1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Letras traduzidas

Tópico em 'Música' iniciado por Silenzio, 24 Abr 2003.

  1. Silenzio

    Silenzio Visitante

    Bom, o intuito do tópico é postar traduções de letras famosas e que sejam difíceis de acharem na net. Pode ser traduzido por vcs também. Eu sempre quis uma traudção de alguma música do Cradle mas nunca achei por exemplo, já tentei com alguns professores de Inglês mas nenhum conseguiu traduzir de forma coesa.

    Vou começar postando uma tradução do Dimmu Borgir, não fui eu quem traduziu mas é bem raro:

    Dimmu Borgir,
    Spellbound - Enfeitiçado (pelo Diabo)


    Você retornou para as câmaras de tortura
    para encontar paz entre os cadáveres apodrecidos
    Você retornou para o lugar de execução
    para inalar o cheiro de sangue
    Morte e terror controlam o lugar
    nós fomos enfeitiçados
    Pelo Diabo
    Você retornou dos túmulos escondidos
    só você sabe arrespeito
    Você retornou para encarar suas vítimas
    e sentir a sensação de violência mais uma vez
    Morte e terror controlam a alma
    Você foi enfeitiçado
    Pelo Diabo
    Assassino, você retornou
    para criar medo e tristeza
    Morte e terror controlam o lugar
    nós fomos enfeitiçados
    Pelo Diabo
     
  2. BassRing

    BassRing Careca

    Entaum alguem me arranja a tradução do Living for the Night do Viper....
     
  3. Litzhel

    Litzhel Delirium

    ok, vou postar um endereço onde tem as letras de bandas que as vezes a gente não acha por ai, assim quem consegue traduzir bem, pode pegar as musicas desse site se acharem melhor.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Eu gostaria que alguem traduzisse Solitude do Sabbath
     
  4. Athos

    Athos Usuário

    Esse site é mto bom Litz! :anjo: Tem sido parada obrigatoria pra mim a algum tempo :mrgreen:

    Bom... a pedidos :wink:

    Viper - Living for the Night (Vivendo para a Noite)

    Entre o anoitecer e alvorada
    Antes do nascer do sol
    A cidade começará a viver seus crimes

    Milhões, se quer saber
    Acontece em todo lugar
    Todo cantinho tem sua história

    Janelas são seus olhos
    Que testemunham sem alma
    Assistindo em silêncio o que é feito

    Eu sou parte disso
    A violência é minha amiga
    Andando na linha da vida e morta

    Espíritos caminham nas ruas
    Sereia toca sozinha
    Gritando a letra de minha canção

    Eu não tenho outra vida
    Concreto é minha jaula
    Minhas desilusões se tornam ira

    Estou vivendo para a noite
    Apesar de precisarmos teme-la
    Onde a vida é só um jogo
    Que você tem que vencer

    Vivendo para a noite
    Onde a morte fica lhe cercando
    A qualquer hora, está próxima
    Estou querendo ser livre

    Ele até sabe meu nome
    Ele não quer perder tempo
    Eu sei que matar é o seu jogo
    E eu sou o prêmio

    Nossos passos soam sozinhos
    Eu sei que ele está logo atrás
    Sinto o pânico em nossos corações
    Batendo muito alto

    Viro meus olhos até ele
    A noite está muito escura
    Ele tem uma faca, e eu sei
    Pois vi a lâmina

    Entre a luz e a sombra
    Entre a noite e o dia
    Entre a vida e a morte
    Eu apenas sinto a lâmina

    Entre o anoitecer e alvorada
    Antes do nascer do sol
    A cidade começará a viver seus crimes

    Milhões, se quer saber
    Acontece em todo lugar
    Todo cantinho tem sua história

    Janelas são seus olhos
    Que testemunham sem alma
    Assistindo em silêncio o que é feito

    Estou vivendo para a noite
    Apesar de precisarmos teme-la
    Onde a vida é só um jogo
    Que você tem que vencer

    Vivendo para a noite
    Onde a morte fica lhe cercando
    A qualquer hora, está próxima

    Estou vivendo para a noite
    Apesar de precisarmos teme-la
    Onde a vida é só um jogo
    Que você tem que vencer

    Vivendo para a noite
    Onde a morte fica lhe cercando
    A qualquer hora, está próxima

    -----------------------------------------------

    Black Sabbath - Solitude (Solidão)

    Meu nome, ele não significa nada
    Minha sorte é pouca
    Meu futuro está envolvido numa escura vastidão
    A luz do sol está longe, e as nuvens demoram
    Tudo que eu possuia - Agora se foi

    Pra onde posso ir e o que posso fazer?
    Nada pode me agradar, pensamentos só de você
    Você apenas riu quando te pedi para ficar
    Eu não parei de chorar desde que você foi embora

    O mundo é um lugar solitário - Você está por conta própria
    Acho que vou para casa - Me sentar e lamentar
    Chorar e pensar é tudo o que eu faço
    Memorias que tenho me lembram de você

    -------------------------

    :anjo:

    * Athos ao som de Legião Urbana - Química *
     
  5. Silenzio

    Silenzio Visitante

    Athos, aproveita e traduz alguma do Cradle, se possível a A Gothic Romance...serei eterenamente grato :D


    A Gothic Romance (Red Roses For The Devil's Whore)

    Evening minuetto in a castle by the sea
    A jewel more radiant than the moon
    Lowered Her mask to me
    The sublimest creature the Gods, full of fire
    Would marvel at making their Queen
    Infusing the air with Her fragrant desire
    And my heart reeled with grave poetry....

    From grace I fell in love with Her
    Scent and feline lure
    And jade woodland eyes that ushered in the impurest
    "Erotic, laden fantasies amid this warm Autumn night
    She lulled me away from the rich masquerade
    And together we clung in the bloodletting moonlight"
    Pearled luna, what spell didst thou cast on me?
    Her icy kiss fervoured my neck
    Like whispering waves 'pon Acheron's beach
    In a whirl of sweet voices and statues
    That phantomed the dying trees
    This debauched seductress in black, took me....

    In a pale azured dawn like Ligeia reborn
    I tore free of my sleep - sepulchre
    On the sea misted lawn where stone figures, forlorn
    Lamented the spectre of Her
    Bewildered and weak, yet with passion replete
    I hungered for past overtures
    The curse of unrest and her ardent caress
    Came much more than my soul could endure....

    I, at once endeavoured to see Her again
    Stirring from midnight's inertia
    Knowing not even her name
    On a thin precipice over carnal abyss
    I danced like a blind acolyte
    Drunk on red wine, her dead lips on mine
    Suffused with the perfume of night

    For hours I scoured the surrounding grounds
    In vain that we might meet
    When storm clouds broke, ashened, fatigued
    I sought refuge in a cemeterty

    Sleep, usher dreams
    Taint to nightmares from a sunless nether

    Mistress of the dark
    I now know what thou art

    Screams haunt my sleep
    Dragged from nightmares thou hast wed together

    Lamia and Lemures
    Spawned thee leche
    To snare my flesh

    Portrait of the Dead Countess

    Deep stained pain that I had dreamt
    Flaunted demise, life's punishment
    Leaving little strength to seal this wretched tomb....

    But poised nectar within my stirs
    Up feverous desire and morbid purpose to search
    Through cobwebbed drapery to where she swoons
    Goddess of the graveyard, of the tempest and moon
    In flawless fatal beauty her very visage compels
    Glimpses of a heaven where ghost companies fell
    To mourning the loss of god in blackest velvet
    Enrobed in their downfall like a swift silhouette

    "Fleeting, enshadowed
    Thou art privy to my sin
    Secrets dead, wouldst thou inflict
    The cruel daylights upon my skin?
    Dost thou not want to worship me
    With crimson sacrifice
    So my cunt may twitch against thy kiss
    And weep with new-found life?"

    Red roses for the Devil's whore....

    Dark angels taste my tears
    And whisper haunting requiems
    Softly to mine ear
    Need-fires have lured abominations here....

    Nocturnal pulse
    My veins spill forth their waters
    Rent by lips I cherish most

    Awash on her perfidious shores
    Where drowning umbra o'er the stars
    Ebon's graves where lovers whore
    Like seraphim and Nahemah

    "Nahemah"

    Pluck out mine eyes, hasten, attest
    Blind reason against thee, Enchantress
    For I must know, art thou not death?
    My heart echoes bloodless and incensed....

    Doth temptation prowl night in vulvic revelry
    Did not the Queen of Heaven come as Devil to me?
    On that fatal Hallow's Eve when we fled company
    As the music swept around us in the crisp, fated leaves
    UNder horned Diana where her bloodline was sewn
    In a graveyard of Angels rent in cool marbled stone
    I am grieving the loss of life in sombre velvet
    Enrobed in Death's shadow like a swifter
    silhouette....



    Eu to terminando de traduzir a And then tehre Was Silence
     
  6. Ruby Moon £

    Ruby Moon £ Usuário

    Athos, tenho um desafio para você:

    Eu estava tentando traduzir essa música, mas tem palavras que nem no meu super dicionário Oxford eu achei...então eu passo a bola pra você! Me ajuda porque eu amo essa música!!!

    Marillion - Assassing

    I am the assassin, with tongue forged from eloquence
    I am the assassin, providing your nemesis
    On the sacrificial altar to success, my friend
    Unleash a stranger from a kiss, my friend
    No incantations of remorse, my friend
    Unsheathe the blade within the voice, my friend
    Who decorates the scarf with the fugi knot
    Who camouflaged emotion in a thousand yard stare
    Who gouged the notches from the family tree
    Who hypnotised the guilt in career rhythm trance
    Assassing, assassing, assassing, assassing
    Listen as the syllables of slaughter cat with calm precision
    Patterned frosty phrases rape your ears and sow the ice incision
    Apocalyptic alphabet casting spell the creed of tempered diction
    Adjectives of annihilation bury the point beyond redemption
    Venomous verbs of ruthless candour plagiarise assassins fervour
    A friend in need is a friend that bleeds
    Let bitter silence infect the wound
    You were a sentimental mercenary in a free fire zone
    Parading a Hollywood conscience
    You were a fashionable objector with a uniform fetish
    Pavlovian slaver at the cash till ring of success
    A non com observer - I assassin the collector - defector
    So you resigned yourself to failure, my friend
    And I emerged the chilling stranger, my friend
    To eradicate the problem, my friend
    Unsheathe the blade within the voice
    I am the assassin
    I am the assassin
    And what do you call assassins who accuse assassins anyway, my
    friend?
     
  7. Litzhel

    Litzhel Delirium

    Ah, brigadão Athos! :kiss:
    Traduz outra pra mim? The Silent Man do Dream Theater, cd Awake.
     
  8. Silenzio

    Silenzio Visitante

    Sou o próximo :x
     
  9. Athos

    Athos Usuário

    :kiss:

    Hm.. mais 3 musicas? 8O Sendo que a do Cradle é grande, e essa que a Ruby postou tem umas coisas que eu vo ter que pesquisar :roll: (num tem coisa em inglês arcaico aí não? :eek: )

    Mas ok... Hoje eu to saindo daqui a pouco, mas amanha eu dou um jeito :mrgreen:

    * Athos ao som de Helloween - If I Knew *
     
  10. Silenzio

    Silenzio Visitante


    Cara, a do Cradle é difícil mas já tentei com muita gente e ninguém conseguiu....Eu seria eternamente grato se vc conseguisse.
     
  11. Litzhel

    Litzhel Delirium

    Ishi, que incompetencia Athos :aham:

    Se você me der um cd, eu traduzo pra você mal e porcamente, que acha?
     
  12. Silenzio

    Silenzio Visitante

    Ueh, a letra está ali em cima :kiss:
     
  13. Sauron_Body

    Sauron_Body Usuário

    Nessa eu posso te ajudar,
    Olha só:

    Assassin - Assassino (duh!)

    I am the assassin, with tongue forged from eloquence
    Eu sou o assassino, com a língua forjada da eloquência
    I am the assassin, providing your nemesis
    Sou o assassino, provisionando seu arqui-inimigo
    On the sacrificial altar to success, my friend
    No altar sacrificial(??) do sucesso, meu amigo
    Unleash a stranger from a kiss, my friend
    Solte um estranho de um beijo, meu amigo
    No incantations of remorse, my friend
    Sem encantações de remorso, meu amigo
    Unsheathe the blade within the voice, my friend
    Desembainhe a lâmina dentro da voz, meu amigo
    Who decorates the scarf with the fugi knot
    Que decora o cachecol com o nó fugi
    Who camouflaged emotion in a thousand yard stare
    Que camufla a emoção com um olhar de mil jardas
    Who gouged the notches from the family tree
    Que acertou os entalhos da árvore genealógica
    Who hypnotised the guilt in career rhythm trance
    Que hipnotizou a culpa na transe rítmica da carreira(?????)
    Assassing, assassing, assassing, assassing
    Assassino, assassino, assassino, assassino
    Listen as the syllables of slaughter cat with calm precision
    Escute as sílabas da matança gato(?) com calma precisão
    Patterned frosty phrases rape your ears and sow the ice incision
    Frases padronizadas e congeladas violentam seu ouvido e semeiam a incisão de gelo
    Apocalyptic alphabet casting spell the creed of tempered diction
    Alfabeto apocalíptico conjurando mágica do credo de dicção temperada (?????)
    Adjectives of annihilation bury the point beyond redemption
    Adjetivos de aniquilação enterram o ponto após redenção
    Venomous verbs of ruthless candour plagiarise assassins fervour
    Verbos venenosos da sinceridade vil plagiarizam o fervor do asassino
    A friend in need is a friend that bleeds
    Um amigo necessitado é um amigo que sangra
    Let bitter silence infect the wound
    Deixe o silêncio amargo infectar a ferida
    You were a sentimental mercenary in a free fire zone
    Vc foi um mercenário sentimental numa zona de fogo livre
    Parading a Hollywood conscience
    Paradeando uma consciência Hollywoodiana
    You were a fashionable objector with a uniform fetish
    Vc foi um objetor de bom gosto com um fetiche uniformizado
    Pavlovian slaver at the cash till ring of success
    Traficante de escravos de Pavlov no dinheiro até o chamar do sucesso
    A non com observer - I assassin the collector - defector
    Um observador non com (???) - Eu assassino o coletor - defector
    So you resigned yourself to failure, my friend
    Então renunciaste à falência, meu amigo
    And I emerged the chilling stranger, my friend
    E eu emergi o estrangeiro em calafrios, meu amigo
    To eradicate the problem, my friend
    Para erradicar o problema, meu amigo
    Unsheathe the blade within the voice
    Desembainhe a lâmina dentro da voz
    I am the assassin
    Sou o assassino
    I am the assassin
    Sou o assassino
    And what do you call assassins who accuse assassins anyway, my
    friend?
    E do que vc chama assassinos que acusam assassinos mesmo, meu amigo?

    PS.: Pu.ta M.erda! Q letra difícil de traduzir!!!!! 8O 8O 8O 8O Mas mto loka!
     
  14. Arael

    Arael Usuário

    Eu sei que ñ é muito dificil de achar, mais faz sentido e eu ando ouvindo muito...

    Creed

    Don't Stop Dancing - Tradução

    As vezes a vida é má e
    eu não consigo ver a luz
    Um forro de prata as vezes não é suficiente
    Para fazer alguns erros parecerem certos
    O que quer que a vida traga
    Tenho sido paciente com tudo e agora,
    caio de joelhos de novo
    Mas eu sei que devo ir embora
    Embora eu me fira eu devo ser forte
    Porque dentro de mim eu sei que muitos
    pensam desse jeito
    Crianças não parem de dançar
    Acredite! voce pode voar
    Por aí...... bem longe
    Às vezes a vida é injusta e você sabe é claro entender
    Ei Deus Sei que sou só um ponto neste mundo
    Você se esqueceu de mim?
    O que quer que a vida traga
    Tenho sido paciente com tudo e agora,
    caio de joelhos de novo
    Mas eu sei que devo ir embora
    Embora eu me fira eu devo ser forte
    Porque dentro de mim eu sei que muitos pensam desse jeito
    Será que estou escondido nas sombras?
    Esqueça da dor e esqueça das tristezas
    Mas eu sei que devo ir embora
    Embora eu me fira eu devo ser forte
    Porque dentro de mim eu sei que muitos pensam desse jeito
    Crianças não parem de dançar
    Acredite! voce pode voarPor aí...... bem longe
    Será que estou escondido nas sombras?
    Será que estamos escondidos nas sombras?
     
  15. -Feanor-

    -Feanor- Usuário

    Um Romance Gótico (Rosas Vermelhas para A Prostituta do Demônio)

    Minueto noturno em um castelo à beira mar
    Uma jóia mais radiante que a lua
    Tirou sua máscara para mim
    A criatura mais sublime que os deuses, cheios de fogo,
    Maravilhariam-se Fazendo-a sua rainha
    Infundindo o ar com seu desejo fragrante
    E meu coração vacilando com poesia taciturna....

    De graça eu enamorei-me por ela
    Aroma e sedução felina
    E olhos de florestas de jade que conduziam às mais impuras
    "Fantasias carregadas de eroticidade em meio a essa quente noite de Outono
    Ela acalmou-me do rico fingimento
    E, juntos, nós nos unimos no sangrento luar"
    Lua de pérola, que feitiço jogaste em mim?
    Seu beijo gelado fervia meu pescoço
    Como ondas que murmuram na praia de Acheron
    Num redemoinho de doces vozes e estátuas
    Que assombrava as árvores moribundas
    Essa pervertida sedutora de negro, tomou-me....

    numa pálida aurora turquesa como o renascer de Ligeia
    Libertei-me do meu sono - sepulcro
    No obscuro gramado do mar onde as rochas simbolizam, miserável
    Lamentei seu espectro
    Confuso e fraco, entretanto de paixão repleto
    Eu tinha fome por aberturas do passado
    A maldição de intranqüilidade e seu ardente carinho
    Vieram muito mais que minh'alma poderia resistir...

    E, de uma vez, empenhei-me para vê-la novamente
    Debatendo-me da inercia da meia noite
    Sabendo sequer seu nome
    Em um fino precipício acima do abismo carnal
    Eu dançava como um cego acólito
    Bêbado de vinho tinto, seus lábios sem vida
    Cobertos com o perfume da noite
    Por horas eu escavei pelo chão em volta
    Em vão, que nós poderíamos nos encontrar
    Quando nuvens de tempestade trovejaram, pálido, fatigado
    Procurei por refúgio em um cemitério

    Sono, conduz sonhos
    Contaminados a pesadelos de um submundo sem Sol

    Senhora do escuro
    Eu sei quem tu és

    Gritos assombram meu sono
    Arrastada de pesadelos tu tens que casar junta (essa frase eu não entendi)

    Lamia e Lemures
    Geraram a tua lascívia
    Para capturar minha carne

    Retrato da Condessa Morta

    Dor profundamente maculada com a qual eu sonhei
    Legado exibido, punimento da vida
    Deixando pouca força para selar essa miserável tumba....

    Mas néctar suspenso dentro de meus tumultos
    Afloraram desejo febril e mórbido propósito pra procurar
    Através de um tecido feito de teias de aranhas onde ela jaz
    Deusa do cemitério, da tempestade e da Lua
    Em perfeita e fatal beleza seu próprio semblante impele
    Vislumbres de um paraíso onde Exércitos fantasmas caíram
    Para lamentar a perda da deusa que vestia o mais negro dos veludos
    Envolto em sua queda como uma ligeira silhueta(pálida sombra)

    "Fugaz, sombria
    Tu és secreta aos segredos de meu pecado
    Morta, infligirias
    Os cruéis raios solares sobre a minah pele?
    Não queres adorar-me
    com sacrifício escarlate
    Para que, então, meu "cunt" possa ejacular contra seu beijo
    E derramar lágrimas com uma nova vida?"

    Rosas vermelhas para a Prostituta do Demônio....

    Anjos obscuros provem minhas lágrimas
    E murmurem requiems assombrosos
    Suavemente ao meu ouvido
    Need-fires have atrai abominações here....

    Pulso noturno
    Minhas veias derramam suas águas
    Rasgadas pelos lábios que amo mais

    Inudado nas suas pérfidas costas
    Onde a sufocante sobra das estrelas
    Tumbas negras como ébano onde amantes se amam
    Como seraphim e Nahemah

    "Nahemah"

    Arranca meus olhos, apressa-se, atesta
    Razão cega contra vós, Feiticeira
    Porque eu tenho que saber, és tu morta?
    meu coração ecoa sem sangue e irado....

    Ronda a tentação a noite em vúlvica orgia
    A rainha do céu não veio como Demônia a mim?
    naquela fatal noite do bendito quando nós evitamos compania
    Como a música que arrastava-se em nossa volta em sua agudez e clareza, Despedidas fadadas

    Sob a chifruda Diana onde a sua descendência foi tecida
    Num cemitério de anjos rasgado em fria rocha de mármore
    Estou enlutando a perda da vida em sombrio veludo
    Envolto em sua queda como uma ligeira silhueta....
     
  16. Pavanelli

    Pavanelli Usuário

    Eu ficaria eternamente grato se alguém traduzisse as musicas do Theatre of Tragedy pra mim. Eu naun consigo entender aquele raio de inglês arcaico!!!!!!!


    Fair And Guiling Copesmate Death

    [Play by Raymond, Music by Theatre of Tragedy]

    "Gaunt and gnarl'd
    Reflecteth the silver shield this welkin aghast,
    And with haste translateth to gild'd black post and fast."
    "Anon - anon, say I! - the lid aside,
    Crawl without this velvet-clad coffin blest,
    The bottom sand of the hourglass is at tide,
    "Sensing this pine is as deep as the deepest chasm,
    'Tis and hath e'er been merry blood to pest -
    Hither! - cede and fulfil my phantasm!
    To be adust for time longer can I not bide,
    Cherish me and sonorously do me laud -
    Hence the heart hale out thro' the chest!
    For dread! - thine eyes will behold a guise faugh'd."
    Misery thee?! - Rather misery me! -
    For in Time's durance am I naught but wee."
    "This tender and loving pest I to thee bequeath,
    Thence switly wilt thou errant to 'Neath."
    "And to me should'st thou be the humblemost knave,
    Lest fear! - spit I on thy cist and grave! -
    Lest leer I at thee and do bewitch,
    And the tharms fluttering claw'd and eldritch."
    "To conquer thee and thy blood for glore
    Art thou my afeard and reluctant whore;
    Irksomely coy, save wiliéd by alarum,
    Bear this torture and maim with decorum.
    "If e'er always was I this blissful and blithe
    Would I resign to but its wee tithe."
    "Purvey my ache and quench my profoundest urge,
    And to thee will I sing the lull-dull dirge;
    Deliver thy blood like the rill filleth the ghyll."
    "Burrow to the trothplight with Night and Devil! -
    Bid Him to league with me - forsooth, merry to 'come 'twill."
    "Whilom wast thou vestal, yet now flit to thy tryst,
    Elsewise will I coerce thine consonantry to turn whist;
    Grasp I the snath and cut off thine breath,
    "Death - oh! fair and 'guiling copesmate Death,
    So that thou canst in darkness and inferno vester,
    Be not a malais'd beggar; claim this bloody jester!"
    For do I solely what He to me liefly saith."


    Vou ver se consigo traduzir as letras do Tristania que é mais fácil.
     
  17. Silenzio

    Silenzio Visitante

    Valeu Fëanor, mas vc usou algum tradutor né? Pq algumas frases tão sem concordância nenhuma.
     
  18. -Feanor-

    -Feanor- Usuário

    Não, eu traduzi eu mesmo. É que o texto é complicado e eram 6 horasda manhã. A maioria dos erros são de concordancia por que a pessoa dos verbos tava muito dúbia.
     
  19. Silenzio

    Silenzio Visitante

    Nossa, valeu então....Valeu mesmo...
    Vou ver se hj ainda posto a do Blind.
     
  20. Ruby Moon £

    Ruby Moon £ Usuário

    Tírion Windlord, muuuuito obrigada! :obiggraz:
    Valeu mesmo!
    Tipo, eu vou corrigir as suas dúvidas...
    Ah, e essa letra é da fase antiga do Marillion...o cara só escrevia letra que nem essa, impossível de entender(ou quase)!

    On the sacrificial altar to success, my friend
    No altar do sacrifício do sucesso, meu amigo

    Who hypnotised the guilt in career rhythm trance
    Que hipnotizou a culpa num transe rítmico de uma carreira - Significa lotar a sua cabeça de preocupações para se esquecer da culpa

    Listen as the syllables of slaughter cat with calm precision
    Escute como as sílabas do matador se rastejam com calma precisão - Cat também pode ser verbo! É algo tipo rastejar, se mover como um gato...

    Apocalyptic alphabet casting spell the creed of tempered diction
    Alfabeto apocalíptico conjurando um feitiço de credo na dicção preparada - aqui o "tempered" aparece no sentido de "meticulosamente preparado/manejado"

    A non com observer - I assassin the collector - defector
    Um observador non com - Eu assassino o coletor - defector - É isso mesmo...pelo que eu saiba esse "non com" é algum tipo de espião...deve ser chinês...

    Por que você acha que eu não consegui traduzir? Eu tentei! Os seus erros foram apenas de interpretação...ouça a música que fica mais fácil entender...ou então ouça o disco Fugazi inteiro...melhor ainda!!!
     

Compartilhar