1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[L] [Wilknot] [Três Homens e Meio]

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Tcheco_theOld, 13 Fev 2003.

  1. Tcheco_theOld

    Tcheco_theOld Usuário

    [Wilknot] [Três Homens e Meio]

    Olá pessoal.
    Escrevi uma história com um camarada meu (Tryno) e resolvi transformar em roteiro.
    É uma história comum, que pode aconter com qualquer um aqui. Fiz um texto simples pra treinar as linguagens e o modo de se escrever...

    Três Homens e Meio


    FADE IN:

    EXT. SÃO PAULO - DIA

    Vemos a cidade de São Paulo, como sempre está muito movimentada, vários carros, várias pessoas andando pelas ruas.

    Começamos a acompanhar uma apenas, é um rapaz de uns 18 anos, ele é alto e loiro. É o Vito. Está indo na direção de um prédio. Ele aperta o interfone. Uma menina aparece, não conseguimos ouvir nada do que eles estão falando. CAM vai se aproximando dos dois e finalmente podemos escutar.

    MENINA
    Vê se cresce, moleque!

    Vito dá uma curta risada de indignação.

    CUT TO:

    INT. DÉCIMO QUARTO ANDAR - DIA

    No décimo quarto andar de um prédio comercial, Lipe está sentado em uma mesa, na frente de um computador, ele está digitando alguma coisa quando o telefone começa a tocar.

    Ele atende o telefone, e já o desliga rapidamente.

    Se levanta da cadeira e sai de sua sala. Vai em direção a porta do fim do corredor. Nela há um letreiro dizendo Sala do Chefe. Lipe gira a maçaneta lentamente e entra.

    Há um homem de cabelo grisalho olhando pela janela. Este se vira quando ouve o barulho da porta.

    CHEFE
    Não dá mais pra você continuar
    trabalhando aqui. Sinto, mas
    você tá demitido, Lipe.

    CUT TO:

    INT. APARTAMENTO - DIA

    Ike, um garoto de 1.76 metros, moreno e um pouco gordinho está sentado no sofá que fica no meio do apartamento. Ele está falando no telefone. A outra voz é masculina.

    HOMEM(Voz)
    Cem reais no mínimo. Eu valorizo
    o meu corpo.

    Ike desliga o telefone sem dizer nada, e fica com uma expressão pouco contente em sua cara.

    CUT TO:

    INT. LOJA DE CDS - DIA

    Will está em uma loja de CDs. Ele tem a mesma altura de Ike só que é magro. Ele está indo para o caixa, está com 2 CDs nas suas mãos. Podemos ver que um deles é do Natiruts. Will entrega os CDs para a mulher do caixa junto com o seu cartão de débito.

    CAIXA
    O senhor não tem dinheiro na
    conta.

    CUT TO:

    INT. ELEVADOR - FIM DA TARDE

    Will, Lipe e Vito estão no elevador. Apenas o botão do sétimo andar está pressionado. Todos estão de cara amarrada. Aparentemente ninguem se conhece.

    CUT TO:

    INT. APARTAMENTO - FIM DE TARDE

    Ike está no mesmo sofá, agora ele está assistindo um programa de patinação na ESPN. Ele houve um barulho vindo da porta e rapidamente muda de canal.

    Pela porta estão entrando os mesmos jovens que estavam no elevador. Até agora ninguém diz uma palavra.

    Finalmente podemos ver que o apartamento é pequeno. Tem a sala, duas portas que dão para os quartos, uma porta que é a da cozinha e o banheiro.

    Will vai até a cozinha e volta com uma lata de cerveja na mão. Lipe puxa uma cadeira e senta na frente da TV. Vito senta no sofá ao lado de Ike.

    WILL
    Mais alguém teve um dia ruim?

    Os três respondem SIM em conjunto.

    WILL
    Tô sem dinheiro no cartão de
    crédito. So tenho 200 reais
    pro resto do mês. Ainda bem
    que estamos numa faculdade
    estadual.

    LIPE
    Falando em dinheiro, fui
    demitido. Mas já sei o que vou
    fazer. Por enquanto vou
    trabalhar de Webdesigner. Rola
    tirar até uns cem conto por
    página.

    VITO
    Tomei fora daquela gúria que
    conheci semana passada. Nem
    da nada, ela era meio feia.

    IKE
    Eu... Eu fui mal na prova de
    hoje.

    Há um breve silêncio.

    LIPE
    Vamos na balada? Preciso
    relaxar um pouco. Nem vamos
    gastar muito. E hoje é Sexta.

    Os outros topam.

    CUT TO:

    INT. BALADA - NOITE

    O lugar está praticamente lotado. Muitas mulheres e muitos homens também. O som é house. A parte para dançar é enorme e está cheia de gente. Três bares estão nos cantos e há um outro no andar de cima.

    Will está ficando com uma garota, Vito apenas conversa com uma mulher mais velha. Lipe está dançando e não há nenhum sinal de Ike.

    A mulher para de falar com Vito, fica brava derepente e sai de perto dele, antes de se afastar ela puxa a garota que estava ficando com Will, elas são amigas.

    Depois disso os dois vão juntos até Lipe. Eles dançam um pouco.

    LIPE
    Ae, vo ter que dar uma mijada.

    WILL
    Somos dois.

    VITO
    Na verdade, somos três.

    Quando os três estão entrando no banheiro, vemos um homen dando um soco em outro.

    HOMEM
    Nenhuma bixinha fica olhando
    pro meu pau!

    O outro homem era Ike, que cai no chão, parece desacordado. Lipe é o primeiro a ir pra cima do agressor, que apanha dos três dentro do banheiro.

    Logo, cinco seguranças do local aparecem. Eles são agressivos, pegam os quatro rapazes e vão levando pra fora a socos e pontapés.

    EXT. RUA - NOITE

    Os quatro estão caidos no chão. Além deles há uns poucos grupos sentados no meio-fio bebendo.

    Se levantam com dificuldade. A cara de Ike está cheia de sangue, assim como a cara de Vito. Mas eles estão rindo.

    LIPE
    Vocês viram o soco que eu dei
    naquele cara?

    VITO
    O meu chute foi melhor.

    Começam a rir mais alto.

    WILL
    Não vo esperar uma hora pra
    pegar ônibus agora não. Vamos
    a pé.

    LIPE
    Vamos. É só uns cinquenta
    minutos andando. Nem dá nada.

    CUT TO:

    INT. APARTAMENTO - NOITE

    Will e Lipe estão dormindo em um quarto, Vito e Ike no outro. O Travasseiro de Ike está tomado de sangue.

    CUT TO:

    INT. APARTAMENTO - DIA

    Todos estão vendo TV na sala. Está passando uma propaganda sobre uma ilha do litoral paranaense. A Ilha do Mel.

    LIPE
    Pô, se agente tivesse grana ia
    ser bem louco ir pra lá no final
    do ano.

    WILL
    Se agente economizar acho
    que dá pra juntar uma boa
    grana. Têm uns cinco meses
    até lá. Pelo que eu vi na
    propaganda com uns 350 reais
    dá pra passar uma semana lá.
    Levando em conta passagem
    mais o aluguel do camping.

    VITO
    Acho que dá sim. Mas nós vamos
    ter que trabalhar mais.

    WILL
    É, mas beleza. A viagem vai ser
    legal. Combinado então?

    IKE
    Certeza, tamo lá já.

    CUT TO:

    EXT. FACULDADE - DIA

    A faculdade ocupa a quadra inteira. É um predio velho, mas bem cuidado. Muitas pessoas estão na proximidade, a maioria está indo para a entrada. Dentre essas pessoas vemos Will, Vito, Ike e Lipe.

    CUT TO:

    INT. FACULDADE - DIA

    A maioria dos alunos estão apressados para irem para suas salas. Vito e Ike viram a esquerda. Lipe e Will estão caminhando juntos, sem pressa. Na direção das escadas.
    Lipe está de olho roxo devido a briga de sexta.

    LIPE
    Ai ai... segunda feira é fod.a.

    WILL
    Sim, essa é a palavra. Fod.a. Ei
    e a viagem? Você vai tentar
    achar outro emprego?

    LIPE
    Dá pra tirar uma boa grana
    fazendo páginas de internet,
    acho que não precisa de outro.
    Mas se precisar eu posso
    trampar em alguma lan-house
    por ai.

    WILL
    Pode crer. Eu não sei como vou
    arranjar emprego. Mas dou um
    jeito.

    O primeiro sinal toca. Agora os dois se apressam um pouco. Começam a subir as escadas.

    WILL
    Lembra que eu te falei de uma
    garota, que faz medicina
    comigo, a Gabriela?

    LIPE
    Sim. O que tem ela?

    WILL
    Vou chamar ela pra sair hoje.

    Eles estão no andar de cima, se encostam na parede para continuar a conversa.

    LIPE
    Boa sorte.

    WILL
    Pode deixar. Voltando ao
    assunto da viagem, você vai
    levar a Patricia?

    LIPE
    Eu não quero levar ela. Quero
    zoar muito lá. Temos quer ir
    para as salas. Até depois.



    Lipe vai para esquerda e Will para a direta.

    Lipe entra na sua sala e de cara com uma menina. É Patricia, sua namorada.
    Eles se abraçam e se beijam.

    Patricia olha para Lipe.

    PATRICIA
    O que aconteceu no seu olho?

    LIPE
    Eu bati na pia da cozinha.

    PATRICIA
    Você quer que eu acredite
    nisso?

    LIPE
    Espero que sim.

    A garota ia dizer alguma coisa mas o segundo sinal bate. O Professor entra na sala.

    PATRICIA
    Salvo pelo gongo. Depois você
    vai me explicar direitinho essa
    história.

    Eles vão se sentar. Como a maioria das cadeiras estão ocupadas eles sentam um pouco longe um do outro.

    CUT TO:

    INT. SALA DE AULA/IKE - DIA

    Ike, disfarçadamente, está olhando para a região genital do homem que senta ao seu lado.

    CUT TO:

    INT. SALA DE AULA/VITO - DIA

    Vito está sentado numa das primeiras carteiras, e está prestando atenção na aula.

    CUT TO:

    INT. SALA DE AULA/WILL - DIA

    Will senta numa das últimas carteiras, alguns alunos dormem, will é um deles.

    CUT TO:

    INT. SALA DE AULA/LIPE - DIA

    Lipe começa a escrever um bilhete para sua namorada.

    CUT TO:

    EXT. FACULDADE - DIA

    Vito e Ike saem juntos. Estão voltando para casa a pé.
    Lipe e Patricia vão lado a lado, mas ela não deixa que o rapaz pegue na sua mão.

    PATRICIA
    E esse olho roxo?

    LIPE
    Hmm. Eu vou com você até a sua
    casa e lá eu explico, que tal?

    PATRICIA
    Tá bem...

    Os dois vão em direção do ponto de ônibus.

    Will sai sozinho. Ele vê uma garota saindo sozinha. Ele vai até ela.

    WILL
    Oi, você é a Gabriela, não é?

    GABRIELA
    Sim.

    Um breve silêncio. Gabriela tem olhos azuis, cabelos escuros e é magrinha.

    GABRIELA
    Você faz medicina, primeiro ano,
    né? Estamos na mesma sala.
    Mas não sei o seu nome.

    WILL
    É Will. Você vai embora a pé?

    GABRIELA
    Vou, moro a 3 quadras daqui.

    WILL
    Eu moro pertinho também.
    Escuta aqui, você tá com fome?

    GABRIELA
    Eu comeria alguma coisa.

    WILL
    Quer ir no McDonalds?
    Nós almoçamos juntos e podemos
    nos conhecer melhor. Tá afim?

    GABRIELA
    Tudo bem.

    CUT TO:

    INT. CASA DE PATRICIA - DIA

    Patricia e Lipe estão se beijando no quarto. Ela tira a camisa dele.

    LIPE
    Assim que eu gosto.

    Ela começa a tirar o calção.

    PATRICIA
    Não vai me falar do seu olho?

    LIPE
    Ele ficou roxo pq ficou muito
    tempo sem te ver.

    PATRICIA
    Essa foi péssima. Vou fingir que
    não ouvi.

    LIPE
    Você é quem sabe gatinha.

    Eles transam.

    Lipe levanta da cama e põe sua roupa.

    LIPE
    Paty. Posso viajar no final do ano
    com os caras?

    PATRCIA
    Pra onde? E por que eu não vou
    junto?

    LIPE
    Pra Ilha do Mel, no Paraná. Nós
    combinamos essa viagem a um
    tempo atrás. Agente só vai zoar
    lá.

    PATRICIA
    Mas têm tanta gente lá...

    LIPE
    Não se preocupe, eu nunca vou
    te trair. Confie em mim.

    PATRICIA
    Eu confio em você, só que... Ah,
    não sei.

    LIPE
    Só vou se você deixar.

    Ela pensa um pouco.

    PATRICIA
    Tá bem vai. Pode ir sim. Mas você
    vai me ligar todos os dias, ok?

    Um barulho de porta sendo aberta pode ser escutado. Vem da sala.

    PATRICIA
    Saia pela janela. Não quero que
    meus pais vejam você hoje aqui.

    LIPE
    Ué, qual o problema?

    PATRICIA
    É que eu disse que ia estudar.

    LIPE
    Então tchau, até amanha.

    Lipe dá um beijo em Patricia e pula a janela.

    CUT TO:

    INT. MCDONALDS - DIA

    Will está sentado em uma mesa de dois lugares, na sua frente está Gabriela. Eles estão conversando e rindo.

    WILL
    Vamos? Eu te levo até a sua
    casa.

    GABRIELA
    Vamos.

    Os dois se levantam e vão até a saida.

    CUT TO:

    EXT. PRAÇA - DIA

    Will e Gabriela cruzam uma praça. As ruas próximas são calmas. Não há ninguém no local. Eles resolvem se sentar no banquinho que fica no canto esquerdo.

    GABRIELA
    Eu tive uma ótima tarde hoje.
    Estava precisando dar um tempo
    nos estudos.

    WILL
    Eu também gostei.

    Will aproxima o seu rosto, ela faz o mesmo e eles se beijam.

    CUT TO:

    INT. APARTAMENTO - DIA

    Vito e Ike estão sentados no sofá, como sempre a televisão está ligada.

    IKE
    Você já pensou em algo pra
    trabalhar?

    VITO
    Não, tô sem ideias.

    IKE
    Vamos dar uma andada pelo
    centro? Quem sabe não achamos
    alguma coisa.

    VITO
    Beleza. Vamos lá.

    CUT TO:

    EXT. CIDADE - DIA

    Há muito movimento no centro da cidade, muitos carros, muitas pessoas, muita poluição. Vito e Ike estão procurando algo em que possam trabalhar. Vito ve uma placa que chama sua atenão. É uma mecanica, os dois vão na direção dela. Chegando mais perto podemos ver o nome e o slogan. "Mecânica do Feijão. Agente faz um servissão. "

    VITO
    Dois "S". Interessante.

    IKE
    O que você vai fazer aqui? Desde
    quando você mexe em carro?

    VITO
    Não é isso que pretendo fazer.
    Fique ai fora, vou entrar sozinho.

    Vemos que no lugar apenas dois carros estão sendo concertados. O lugar é sujo. No fundo há uma pequena casa, como um escritório. É pra lá que Vito vai.

    A porta está aberta, Vito dá uma olhada. Não há ninguém. Ele se vira e dá de cara com um homem baixo, barrigudo e careca.

    VITO
    Oi, você é o dono daqui?

    HOMEM
    Sim, o que tu quer aqui?

    Vito sai da porta e se distancia da casa, o Homem está ao seu lado. Vito dá uma olhada no lugar. Continuam apenas os dois carros no estabelecimento.

    VITO
    Vejo que o senhor não está
    muito bem nos negócios.

    HOMEM
    Nem me fale.

    VITO
    Eu posso ajudar...

    HOMEM
    Como?

    VITO
    Bem, creio que você precisa de
    propaganda. Uma placa melhor
    ali na frente, um slogan mais
    elaborado, uns planfetos, essas
    coisas. Se você fizer planfetos
    eu entrego para você.

    HOMEM
    E quanto você quer pra fazer
    isso?

    VITO
    Acho que 350 reais tá de bom
    tamanho.

    HOMEM
    250 reais, mais VT. Trabalho de
    um periodo só.

    VITO
    Fechado.

    HOMEM
    Agora me diga o que posso por
    no planfento? Que slogan?

    Vito pensa um pouco.

    VITO
    Eu estava pensando algo do tipo:
    Oficina do Seu Feijao, seu carro
    em boas mãos.

    HOMEM
    Gostei.

    VITO
    E quando eu começo a trabalhar?

    HOMEM
    Amanhã mesmo. Duas horas.

    CUT TO:

    EXT. RUAS - DIA

    O sinaleiro está verde, vários carros passam pela rua, é uma rua de três pistas. O sinal fica vermelho, Vito sai da calçada e começa a entregar planfetos. Vemos que no planfento está escrito: "Oficina do Seu Feijão, seu carro em boas mãos".

    Três garotos estão atravessando a rua. São Will, Lipe e Ike. Eles estão rindo.

    WILL
    Ai vito! Quero um pra mim!

    LIPE
    Eu também quero!

    Vito mostra o dedo do meio. Os garotos finalmente atravessam a rua e continuam rindo. Eles dobram a esquina. Vito ri sozinho.

    FADE OUT.

    [A musica Goldfinger - Superman começa a tocar. Nós só conseguimos escutar a música.]

    FADE IN:

    INT. APARTAMENTO - NOITE

    Lipe está na frente do computador montando uma home page.

    CUT TO:
    EXT. RUAS - DIA

    Vito entrega planfetos, dessa vez em uma outra rua, essa é um pouco menos movimentada.

    CUT TO:

    INT. ÔNIBUS - DIA

    Will está dentro de um ônibus lotado. Ele segura dois envelopes amarelos e há uma mochila nas suas costas.

    CUT TO:

    EXT. CASA - NOITE

    Ike está saindo de uma casa, junto com ele sai um loiro alto e forte, que lhe dá uma nota de 50 reais.

    CUT TO:

    INT. BALADA - NOITE

    Lipe está dançando com sua namorada. Will está beijando uma mulher mais velha. Ike e Vito estão bebendo jonnie walker one.

    CUT TO:

    INT. SALA DE AULA - DIA

    Will está fazendo prova, assim como todo o colégio. Ele parece distante, não respondeu muita coisa até agora.

    CUT TO:

    INT. APARTAMENTO - DIA

    Os quatro estão na sala. Como sempre, Will está em pé com sua cerveja, Lipe está numa cadeira ao lado do sofá, onde estão Ike e Vito. A TV está ligada. Eles estão conversando, todos estão ansiosos.

    CUT TO:

    EXT. FACULDADE - DIA

    Sai o resultado e todos eles passaram de ano.

    [A música acaba e voltamos a ouvi-los.]

    LIPE
    Passamos, porra!

    Eles comemoram.

    Will vê Patricia em um canto, ela parece triste.

    WILL
    O Lipe! Olha a Paty ali.

    Will aponta na direção dela. Lipe vai ate elá.

    LIPE
    O que foi, meu bem?

    PATRICIA
    Fiquei pra dependencia.

    LIPE
    Em quantas matérias?

    PATRICIA
    Uma.

    LIPE
    Só uma? Não tem problema não.
    Sorria. Vem. Vamos comemorar
    com o pessoal.

    Patricia esboça um sorriso e acompanha Lipe.

    Os cinco vão para a parte da frente da faculdade, lá sentam um pouco.

    VITO
    Agora que tá todo mundo
    tranquilo, com dinheiro no bolso,
    podemos comprar as passagens.
    Estamos em dezembro já.

    IKE
    Quem vai comprar?

    WILL
    Eu vou... se alguém for comigo.

    LIPE
    Eu vou junto. Preciso falar com
    você.

    WILL
    Ok.

    Lipe dá um selinho na namorada.

    LIPE
    A noite eu te ligo.

    CUT TO:

    EXT. RODOVIARIA - DIA

    Há um grande número de ônibus e pessoas com pressa carregando malas. Lipe e Will estão andando juntos, indo na direção do lugar onde se compra as passagens.

    WILL
    O que você queria falar comigo?

    LIPE
    É sobre mulher. Quando você
    vai parar de ficar com qualquer
    uma que aparece na sua frente e
    arranjar uma namorada?

    WILL
    Talvez no próximo século. Cara,
    mulher pra mim é so diversão,
    nada de sentimento.

    LIPE
    Mas é bom gostar de alguém.

    WILL
    Eu gostava da minha cachorrinha.

    LIPE
    Tô falando sério.

    WILL
    Eu também.

    Chegam na fila do caixa, só uma pessoa está na frente deles. Uma mulher antipatica é quem está atendendo. O seu nome é Clarisse.

    CLARISSE
    Próximo.

    LIPE
    Quatro passagens pra Ilha do Mel.
    Ida e volta. Saida 27 de Dezembro,
    volta no dia 2 de Janeiro.

    CLARISSE
    160 reais.

    Lipe entrega o dinheiro, Clarisse lhe dá as passagens, e ele põe as quatro no seu bolso.

    CUT TO:

    INT. APARTAMENTO - NOITE

    Will e Lipe estão no quarto arrumando as suas malas. Lipe está pondo uma camisinha na sua.

    WILL
    Opa. Não rapaz, e a Patricia?

    Will ri.

    Lipe acaba não colocando.

    LIPE
    Que horas sai o ônibus mesmo?

    WILL
    Oito horas.

    LIPE
    Bom, vamos dormir então.

    CUT TO:

    EXT. RODOVIARIA - DIA

    Assim como antes a rodoviaria está muito movimentada. Ike e Vito sobem as escadas do ônibus. Will e Lipe jogam as malas no bagageiro e começam a subir.

    Ike e Vito se sentam um do lado do outro, Will e Lipe ficam na frente deles.

    WILL
    Vou catar uma mina por dia.

    LIPE
    Eu vou apenas pra beber, zuar.

    WILL
    Você é quem sabe. Mas vai tar
    cheio de mina dando mole.

    O motor finalmente é ligado. O ônibus deixa a rodoviaria e entra na estrada.

    CUT TO:

    EXT. PONTAL - DIA

    Vemos o litoral paranaense. O ônibus para na última praia antes da Ilha do Mel. Faz muito calor. Os quatro descem.

    Vito observa o local.

    VITO
    Temos que comprar as passagens
    pro barco. É lá no fundo.

    Vito aponta para um barracão. Há uma placa dizendo "Passagens para os barcos". Eles vão até la e cada um compra a sua passagem.

    Lipe estava comprando uma garrafa de agua no boteco, quando, a buzina do barco toca. Ele está para sair.

    Os garotos vão correndo na direção do trapixe e conseguem entrar no barco a tempo.

    CUT TO:

    INT. BARCO - DIA

    Vemos o barco no meio do caminho para a Ilha.

    O barco é de médio porte. Todos os bancos estão ocupados. Ike está ao lado de Vito no fundo. Lipe e Will estão mais para o meio.

    IKE
    Quanto tempo sera que falta?

    VITO
    Não tenho ideia. Por que?

    IKE
    É porque estou meio tonto. Acho
    que vou vomitar.

    VITO
    Deixa de ser fresco. Não faz isso.
    Mas se for fazer, vomita no mar,
    não em mim!

    CUT TO:

    EXT. TRAPIXE - DIA

    O Barco chega em um trapixe. Ele não é muito longo. Os quatro caminham por ele até o seu fim, onde há um portal, com um cartaz dizendo "Bem Vindos a Ilha do Mel". Passando o portal podemos ver muitas barraquinhas, algumas com lembrancinhas, camisetas. Existe também um posto de informacões. É para lá que eles se dirigem.

    Will vai até a mulher que está atendendo os turistas.

    WILL
    Com licensa, você tem um mapa?

    A mulher se abaixa, pega um e entraga para Will.

    Will volta para perto dos seus amigos com o mapa em suas mãos. Vito o pega e dá uma olhada. Ele aponta para um lugar.

    VITO
    O camping é aqui. Ah, tá perto.

    CUT TO:

    EXT. CAMPING - DIA

    A área do camping é composta por uma casa, de médio porte, onde há chuveiros e banheiros e um grande gramado, onde ficam as barracas. Muitas barracas estão armadas, a maioria delas é azul.

    Logo na entrada um pequeno cartaz está preso em uma árvore.

    IKE
    "Sábado dia 28, lual na praia das
    conchas"

    LIPE
    Já temos o que fazer amanhã.

    WILL
    Certeza.

    VITO
    Mas agora temos que armar as
    barracas.

    Eles vão ate o fim de terreno, aonde poucas barracas estão armadas. Ike e Vito armam uma, Will e Lipe armam outra.

    Eles jogam as malas dentro das barracas.

    Will olha no seu relógio.

    WILL
    Duas horas. Vamos explorar.

    CUT TO:

    EXT. TRILHAS - DIA

    As trilhas são bem fexadas, devido a vegetação. Faz muito calor nelas.

    Uma placa dizendo Praia do Farol a 200 metros está no canto esquerdo.

    LIPE
    Vamos pra lá mesmo.

    CUT TO:

    EXT. PRAIA DO FAROL - DIA

    Eles saem da trilha e finalmente chegam à Praia do Farol.

    A praia é cercada por pedras em ambos os lados. É uma praia fexada. A água do mar é incrivelmente azul e as ondas são grandes e violentas. No lado esquerdo, em cima do morro há um grande farol. Vários surfistas estão no mar, e algumas pessoas mergulham. Na areia algumas tomam sol.

    LIPE
    Bora galera!

    Os quatro vão correndo até o mar e se banham.

    CUT TO:

    EXT. CAMPING - NOITE

    Will e Lipe estão em frente as suas barracas, sentados na grama.

    LIPE
    Curti a praia lá.

    WILL
    Eu também. Tô morto. Não rola
    sair agora a noite, não.

    LIPE
    Pode crer, não to muito afim
    também.

    WILL
    Amanhã tem o lual.

    LIPE
    É mesmo. Espero que seja legal.
    Vai ser na Praia do Farol, né?

    WILL
    Não, é na praia das Conchas.

    LIPE
    Ah, é mesmo.

    Lipe boceja.

    LIPE
    Tá batendo o sono. Vou dormir.

    WILL
    Também vou.

    Os dois entram na barraca e vão dormir.

    CUT TO:

    EXT. PRAIA DAS CONCHAS - NOITE

    Na areia, varias pessoas estão em volta de uma grande fogueira. Três tocam violão, o resto está com alguma bebida na mão. Nos quiosques as mesas estão lotadas, algumas pessoas dançam. Reggae é o que está tocando.

    Os quatro vão para um quiosque.

    BARMAN
    O que vai ser, meu velho?

    IKE
    Uma caipirinha com adoçante.

    O Barman cai na gargalhada.

    BARMAN
    Adoçante na caipirinha?
    Isso é coisa de viado.

    WILL
    Ele tá brincando, eu acho.
    Vê uma caipirinha.

    Eles pegam o copo e vão se sentar em um lugar mais afastado. Eles se sentam e ficam observando as pessoas.

    Will aponta para um grupo de mulher, não muito longe.

    WILL
    Vamos lá!

    Eles se levantam e vão na direção do grupo que está igualmente afastado da fogueira principal. São cinco garotas. Will senta do lado delas.

    WILL
    E ai garotas, tudo belezinha?
    Podemos sentar aqui?

    Elas respondem que sim em coro.

    Todos estão conversando, é um papo divertido. Eles estão rindo e bebendo. Uma das garotas está fumando maconha, ela oferece para os garotos, mas apenas Lipe aceita.

    Vito está conversando somente com uma. Ele está dando em cima da garota. A Fernanda.

    VITO
    Você é muito gata, sabia?

    Fernanda fica sem graça e da um sorrisinho.

    Will está olhando para um dos quiosques, ele não desgruda o olho. Lipe percebe.

    LIPE
    Mermão, pra quem você tá
    olhando?

    WILL
    Pra aquela menina ali.

    Will aponta para uma menina no quiosque. Ela tem uns 17 anos. É linda, bem bronzeada. Tem cabelos castanhos, olhos cor de mel. Seu nome é Dani. Ao seu lado há um homem gigantesco e forte devido a musculução, com cabelo militar.

    LIPE
    Nossa, que linda. Pena que já
    tem dona.

    WILL
    É...

    Lipe agora está beijando o pescoço de uma garota. Vito consegue arrancar um beijo de Fernanda. Will está com a cabeça nas pernas de outra garota, ela faz cafuné nele. Ike conversa com as outras duas a respeito de moda.

    CUT TO:

    EXT. PRAIA DAS CONCHAS - DIA

    O sol está nascendo. A fogueira já se apagou. Restam poucas pessoas na areia. As garotas não estão mais com os rapazes. Eles estão deitados, com sono.

    Ike é o primeiro a se levantar. Os outros levantam e eles vão deixando o local.

    CUT TO:

    EXT. CAMPING - DIA

    Cada dupla entra na sua barraca. E todos dormem rapidamente.

    CUT TO:

    EXT. PRAIA GRANDE - DIA

    Essa praia é enorme, não é fechada como a Praia do Farol. É final da tarde e o movimento é pequeno.

    Em um canto da areia, quatro pessoas estão jogando futebol, e umas seis estão assistindo. Todos são nativos da ilha.

    WILL
    Vamos jogar.

    Eles vão na direção do jogo.

    WILL
    Ae galera. Rola jogar?

    NATIVO
    Bele, bora ai. 4x4.

    E começam a jogar.

    Lipe faz o primeiro gol.

    O jogo estava 3x3 quando Vito corre com a bola e tropeça em um pequeno graveto. Todos riem.

    Agora o placar é 15 x 7 para os rapazes. Lipe está brincando com a bola. Um nativo não gosta e da um carrinho violento nele. Lipe se levanta e dá um soco na boca do individuo.

    Os outros nativos se irritam e vão para cima dos 4 rapazes, que tentam brigar mas são acabam apanhando feio.

    NATIVO
    Não quero ver nenhum de vocês
    por aqui denovo.

    Eles saem da praia sangrando e cambaleando.

    CUT TO:

    EXT. FORRÓ - NOITE

    O forró está acontecendo em um lugar aberto. Está lotado.

    Ike está com o olho roxo, assim como Vito. Will e Lipe estão com cortes na boca.

    IKE
    Depois eu volto.

    Ike deixa os rapazes e some na multidão.

    Will está indo no bar. Ele está pegando uma cerveja quando ve Dani, a menina do lual, ao seu lado. Ele não tira os olhos dela. Ela percebe.

    DANI
    Oi?

    WILL
    Oi... tudo bem?

    DANI
    Sim.

    WILL
    Qual seu nome?

    DANI
    Daniella e o seu?

    WILL
    Will. Você tá sozinha aqui?

    DANI
    Minha amiga ficou na pousada.
    Meu irmão tá aqui com a namorada.
    Eles estão dançando.

    A menina aponta para um casal. O homem é o mesmo do lual. Ele é o irmão da Daniella.

    WILL
    Tá afim de dançar?

    DANI
    Claro!

    Will pega nas mãos de Dani. Eles vão para o meio e dançam. Há um clima entre eles.

    Após dançarem eles procuram um lugar pra sentar, e encontram uma mesa de dois lugares.

    DANI
    Você dança bem!

    WILL
    Hehehe. Valeu. Tô cansado,
    mas beleza.

    DANI
    Você é da onde?

    WILL
    São Paulo, e você?

    DANI
    Curitiba.

    WILL
    Hmm, legal. Cidade modelo.

    DANI
    Pois é, é bem legal lá.

    De repente, Ike, Vito e Lipe aparecem na mesa, bêbados.

    IKE
    Oh... meu rapazito...

    LIPE
    Só pra avisar.. que... estamos
    saindo fora.

    WILL
    Não se percam!

    Os três deixam o lugar. Na saida eles brincam de lutinha.

    WILL
    Meus camaradas.

    DANI
    Acho que eles estavam bêbados!

    WILL
    Normal isso.

    Eles param de conversar. Will acaricia o rosto de Dani e aproxima a sua boca a dela. Os dois se beijam. É um beijo romântico.

    Não é muito longo. Eles se olham nos olhos.

    WILL
    Você é muito linda.

    A garota agradece o elogio beijando-o novamente.

    Eles se levantam da mesa e vão para a saida.

    WILL
    Tá acampando aqui?

    DANI
    Não, eu estou numa pousada.

    WILL
    Ah tá, lembrei. Qual é o nome?

    DANI
    Pousada Ilha Verde.

    WILL
    Fica pertinho da minha área de
    camping. Vamos, eu te levo.

    Eles caminham de mãos dadas.

    CUT TO:

    EXT. POUSADA ILHA VERDE - NOITE

    É uma casa rustica, no meio das arvores, são dois andares. Parece um lugar agradavél. Está tudo escuro, no maior silêncio.

    WILL
    Eu não trabalho de graça!

    Dani dá mais um beijo em Will.

    WILL
    Vamos fazer alguma coisa amanhã?

    DANI
    Pode ser...

    WILL
    Tchau Dani.

    Eles se despedem com um beijo curto.

    CUT TO:

    INT. CABANA - NOITE

    Will esta deitado na cabana, ao lado de Lipe, que está dormindo. Will está pensativo.

    CUT TO:

    EXT. CAMPING - DIA

    Lipe está procurando algo na sua mala. Ele tira o seu celular e começa a discar.

    PATY(o.s)
    Alô?

    LIPE
    Oi, Paty, sou eu!

    PATY(o.s.)
    Lipe! Como você está?

    LIPE
    Está tudo ótimo. Mas to com
    saudes de você.

    PATY(o.s.)
    Eu também estou.

    Continuam conversando.

    Ike esta sumido. Vito está em um banco lendo uma revista. Will acaba de deixar o camping.

    CUT TO:

    EXT. POUSADA ILHA VERDE - DIA

    Will está na frente da pousada. Dani está no andar de cima. Ela vê will.

    DANI
    Will!

    A garota desce as escadas correndo. Eles se abraçam, como se não tivessem se visto a muito a tempo.

    WILL
    Vamos tomar um sorvete?

    DANI
    Vamos.

    CUT TO:

    INT. SORVETERIA - DIA

    Will e Dani compram apenas um sorvete.

    DANI
    Você vai na balada da virada
    de ano, amanhã?

    WILL
    Só se você for.

    DANI
    Claro que vou. Eu e minha amiga.
    A Vanessa. Alias, você tem algum
    amigo disponivel?

    WILL
    Tenho.

    DANI
    Legal.

    Eles se beijam.

    WILL
    Aonde vai ser a balada?

    DANI
    Encantadas.

    CUT TO:

    EXT. ENCANTADAS - NOITE

    A balada acontece em um lugar aberto. Várias pessoas estão no local. A música é techno.

    Vito está caçando mulher, Ike o acompanha.

    Will e Lipe estão bebendo juntos. Dani e sua amiga, Vanessa, aparecem atrás deles.
    Will beija Dani e cumprimenta Vanessa.

    DANI
    Essa é a Vanessa, minha amiga.

    WILL
    Esse é o Lipe.

    Will e Dani vão para um lado. Lipe e Vanessa para outro.

    A música para. Fogos estouram. É meia-noite. Will e Dani se abraçam.

    DANI
    Feliz ano novo, Will.

    WILL
    Feliz ano novo! Que seus sonhos
    se tornem realidade.

    Eles se beijam.

    Lipe deixa Vanessa de lado e liga para Paty.

    LIPE
    Paty? Feliz ano novo! Te amo!

    Agora já passa das quatro da manhã, as garotas vão embora.

    Will e Lipe bebem cerveja. Vito e Ike aparecem. Eles ficam conversando. No bar alguém conhecido está comprando cerveja. É o nativo de domingo, exatamente quem deu o carrinho em Lipe. Eles o notam.

    LIPE
    Mermão, vamos arrebentar o
    cara.

    WILL
    Temos que ser rápidos. Tem
    polícia aqui.

    Os quatro fazem uma roda no Nativo.

    LIPE
    Ai filho da put.a. Lembra de mim?

    Lipe quebra a garrafa de cerveja na cabeça do Nativo, os outros dão socos e chutes. A policia aparece. Os garotos começam a correr. A policia vai atras, mas eles conseguem fugir.

    Eles estão perto do camping, eles riem muito.

    CUT TO:

    INT. RESTAURANTE - DIA

    Will e Dani almoçam juntos. O movimento no restaurante é pequeno.

    DANI
    Nossa, a Vanessa ficou louca pelo
    Lipe.

    WILL
    Eles ficaram ontem?

    DANI
    Não, mas olha só. Hoje a noite
    apareça na pousada. Leve o Lipe.

    WILL
    Certo.

    CUT TO:

    EXT. POUSADA ILHA VERDE - NOITE

    Will e Lipe estão juntos na frente da pousada.

    LIPE
    Uma pergunta. Você tá gostando
    da Daniella?

    WILL
    Não... Claro que não.

    Lipe percebe que Will não fala a verdade.

    As meninas estão deitadas na rede, que fica em baixo. Elas logo veem os garotos, rapidamente se levantam e vão até eles.

    DANI
    Olá garotos!

    Os quatro ficam sentados na grama conversando. Vanessa sussura alguma coisa no ouvido de Lipe. Os dois se levantam e começam a andar.

    Dani e Will estão abraçados.

    DANI
    Tá um vento gelado aqui. Vamos
    para o meu quarto?

    WILL
    Sim, vamos.

    CUT TO:

    EXT. CAMPING - NOITE

    Vanessa e Lipe estão na frente do camping. Eles estão sentados no chão e conversam. A conversa para, e Vanessa beija Lipe, que corresponde.

    Eles se levantam e vão para a barraca.

    CUT TO:

    INT. BARRACA - NOITE

    Dentro da barraca, eles continuam se beijando. Ela tira a camiseta de Lipe, que tira a sua blusinha.

    LIPE
    Não, não posso fazer isso.

    VANESSA
    O que foi? O que eu fiz de errado?

    LIPE
    Nada de errado. Você está sendo
    ótima. Mas sabe o que é? Eu amo
    alguém. Amo mesmo.

    Vanessa parece chateada. Lipe a agrada. A garota sai da barraca um pouco triste.

    CUT TO:

    INT. QUARTO DA DANI - NOITE

    Will e Dani estão na cama se beijando. Eles vão tirando a roupa um do outro devagar e transam.

    Agora eles estão com roupa. Will está indo embora.

    WILL
    Dani, gostei muito de hoje.

    DANI
    Eu também gostei muito.

    WILL
    Amanhã é meu último dia aqui,
    Sexta o ônibus sai as 8 horas.
    Tenho uma surpresa pra você. No
    final da tarde eu venho te buscar.

    DANI
    Vou estar esperando.

    CUT TO:

    EXT. BARRACA - NOITE

    Will chega na barraca, e Lipe está sentado na frente dela. Lipe está sorrindo.

    WILL
    Teve uma noite boa?

    LIPE
    Ótima. Descobri uma coisa muito
    importante, e você?

    WILL
    Acho que também to descobrindo
    algo.

    CUT TO:

    EXT. POUSADA ILHA VERDE - DIA

    Will e Dani estão saindo da pousada.

    DANI
    Pra onde nós vamos?

    WILL
    Já já você vai saber.

    CUT TO:

    EXT. FAROL - DIA

    Eles sobem o morro do farol. Estão no alto. Mais ou menos vinte pessoas estão lá cima, todas olham para a mesma direção. Will e Dani se sentam em uma clareira.

    O sol está se pondo. A visão é maravilhosa.

    WILL
    Eu te amo.

    A garota fica surpresa.

    DANI
    Eu também te amo.

    Elas dão um longo e romântico beijo.

    CUT TO:

    EXT. BARCO - DIA

    Os quatro garotos estão no mesmo barco de antes. Will e Lipe sentam juntos na ponta. Ike e Vito estão mais para o meio.

    VITO
    Cara, curti muito essas férias.
    Vi que não sou tão ruim
    com mulheres.

    IKE
    Legal. Eu aprendi uma coisa. Que
    você tem que aceitar ser quem
    você é. Eu nunca disse isso, mas
    é besteira esconder. Eu sou gay.

    Vito se assusta.

    Will e Lipe conversam.

    LIPE
    Cara, que saudades da Paty. Graças
    ao lance com a Vanessa descobri que
    realmente amo ela. Falando nisso,
    e a Dani? Mais uma pra lista?

    Will sorri.

    Ele mostra um papel com o telefone de Dani.

    WILL
    Eu também descobri uma coisa.
    Descobri que vou me mudar pra
    Curitiba.

    FADE TO BLACK.


    * A música Bob Marley - Is This Love começa a tocar.
     
  2. Saranel Ishtar

    Saranel Ishtar Usuário

    Sua história é mto grande!^^
    Mas eu li um poko!! Tá legal sim!! Amanhã leio mais um pokim!
     
  3. Tcheco_theOld

    Tcheco_theOld Usuário

    Nossa, tem muitos erros de escrita... peço desculpas...
    :]

    Esse texto foi soh uma experiença... o próximo nao vai estar tão nas coxas.
     
  4. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    O primeiro erro é conceitual... Se é Sampa, a única universidade pública é USP, e as unidades são longe pra dedéu de qualquer bairro dos arredores.

    Segundo, seria muito difícil alunos de unidades diferentes (medicina e matemática) se conhecerem e se toparem toda hora. A distância entre unidades é enorme, e não raras vezes, gente de uma unidade conhece de outras nas festas dos grêmios, e nas competições das atléticas.
     
  5. Clarice Starling

    Clarice Starling Usuário

    Gostei... mas ta muito grande.
    Devia ter feito capitulos :mrgreen:
     
  6. Athos

    Athos Usuário

    Concordo. Mas pelo menos foi legal ler tudo :obiggraz:
    Achei que o Vito ficou um cara meio muito sem sal, e que ficou meio estranho o Ike se assumir no final, sem pelo menos um pequeno destaque pra parte dele durante a viagem.

    E quantos aos erros que a Prímula apontou, me abstenho :mrgreen: não conheço... só acho que é o de menos pra historia...

    * Athos ao som de Angra - Heroes of Sand *
     
  7. Tcheco_theOld

    Tcheco_theOld Usuário

    valeu pelo toque!
    eu sou de curitiba... não sabia disso!
     
  8. Tcheco_theOld

    Tcheco_theOld Usuário


    é verdade
    ficou muito na cara q os personagens principais são o Will e o Lipe...
     
  9. Tcheco_theOld

    Tcheco_theOld Usuário


    o proximo vai ser em partes, pode deixar...
     

Compartilhar