1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Leitura X $$$$

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por MetaliuM, 18 Ago 2001.

  1. MetaliuM

    MetaliuM Usuário

    Em um país desprovido de incentivo social, nós, amantes de uma boa literatura como a de Tolkien, vivemos a discórdia entre o incentivo cultural e o preço de ter cultura, que é muito alto. Os livros de Tolkien, excluindo relativamente o SDA, estão em uma faixa absurda de preços. Para quem não conhece a obra fica inviável ter um incentivo com um "Silmarillion" vendido à praticamente R$40,00. Eu se não tivesse tido uma certa "sorte" de conhecer a obra, certamente me inibiria com os preços, e deixaria de lado uma das minhas maiores paixões, a mitologia de J.R.R Tolkien. Estou consado de organizações e fundações movidas por nossos próprios punhos e esforços, sem apoio nenhum das autoridades, e que por consequência, acabam beneficiando um seleto numero de pessoas. Nós somos sortudos, de termos uma comunidade com uma opinião e ética formadas, como aqui no Fórum, pois neste país miserável em adjetivos bons prevalece quem tem C$o$n$d$i$ç$õ$e$s. Pessoal, isso foi mais um apelo do que própriamente um tópico, espero que me compreendam.

    "The field is lost, everything is lost the black one has fallen from the sky"
     
  2. 1022

    1022 Usuário

    É, MetaliuM, meu velho, sei que isso foi um desabafo; talvez você nem quisesse uma resposta ou comentário. Mas meu sentimento é muito parecido ao teu e quero também falar um pouquinho sobre esse assunto que você levantou.

    Como já disse em outro lugar por aí deste fórum, sou apaixonado por leitura. Só que, como você disse aí em cima e todo o mundo já deve ter percebido, no Brasil a questão editorial é uma coisa misteriosa. O efeito mais evidente de todo o silêncio que marca a atividade editorial se reflete nos preços ABSURDOS do livro no Brasil. Eu fico revoltado quando ouço ou leio alguma das pessoas que provavelmente vive num mundinho muito fechado (e que, ao contrário do que ocorre para a maioria dos brasileiros, funciona) criticando que o brasileiro não lê simplesmente por preguiça ou falta de cultura de leitor. Ok, não há como diminuir o peso que tem a falta de hábito, mas afinal de contas como é que o brasileiro vai ler se um livro custa, muitas vezes, quase meio salário-mínimo, se não existem bibliotecas públicas espalhadas pelas cidades (nem nas cidades maiores há bibliotecas em número suficiente, imaginem no resto do país).
     
  3. 1022

    1022 Usuário

    Um dia, na faculdade, tive a oportunidade de bater um papo superinformal com um editor. Nossa grande discordância era a respeito da pirataria de livros (ou seja, os famosos xerox de faculdade). Ele me dizia que era um crime um estudante tirar xerox dos livros que tinha que ler, que assim ele estava boicotando os escritores etc. Até aí, eu até que concordei. Só que, como disse a ele, não estava sendo visto o outro lado: o estudante não comprava o livro porque este é muito caro. E ele dizia: ah, é muito caro porque vocês não compram e aí a gente tem que trabalhar com uma tiragem muito pequena e aí é que sai caro mesmo cada exemplar. Aí eu disse pra ele: ué, mas então tá na mão do editor mudar isso, que aumentem as tiragens e baixem o preço e aí veremos se os estudantes e a população como um todo não passa a comprar livros! Gente, num país de quase 170 milhões, cês acham certo um livro ter uma tiragem de 1000 exemplares!?!? Esse tal editor desconversou... O que deu pra sacar nas entrelinhas, é que meu raciocínio estava correto, e ele admitia isso, mas o grande problema é convencer um empresário a arriscar a fabricar mais tendo uma margem de lucro menor por unidade se ele já consegue ter o retorno que deseja mesmo vendendo poucas unidades...

    O grande problema é esse: o cara coloca no mercado uma tiragem de 1000 exemplares a R$70 cada livro e, adivinhem?, vai ter gente que vai comprar, a mesma e velha minoria de sempre, que vive o Brasil que funciona... Pra que se importar com o resto?

    [gente, desculpem também pela extensão disso aqui; é que tinha que botar pra fora!]
     
  4. 1025

    1025 Usuário

    Olha, Fangorn,

    Este ponto que você falou, na minha opnião não é só um problema do mercado editorial, mas sim de todo o empresário brasileiro.

    Eles preferem, discaradamente, vender pouco ganhando muito do que vender muito ganhando menos. Não se importam com o lado social, nem com a melhoria na economia nacional. Aliás, este é o grande segredo do sucesso econômico dos EUA.

    Sei que não vai melhorar muito, mas aqui fica uma dica. Eu compro meus livros todos pela Inernet e pago, em média, 20% menos. Por exemplo, o SdA edição completa que custa 75,00 nas livrarias pode ser encontrado por 59,00 nas livrarias virtuais.

    Barbado
     
  5. MetaliuM

    MetaliuM Usuário

    Meu caro Fangorn, não precisa se desculpar... voce alem de estender meu raciocínio, enalteceu mais ainda os problemas, que eu outrora, não tive informações. Valeu!

    "The field is lost, everything is lost the black one has fallen from the sky"
     
  6. MetaliuM

    MetaliuM Usuário

    Barbado, bom voce lembrar isso. As livrarias virtuais são uma boa pedida, renovei minha trilogia por menos do que sai a edição completa. Mas existe um porém, as livrarias virtuais não abrangem um todo. Porque não fazer essas promoções em suas próprias filiais? assim beneficiaria muito mais pessoas. Dificil de entender...

    "The field is lost, everything is lost the black one has fallen from the sky"
     
  7. bombadil

    bombadil FATHERLESS

    A maioria dos livros que preciso para a universidade, tiro xérox. Alguns livros são muito caros. Só compro mesmo os que desejo guardar como relíquia, patrimônio, como o SDA, HOBBIT e SILMA. O resto, pego na biblioteca e tiro um xérox, que apesar da qualidade não ser boa, economizo mais da metade do que comprar um livro daqueles.

    "Then Tom put the Ring round the end of his little finger and held it up to the candlelight... There was no sign of Tom disappearing!"
     
  8. 1022

    1022 Usuário

    É, Barbado, a compra pela rede acaba dando uma aliviada no preço dos livros. Mesmo assim, ainda considero que continuam caros -- isso levando em conta o que a maioria dos brasileiros ganha. Sem falar, como bem lembrou o MetaliuM, que esse tipo de venda está disponível a um número muito pequeno de pessoas... Pra mim, o preço do livro até nem seria tanto o problema, desde que a sociedade como um todo (pra valer!) tivesse à disposição bibliotecas bem equipadas, atualizadas etc.


    ==========
    "... bem, eu sou um ent, ou é assim que me chamam. Sim, ent é a palavra. O ent, eu sou, você pode dizer, no seu modo de falar. Fangorn é meu nome segundo alguns, outros me chamam de Barbárvore."
     
  9. 1022

    1022 Usuário

    quote:
    A maioria dos livros que preciso para a universidade, tiro xérox. Alguns livros são muito caros. Só compro mesmo os que desejo guardar como relíquia, patrimônio, como o SDA, HOBBIT e SILMA. O resto, pego na biblioteca e tiro um xérox, que apesar da qualidade não ser boa, economizo mais da metade do que comprar um livro daqueles.


    Bombadil, é o mesmo que acontece comigo e, acredito, com a quase totalidade dos estudantes brasileiros. Olha que eu ainda faço universidade pública, ou seja, não preciso me preocupar com a grana da mensalidade. Agora, o curso que eu faço (Ciências Sociais) te obriga a afundar o nariz no meio dos livros -- cê tem que ler em média umas cem páginas de cada matéria por semana (isso é um chute, só pra ter uma idéia). Muitos livros, a gente tem que ler inteiros, portanto seria muito mais racional comprá-los (mesmo porque eles continuarão sendo úteis no futuro). Mas, quem é que tem grana pra isso? É revoltante!


    ==========
    "... bem, eu sou um ent, ou é assim que me chamam. Sim, ent é a palavra. O ent, eu sou, você pode dizer, no seu modo de falar. Fangorn é meu nome segundo alguns, outros me chamam de Barbárvore."
     
  10. bombadil

    bombadil FATHERLESS

    Um dos poucos livros que fui obrigado a comprar foi o "Mankiw" de Economia. Só não tirei xérox porque o livro é enorme...

    "Then Tom put the Ring round the end of his little finger and held it up to the candlelight... There was no sign of Tom disappearing!"
     
  11. 1022

    1022 Usuário

    Cês imaginem só: o pessoal não tem $$$ nem pra comprar livros que seriam como instrumentos indispensáveis (dependendo do curso) de trabalho, o que é então que acontece com os livros, digamos, de ficção, a literatura de uma forma geral, como seria o caso de OSDA ? Não dá nem pra chegar perto...
     
  12. bombadil

    bombadil FATHERLESS

    Ah, só pra não abrir outro tópico, ontem a noite passou na HBO a entrevista sobre o SDA, mas o azarado aqui só pegou o finalzinhoinhoinho. Peguei a parte dos créditos com as cenas do trailer3. Procurei no site da HBO o próximo horário, mas não achei... Procurei um e-mail deles mas tb não achei...

    "Then Tom put the Ring round the end of his little finger and held it up to the candlelight... There was no sign of Tom disappearing!"
     
  13. 1025

    1025 Usuário

    Ainda sobre os preços:

    O pior é que nem 10% da grana vai para o autor, fica tudo com a editora. E é tabelado!
    O mesmo preço em todas as livrarias do Brasil. Isso desestimula bons escritores, que acabam ganhando pouco e forma um verdadeiro cartel, por causa dos preços altos.

    "You would not wonder, if you used this herb yourself. You might find that smoke blown out cleared your mind of shadows within."

    Barbado
     
  14. MetaliuM

    MetaliuM Usuário

    Bem lembrado Barbado... a falta de recursos, inibe a criatividade, tudo hoje é dinheiro.

    "The field is lost, everything is lost the black one has fallen from the sky"
     
  15. 1006

    1006 Usuário

    Voces ja notaram nas grandes livrarias a quantidade de pessoas que lêem livros inteiros sem pagar, eu já vi até pessoas marcando a página pra retomar a leitura no dia seguinte, o que prova que o brasileiro gosta de ler, só não tem grana pra comprar

    Thorongil
    *********
    "Et Eärello Endorenna utúlien. Simone muruvanar Hildinyar tenn Ambar-metta!"
    ("Do Grande Mar vim para a Terra-Média. Neste lugar vou morar, e também meus herdeiros, até o fim do mundo!")
     
  16. 1025

    1025 Usuário

    Esta é novidade pra mim. Agora vou prestar mais atenção. Mas que a idéia é boa, é.

    "You would not wonder, if you used this herb yourself. You might find that smoke blown out cleared your mind of shadows within."

    Barbado
     
  17. bombadil

    bombadil FATHERLESS

    quote:
    Esta é novidade pra mim. Agora vou prestar mais atenção. Mas que a idéia é boa, é.

    "You would not wonder, if you used this herb yourself. You might find that smoke blown out cleared your mind of shadows within."

    Barbado


    Bom mesmo deve ser trabalhar numa livraria. Pelo que sei, os empregados podem ler livros (há uma cota máxima mensal) sem precisar comprá-los... Deve ser uma boa.

    "Then Tom put the Ring round the end of his little finger and held it up to the candlelight... There was no sign of Tom disappearing!"
     
  18. *Éowyn*

    *Éowyn* true, I talk of dreams

    Bem, eu própria assumo que li "Conte-me seus Sonhos", de Stephen King, dentro da livraria.

    Eu estava lendo com atenção tudo o que vcs postaram (que me ionteressou imensamente), e pensei em um outro aspecto:algumas universidades aqui no RJ têm 50% das vagas reservadas à estudantes de escolas públicas. Mesmo que eles consigam ingressar num curso, como vão fazer para adquirir os livros, levando em conta que não são cedidos pelo governo federal, nem estadual e custam, como vcs próprios disseram, absurdamente caros? Eis outro problema na educação e formação de profissionais no Brasil...

    ----- Éowyn, the White Lady of Rohan -----

    "Thou fool, no living man may hinder me!
    But no living man am I."
     
  19. FËANOR_theOld

    FËANOR_theOld Usuário

    Na minha opinião,problema aindfa maior que o dos preços é a falta de INTERESSE e de INCENTIVO.
    Esses são os reais problemas hj.Eu conheço muita gente,por exemplo,que se orgulha de nunca ter tido que ler um livro sobre qualquer assunto.Essa é a verdadeira tristeza
     
  20. Mystlink

    Mystlink Usuário

    este desestimulo a leitura eh algo impressionante... parece que os governates gostam de ver sua juventude aliendada...

    mas acho que parte disso se deve as escolas... quem nunca teve que ser obrigado a ler um livro com linguagem dificil, e depois responder a perguntas impossiveis sobre o livro numa prova? e depois fica com trauma de livros e começa a medir a qualidade do livro pela grossura dele? acho que jovens e livros devem estar juntos na caminhada para o amanhã pois soh com uma junventude instruida eh que podemos começar a pensar transformar o mundo:)


    Mystlink
    ******************

    "Ai! laurië lantar lassi súrinen!
    Yéni únótimë ve rámar aldaron,
    yéni ve lintë yuldar vánier
    mi oromardi lisse-miruvóreva..."
     

Compartilhar