1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Liberdade (Give Me Liberty)

Tópico em 'Quadrinhos' iniciado por V, 12 Mai 2003.

  1. V

    V Saloon Keeper

    Alguém por acaso já leu essa minissérie?

    Tem roteiro de Frank Miller e arte de Dave Gibbons.

    É uma das melhores histórias do Miller que eu já li. É maluca, dramática, metafórica e tem vários personagens interessantes. Muita gente não gosta por ser meio exagerada, mas eu acho legal justamente por isso. É uma ficção científica porra-louca assumida.

    A história é meio complexa demais pra eu fazer um resumo, então eu vou deixar pra depois.
     
  2. Fox

    Fox Visitante

    Sim!!!!!!!

    Eu tambem adorei. Porra-louca do melhor estilo.

    É só ver o exército da Fat Boy Burguer. :lol:

    Eu não achei a história da Martha Washington tãããão interessante assim. Eu considerava bem mais o background político incutido na história.

    Achei que foi muito bem desenvolvido.

    Sem falar no desenho do Gibbons que tava de matar. 8O

    Minhas produções favoritas do Miller ainda são as histórias de Sin City.

    Mas logo depois dessa, vem sem dúvida Liberdade, seguida de Hard Boiled. :kiss:

    PS: Gostei demais das cenas sucessivas das vitórias eleitorais do presidente Rexall no decorrer dos anos. Muito bem sacado. :clap: :lol:
     
  3. V

    V Saloon Keeper

    O background político é extremamente interessante, mas a história da Martha é muito bonita, acho que é esse o mérito. Eu me emocionei com a história dela e realmente me importei com a personagem.

    O começo te joga naquela realidade forma espetacular, e o final é ao mesmo tempo catártico e triste. Moretti é o maior fdp de todos os tempos. Uma das minhas partes preferidas é quando [spoiler:767a5d3c03]matam o presidente a facadas na própria sala dele, numa clara referência ao assassinato de Júlio César[/spoiler:767a5d3c03]. Aquilo foi chocante, mas não gratuito.

    A arte do Gibbons está realmente fenomenal, acho que foi o melhor trabalho dele depois de Watchmen. Você percebeu as partes onde o gato acompanha os movimentos dela?

    O que mais... ah, sim. A Raggyanne rlz. Sem almoço. :mrgreen:
     
  4. Fox

    Fox Visitante

    Eu me interessei mais pelo background. A história dela é bem montada e tudo mais, mas não me prendeu mais a atenção do que o primeiro item citado.

    Mas tem duas coisas que gosto na história dela:

    [spoiler:b68165c404]1) A cena onde ela mata o Ice Man e fica traumatizada por muto tempo por isso e como se recupera do trauma. Foi muito válido pra história da personalidade dela e de qualquer forma, foi interessante o modo como foi narrado.

    2) O amor que ela desenvolveu pela Floresta Amazônica. Foi bonito à beça.[/spoiler:b68165c404]

    Achei aquela citação excelente. Ficou óbvia pra mim, sendo uma cena tão clássica. :D

    Imaginei a cena até com alguma música clássica tocando no fundo. Muito dramático.

    Eu achei que ficou melhor do que em Watchmen. Menos na questãod odesign, onde acho Watchmen mais criativo.

    Mas ficou com um senso de movimento maior. Liberdade é de que ano?

    Pô, cara. Num percebi não. Na infância dela?

    Nome bem sacado, com fundo psicológico. :lol:

    Mas que diabos era aqulo de "sem almoço"? :eh:
     
  5. V

    V Saloon Keeper

    Justamente nessa parte onde [spoiler:312dcb9644]ela mata o Ice Man[/spoiler:312dcb9644], quando ela foge tem um gato preto que acompanha todos os movimentos dela. Leia de novo e preste atenção. Isso vai se juntar com a analogia do confronto final, o lance da Pantera e do Caçador. Tá cheio de detalhes assim.

    A história tem uns lances bem engraçados tb. O cérebro do Rexall é impagável. :lol:

    E o lance do "sem almoço" eu acho que é pelo fato das crianças psíquicas literalmente não comerem, pelo menos não que nem nós. Todo o desenvolvimento delas era completamente controlado, deviam fazer alimentação intra-venosa.

    Uma cuirosidade: em Batman - Ano Um, tem uma cena onde um cara drogado fica repetindo "sem almoço, sem almoço!" :lol:
     
  6. Green Arrow

    Green Arrow Usuário

    :lol:

    Tradução bem mal feita, não?
     
  7. V

    V Saloon Keeper

    Na verdade não... é uma piada, uma referência a Give Me Liberty.

    Foi o próprio Miller que escreveu Ano Um. :eek:
     
  8. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Vixe, tirou o pó dessa mini-série. Nem me lembro do final...
     

Compartilhar