1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

letras,filosofia ou sociologia?

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por matheus apc, 27 Mai 2015.

  1. matheus apc

    matheus apc Usuário

    (ah... eu nunca sei onde postar essas merdas... se estiver no lugar errado... já sabem o oque fazer...)

    eu não consegui me decidir entre qual faculdade fazer.tenho uma preferencia maior por filosofia ou letras (mas gosto um pouco de sociologia)
    mercado não me interessa,vou para a faculdade (essencialmente) atrás de conhecimento,(no fim posso virar professor.sem problema)
    como todos aqui (ou a maioria) parecem formados.Eu queria a opinião de vocês...
    aliás eu queria mesmo é fazer as três.
     
    Última edição: 27 Mai 2015
  2. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    @matheus apc infelizmente não tenho como opinar, pois sou da área de exatas.
    mas espero que você consiga com sabedoria se decidir e possa daqui algum tempo postar suas impressões da área que escolheu
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . Boa Sorte.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  3. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    letras você pensa mais pela literatura ou pela linguística? porque se for pela literatura, essa resposta
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    talvez possa te dar uma luz:

    embora eu ache que o ideal seja você puxar a grade de disciplinas obrigatórias de cada curso e pese lá o que você acha que vai te agradar mais. a gente tem uma noção meio geralzona de cada curso antes de começar a de fato cursar, acaba topando com coisas novas que nem fazia ideia que poderia encontrar no meio do caminho. por exemplo, quase me graduando eu topei com coisa desse naipe em letras:

    e achei mó divertido :eek:

    (era optativa, mas até hoje namoro a ideia de largar mão da literatura e ir para os lados da gramática categorial)
     
    • Mandar Coração Mandar Coração x 2
  4. matheus apc

    matheus apc Usuário

    bem... um dos meus medos de escolher filosofia é de que eu não teria mais tempo para ler meus livros (normais).
    me interesso por ambas(literatura e linguística),mas literatura me agrada mais (até porque meu aprendizado de sintática está muito defasado por causa da minha escola no ensino médio não ter sido muito boa).Esse texto me deixou mais confuso ainda XD
    como foi sua faculdade de letras?
    aqui no brasil temos a trigésima terceira (se não me engano) melhor faculdade de filosofia do mundo (na usp) isso é algo a ser considerado...
     
    Última edição: 27 Mai 2015
  5. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Lembro do caso da minha irmã. Ela cursava ao mesmo tempo História e Ciências da Religião mas sempre quis focar para história e religião do oriente então só poderia fazer isso se se mudasse para algum país de lá. Começou a fazer japonês mas acabou fazendo aqui mesmo história todavia ela mantem planos de juntar grana e sair do país (fez estágio em arqueologia mas ela não se vê fazendo no limitadíssimo mercado daqui, então uma das opções dela é EUA). Acho que se eu fosse fazer algo nesse sentido eu teria também que me mudar porque me interesso em filosofia oriental e por aqui nas bibliotecas só deve ter material sobre pensamento ocidental.

    Então acho que ideia que eu tenho nesse sentido é sobre procurar viver no lugar aonde o assunto que você mais ama tem maior proeminência.

    Todavia tem também a questão financeira que pressiona muito (arrumar uma forma de financiar esses projetos de vida durante e depois da formatura é algo a se pensar também.)
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  6. matheus apc

    matheus apc Usuário

    o problema é que eu "amo" mais de uma matéria.:omfg:
    e eu acho que tem filosofia oriental sim (no minimo confúcio tem)
     
  7. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Com certeza... e o que me incomoda é que nosso material traduzido ainda é muito magro (talvez pela distância do idioma, os chineses até preferem aprender espanhol pra conversar com a gente do que fazer um ocidental aprender chinês), principalmente considerando que assunto de Confúcio, Lao Tse, etc... que depende muito de textos de análises precisas para ser corretamente inerpretado. Daí ficaria na dependência de material em inglês ou no original. E que no meu caso fica aquém do que eu procuro na hora de aprofundar. Pelo meu perfil (falo inglês e espanhol) ou eu iria para Europa/Eua ou buscaria diretamente China/Índia/Japão. Pra mim não compensaria ler tradução da tradução, teria que ser com os mestres de fora.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  8. Bruce Torres

    Bruce Torres Let's be alone together.

    Já tem textos chineses de filosofia traduzidos pela UNESP, não? Com comentário e tudo?
     
  9. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Tem coisa do idioma original que acaba passando batido. Se for comentário tipo as interpretações da edição de bolso do Tao Teh King aqui no Brasil já não me serviria. Um exemplo são os idiomas originais da bíblia em que pra se poder ter acesso aos outros níveis semânticos das palavras não pode ser tradução, tem que ser o original e em filosofia (principalmente filosofia de vida eu não iria querer estudar só por texto e internet).
     
  10. Calib

    Calib Visitante

    Estude em casa o que lhe dá prazer.
    Melhor do que gastar todas as manhãs por quatro anos com a bunda num banco e depois os finais de semana fazendo trabalhos idiotas com colegas idiotas.

    Mas se você for do tipo que socializa fácil, vai pra Letras que rola umas festinhas. :lol:
     
  11. Neoghoster Akira

    Neoghoster Akira Brandebuque

    Como era mesmo que diziam popularmente da canalização do esforço em cada profissão... Aos eruditos se reserva sofrer de males do estômago, aos corajosos se reserva forçar mais o coração e o intestino, +_+.
     
  12. matheus apc

    matheus apc Usuário

    sair de casa de vez em quando é divertido,ter aulas com bons professores é divertido,conhecer gente nova é divertido.
    passear pelo campus,e por suas bibliotecas,é divertido.
     
  13. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Eu sou da Ciências Sociais (Sociologia segundo o senso comum). Amanha eu escrevo direitinho sobre a área, mas se quiser mandar uma MP para tirar dúvidas ou perguntar algo em relação à matéria fique avonts!
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  14. matheus apc

    matheus apc Usuário

    prefiro esperar pelo texto para perguntar.:mrgreen:
    achei estranho que tinham ignorado completamente a sociologia (por que a escola chama de sociologia e não ciências sociais?)8-O
     
  15. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Pq sociologia é o nome da matéria, Ciências Sociais é o nome do curso.

    A Ciências Sociais é um curso com três materias fundamentais: Ciência Politica, Sociologia e Antropologia. Em todos os curso de CS no Brasil você é obrigado a cursar oito semestres dessas três matérias. As três, apesar de conceitualmente diferentes, dialogam muito entre elas, e é comum você aprender Karl Marx na aula de Sociologia, por exemplo, e usar muito mais na aula de política.

    Para se formar você vai precisar fazer o TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), no qual você vai problematizar uma questão e estruturar o seu trabalho seguindo normas metodológicas e a ABNT (normas técnicas para a produção de um texto científico e acadêmico).

    O seu TCC terá que ser sobre uma das três áreas citadas (política, sociologia e antropologia), sendo a escolha livre pelo estudante. Você pode continuar na área acadêmica, fazendo um mestrado e doutorado, se especializando em alguma dessas matérias ou mesmo indo para matéria similares (como relações internacionais ou economia, por exemplo).

    Além dessas três principais matérias, você terá outras matérias complementares para a formação. Essas matérias costumam variar dependendo da Universidade, mas vou postar aqui o da PUC-SP para ilustrar:

    1 semestre de: História, Geografia e Psicologia
    2 semestres de: Filosofia, Estatística, Economia, Teologia, Metodologia, Laboratório de Pesquisa e TCC
    3 semestres de: optativas (normalmente dentro dos três pilares do curso, mas você pode escolher uma optativa de outro curso, como Relações Internacionais, Economia ou Direito, por exemplo).

    Mas ai vc me pergunta: Fela, qual a diferença entre Antropologia, Sociologia e Politica?

    Bem, essa pergunta é difícil até para os professores responderem. Vou tentar ser o mais simples e objetivo possivel:

    Política: Estuda as relações de poder. Busca entender de onde vem o poder do Estado, dos soberanos e daqueles que exercem o poder de alguma forma. Estuda as formas de organização do Estado (parlamentarismo, presidencialismo, voto distrital, voto majoritário e etc), as formas de poder (democracia, socialismo, liberalismo, e etc), analisa o que é ideologia e muito mais. Em alguns semestres o curso explica as origens da política moderna (pensadores gregos, organização da polis grega, o pensamento medieval, o sistema feudal, a monarquia absoluta e esclarecida, os iluministas, os socialistas, a tradição clássica liberal, o fascismo e muito mais), assim como a formação política do Brasil (no caso da PUC-SP, um semestre para Brasil Imperial e outro para Brasil no século XX).

    Sociologia: Estuda as relações sociais, as formas de organização da sociedade e como ela funciona. Na Sociologia é onde vc vai estudar sobre os "três porquinhos" da Ciências Sociais (pois são autores usados nas três áreas do curso): Karl Marx, Emile Durkheim e Max Weber. Na PUC-SP vc tem um semestre para o estudo das obras de cada um deles e as tradições que eles se firmam (Marx: marxismo, Durkheim: positivismo e Weber: Método Compreensivo).
    A Sociologia está mais focada na relação entre as pessoas e seu meio do que na relação de poder entre elas, o que a diferencia da Política. Apesar disso, é muito comum que tanto a Política quanto a Sociologia usem os mesmos autores e que muitas vezes dialoguem uma com a outra, porém o enfoque das áreas é diferente.

    Antropologia: Estuda o ser humano e suas diferenças e semelhanças ao redor do mundo. É mais autônoma do que a Sociologia e Política. A antropologia estuda as diversas formas que o ser humano vive e se relaciona com o meio e com os outros a sua volta. Diferente da Política e da Sociologia, em que autores costumam explicar o mundo ou pelo menos o Ocidente com base em grandes tratados e grandes teorias, a Antropologia é mais focada nas miúdes da humanidade. A Antropologia com frequência estuda tribos e sociedades tradicionais mais isoladas (índios na América, aborígenes, nativos polinésios e até mesmo japoneses, entre muitos outros). Mas não apenas no estudo do exótico distante, a Antropologia também estuda fenômenos no ocidente, como movimento Punk, Skinheads, Hippies e etc.

    Resumindo: Ciências Políticas estuda o Poder; Sociologia estuda as sociedades e suas relações; Antropologia estuda o ser humano.

    "Tá, já entendi mais ou menos o curso, mas o que eu faço depois de formado?"

    Bem, você pode ser presidente do Brasil, assim como o FHC foi :lol:

    Caso não tenha interesse em presidir esse país tropical, existem muitas outras opções. As principais e mais bem remuneradas são as áreas que envolvem pesquisa: ou pesquisa acadêmica (e consequentemente, carreira acadêmica, virando professor e coisa e tal, porém só é possível exercer essa atividade nas grandes Universidades quando você estiver no doutorado, algumas outras Universidades aceitam professores com mestrado ou mestrando).
    Muitas empresas estão contratando cientistas sociais para coordenar pesquisas, em especial pesquisa de mercado, já que a formação de um cientista social envolve uma grande dose de estudos de metodologia e analise de dados, fazendo desse graduado um bom especialista em pesquisas, mesmo que pesquisas não envolvidas com a área de formação.
    Os alunos podem também trabalhar com consultoria, em especial para empresas que necessitam de analise de impacto (no que eu to trabalhando hoje em dia).
    Muitos também conseguem empregos em ONGs e no serviço público, em especial aqueles que analisam as questões sociais e politicas públicas.
    Você pode também trabalhar com política, não necessariamente como candidato, mas como assessor ou qualquer outra função em que alguém que entenda a dinâmica política seja necessário.
    Muitos viram professor após formados, em especial na rede pública, porém essa não é uma alternativa muito atraente para muitos e muitos estão dando aula para se ocuparem enquanto concluem suas pós.

    E é isso! Não ficou muito bom, to meio cansado e tava num churrasco até agora, então minha capacidade de comunicação está afetada, mas espero que interesse! Qualquer duvida pode perguntar!
     
    • Gostei! Gostei! x 1
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  16. Sabrino Crystals

    Sabrino Crystals Usuário

    Voce quer virar professor?Professor no Brasil ganha muito pouco e as áreas que voce quer fazer tem muito pouco mercado.Se voce se formar em filosofia vai fazer o que além de dar aulas?Escolha outra coisa mais ampla e que de mais futuro...
     
    • Bobo Bobo x 2
    • Ótimo Ótimo x 1
  17. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Que bobagem, pelo amor...

    Primeiro: Professor, dependendo da instituição em que trabalha, tá longe de ganhar pouco. Em escolas como o Objetivo, aqui de SP, professorde Ensino Médio ganha 8, 10 mil. Se der aula no cursinho ganha até mais. Professor Universitário ganha muito bem também, além de ter tempo para exercer outras atividades.

    E esse de "escolhe outra coisa com mais mercado" é armadilha. Que mercado existe pra publicitário, além da área de publicidade? Esse negócio de "curso coringa", que vc se forma mais ou menos e exerce uma série de atividades mais ou menos é balela e não implica em boa remuneração. Nem ser médico ou advogado é garantia de ser bem remunerado.
     
    • Péssimo Péssimo x 1
    • Gostei! Gostei! x 1
  18. matheus apc

    matheus apc Usuário

    seguindo a estrada do "mercado" no final acabo fazendo uma faculdade que odeio e tendo um trabalho que odeio.vivendo estressado vou acabar odiando também todos a minha volta.vou acabar tendo um casamento "falido" com alguém que vou provavelmente odiar no futuro,e se tornando no final um péssimo pai e marido.vivendo uma vida amarga por estar preso a uma coisa estúpida e sem valor (comparado ao conhecimento e a liberdade) como o dinheiro,deixando ao mundo apenas mais infelicidade e,outra vez,ÓDIO.
    e praquê? para ter um carro que não quero? uma casa que não preciso? uma televisão que não assisto?
    mesmo o salário de um professor sendo baixo eu posso com ele comprar tudo o que quero e preciso.
     
  19. Calib

    Calib Visitante

    Não entendi o lance do casamento. Vc vai casar com colega de trabalho?
    se não, não faz sentido nenhum presumir que a má escolha na carreira se estenda ao casamento. Eu hein. E daí pra diante é bola de neve.
     
    • LOL LOL x 1
  20. matheus apc

    matheus apc Usuário

    uma pessoa infeliz é também insuportável.
    você aguentaria viver com uma mulher chata que desconta as frustrações do trabalho chato em você?
    mas eu exagerei de propósito mesmo XD(o que não quer dizer que não aconteça na vida real com gente de verdade)
     

Compartilhar