1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Linha do tempo do cenário do Arcanjo[SK]

Tópico em 'RPG' iniciado por Arcanjo[SK], 6 Jul 2006.

  1. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    Re: Criando um cenário, opinem por favor....

    Tá bom!!! A linha de raciocino do cenário foi criada!!!! Depois de muito tempo parado, eu agora tenho finalmente algo em mãos para trabalhar!!!!

    [size=+2]"Cenário:[/size]
    [size=+1]Linha de Fatos e Acontecimentos"[/size]


    • Os Mortais, que são muito mais poderosos do que aquilo que se tornaram um dia, rebelam-se contra os Deuses, principalmente os Humanos, que sempre anseiam por mais.
    • A Guerra dos Deuses e Mortais começa.
    • Os Mortais perdem e são punidos pelos Deuses, banindo-os do Édem.
    • As Raças culpam os Humanos por seu castigo e passam a ter ódio por eles, pois estes fomentam guerra contra tudo e todos.
    • Com rancor guardado, as raças se afastam dos Humanos.
    • Com o tempo as linhagens de todas as raças vão enfraquecendo como punição pela sua ousadia. Novamente elas culpam os Humanos.
    • Apesar do castigo, os Mortais ainda são ajudados pelos Deuses, porém, poucos dos Deuses ajudam os humanos, pois estes são frutos do Grande Humano (Deus dos Humanos, odiado por todos, banido para sempre do reino dos Deuses, condenado a vagar pela eternidade no Vazio).
    • Os Humanos se afastam quase que completamente dos Deuses, se achando superior a eles.
    • Humanos fomentam mais e mais guerras.
    • Os Humanos são castigados. Eles são privados de qualquer de tipo de magia. Com isso os Humanos passam a odiar a tudo e a todos que não fossem Humanos, até mesmo os Deuses.
    • Os Humanos passam a crer que os Deuses não passam de uma farsa, que eles não tem direito de governa os Mortais.
    • Começa a crescer entre os Humanos o culto do Grande Humano, acreditando que somente ele pode salvar a todos.
    • Os Humanos, privados da Magia, começam a desenvolver rapidamente a Tecnologia.
    • Os Deuses abandonam completamente os Humanos. Apenas a Grande Dama (A Deusa “Mãe” dos Humanos, ex-esposa do Grande Humano) ainda se preocupa com eles.
    • As outras raças, perdoadas, voltam a serem agraciadas pelos Deuses.
    • Os Humanos começam a sofrer diversos problemas internos, principalmente econômicos, devido a "exclusão mágica".
    • Isolados economicamente das Raças, devido ao rancor por elas guardado, os reinos humanos se unem, sob um misterioso líder carismátíco, para tentar resolver a crise em que se encontram, fundando assim o 1º Império Humano.
    • Sob um a líderança do misterioso "Imperador", o Império Humano começa sua grande expansão, invadindo diversos territórios e escravizando povos datados de dons mágicos, procurando sair da crise em que se encontravam.
    • As Raças logo se unem para resolver aos conflitos gerados pelos humanos, procurando soluções diplomáticas, relutantes a começar mais uma guerra.
    • Acreditando que são os únicos que podem liderar o mundo, os humanos rejeitam a diplomacia, querendo a todos dominar.
    • Começa a Guerra dos Humanos, onde eles passam a guerrear contra todas as outras raças.
    • O Grande conflito Magia (Raças) X Tecnologia (Humanos) começa e o mundo cresce em ódio.
    • A Guerra dura mais que o previsto, consumindo muito dos recursos de ambos os lados.
    • As Raças, unidas e dotadas de alto poder mágico e de muitos mais recursos, principalmente econômicos e militares, começam a conter o avanço Humano.
    • O Império Humano, sem recursos devido a longa guerra, acaba recuando, pois ainda não possuem força suficiente para combater a Magia.
    • Guerra termina com a rendição dos Humanos, que acabam tendo grande parte de seus territórios tomados e divididos pelas outras raças.
    • As Raças passam a discutir e discordar entre si sobre o que fazer em relação aos Humanos. Alguns acreditam que os Humanos são uma grande ameaça e que precisam ser eliminados enquanto há tempo.
    • Os Humanos, mesmo divididos, aumentam em número rapidamente.
    • Raças “brigam” cada vez mais entre si.
    • Primeiros Híbridos surgem (Meio-Humano / Meio Alguma coisa, filhos de humanos com outras raças).
    • A maioria das Raças odeiam os Híbridos, pois estes carregam sangue Humano.
    • Os Humanos voltam a se reorganizar, porém agora, sob uma liderança que buscava construir boas relações diplomáticas entre as Raças, buscando um ajudo mútuo de ambas as partes.
    • Os Humanos acolhem os Híbridos, vendo que A Maldição neles é mais fraca. Os Híbridos, por terem em parte, sangue não-humano, são capazes de conjurar magias, mesmo que fracamente.
    • As Raças, também prejudicadas economicamente devido a guerra, busca aceita a nova aliança pacífica com os humanos.
    • Os Humanos passam a preparar os Híbridos como uma nova "ferramenta" , unindo Magia e Tecnologia.
    • É restaurado o Império Humano, mesmo que sob supervisão das Raças.
    • A recém Tecno-Magia faz o Império Humano se recuperar assustadoramente, preocupando novamente as Raças.
    • O Imperador Humano é assassinado misteriosamente, gerando novas tensões entre ambos os lados. Seu sucessor, outra figura misteriosa, começa a alimentar o sentimento de vingança presente na maioria dos humanos, devido as "humilhações" ao longo da história.
    • O Novo Imperador, tendo o povo do seu lado, aproveita a situação frágil em que viviam as outras raças e começam uma nova guerra, de proporção global.
    • As Raças, enfraquecidas e desunidas, não conseguem conter o grande avanço Humano e são derrotadas, sendo obrigadas a deixarem suas terras e partir para um outro continente.
    • A Era dos Humanos começa. O mundo até então conhecido passa a ser dominado completamente pelos Humanos e sua avançada tecnologia.
    • O Império Humano, inicialmente unido devido a Segunda Grande Guerra, começa a se espalhar pelo continente recém conquistado e aos poucos vão se dividindo em diversas nações humanas.
    • Os Deuses aparentemente abandonam tudo e a todos.
    • Por terem sidos os pioneiros em muitas áreas científicas, econômicas, tecnológicas, os países humanos do norte, se desenvolvem rapidamente.
    • Começam os sinais de que o mundo está morrendo.
    • As Raças culpam os Humanos pelo desaparecimento dos Deuses e pela degeneração do mundo.
    • Os Híbridos, descontentes pelo grande preconceito, abandonam os Humanos e juntos criam a primeira nação Híbrida. Tendo em mãos as melhores “armas” de ambos os lados: a magia e a tecnologia.
    • Após muito tempo de afastamento entre as raças, A Nação Híbrida, começa a buscar alianças entre as Raças antigas, buscando unir ambos os lados.
    • Começa a Cruzada Híbrida pela Paz. Os Híbridos, cansados de tanto ódio, começam uma grande campanha a favor da paz e união dos povos, que se negam a se unirem.
    • Um grupo de exploradores do “Antigo Mundo”, compostos por várias raças diferentes, incluindo híbridos e humanos, descobrem que os Deuses estão mortos.
    • A Cruzada resolve reunir os povos em uma grande assembléia mundial pela paz, porém, ódio antigo impede que a assembléia seja feita.
    • Lideres de todas as raças são reunidas em uma assembléia secreta, onde é revelado que os Deuses estão mortos. Chega-se à conclusão que sem os Deuses o mundo irá morrer lentamente.
    • A Cruzada dos Híbridos ganha uma vitória, quando lideres do mundo todo se unem, a contra gosto, em uma assembléia secreta para impedir que o mundo morra.
    • Todas as raças começam a trabalhar na reconstrução do mundo.
    • Longas pesquisas secretas mostram que o mundo não está apenas morrendo, mas se tornando algo completamente diferente.
    • É fundado o grupo Alfa & Ômega (Α&Ω), contendo pesquisadores de ambos os lados do mundo, unindo a magia e tecnologia, para, secretamente, tentar recriar os pilares do mundo, os Deuses.
    • O grupo Α&Ω avançam rapidamente em seus experimentos, dando início ao "Projeto Três Reis", em sua busca pelos pilares do mundo.
    • Secretamente, graças aos esforços do grupo Α&Ω, a Tecnologia atinge níveis jamais vistos, promentendo uma nova era Tecnológica.
    • A Cruzada dos Híbridos continua, criando uma campanha para tentar reunir os povos novamente, tentando por fim a distancia entre os dois lados e fazer com que os dois lados se tornem um só povo. Ambos os lados concordam em permitir uma migração controlada e limitada de pessoas, assim como trocas comerciais.
    • A Inteligência Artificial atinge níveis surpreendentes.
    • As chamadas “Experiências Divinas” resultam em um grande vazamento de poder divino vindo de algum lugar do Exterior, provavelmente do Édem, o lar dos deuses.
    • Surgem os primeiros seres artificiais avançados, aproveitando-se da IA extremamente avançada e da poderosa Tecnomagia.
    • Diversos eventos inexplicáveis começam a ocorrer pelo mundo, começando a espalhar pânico entre países periféricos e menos desenvolvidos. Em meio ao pânico do desconhecido, surgem os primeiros "Tocados" (também conhecidos como "Semi-Divinos" ou "Tocados pelos Deuses") pessoas dotadas de poderes extraordinários, sem ligação aparente com qualquer tipo de magia ou tecnologia existente.
    • O grupo Α&Ω acredita que o vazamento de poder divino vindo do Exterior está causando esses fenômenos, incluindo o surgimento dos Tocados. Com essas suspeitas, eles capturam diversas crianças Tocadas para estudo.
    • Neutros até então, o Alto Conselho Druídico se reúne para debater sobre os problemas que ocorrem no mundo. Os danos causados por todas raças a Natureza não pode ser ignorado. Algo precisa ser feito. Desapontados com o caminho que o mundo está tomando, eles tomam a "única decisão possível".
    • Em meio aos conflitos nos países do sul, surge um grupo de "rebeldes" decididos a derrubarem os atuais governos e inaugurar uma nova ordem, livre do imperialismo dos países do norte. Seu líder é Ulisses, aquele que a imprensa viria a chamar de "O Senhor da Guerra".
    • Mostrando-se um lider de grande presença, Ulisses rapidamente consegue milhares de seguidores, começando a chamar atenção da imprensa e dos líderes regionais.
    • Ulisses chama a atenção dos países do norte quando vários governos do sul são derrubados e tomados pela sua "Rebelião Revolucionária". Segundo a imprensa, ele não irá parar até ter libertado os países da "tirania imperialista".
    • Respondendo ao desafio de Ulisses, as Nações Unidas do Norte enviam tropas para tentar auxiliares aos países do sul para tentar conter a crescente rebelião. No entanto poucos parecem fazer frente ao "Senhor da Guerra".
    • Diversos fenômenos inexplicáveis tornam-se mais freqüentes e intensos, o que para muitos é sinal do fim do mundo.
    • A jornada de Ulisses continua, derrubando governo após governo e avançando com seu imenso exército para o norte.
    • Tempestades, enchentes, tsunamis e outros fenômenos selvagens da natureza como nunca visto antes se alastram pelo mundo, trazendo uma destruição sem igual. Apesar dos esforços de ciêntistas, magos e tecno-magos em conter a destruição da natureza, esta, recusa-se a dobrar a vontades dos mortais e continua devastando o mundo com sua fúria.
    • O caos no mundo se espalha quando "vaza" a notícia de que os Deuses estão mortos, e que sem eles, o mundo irá definhar.
    • O sol expande-se, tornando-se, ao mesmo tempo negro como a escuridão e rubro como a sangue, gerando um caos generalizado entre a população.
    • Economias e sociedade do mundo todo vão entrando em colapso a medida que o desespero se espalham entre a população.
    • Ulisses desaparece misteriosamente.
    • Os mais poderosos de todas as Raças, prevendo o que estava para vir, reunem-se para discutir o que fazer para salvas seu povo.
    • Em meio a um mundo a beira da rúina, misteriosos seres de imenso poder batalham nos céus, destruido quase tudo em seu caminho. Testemunhas relatam terem visto Ulisses, antes de desaparecer com os "Titãs" em uma batalha devastadora.
    • Uma grande escuridão cobre os céus do mundo todo.
    • Vendo o mundo afundar em destroços, o grupo Α&Ω isolam-se do resto do mundo, na escuridão do extremo norte.
    • Após o desaparecimento dos "Titãs", deixando para trás um mundo arruinado, uma grande batalha pela sobrevivência se inicia.
    • Sem opções, e sem poder suficiente para impedir o que estava para vir, os líderes e poderosos das Raças chegam a conclusão que apenas poderão continuar existindo se abandonarem tudo que conhecem e partirem para uma longa jornada em direção ao infinito, em busca de um novo lar.
    • Em meio a rúina e desesperança, um homem levanta-se "vitorioso". Seu nome é Ulisses.
    • Trazendo esperança ao povo, Ulisses promete unir os povos deste mundo e guiá-los a uma nova e maravilhosa era. No entanto, poucas pessoas notam que aquele homem não parece o mesmo Ulisses de antes.
    • Os povos do mundo inteiro se unem e elegem Ulisses seu único e grandioso Imperador. Assim, Ulisses senta-se acima de todos os tronos do mundo.
    • Com o sacrífico de uma raça inteira, as Raças realizam um poderoso ritual, procurando salvar as pessoas do mundo, tanto membros das Raças quanto dos Hibrídos ou Humanos. Assim, um misterioso ser é invocado para guiar os povos sobreviventes em uma longa jornada em direção ao "infinito".
    • Os Sobreviventes entram em hibernação, enquanto são guiados pelo infinito.
    • No Antigo Mundo, os Abandonados ajudam na reconstrução do mundo, criando assim, "um novo e único império", enquanto são "absorvidos", pouco a pouco, por uma Tecnomagia e Tecnologia jamais vistas antes.
    • Com a a ajuda do grupo Α&Ω e com o poder do Imperador Ulisses, uma nova era começa no Antigo Mundo.
    • Enquanto a escuridão e a dominação se espalham no Antigo Mundo, a esperança reside naqueles povos sofridos, que, unidos, vagam pelo infinito em direção a um Novo Mundo.


    [size=+1]FIM DA PARTE 1[/size]​




    ATUALIZADO - 18/06/2007


    [size=+1]LEGENDA:[/size]

    RAÇAS: São as raças não humanas.
    HUMANOS: Bem... são humanos.
    HÍBRIDOS: Seres nascidos de humanos e de outra raça.
    MORTAIS: Engloba todos os seres que estão abaixo dos Deuses.
    SOBREVIVENTES: São aqueles, tanto das Raças quanto Hibrídos e Humanos que foram levados em direção a um novo lar, por misterioso.
    ABANDONADOS: São aqueles que foram deixados para trás, em um mundo que caminhava para perdição.
    ANTIGO MUNDO: Mundos dos Abandonados.
    NOVO MUNDO: Mundos dos Sobreviventes.
    ____________________________________________

    Finalmente terminei a primeira parte da linha do tempo e agora sim posso trabalhar com o cenário defininitivo.

    Abraços e agradeço a atenção.


    =================================

    Editado pela Moderação: Este tópico foi criado a partir da divisão deste:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição: 18 Jun 2007
  2. Alpharaz

    Alpharaz Usuário

    Re: Criando um cenário, opinem por favor....

    Hmmmm.... beeeem melhor..
    A idéia ficou muito boa, farei o que puder pra ajudar. Mas, agora que você explicou, ficou bem mais SW
    XD
     
  3. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    Re: Criando um cenário, opinem por favor....

    Bem, analisando todo o tópico, vi que fikei preso d+ a idéia de uma classe e eskeci do cenário em si. Queriam em desculpar por tanta enrolação, mas agora que tenho uma linha de raciocínio, queria saber oq vcs acharam da idéia (linha de fatos e akontecimentos ditos no último post).
    Agradeço a ajuda dakeles que aki postaram, e se talvez utilize algumas idéias daki sujeridas, embora requer avaliação para ver se irá se adequar ao que eu +- planejava.

    Queria opiniões, agora que tem algo realmente iniciado, mas parece que tópicos antigos não costumam chamar tanta atenção... e criar um TERCEIRO Tópico sobre isso talvez fosse "enxessaum de sacu" d+...

    Agora pretendo avançar na linha de tempo, até uma época mais jogável, afinal, embora algumas épocas sejam interessantes, podem não servir para jogo (diferença de nível tecnológico atrapalha mto).

    Outra coisa importante é rever as raças, ajustando as básicas para o cenáio e criando raças novas, diferentes, personalidades das raças, etc, etc... Depois das raças e de suas mentalidades, começarão a surgir sociedades, culturas, impérios, etc...

    Outa coisa é que não vou deixar que regras disso ou dakilo me empakem novamente, embora eu deva procurar regras variantes para magias, talvez regras variantes para combates, poderes, etc... coisas para chamarem atenção de jogadores (afinal, geralmente jogadores costumam gostar de coisas novas, desde sejam interessante...). Precisarei recorrer diversos suplementos (caso seja D&D/D20) para isso, mas como disse anteriormente, isso não será prioridade, pelo menos não antes de ter a ambientação feita.

    Abraços parar todos e obrigado pela paciência!! (afinal, admito que tenho sido mto xatu com isso :P)

    FUUUIIII!!!!!!!
     
  4. Armitage

    Armitage Usuário

    Re: Criando um cenário, opinem por favor....

    Parabéns Arcanjo! Muito legal o cenário.

    Uma dica: tente pôr as mãos (ou apenas os olhos ) no GURPS Fanasy 4º Edição, pois é uma ferramenta justamente para isso, construir mundos de fantasia. Pelo pouco que lí, tem tudo que é preciso pra se construir seu próprio cenário, e serve pra qualquer tipo de ambientação que você tenha em mente, e pra qualquer sistema.

    Arcanjo, o que pode ser feito nesse sentido? Que características você acha que podem ser atribuídas à ambientação, para que esta estimule/promova esse tipo de jogo - interpretação, sentimentos, e dramas - de fato?

    Analisando Vampire temos:

    - mais características sociais no sistema (atributos sociais por ex.)
    - mais características internas do personagem/ potencialmente dramáticas (Humanidade por ex. )
    - elementos da ambientação que estimulam esse estilo de jogo ( facções fundamentadas em ideologias, geralmente antagônicas, deixando assim a "cama pronta" para política e intriga inter-faccionais )

    Analisando os RPGs que promovem esse estilo de jogo, pode ser útil para identificarmos características que promovem esse estilo de jogo. E a partir daí tentar inserí-las no seu jogo.

    Por hora é tudo que posso contribuir Arcanjo.


    No mais, parabéns! :cerva:
     
    Última edição: 5 Set 2006
  5. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Re: Criando um cenário, opinem por favor....

    Cara, legal essa linha do tempo. Seria interessante tu desenvolver bem a forma como as outras raças reagiram com essa "reinserção" dos Humanos, já que eles eram vistos (IMO) como vilões.

    Acho assim, tu não precisa desenvolver na ficha características que puxem situações sociais ou psicológicas. Deixa o cenário desenvolver isso que a coisa flui de forma natural e voltada muito mais pro role-play do que pela regra propriamente dita.

    De repente seria interessante modificar a parte dos Humanos não lançarem magia. Já que eles foram renegados pelos deuses, eles poderiam não lançar só magias divinas, mas as arcanas poderiam.

    Sobre a magia + tecnologia, já te falei no msn.
     
  6. Armitage

    Armitage Usuário

    Re: Criando um cenário, opinem por favor....

    Arcanjo, outra coisa que esquecí de mencionar é o seguinte...

    Existem diversas metodologias de design de jogos, entre elas a apresentada no tópico "Teoria do RPG" aqui no fórum (
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ).

    Essas técnicas podem ser úteis justamente para ajudar você a decidir qual estilo de jogo você quer promover, e a direcionar seu sistema ou ambientação ( ou ambos) justamente para isso.

    Para mais técnicas e metodologias de design, vale a pena conhecer o "The Forge" (
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . Vários jogos aclamados "brotaram" a partir dessas idéias e metodologias (como FATE, Riddle of Steel, The Pool, Little Fears, Unknown Armies, Sorcerer, Dogs in the Vineyard, My Life With Master )

    Não sei se a esta altura do desenvolvimento do seu cenário, isso poderia ser útil. De qualquer forma, espero ter ajudado.
     
    Última edição: 5 Set 2006
  7. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    Re: Criando um cenário, opinem por favor....

    Eu atualizei a linha de eventos contida no final da segunda página (atual primeira desse tópico). Pretendo voltar a atualizá-la quando tiver mais material pronto.

    Estou preparando o cenário para as grandes mudanças que estão para ocorrer nele, chegando próximo doq seria a "época atual" do cenário, ou seja, onde terminaria a linha de tempo realmente.

    Ainda não sei se ficaria assim, mas uma das "novidades" é o surgimento dos "Semi-Divinos", ou "Metas", como são conhecidos (Meta-Humanos, na falta de uma denominação melhor). Como verão na linha de tempo, eles surgiram devido ao "vazamento" de poder divino que está ocorrendo no cenário, causando estranhos fenômenos no mundo todo. Aos poucos o caos vai começar a se alastrar pelos países periféricos. Estranhas tempestades solares afetam o mundo, causando grande mudança em todo local afeto, inclusive na magia, o próprio sol começa a brilhar de forma estranha. Aos poucos o caos irá se espalhar até chegar nas grandes cidades e nações. Os humanos só começaram a demonstrar preocupação quando as coisas começariam a sair de controle.
    Enquanto isso, os Alto-Druidas convocam uma reunião para debater sobre os problemas que ocorrem no mundo. Até então eles se mantinham neutros em todos os conflitos ao longo da história, mas os danos causados por ambos os lados a Natureza não pode ser ignorado. Algo precisa ser feito....


    E assim vai... ainda vou adicionar e modificar essas cosias para adicioná-las ao cenário. Algumas pessoas podem achar estranho o surgimento de Meta-Humanos, mas não são necessáriamente Supers de colante e roupas coloridas, não é assim. Ainda estou ajustando isso para não ficar muito non-sense.

    Pesso opiniões sobre o estágio atual do cenário.

    De qualquer jeito, abraço a todos e obrigados pela atenção!!!!!!
     
    Última edição: 27 Fev 2007
  8. Elminster

    Elminster Usuário

    Arcanjo! Minhas idéias podem ser mirabolantes, mas que tal você colocar que alguns dos Metas talvez podem ter aprisionado o Grande humano e estão fazendo dele de refém para os humanos. Os humanos com medo de perder seu grande deus decidem acatar a idéia dos sequestradores: Trair as antigas raças e começar uma nova guerra para estabelecer os humanos como raça definitiva, MAS é aí que entram as crianças capturadas pelos Alpha&ômega, (que estão cientes deste acontecimento) elas já crescidas e bem ensinadas vão combater seus irmãos "corruptos", a partir daí você pode bolar algo mais.
    Mas isso é só uma idéia biruta do Elminster :lol:, não ligue pra minha idéia
     
  9. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    Eu tenho meus segredos guardados sobre a verdade sobre as divindades, o Grande Humano etc e tal. Mas estou prerando a linha até que algumas das verdades comecem a aparecer.

    Para o Elminster: Por coincidência eu tinha algo parecido em mente, só que não são os Metas que o mantêm preso, embora eles tenham um papel importante nisso tudo. Apesar de as pessoas no cenário ainda não saberem, ao contrário doq eles pensam, O Grande Humano está vivo e preso no Vazio. Acho bem provável que quando descobrirem eles comecem uma campanha para libertação de seu Deus, e por conseqüência, salvando o mundo, que teoricamente, estaria morrendo devido a ausência das Divindades. Porém, alguns acreditam que o mundo estema mudando e não é pela ausência dos Deuses.

    A verdade ainda é um mistério.
     
    Última edição: 15 Fev 2007
  10. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    Bem, embora esse tópico seja pouco movimentado, vou postar algo ainda assim.

    Pode ser viagens, mas...

    Tipo, eu gostaria de implementar no cenário duvidas, perguntas e mistérios que temos em nosso mundo, que pelo que vejo, são poucos exploradas no rpg, ao menos os que eu me lembro agora.

    Existem diversos mistérios em nosso mundo, mtos deles provavelmente nunca saberemos. Existem desde de mistérios sobre o passado de diversas civilizações, até mistérios sobre o universo.

    Mistérios sobre civilizações antigas existem em alguns cenários, mas mistérios sobre o universo, por exemplo, não costuma ser comum, pelo menos nos cenários típicos do D&D. Pode ter alguma coisa, mas nada mto aprofundado.

    Um dos problemas de cenários de fantasia "mágica" é que vários de mistérios de nosso mundo vc pode simplesmente tacha de mágico e pono, não tem mto mais oque falar. Temos tb que geralmente cenários comuns (em D&D, pelo menos) vc tem toda aquela mitologia de criação, as divindades, verdades absolutas.... eu estou cansado de seguir esse padrão.

    Uma viagem: Geralmente não nos damos conta, mas já pararam para pensar em como somos pequenos diante do resto do mundo, do resto do universo? geralmente as pessoas se acham o centro de tudo, acima de tudo, mas se esquecem de como somos ínfimos diante de TUDO que há ao nosso redor.

    Eu vejo algo comum com pessoas que passam a estudar física/astronomia: elas acabam se sentindo pequenas quando começam a se deparar com as dimenções das cosias que estudam.

    A maioria dos cenários de RPG tem aquela antiga visão que o universo todo gira ao redor deles, nãoe existe nada além. Pegue a visão de "mundo" da antiguidade e vc verá um "mundo" limitado, pequeno, com "verdades" incontestáveis. Não quero um mundo assim, limitado. Gosto de cenários/jogos/livros que fazes com que os jogadores/leitores comecem a se indagar sobre diversas coisas. Era como Arquivo X antigamente, que te deixava cheio de dúvidas, é como é LOST é hj, cheio de mistérios, assim como a saga Half Life (1&2), um jogo para PC, que tb te deixa curioso sobre diversas coisas no jogo, como por exemplo quem o G-Man.

    É claro que isso é gosto pessoal meu, mas não acho difícil imaginar que tem diversas pessoas que gostam de mistérios e se perguntar sobre diversas coisas de nosso mundo. Afinal, se séries e jogos fazem sucesso tendo o mistério como principal característica, pq não no RPG tb?



    Não sei se o pessoal para para ler esse tópico, mas se sim, gostaria de saber oq acham sobre isso. depois mando outro post sobre como estou implemento mistérios no cenário, quais são, etc.

    Abraço a todos!!!!
    FUUUIII!!!!!!!!!!!!
     
    Última edição: 27 Fev 2007
  11. Elminster

    Elminster Usuário

    Legal isso Arcanjo, você está falando com um especialista de mistérios antigos e medievais :mrgreen:

    Bem vamos á algumas fontes que eu acho boas:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Livros:

    Todos do Zecharia Sitchin (esse cara desde criança questionou sobre os mistérios que rondeavam o mundo antigo, ele hoje é um bom especialista no assunto)

    Eram os deuses astronautas ? (Eu acho o melhor livro do Erich, nos outros ele viaja um pouco =/ )

    Se eu achar mais alguma coisa eu te passo
     
  12. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    Eu fiz uma atualização e expanção no cenário, mas preciso depois reve-la para ver se ficou bom. Postei aqui as mudanças para ver oq vcs acham.

    Pelo que esotu vendo, não vai demorar muito para que eu venha a necessidade de desenvolver as raças, sua cultura, as nações, mapas... diversas coisas para melhor compreenção do cenário. Afinal, não posso ficar só nessa linha de eventos para sempre.

    O problema é que quero criar algo verossimil e detalhado, por tanto, preciso pensar muito em questões sociais, políticas, culturais, históricas, psicológicas, geográficas (...) e isso é complicado.

    É meio megalomaníaco, mas...

    Bem, vou façar oq posso.

    Ainda não reli, mas tenho impressão que não está muito bom... preciso ainda mudar e ampliar muita coisa.

    Abraços e obrigado ao apoio.
     
  13. Armitage

    Armitage Usuário

    Quem sabe não vejamos no futuro o cenário ser publicado pela Devir ? ( ok, foi zoação :mrgreen: ). Tá maneiro seu cenário, Arcanjo. Parabéns.

    Quanto aos mistérios, tem o exemplo do Engel - um mistério tão poderoso, guardado à sete-chaves e que, se desvendado, acabaria com a ordem das coisas. Uma espécie de "caverna das ilusões" de Sócrates. Mas não sei bem se é isso que tu quer.
     
  14. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    Eu queria, com o tempo, lançar perguntas como "Quem e o que são realmente os Deuses?", "O que existe lá fora, no universo?", etc...

    Temos muitos mistérios em nosso próprio mundo, por tanto, pensei em lançar diversas perguntas no cenário, mas ainda que tenho que trabalhar nelas.

    Tem muita coisa a ser explicada ainda, como por exemplo, o nível tecnológico em que se encontra o cenário, como é organizado as sociedades, quais são os diversos povos no cenário, como a magia e tecnomagia influenciou e influencia no cenário, etc... ainda tem muita coisa a ser feita.


    _____________________________________________

    EDITADO: Daqui a pouco vou seguir o exemplo de Margrave e postar "narrativas" para tentar explicar o cenário...

    :P



    PS: Sei lá, to achando que o cenário tá bão não... mas não sei ainda o que eu posso fazer para mudar... melhorar...
     
    Última edição: 2 Jun 2007
  15. Armitage

    Armitage Usuário

    Mas haverá respostas pra essas perguntas de fato?

    Se sim, então essas respostas provavelmente alterarão a percepção que os players têm do cenário. Está preparado para lidar com isso, e permitir aos jogadores fazer alguma coisa a partir daí? (Ex. "Os deuses são na verdade alienígenas evoluidos de outro mundo. E agora?" )
     
  16. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier


    Eu não quero cair no mesmo problema do antigo Mundo das Trevas, onde toda a verdade foi revelada e o mistério foi-se embora...


    "As verdades de hoje são as mentiras de amanha."


    Algumas perguntas podem ter respostas... temporárias. Nada garante que aquela verdade irá permanecer incontestável durante 500 anos.


    M*:censu:!! Eu cheguei a cogitar a possibilidade de ter algo assim, mas agora que vc deu esse exemplo, acho que vou ter que mandar essa idéia para o limbo...

    XD
     
  17. Lyvio

    Lyvio Usuário

    è realmente ta muito bom.
     
  18. Margrave

    Margrave Usuário

    Bacana seu cenario kra ^^

    Agora, o q são "as raças"? heheh
    E lembre-se tecnologia é até uma roda ou uma carroça, até q ponto as raças evitam tecnologia?

    Se vc quer umas dicas de um "wannabe writer"
    Vc quer um misterio? Borre um pouco a linha do tempo, deixe coisas em duvida, não gere acontecimentos certos, se os humanos falassem q todas as guerras rolaram pq as raças traiam os humanos

    Existe ateismo agora q os deuses se foram? Ou culto a deuses falsos? O q os druidas adoram?

    Não crie um panteão e uma ideia legal, deixe q cada um tenha sua visão sobre os deuses, as raças q parecem mais ingenuas podem pensar neles como "espiritos bondosos" e alguns humanos mais paranoicos podem pensar neles como seres assustadores

    Se vc quer botar os seres humanos como "pequenos" no universo, eles terem tanto poder (tecnomagia, expulsar os deuses, dominar tudo) não ajuda, e se um desses caras das raças conhecer mais q os humanos, ou for bem mais poderosa mas não ter se envolvido nas guerras (tipo o inconnu de vampire)


    Anyway, vou continuar acompanhando isso aqui, esta bem legal =)
     
  19. Arcanjo[SK]

    Arcanjo[SK] Spartan Supersoldier

    Em relação ao Nível Tecnológico:

    Usando essa tabelinha de NT do GURPS 4ª Edição para ter-se uma idéia, é +- assim, entre os humanos:

    Países do sul, em geral, variam entre NT 5 e 7, a maioria entre 6 e 7, sendo que mais pra 7 do q pra 6.

    Já os países do norte.... bem, varia entre 8 e 10. Eu explico melhor quando tiver em mãos uma tabela de NT para diferentes áreas (medicina, armamento, etc...).

    Depois eu explico melhor tb a a visão que se tem da religião hj em dia, e algumas coisas que não ficaram claras.
     
  20. Armitage

    Armitage Usuário

    Maneiro. :)
     

Compartilhar