1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Lingua única para todos os servidores de Mordor?

Tópico em 'Idiomas Tolkienianos' iniciado por Montgomery I, 30 Jun 2007.

  1. Montgomery I

    Montgomery I Usuário

    tava pensando...
    os orcs de Isengard e de mordor, os Uruk-hai, os espectros do anel, os goblins e etc.
    havia uma única lingua ou haviam variações de cada região(Goblins em Moria, orcs de Isengard, Mordor, etc.)???
     
  2. Filiph

    Filiph Hardcore Soldier

    O idioma da lingua negra(falado pelos orcs) não foi muito desenvolvido então dificilmente eles conseguiam se comunicar mais sim algumas tribos falavam linguas diferentes, mais todas relacionadas a precaria lingua negra.

    Se quiser saber mais entre aqui:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  3. Erian

    Erian Mornië Alantië

    No princípio havia, mas os orc brigavam tanto entre sí e eram tão desunidos que cada clã passou a ter um dialeto próprio. Então, para diferentes casas se comunicarem, usavam a língua comum, o Westron.
     
  4. Montgomery I

    Montgomery I Usuário

    Acabou então que a lingua Negra ficou meio q perdida neh...
    por que a maior quantidade de servidores de Sauron eram os orcs
    e eles diferenciaram a lingua com dialetos...

    vlw pelas explicações!
     
  5. Filiph

    Filiph Hardcore Soldier

    E, realmente, "orcs e trolls falavam como podiam, sem amor pelas palavras e coisas" (Apêndice F). Logo, sua atitude com relação ao idioma era totalmente diferente daquela dos elfos, que amavam e cultivavam sua língua. O próprio Tolkien era um filólogo, cujo título significa literalmente amante ou amigo das palavras, e em seu mundo inventado, a ausência total de amor por idiomas só poderia ser uma característica do mal.

    Isso explica um pouco.
     
  6. Erian

    Erian Mornië Alantië

    É isso aí!:joinha:
     
  7. Montgomery I

    Montgomery I Usuário

    mudando de assunto,
    na 3ª era os elfos todos da terra-média falavam sindarin?
    ou ainda haviam algum q falavam quenya?
    pq eu acho q só o Elrond falava quenya, ou naum?
     
  8. Erian

    Erian Mornië Alantië

    Me corrijam se eu estiver errado.
    Creio eu que toda essa história de "falar sindarin" começou na primeira era, segundo o relato contido em O Silmarillion, quando Thingol, um elfo sindar senhor de Menegroth, decretou que todos os elfos noldor que haviam chegado nas terras de Beleriand deveriam falar a língua dos habitantes nativos: o sindarin. Desse modo, a grande maioria dos noldor, temendo a lei, acataram as ordens.
    Na terceira era, as coisas já se tornaram diferentes. Em grande parte, os elfos se comunicavam através do sindarin, porém eles, como grandes apreciadores da cultura, também falavam quenya, tanto como meio de comunicação quanto por tradição.
     
  9. Montgomery I

    Montgomery I Usuário

    valeu erian!
     

Compartilhar