• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Lançamento em 2021-O novo livro de Tolkien-A Natureza da Terra-Média-

Ilmarinen

Usuário
AHHHHHHHHHH!!!!!! :) :D
The Nature of Middle-earth: New Book with Tolkien’s Unpublished Writings

June 23, 2020 at 1:30 am by Earl -

It has come to light on the Tolkien Collector’s Guide that Harper Collins and Houghton Mifflin have plans to publish a new book titled The Nature of Middle-earth in 2021 containing previously unpublished writings by J.R.R. Tolkien.
The book has been edited by Tolkien expert Carl F. Hostetter who heads the Elvish Linguistic Fellowship. The materials on which the book is based were sent to Hostetter in photocopy by Christopher Tolkien, before his passing, for potential publication.

The details were first released in a catalogue for the Frankfurt Book Fair in 2019. The description, excerpted from the catalogue (page 64), follows.


The first ever publication of J. R. R. Tolkien’s final writings on Middle-earth, covering a wide-range of subjects, and the perfect next read for those who have enjoyed Unfinished Tales and the History of Middle-earth series and are hungry for more.

The Nature of Middle-earth will comprise numerous late (c. 1959-73) and previously unpublished writings by J.R.R. Tolkien on the “nature” of Middle-earth, in both chief senses of that word: both metaphysical and natural/historical.

For Tolkien fans, readers, and scholars interested in learning more about Tolkien’s own views on Middle-earth. It will appeal in particular to those readers who enjoyed Unfinished Tales, and some of the later volumes of the History of Middle-earth. Indeed, many of the texts to be included are closely associated with materials published in those places, and were sent to Hostetter, specifically, in photocopy by Christopher Tolkien for potential publication.

Much as Unfinished Tales forms an unofficial thirteenth volume of the History of Middle-earth, this new book will sit very nicely alongside as an unofficial 14th volume. Of particular note, given the impending Amazon series, are several texts detailing the lands, flora, and fauna of Númenor, and the lives of Númenóreans.
Harper Collins Publishers, Frankfurt BookFair 2019, Fiction Translation Rights

🖖🖖🤟🤟🤟
:metal::metal::metal:😻😻😻😻:ruiva::ruiva::clap::clap::clap::amem::amem::amem::beer::beer::beer:


Tópico na Barrow Downs sobre isso
 
Última edição:

Elring

Depending on what you said, I might kick your ass!
Ótima notícia! Será que este livro é uma dica de onde se passará a série da Amazon?
 

Turgon

ワンピース
Ótima notícia! Será que este livro é uma dica de onde se passará a série da Amazon?
Pelo visto sim.

"Amazon series, are several texts detailing the lands, flora, and fauna of Númenor, and the lives of Númenóreans."

Já vamos ter uma dica de como será a paisagem da série.
 

Neoghoster Akira

Brandebuque
UT é um livro que dá pra ser livro como contos já HoME eu uso unicamente para consultas mas seria bom um resumo deles da parte de Tolkien (nem todos os tópicos me animam). O que espero de um material assim é o que o autor já vinha demonstrando ao longo da cronologia de alterações do mundo dele com enxugamentos e alguma exploração de áreas cinzentas. É possível que tenha uma distância ainda maior da visão em relação ao que ele tinha em mente quando foi publicado "O Hobbit" em 37.
 

Haran Alkarin

Usuário
Chupa GRRM, Tolkien mesmo morto lança mais um livro, e você nada... :chibata:

Acho curioso a série da Amazon ser lançada e aparecerem materiais inéditos justamente sobre a temática da série. :think: Seja como for, espero que tenha coisas interessantes, do nível dos últimos três HoME. Provavelmente não vai ter nada disso, mas se eu fosse escolher, teria:

- Descrição ainda mais clara e evidente da origem das águias, ents e orcs, especialmente resolvendo problemas de cronologia envolvendo estes últimos;​
- Uma árvore genealógica envolvendo Thingol, Círdan, Voronwë, Eöl, se pá com mais gente;​
- Parentescos de Orodreth e Gil-galad decentemente arrumados;​
- Balrogs finalmente tendo asas, explicitamente;​
- Mais sobre a Guerra da Ira;​
- Mais sobre a Última Batalha;​
- Mais sobre passagem do tempo em Valinor e na Terra-Média, incluindo as discrepância entres os vários calendários e efeitos "relativísticos";​
- As partes que ficaram inacabadas de todos Contos Inacabados;​
- Nada de linguística, exceto se for pra confirmar que aran e alcarin na realidade é haran e alkarin;​
- Tolkien discutindo a política de Númenor e ligando o modo direitista. A nerdaiada, como sempre, ia fingir que nem tchum, mas até aí sem novidades...​
 
Última edição:

Ilmarinen

Usuário
Chupa GRRM, Tolkien mesmo morto lança mais um livro, e você nada... :chibata:

Acho curioso a série da Amazon ser lançada e aparecerem materiais inéditos justamente sobre a temática da série. :think: Seja como for, espero que tenha coisas interessantes, do nível dos últimos três HoME. Provavelmente não vai ter nada disso, mas se eu fosse escolher, teria:
(...)

Hauhauhauhauhauhauahuahu:p:p:p:lol::lol::lol::lol::lol::lol::lol::jive::jive::jive::devil::devil::devil::devil::devil::devil::cheer::cheer::cheer::cheer:

É... Confiram aqui...eu já estou me descabelando de ansiedade e na cólera mas feliz de saber que ainda tem TANTA COISA inédita

Index:Unpublished material


Realmente o texto inédito de Tolkien sobre o tempo que a Verlyn Flieger usou no A Question of Time é um fortíssimo candidato a ser incluído no A Natureza da Terra-Média.


E, principalmente sobre a Terra-Média, tem esses outros aqui

  • (Essay, written in response to seeing Pauline Baynes's depiction of various characters from The Lord of the Rings. Tolkien described each member of the Fellowship of the Ring and some other persons as he pictured them — an invaluable aid to any illustrator of his work. [Bodleian Library, Oxford: Dept. of Western Manuscripts, Mss Tolkien A61, fols. 1—31.])[2]





Esse embaixo é feito pensando, principalmente, em @Elriowiel Aranel @Melian @Aster



e outros Potterianos/as da Valinor.

*Referente a essa versão da "Espada era a Lei" aqui, a original de 1938, não a incluída em The Once and Future King. A versão que Gaiman e Rowling ( e, nas entrelinhas, até a Ursula Le Guin) reconhecem como inflluência comum e causa para similaridades* (Dondaniels, a escola de Magia é citada no texto de 1938).

1594977088833.png

Upalálá! Ei, devagar com o andor aí, Merlin :P

1594978290922.png

*Notas: T. H. White, o autor de Sword in the Stone era gay*, o seu Merlin da versão original também parece ter os mesmos tiques codificados como indicativos de homossexualidade do Dumbledore, e foram muito bem salientados pelo desenho da Disney.



1594983701524.png

*Leiam aí sobre as tentativas de encobrir o fato nos comentários do artigo da Tor Books

A propósito, Dumbledore, o nome utilizado por Rowling, talvez inspirada por sua aparição em The Adventures of Tom Bombadil, é um tipo de abelha ou besouro cujo nome alternativo significa, literalmente, "cock tease", "molesta galo", mas cuja interpretação em gíria em inglês pode ser um trocadilho com "cock tease", "atiçador-a de xxx". Sugere que a gayness de Dumbledore já estava embutida na escolha do nome dele desde o início, que ela sempre sugeriu, nas entrelinhas, a homossexualidade do Dumby*, embora só a tenha mesmo revelado off-page na entrevista pós Relíquias da Morte.

*
2. His name. “While the anagram to ‘Tom Marvolo Riddle’ is ‘I am Lord Voldemort,’ as my good friend pointed out, ‘Albus Dumbledore’ becomes ‘Male bods rule, bud!’”

An old provincial name, "dumbledor", also denoted a buzzing insect such as a bumblebee or cockchafer, "dumble" probably imitating the sound of these insects, while "dor" meant "beetle".[8]

Não por acaso, aqui, no Brasil, a Rocco trocou, no Relíquias da Morte, na tradução do obituário escrito por Elphias Dodge (verbo para "desviar"), a expressão, quando falando sobre quando ele e Dumbledore se conheceram: "our mutual attraction" para "nosso interesse mútuo":chibata::jornal::jornal::blah::blah::blah::sacou::sacou:🤮🤮😪😪🤧🤬🤬😡😡.

Significa, que alguém(s) por(r)a aí afora já estavam sacando as insinuações da Rowling sobre a orientação sexual do Dumbledore no Deathly Hallows muito antes dela abrir a boca pra colocar o personagem fora do armário. Eu mesmo conclui a leitura do livro com a convicção de que ele era gay e tinha tido um caso com Grind*elwald um mês antes da entrevista onde a Rowling fez a grande revelação. Reparem também que Abberforth, o irmão de Dumby, comentou, derrisoriamente, que Elphias Dodge achava que "Dumbledore emanava luz por todos os buracos do corpo"

*Grinds significa "Aulas Particulares" na Irlanda onde o T. H.White morava quando escreveu o Sword in the Stone. E ele era professor e dava aulas particulares. E o Merlin do Sword in the Stone dá aular particulares pro Arthur."Grind" tem, também, o mais óbvio sentido de "atritar" de forma abrasiva, inclusive partes de uma espada, motivo em função do qual, um ano depois da publicação do Relíquias da Morte(coincidência?), o termo foi usado pra batizar o aplicativo de bate-papo gay, o Grindr



The one bright spot of White's time at Cheltenham was his meeting of a master named C. F. Scott, who praised White's talent and encouraged him to be a writer. Because of this, White often attested that he would "be grateful to him till I die." In 1923, White's parents obtained a divorce; the following year, White left Cheltenham and spent a year doing private tutoring in order to afford the tuition at Cambridge, where he enrolled in 1925.


 

Anexos

  • The sword in the stone ( PDFDrive.com ).pdf
    1,2 MB · Visualizações: 1
Última edição:

Ilmarinen

Usuário
O Natureza da Terra-Média vai, provavelmente, incluir, além de alguns dos inéditos listados acima, aqueles textos considerados essenciais não postos em nenhum dos HoME, mas publicados, avulsamente, em Vinyar Tengwar, Ardalambion e Tolkien Studies, como o Osanwë Kenta, as suas notas, e o texto sobre Predestinação e Livre-Arbítrio que o Carl Hostetter* editou uns dez anos atrás em Tolkien Studies 6.

*Mesmo editor do Natureza da Terra-Média. Na minha opinião a função de "Gatekeeper" dos materiais da Terra-Média ficou nas mãos de alguém muito bom com o background correto para dar conta do recado.

NOTES AND DOCUMENTS Fate and Free Will

 
Última edição:

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.920,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo