lida:

    http://www.culturabrasil.pro.br/boetie.htm

    " Entre muitos pontos importantes e relevantes do Discurso em si, ressalta-se:

    _ O poder que um só homem exerce sobre os outros é ilegítimo.

    _ A preferência pela república em detrimento da monarquia.

    _ As crenças religiosas são frequentemente usadas pelas monarquias para manter o povo sob sujeição e jugo.

    _ Etienne de La Boétie afirma no Discurso a liberdade e a igualdade de todos os homens na dimensão política.

    _ Evidencia, pela primeira vez na história, a força da opinião pública.

    _ Repele todas as formas de demagogia.

    _ Incursionando pioneiramente pelo que mais tarde ficará conhecido como psicologia de massas, informa da irracionalidade da servidão, desde o título provocativo da Obra, indicada como uma espécie de vício, de doença coletiva.

    O Discurso, que no século XVI Montaigne considerava difícil prefaciar, hoje em dia é ainda tristemente atual.

    O ser humano encontra-se em amarras auto-infligidas por toda a parte. Como dizia Manuel J. Gomes, importante tradutor de La Boétie para o português:

    “Se em 1600 era tarefa difícil escrever um prefácio a La Boétie, hoje não é mais fácil. Hoje como nos tempos de La Boétie e Montaigne, a alienação é demasiado doce (como um refrigerante) e a liberdade demasiado amarga, porque está demasiado próxima da solidão. E da loucura.” "
     
  18. Zzeugma

    Zzeugma Usuário

    Falando sobre o Renato Russo ainda:

    Há um trecho da música "Quase sem Querer" (do disco 2) que diz:

    "Como um anjo caído, fiz questão de esquecer que mentir para si mesmo é sempre a pior mentira..."

    Este é o "mote" do filme/livro "Coração Satânico"(Angel Heart, de 1987), cujo titulo original em inglês é "Falling Angel". Não vou explicar mais, senão cairei num spoiler... O romance combina elementos de policial noir e terror. É um bom livro e o filme de Alan Parker lhe fez justiça.

    O livro original é de 1978. Acho difícil que Renato Russo tenha lido este livro, mas provavelmente William Hjortsberg, o escritor de "Coração Satânico" deve ter lido a mesma "coisa" que Renato Russo... Mas não sei o quê...

    Ou então é só coincidência.


    Abs
     
  19. *Artanis*

    *Artanis* Siga as borboletas!

    Bem legal mesmo o artigo. Gostei das indicações dele, só li dois da lista. Ele tinha cara de ser apaixonado por leitura.
     
  20. Mi Müller

    Mi Müller Usuário

    Ganhei nun sorteio “O Apanhador no Campo de Centeio”, J.D. Salinger e agora vou poder ler mais da listinha XD
     

Compartilhar