1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Livro para crianças

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por rgf21, 23 Abr 2007.

  1. rgf21

    rgf21 Usuário

    Boas.

    Ouvi falar na existência de um livro pra crianças que é baseado na obra do
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , será que alguém sabe de mais alguma informação sobre ele?

    Desde já muito obrigado.

    :)
     
  2. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Bom... com certeza existem muitos livros de fantasia por aí que, no fundo no fundo, tiveram seus personagens, lugares e história baseados na obra de Tolkien. Alguns são infantis, outros não. O próprio Tokien escreveu várias obras infantis, como Roverendon, Mestre Gil, O Hobbit e alguns outros não publicados no Brasil.

    Entre os livros de fantasia infantis/infanto-juvenis, podemos citar Harry Potter (JK Rowling), As Crônicas de Nárnia (CS Lewis), Eragon (não sei o nome do autor), etc.

    Seria melhor se você especificasse mais o livro que procura. E acho que esse não é o lugar certo pra esse tópico. Enfim...
     
  3. Olwë

    Olwë Usuário

    A partir de certo ponto de sua carreira de escritor, Tolkien passou a defender a tese (à época revolucionárisa) de que seria possível escrever contos de fadas para público não exclusivamente infantil.

    Ele próprio, porém, possui algumas obras que, até certo ponto, pode-se dizer que tenham sido (ao menos inicialmente) escritas para o público infantil, como é o caso de O Hobbit e Roverandom, mas que, mesmo assim, podem ser muito divertidas para adultos.

    Tomo a liberdade de respeitosamente discordar de "Snaga" no ponto em que ele afirmou que As Crônicas de Nárnia e Eragon tenham sido escritos para o público infantil.
    A obra de C. S. Lewis, aliás não pode ser, segundo penso, menosprezada como se fosse mera decorrencia da influência unilateral de Tolkien, já que esses dois escritores eram contemporâneos e, como amigos íntimos, influenciavam-se mutuamente.

    A obra de Tolkien tem a grande virtude de tratar os pequenos leitores com o respeito de quem fala com um igual. Tolkien não se dirigia (ao menos a partir de um ponto de maior amadurecimento de sua carreira de escritor) às crianças como um superior. Ele não as subestimava.

    Por essa razão que o vocabulário de seus livros "infantis" não é simplificado como talvez fosse de se esperar de um escritor comum. Volta e meia o leitor é obrigado a se esforçar um pouquinho para compreender (ou pelo menos conviver) com palavras difíceis como "parafernália", por exemplo.

    Mas isso não é nada que deva provocar o receio de Tolkien ser uma leitura pesada para crianças. Pelo contrário: é divertida e instigante para todas as idades.
     
  4. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Olwe, eu acho As Crônicas de Nárnia puramente infantil. Com características de fábulas*, como animais falantes por exemplo.
    Eragon seria um livro infanto juvenil, assim como HP.

    Não posso dizer quem influenciou quem, se essa influência mútua aconteceu ou não. No entanto é fato que Tolkien não gostou de Nárnia. Não me lembro agora as palavras corretas que ele usou, mas foram palavras de despreso ao ser referir aos livros do amigo. O que mostra que, possivelmente, Tolkien não se inspirou nas obras de Lewis.

    *Lembrando que fábulas nada têm de infantis. Bem initerpretadas possuem profundas lições de moral.
     
  5. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    É essa uma questão delicada.

    Indo ao contexto, no momento de sua publicação e de sua repercursão, As Crônicas de Nárnia (na época não creio que fossem volume único) foi tido como literatura infantil, sendo que seu último livro (não me lembro o nome) ganhou o maior prêmio da literatura infantil, o Carnage Medal.

    Tolkien deixa claro na Carta 131 essa questão do uso da faerie, dos elementos de contos de fada, mas não como literatura infantil, e de fato assim não foi sua repercursão, exceto O Hobbit, Roverandom, como já mencionado.
    Tratando das principais obra de Tolkien não temos o claro traço de literatura infantil.

    C.S Lewis e Tolkien eram amigos, tem uma história em particular, a parte dessa questão, mas de fato Tolkien o acusa várias vezes de empregar termos seus, assim como na Carta 131, diz que C.S emprega o termo númen, como se fosse seu, e que esse termo não era, como talvez dissesse Lewis, do grego, nóumenon.

    Sendo assim, não manteria essa idéia de influências recíprocas.
     
  6. Caio Almeida

    Caio Almeida Silence is sexY

    Desculpe a intromição, :mrgreen: mas eu acho que nesse caso, deve ser levado em conta a separação que eles fizeram entre amizade e trabalho. O contato pessoal deles, em grande parte não interferia direta ou indiretamente na obra de um ou de outro, e sim algumas singularidades observadas como os própios termos citados como de um ou de outro.
    Vale lembrar também, que de uma forma ou outra T.H, foi de modo geral bem recepcionado por um público mais infantil ( visto que infantil tantos decênios depois tem um significado bem diferente ).
    :yep:
     
  7. Malaman

    Malaman Passion, what else?

    Acho normal que acha livros baseados nos ambientes de Tolkien e na sua obra magica...
    Mesmo as crianças gostam de ver os filmes de SDA, logo é bastante facil para eles se agarrarem a livros desse tipo...
    Se for-mos a ver(e ja foi discutido neste forum) mesmo os livros de harry potter têm uma grande semelhança com os livros que tolkien escreveu...
    Se é ou nao uma coicidência nao sei...

    Acho que o facto de existir livros desse tipo ajudam os mais novos a gostarem mais da leitura tolkiana...
    *yams*
     
  8. Caio Almeida

    Caio Almeida Silence is sexY

    **Acho que o facto de existir livros desse tipo ajudam os mais novos a gostarem mais da leitura tolkiana...**



    Isso é uma boa forma de se pensar.
     
  9. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Sim, mas não de compreensão.

    Estão descontextualizando as questões, e esquecendo das intenções por trás das obras.

    Tolkien teve, ab initio, intenções filológicas, culminando numa idéia de reelaboração de um mito europeu. Considerar isso infantil ou não, é meramente uma questão pessoal.

    Afirmar que os livros da série Harry Potter tem uma grande semelhança não significa aproximarmos o caráter literário de um e outro. São leituras completamente divergentes.

    Acho interessante a leitura prévia de posts anteriores, Snaga já vinha discutindo a questão do "infantil", e mais adiante foi discutido em C.S Lewis também, que, não fugindo ao contexto seria uma literatura infantil (vide post anterior meu).

    Abraços.
     
  10. Caio Almeida

    Caio Almeida Silence is sexY

    concordo plenamente com o seu ponto de vista.

    são formas de literatura diferentes, que possuem compreensões diferentes, mas que se assimilam em alguns aspectos, e que nessas semelhança e que se gera um novo público alvo.
    que mesmo não compreendendo no momento, já possui uma probabilidade maior de se envolver mais no foturo.

    =)



    abraços a todos.
     
  11. Malaman

    Malaman Passion, what else?

    Nao estou tentando compara em termos de dificuldade da leitura...
    Estou apenas a tentar mostrar que graças a tolkien existe hoje muitos livros dedicados aos mais novos, nada mais...
    Se nao fosse Tolkien talvez(digo talvez, porque nao posso adivinhar o que iria se passar na cabeça de cada escritor) nao existisse garnde parte dos livros de hoje em dia, nao so harry potter, mas como muitos mais...
    *yams*
     
  12. miharu

    miharu Wild~

    Eu concordo. Principalmente por causa do impacto causado pela linha Tolkeniana de pensamento: chama muito a atenção pensar em um mundo com tantas raças e criaturas diferentes, passando por situações de muita beleza e lealdade, em cenários belíssimos ...:grinlove: Eu acredito que ele é uma fonte de inspiração revolucionária não só na literatura como um hobbie, mas também como matéria escolar :think:
     
  13. Capitão Nemo

    Capitão Nemo Cientista Maluco

    Harry Potter começa como um livro infantil, e provavelmente terminara para um publico juvenil, pois com a idade do personagen cresce a idade do publico, e o livro vai ficando um cada vez mais sombriozinho (com mortes em serie, zumbis, etc)

    Eragon, é um Senhor dos Anéis em uma linguagem mais simples, então seria um infanto-juvenil^^

    Ah, tem uma serie chamada Deltora Quest, que vai nessa onda de Reinos e Magia, etc. Os livros da série são fininhos, com letras grandes e alguns desenhos. Isso seria um livro infantil influenciado por Tolkien
     
  14. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Dizer que é influenciado é um tanto quanto diferente de afirmar grande semelhança, e quanto a isso discordei.

    Não mencionei a dificuldade de leitura, mas sim a intenção do autor em sua criação, não advinhando, lendo em suas cartas e analisando sua biografia.

    Porém é claro que ele influenciou os demais escritores do século XX, tanto quanto XXI, em muitos quesitos e aspectos, um deles, como disse Savant, da questão de elaborar novos mitos fantásticos. Mas a questão de habitar num mundo onde coexistem muitos seres diferentes não seria puramente inspirada pela obras de Tolkien, mas sim a obra de Tolkien imbuída dessa mentalidade comum ao fim do século XIX início do século XX. =]

    Abraços.
     
  15. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Tentando entender o que o Aracáno disse em seus dois últimos posts:

    Tolkien tinha, desde o início, um ideal literário que seria a criação de uma mitologia para o Reino Unido, que até então tinha apenas as crônicas arthurianas. Sendo assim, a obra deveria ter características mitológicas, como "deuses" e "titãs". Isso, de certa forma, ganhou aspéctos mais 'fantástiscos', talvez para uma melhor aceitação do público (a última frase é idéia minha)

    Em contra partida, o livros de fantasia posteriores a Tolkien e que realmente se basearam na obra do Professor (pois acredito que muitos nada têm a ver com Tolkien) são mera fantasia, sem tantas ambições. São obras meramente comerciais OU, algumas, com conteúdos emocionais, psicológicos, de carater, etc.

    Se foi isso mesmo que ele disse, então concordo!
     
  16. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Perfeitamente, sintetizou de uma forma muito correta. =]

    Abraços amigo Snaga.

    obs: mas estava tão difícil assim de entender, pra ter de tentar entender? hahaha
     
  17. Tapio

    Tapio Usuário

    Não é isso, é o tipo de linguagem utilizada. Numa forma de comunicação rápida e dinâmica como a internet às vezes passamos por cima de um post muito elaborado, e entendemos de forma incompleta seu significado. Aconteceu isso com o Gaara nesse mesmo tópico, e ele respondeu a seu post de acordo com o que ele entendeu. Mas não é um indicador de que você deve mudar seu jeito de se expressar, pelo contrário.=]
    Enfim, concordo com sua opinião sobre o assunto do tópico.
     
  18. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Bom... o tópico descambou pra uma discussão interessante, mas acho que ainda não respondemos a primeira questão. E o rgf21 nem voltou pra especificar o livro que ele se referia.
     
  19. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Agradeço a colocação caro amigo Tapio. =]

    E quanto ao que meu caro amigo Snaga disse, de fato sem o título do tal livro não podemos afirmar, nem desdizer, que ele é baseado em Tolkien.

    Abraços.
     
  20. Tecumseh

    Tecumseh Andarilho

    Você tem um estilo muito interessante de se ler, Arácano. Mas não é todo mundo que sabe o que é "ab initio".
     

Compartilhar