• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Legend of the Galactic Heroes (Ginga Eiyū Densetsu, 1988)

Lady Ice

Usuário
Legend of the Galactic Heroes é um título de anime baseado nas séries de novelas de ficção cientifica japonesa, criada por Yoshiki Tanaka e publicada por Tokuma Shoten desde 1982. O total de livros lançados foram de 15 volumes. A partir daí foram produzidos a séries de desenhos, bem como mangas. O piloto da série foi lançado em 1988: "My Conquest is the Sea of Stars" com duração de 60 minutos.

A seguir em 1989 foi lançada a série com um total de 114 episodios (nao lembro agora hehehehehe). No Japão esta série foi encerrada em janeiro deste ano, e cogita-se a realização da quinta temporada com uma nova geração. Dois especiais ainda foram lançados: "Overture to New War" e "Golden Wings". Qual a diferença de Legend of the Galactic Heroes em relação aos outros animes? Legend of the Galactic Heroes é um anime baseado numa série de ficção científica e não no manga como a maioria. Além disso não existem robôs gigantes, armaduras ou monstros aliens, existem apenas pessoas com suas alegrias, tristezas, conflitos, etc. A tudo isso temos uma trilha sonora quase que toda clássica, imaginem Bolero de Ravel durante uma grande batalha!!!!

Mais dados aqui ...tá desatualizado pra caramba...mas...tem mais coisa

http://www.geocities.com/Tokyo/4852/lgh.htm
Detalhe: MP2's (da epoca do onça mesmo!) nao funcionam links e nem a aquisiçao de fitas...propositalmente deixei assim...quem quiser infomaçao apenas por MP

Ai meu loiro - mor
Este é meu personagem preferido dos Animes
Reinhard a direita
Yang (Primula é maluca por ele) a esquerda e no meio Julian
http://www.ladyice.kit.net/calendarp.jpg

Nave Captanea de Reinhard Brunhild
http://www.ladyice.kit.net/brunhild1.jpg


"A guerra continua até o momento. Se alguém sugerisse que a história da humanidade é a história da guerra, poucos concordariam. Se existe um conceito tal como o progresso para a humanidade, ninguém pode dizer que o progresso não é um resultado da guerra. Talvez por que os seres humanos sejam animais que continuarão a lutar até que o último caia morto. Durante a guerra, imensas quantidades de sangue, lágrimas e sabedoria são esbanjadas. Sonhos e esperanças das pessoas de repente são destruídos. Mas, em alguma epóca, existem aqueles que tem o desejo de mudar o mundo, para melhor ou para pior. Para avaliar como esses heróis mudaram o mundo, talvez não possamos confiar nas pessoas daquela epóca, por causa dos relatos dos historiadores e a mudança de valores da humanidade conforme os tempos. Mas poucas pessoas ambiciosas deixaram suas marcas, e seus nomes foram grandes dentro das páginas da história. Estas pessoas são chamadas... heróis."
("My Conquest is the Sea of Stars"-Legend of the Galactic Heroes)


*beijos*
 

Primula

Moda, mediana, média...
Linkin Legolas disse:
maneiro..... serah q existe alguma republicaçao em manga??!!

Sim, mas o design é diferente e foi feito DEPOIS do anime (que é baseado no romance de Tanaka Yoshiki)

Vi uma vez na Animangá, assim como os volumes quadrinizados do anime.

PS: até que enfim resolveu postar sobre isto, L.Ice, sua preguiçosa!
 

Lady Ice

Usuário
Primula disse:
Sim, mas o design é diferente e foi feito DEPOIS do anime (que é baseado no romance de Tanaka Yoshiki)

Vi uma vez na Animangá, assim como os volumes quadrinizados do anime.

PS: até que enfim resolveu postar sobre isto, L.Ice, sua preguiçosa!

Lembrando ainda que existe o livro...primeiro foi feito o livro depois o anime e por fim o mangá..se bem que um dos especiais que...Golden Wings tem o traço do mangá...

Primula sua pentelha hehehehehehe tava sem senha daqui de Valinor!!! 8-)
Agora foi..espero que o pessoal se interesse afinal vale a pena o anime

*beijos*
 

Primula

Moda, mediana, média...
... Geloca... queria ver isso aqui!

http://www.gineigoods.com/form/ disse:
... DVD release of the animated epic that is Legend of the Galactic Heroes, consisting of 110 main story episodes, 54 side storyepisodes, and 3 features, is now complete.

Quem vai à falência primeiro: eu ou você???
 

Primula

Moda, mediana, média...
Títulos Alternativos:

Título original também abreviado como Gin'eiden (Japanese)
Legend of Galactic Heroes (often abbreviated as Logh, LoGH, or LOGH)
Heldensagen vom Kosmosinsel (German)



http://www.logh.net/bstory.htm

Prefácio

Por quase mil anos, a humanidade expandiu-se através da Galáxia. O planeta Terra foi abandonado depois que seus recursos se exauriram. Finalmente, em 2801 DC, no planeta Theoria do sistema Aldebaran, um novo governo foi criado, o Governo do Espaço Unido (United Space Government - USG). Para comemorar esse momento de grandes mudanças, um novo calendário foi introduzido, o Calendário Universal (Universal Calendar - UC).

No entanto, esta era de ouro logo estagnou. Piratas espaciais começaram a surgir e ameaçar as naves de transporte e linhas de passageiros, revoltas estouraram nas principais cidades, e a civilização começara a ruir. O Governo do Espaço Unido (USG) precisava de um herói.

Em 296 UC, Rudolf von Goldenbaum, um comandante da Armada USG tornou-se esse herói. após derrotar rapidamente os piratas, Goldenbaum se voltou para a política. Lentamente, ele sedimentou as bases de seu podere e influência. Em 310 UC, ele tomou o governo, fundou o Império Galático e coroou-se como ser primeiro Kaiser. O Calendário Universal (UC) foi substituído pelo Calendário do Reich (Reich Calendar - RC). No começo, as pessoas rebelaram-se contra este novo tirano, mas elas foram rapida e brutalmente reprimidas. Eventualmente, o Imperio Galático mudou a capital para o planeta Odin.

164 anos depois, no planeta Altair-7 (um planeta onde a mineração de gelo era feita por escravos - netos e bisnetos dos prisioneiros polítcos que discordaram do regime Goldenbaum), Ale Heinessen sonou com o renascimento do USG. Ele, e seus seguidores construiram uma nave espacial, a Ion Fazekath, esculpida dentro de um asteroide gigante de gelo seco (para escondê-la até o momento de sua partida). Escapando do braço espiral da Galáxia onde o Império se localizava, eles desbravaram por anos o espaço vazio, até que encontraram um novo braço da Galáxia onde puderam fundar e colonizar um novo mundo que chamaram de Heinessen, em honra a seu líder, que perecera durante a viagem. Eles reeestabeleceram então a democracia com a Aliança dos Planetas Livres (Free Planets Alliance), pois não concordavam com a forma de governo tirânico do Império. O Calendário Universal foi reinstaurado.

Em 640 UC (331 RC), os dois lados se reencontraram pela primeira vez na Zona Estelar Dagon. As forças Aliadas, liderados por Lin Pao, brilhantemente destruíram as forças Imperiais, que eram lideradas por Principe Herbert. Logo a seguir, muitos soldados e cidadões Imperiais desertaram para o lado da república democrática.

A guerra continuou por 120 anos, e nenhum dos lados foi cpaz de consegur vantagem por muito tempo. O Império Galático construiu a Fortalesa Iserlohn para gardar um dos dois corredores de navegação existentes entre os dois braços da galáxia. A fortaleza era coberta com metal líquido, que agia tanto como escudo quanto como um tanque de calor para sua arma principal: o Martelo de Thor. O outro corredor é lar do Domínio Phezzan, nominalmente um protetorado do Império, mas na realidade um território neutro que fornece armamentos, tecnologias e financia dos dois lados da guerra.

A História

Em 795 UC (486 RC), uma mudança ocorreria no longo impasse da guerra. Dois heróis surgiram: Reinhard von Müsel do Império e Yang Wen-Li da Aliança.

Reinhard possui dois objetivos em mente: ganhar poder político suficiente para libertar sua irmã mais velha das mãos do Kaiser, e eventualmente governar o universo. (o que é lógico, já que para derrotar o Kaiser, só se tornando o Kaiser)

Yang, que originalmente gostaria de ter sido um historiador e que juntou-se ao Exército da Aliança por conta dos estudos gratuitos, simplismente quer que a guerra termine, já que ambos os lados estão lentamente se destruindo por conta do sem fim de lutas

E é aqui que nossa estória começa.
 

Elring

Depending on what you said, I might kick your ass!
Acompanhando a segunda parte de LoGH e o anime é prato cheio para quem ama intrigas políticas e estratégias de guerras! E alguns toques filosóficos sobre as razões que levam a humanidade, mesmo depois de term conquistado a galáxia, a continuarem o busca por poder, honra e glória.

Eita... quanta galera que não posta mais aqui na Valinor há anos...
 

Haran Alkarin

Usuário
Estou vendo a animação antiga, acabei a terceira temporada (E86), das quatro temporadas que a série tem. Demorei pra começar a curtir, porque de fato, a história é desenvolvida muito lentamente. Só funciona em doses bem diminutas, em geral um episódio por dia, para além disso torna-se cansativa. Me lembra o GRRM, que tem todo um capítulo para, por exemplo, fazer um personagem sair do porto e chegar ao palácio do rei - há todo um worldbuilding, mas em termos de narrativa, pouco se avança. O anime também é meio assim, e talvez até pior, porque diferentemente de GRRM, tem um monte de personagens meio chapados, são poucos que chamam a atenção a ponto de sequer lembrarmos o nome. E outro eventual defeito é que o anime se leva a sério demais, os personagens se põe a filosofiar sobre ditadura e democracia, por exemplo, como todo um ar sério e pomposo, que não se justifica dada a pouca profundidade do que se está sendo discutido.

Apesar disso, depois de 86 episódios de muita exposição do universo, não teria como a série falhar em fazer um bom worldbuilding, então pra mim já valeu e o saldo é positivo. Deve ter sido uma série especialmente foda pra quem viu nos anos 90, em que séries de fantasia que se levavam a sério praticamente não existiam, então ter 110 x 25 min de imersão em um universo desse tipo deve ter sido uma experiência bem singular.... A série também lembra GoT no sentido de que não tem bem vs. mal, e sim um punhado de países lutando entre si. E inclusive essa ambiguidade pode ferir a sensibilidade de alguns grandes devotos da democracia (dos que se julgam "antifascistas", então, pior ainda), já que lutar pela democracia tá muito longe de significar uma maior virtude dentro da série, muitos personagens "fascistas" são mais virtuosos, e o próprio campeão da democracia e protagonista chega a reconhecer que, se tivesse nascido no Império, talvez não fosse um democrata.
 
Última edição:

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.920,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo