• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Livros sobre sexo

Outro trecho sem sexo do Trópico de Câncer (uma divagação do Van Norden, o meu personagem favorito entre os amigos do Henry Miller). Eles estão na miséria, morando numa pensão escrota e vêem como solução um dos dois se casar com uma velha rica que eles conhecem, para ter conforto e tal. O problema é que nenhum dos dois tem coragem de comer a mulher, porque é muito velha etc.


"De que adiantam as gravatas bonitas e os belos ternos, se o seu pau não fica mais duro? Você não ia poder nem trair, pois ela ficaria atrás de você o tempo todo. Não, o melhor seria casar com ela e adoecer logo em seguida. Só não pode ser sífilis. Cólera, digamos, ou febre amarela. Mesmo que houvesse um milagre e você se salvasse, ficaria aleijado pelo resto da vida. Então, não teria de se preocupar mais em trepar com ela nem em pagar o aluguel. Ela decerto compraria uma linda cadeira de rodas com pneus de borracha, todos os tipos de alavanca e tal. Você conseguiria usar as mãos para escrever. Ou podia ter uma secretária, digamos. Isso mesmo, é a melhor solução para um escritor. Para que o cara quer pernas e braços? Não precisa de pernas e braços para escrever. Precisa de segurança, paz, proteção. Pena que todos esses heróis que desfilam em cadeiras de rodas não sejam escritores. Se você pudesse ter certeza de que, ao ir para a guerra, só ia perder as pernas, se tivesse certeza, eu diria vamos para a guerra amanhã. Estaria cagando para medalhas, eles podiam guardar. Eu só queria uma boa cadeira de rodas e três refeições por dia. Depois eu dava algo para eles lerem, aqueles panacas."


Jedan, obrigado. Se não fosse tua indicação talvez eu não tivesse lido o Trópico de Câncer num momento oportuno. uhahua
 
Jedan, obrigado. Se não fosse tua indicação talvez eu não tivesse lido o Trópico de Câncer num momento oportuno. uhahua

Qualquer momento é oportuno para uma leitura de Miller.
Olha, eu nunca conheci alguém que tenha lido Trópico de Câncer e não o tenha citado como entre seus livros preferidos.
 

Breno C

Quack
Opa, não estou me referindo, apenas, aos contos eróticos. Mas qualquer coisa que tenham lido que fale sobre sexo, como um Bocage por exemplo.

Eu li A casa dos Budas Ditosos e realmente não gostei muito. Achei meio forçado, e pra mim não passou de alguem querendo se passar por uma velha falando de sacanagem para chocar os outros. Mas é apenas minha humilde opinião.

E vocês, o que leram sobre sexo ultimamente?


Cara eu já acho todos os livros sobre sexo um pouco forçados. Ainda ligo o sexo ao ato. Nem me estimula os contos eróticos e os livros que analisão a coisa técnicamente, acabam tirando a humanidade do assunto...
 

Ana Lovejoy

Administrador
O problema é quando o tema (sexo) equivale ao Mainardi falando de política. Falar por falar, falar para chocar. Eu ainda acho que não há nada de errado em uma literatura erótica, desde que a qualidade do texto seja a mesma que eu espero dos demais. E isso seria o equivalente a dizer que não vejo nada em "literatura policial desde que a qualidade do texto seja a mesma que eu espero dos demais".

(BTW, do ponto de vista literário Sade é uma merda bem grandona, o enredo fala trilhões de vezes mais alto que o estilo. E se o lance é "enredo", uma Playboy já tá valendo, não precisa ler nada, não.)
 
Última edição:

miharu

Wild~
Qualquer momento é oportuno para uma leitura de Miller.
Olha, eu nunca conheci alguém que tenha lido Trópico de Câncer e não o tenha citado como entre seus livros preferidos.
Posso confirmar :yep:

Hmm...Sexo? "Porque os homens fazem sexo e as mulheres fazem amor?" explica tudo em termos de sexo e relacionamento a dois.
Os livros do Henry Miller são perfeitos.
Estou lendo um livro da Mian-Mian: Bombons Chineses. Autobiografia mais ou menos erótica.
 

Alcarinollo

Usuário
Justine - os sofrimentos da virtude (Sade, insuperável); Irmã Monika (Hoffman, mais tarde famoso por sua ficção de terror); A carne (Júlio Ribeiro - sexo muuuito sutil); Tereza Filósofa (não me lembro o autor, mas é bom!); Os Insaciáveis (Harold Hobbins - sexo, poder e fama); Joy (joy Laurei - sexo, sexo, sexo); Transas (judith Rosner - Sexo com irmãos siameses!) e por aí vai...
TUDO LITERATURA DE PRIMEIRA!!!! (não é o tema, mas o modo de escrever, não é o texto, mas a cabeça que o lê. Se vc não tem maturidade para o tema, não haverá gozo (barthesianamente falando) em sua leitura...)
 

Éomer

Usuário
A polaquinha de Dalton Trevisan é uma boa dica. Livro leve, pra ler de uma vez só e com um tom muito bem humorado.
 
Última edição:

DiegoFerrite

Usuário
Bom, Rubem Fonseca não é exatamente sobre sexo, mas o erotismo entra bastante em seus contos. Estou lendo uma coletânea com 64 contos de Rubem Fonseca da Companhia das Letras muito boa.
 

DiegoFerrite

Usuário
Os contos do Nelson Rodrigues também tem bastante erotismo em alguns, e o sexo/casamento/relacionamentos são foco constante.
 

Fringway

Andarilho do Norte (187)
Falando sobre Marques de Sade, o último álbum do Belphegor (Bondage Goat Zombie) é sobre o assunto:wink:
 

Gabriel Souza

Usuário
"Foi então que ela fez algo que nunca fizera. Mexendo-se com abandono furioso, mordendo-me os lábios, a garganta, as orelhas, repetindo como um autômato enlouquecido: - Vamos, vamos, venha, bem fundo, Oh Deus, enfie, enfie tudo! - ela saltou de um orgasmo para outro, empurrando, puxando, erguendo-se, contorcendo a bunda, levantando as pernas e enroscando-as em meu pescoço, grunhindo, gemendo, chiando como uma porca e então subitamente, no fim da exaustão, pedindo-me que acabasse com ela, que soltasse a carga. - Acabe, acabe.. eu enlouqueço!... Deitada ali como um saco de aveia, arfando, suando, completamente indefesa, completamente extenuada que estava, eu lenta e deliberadamente atochei o pau para diante e para trás, e quando tinha saboreado meu bom bife, o purê de batatas, o molho e os temperos, lancei-lhe uma ducha na boca do útero que a sacudiu como uma descarga elétrica."
Miller

Puxa vida, esse cara é bom mesmo! Acho que ele conseguiu captar a essência do que acontece e verbalizar essa essência de forma fidelíssima.
Tipo, as comparações que ele faz ("...como um saco de aveia...") são imagens muito reais...

Outro trecho sem sexo do Trópico de Câncer (uma divagação do Van Norden, o meu personagem favorito entre os amigos do Henry Miller). Eles estão na miséria, morando numa pensão escrota e vêem como solução um dos dois se casar com uma velha rica que eles conhecem, para ter conforto e tal. O problema é que nenhum dos dois tem coragem de comer a mulher, porque é muito velha etc.


"De que adiantam as gravatas bonitas e os belos ternos, se o seu pau não fica mais duro? Você não ia poder nem trair, pois ela ficaria atrás de você o tempo todo. Não, o melhor seria casar com ela e adoecer logo em seguida. Só não pode ser sífilis. Cólera, digamos, ou febre amarela. Mesmo que houvesse um milagre e você se salvasse, ficaria aleijado pelo resto da vida. Então, não teria de se preocupar mais em trepar com ela nem em pagar o aluguel. Ela decerto compraria uma linda cadeira de rodas com pneus de borracha, todos os tipos de alavanca e tal. Você conseguiria usar as mãos para escrever. Ou podia ter uma secretária, digamos. Isso mesmo, é a melhor solução para um escritor. Para que o cara quer pernas e braços? Não precisa de pernas e braços para escrever. Precisa de segurança, paz, proteção. Pena que todos esses heróis que desfilam em cadeiras de rodas não sejam escritores. Se você pudesse ter certeza de que, ao ir para a guerra, só ia perder as pernas, se tivesse certeza, eu diria vamos para a guerra amanhã. Estaria cagando para medalhas, eles podiam guardar. Eu só queria uma boa cadeira de rodas e três refeições por dia. Depois eu dava algo para eles lerem, aqueles panacas."


Jedan, obrigado. Se não fosse tua indicação talvez eu não tivesse lido o Trópico de Câncer num momento oportuno. uhahua

Hahahhaahaha, muito bom mesmo! Vou procurar esse livro o mais rápido possível
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.920,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo