• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

[L] Prosas poéticas e poemas curtos [ NON-TOLKIEN ]

Excalibur-um tempo atras pesquisei sobre a lenda ,vou ver quais sites que eu pesquisei e depois te mando uma mensagem particular.Mulan tb e meu flme animado preferido.


Sarcasmos-tb tenho uma filosofia sobre a verdade ,prefiro a pior verdade do que a melhor mentira.


Lestat-O pessmista sofre com os erros ,o otimista aprende com eles.
 
Essa poesia escrevi em setembro de 2002

ENQUANTO




Enquanto o amor estiver
guardado no coracao
a pessoa amda existira
Enquanto as lembrancas existirem na mente
Enquanto ainda sentir o perfume na noite
A pessoa nunca morrera
Enquanto nao se esquecer dos sorrisos
e abracos
tudo sera imortal
Vale a pena o amor
Seu preco e incontavel
Sua recompensa e infinita
Suas sementes nao param de crescer
Suas raizes sao forte o bastante
para acabar com ilusoes passageiras
A pessoa que fala e sorri a todos
e sozinha por dentro
popular por fora
a aparencia obvia engana
mas no coracao se esconde
a pessoa maravilhosa
No sorriso lagrimas de amor
Nas lagrimas sorrisos de dor
So ha um poder ,uma cura ,
o carinho eterno
que recolhe as tristezas plantando
e recolhendo o amor que foi bem cuidado
Nao ha trauma que nao se supere
Enquanto o amor existir
o odio sumir
a vinganca for esquecida
enquanto...
tudo for por amor
 
essa aqui eu fui escrevendo..o que veio na minha cabeça..por isso é meio inconsicente..


horizonte
a água bate contra as pedras
você sabe o que você deixou pra trás
você sabe que não importa mais
aonde está o meu amor?
aonde está aquilo que ficou
em qualquer lugar
se eu lutei, se eu corri
se eu deixei tudo ir embora
eu sei que fiz o que pude
eu sei que nunca fui deus
apenas um homem de verdade

aonde está o mar profundo
aonde está tudo aquilo
não sei
sei o que há na minha frente
Dividindo montanhas
Rios que corriam para o sul
Começam a mudar seu curso
Abrindo o mar
De novo e de novo
A gente não se cansa
Meu lugar é grande demais,
Maior que o de qualquer outro
E se ninguém consegue ver
Eu também não quero formigas

prazer, turbulência
tudo transbordando
um lugar quente
vários lugares na estrada
queimei minha casa
continuo queimando
até ser o suficiente
é o preço que eu tenho que pagar
para ter o mais frágil dos seres
e te achar em outro corpo
os lobos já se afundaram na terra
ainda estou vivo
ainda estou aqui
 
Eu escrevi um poema em inglês, e entreguei para meu amigo compor a música.

I never thought this could be true
Every so often I feel a breathing near
When the time pass by
My smile becomes a lonely tear

(Eu nunca pensei que isso pederia ser verdade
De vez em quando sinto uma respiração por perto
Quando o tempo se vai
Meu sorriso se torna uma lágrima solitária)

The roses are fading
the fairies are dieing
Yes, now it's too hard, leave me
I'd like fly away
Like that blak raven
To be lead by the wind
And can bleed freely

(As rosas estão murchando
As fadas estão morrendo
Sim, agora está difícil demais, me abandone
Eu gostaria de voar para longe
Como aquele corvo negro
Para ser guiada pelo vento
E poder sangrar livremente)

I want to pass all my life
Alone in my room
Listening to my favorit song
Under my hidden bedcover
Jus to be not present when I realize
That moment come
That moment gone
Like everything
Just for a little while, and on
I wish the moonlight forever

(Eu quero passar minha vida toda
Sozinha em meu quarto
Ouvindo minha música preferida
Escondida debaixo da coberta
Só para não estar presente quando perceber
Que esse momento vem
Que esse momento se vai
Como tudo
Só por um momentinho em diante
Eu desejo o luar eternamente)

The roses are fading
The fairies are dieing
Yes, now it's too hard, leave me
I'd like fly away
Like that blak raven
To be lead by the wind and can bleed freely

(As rosas estão murchando
As fadas estão morrendo
Sim, agora está difícil demais, me abandone
Eu gostaria de voar para longe
Como aquele corvo negro
Para ser guiada pelo vento
E poder sangrar livremente)

I never thought this could be true
I always remember the fragrance of
The sweet flowers of the spring
Until the autumn
When the petals'll start to fall
And I will hur my finger with a thorn

(Eu nunca pensei que isso pederia ser verdade
Sempre me lembro do perfume
Das doces flores da Primavera
Até o Outono
Quando as pétalas começarão a cair
E eu cortarei meu dedo com um espinho)
 
Laurelin Vox ,no verso que vc diz q fez o que pode ,eu lembrei que a minha mae me disse que nao devemos nos condenar pelo que fizemos no passado porque fizemos o que podiamos.E tb lembrei da frase da princesa Diana que disse que quando apagava as luzes antes de dormir sabia que tinha feito o melhor que podia.
 
bom, este é um poema que fiz esse ano, não é tão antigo. É meio pessoal, mas como vai ser a primeira obra que vou postar aqui, acho que está bom. Pretendo em breve postar alguns contos que escrevi já e que pretendo escrever.

Não espero que ninguém goste, mas gostaria de saber opniões. Saibam também que não sou nenhum expert e que tem muitos erros de metragem e etc.

Fiz porque senti uma inspiração e, para mim, não importa muito a sua técnica nessas horas, e sim expressar seus sentimentos.

EVELYN, TE AMO


Evelyn, te amo,
Você é como a lua cheia e as estrelas
As outras; apagas, a si mesma; ilumina
De si própria é dona, inútil, persisto
Sem você não vivo: sua alma me domina;
Me seduz; sem seu amor, nunca mais existo.

Evelyn, te amo,
Com seu amor; alegre é a vida.
Meses seguidos de sol, sem nuvens
Noites a claro: dias a esperar,
P’ra, alegre e amado, te ver
E como o amante da luz branca;
Da lua linda e ofuscante, viver.

Evelyn, te amo,
Nem o mais bonito poema
Dirá-lhe quanto te adoro,
Quanto você me faz feliz,
Quanto dependo da sua luz.
Obrigado por existir,
Obrigado por me fazer
Alegre, contente, feliz!
Obrigado! Muy obrigado!
 
Cuti :grinlove:

Bom,mais um acróstico.Estou pensando em montar uma coletânea antológica ( :eh: ) dos meus acrósticos do foda-se.Esse deve ser o quinto.

Faça o que fizer
Onde quer que esteja
De uma coisa não se esqueça
A vida não é medida por tempo

Se você não a mede
Em seu próprio coração.

(inspirado pela minh aprova de filosofia de terça feira)
 
Lord Meneltar, perfeito seu acrostico!

Aproveitando o embalo, vou mandar uma que eu fiz hoje. Nao sei se voces vao gostar, porque é bem pessoal...



Mariana


Busco-te em tortuosa trilha
Turvada
Encontro-te enfim em meus sonhos
Inacabada

Falta-te voz
Não me preocupo
Perco-te o cheiro
Hei de redescobri-lo

Para reencontra-la em meus braços
Abandono a mistificação da luxuria
A sensação de seu ventre sob meu toque
Enevoa tudo mais

Dizem-me que amo um mito
Novamente
Retruco
Estão enganados

Posso não me lembrar de detalhes
Mas algo é certo

Antes de amar-te
Amo amar-te
 
Amiguinha

Enquanto o amor existir
o odio sumir
a vinganca for esquecida
enquanto...
tudo for por amor
Pra mim é extremamente difícil manter o amor acima de outros sentimentos. Tenho tentado me modificar, mas é difícil! A propósito, mais uma vez, obrigado pelos sites!

-----

Siëlenor

Gostaria de saber como ficou (ou ficará) a música q seu amigo irá compôr, pois saiba q me amarrei na letra.

-----

Meriadoc Malkav

Pessoalmente, tb não me importo com técnica, penso q o poema tem q expressar o sentimento. Vc conseguiu isso de uma forma bem clara, é preciso coragem pra expressar-se assim, além de ser algo q nem sempre se consegue ou se deseja.

-----

Interessante seu acróstico, Lord Meneltar, aonde se encontram os outros quatro anteriores a este?
 
Para o Ir. Joãozinho, falecido no dia 14/06/2004. (O senhor vai fazer uma tremenda falta.)

E para Ir. Anita. (Eu gostaria de ter 10% de toda sua força, fé, pureza e sabedoria. A sra. sempre foi um exemplo!)




Ontem mesmo o senhor estava lá
Com o mesmo bom humor de sempre.
Mas hoje, aonde está?
Nos braços de Deus, tranqüilo e serene.

Sempre como uma criança,
Apesar do tamanho e da idade
Ainda tenho a esperança
de reencontrá-lo na celestal cidade.

Se eu soubesse q não o veria mais
Teria lhe dado pelo menos um abraço
Lhe pediria q fizesse mais doces:
Banana, goiaba, laranja e até mesmo damasco.

Mas não foi assim, não foi do jeito eu gostaria
Foi repentino, súbito e surpreendente.
No entanto, seus exemplos permanecem em minha mente.

O senhor considerava meu pai como um filho
Aquele q o senhor nunca conseguiu ter.
Me fiz assim, filho do seu filho.

Mas como um neto, não tive tempo, não pude ser...



"Guardians of Destiny - Rhapsody"
 
meriadok malkav-sua poesia e linda

Lord Meneltar-vc disse pouco ,mas disse tudo.


Finganforn-concordo pleamente com seus dois ltimos versos ,eu amo amar antes de amar.

Excalibur-nao se preocupe ,quanto mais vc ama mais vc quer amar ,qdo vc perceber vc vai colocar o amor acima de tudo.
 
Dizem que a esperanca e a ultima que morre.


Esperanca


Eu me lembro como se fosse ontem
Mas eu sinto que aconteceu ha muito tempo
Como se fosse um sonho que nunca mais vou ter
Eu despertei e chorei
Nao sei quando terei mesmo sonho
Eu estava esperando a morte
Estava vendo toda a minha vida
A morte nao veio me buscar
O medo tomou conta de mim
Mas eu venci a morte
Eu tinha esperanca de viver
Eu amava viver
Pensava que sentiria saudades
dos meus familiares ,amigos
E que eles sentiriam minha falta
Pensei nos filhos que ainda tive
Na profissao que ainda nao exerci
Ate perceber que eu tinha sobrevivdo
e que no pior momento eu tinha
um pouco de esperanca
Percebi que nunca perdi a esperanca em mim mesma.
 
Escrevi essa poesia, em "homnagem", a um tempo de tristeza profunda q eu passsei, no qual eu pensei em me matar(não sei se era sério, mas...)
Essa é uma carta de suicídio, mas não que eu vá me matar(por enquanto)

Carta de Suicídio

Cansei-me, enfim
cansei-me do mundo
cansei-me da vida
cansei-me de tudo

Porque continuar então
a apanhar sem dó do Destino
se tudo que eu posso fazer
é sentir a dor e ficar dolorido?

Então agora me vou
me vou deste mundo
para ir quem sabe a um p´roximo
para quem sabe voltar depois

Por isso deixo aqui
a minha carta de suicídio
que também é meu testamento
para que eu possa deixar
esse mundo de tormento

Aos amigos as lembranças
tanto as boas como as ruins
deixo também a minha ajuda
que já lhes prestei para vários fins

A eles também
ficam meus bens culturais
livros, CD's e revistas
e o que mais não quiserem meus pais

A meus então
ficam as imagens da vida
que com eles compartilhei
pois eu parto com a certeza
que para eles eu viverei

E por último deixo ao mundo
um desejo de boa sorte
e agora parto pra sempre
rumo ao reino da morte

E agora termino a carta
procuro um envelope perdido
guardo a carta e então
por fim me suicido.



sei lá....as vezes me dá vergonha de por isso na net..........
 
Ei Galera, depois de muuuuuuuuuito tempo sem entrar aqui no Fórum... VOLTEI! Acho q o pessoal nem lembra de mim, mas td bem. Amiguinha WooD! Nossa, faz muito tempo. Depois que mudei para SP, não terminei mais nenhum poema. Começei alguns, mas ñão ficaram como gostaria. Esse processo de escrever poema é complicado. Primeiro precisa de inspiração e depois conseguir expressar nos versos. O primeiro até q é fácil, mas o segundo fica meio complicado, ainda mais qd se está mudando um pouco de estilo, quero te rum pouco ais da sensibilidade do romantismo com um estilo de simbolista... é complicado, mas fazer o q, meus pensamentos querem assim...
Agora não tenho nenhum poema pra postar, estou de férias forçadas aqui em Goiânia (faculdade em greve!) e meus poemas estão td em SP. Mas sinto q tá na hora de escrever algo.
Laurelin, curto o jeito que vc escreve. As palavras cria um clima ...como eu posso dizer... mágico!? Esse último poema poderia ser uma música... coloca uns arranjos que lembre Natureza, uma voz crisstalina, uma guitarra (metal rox) e um violino... ficaria perfeita!
 
Eden

The first time I saw you
Oh, all my heart was blue
But I banished you from my mind
I was so dark and you were so bright...

Day by day We were changing
Changing and showing our real face
I realised I have some light
As you have a gloomy side.

I like you and I try to not falling in love
I have a stupid heart that dreams easily
But you don't seem to care about it
And I learn about you one thing more

You don't seem to like me
You just think I can be a good husband
If that's your only thought about me
I can't trust my heart in your hand

Sorry, my dear, I'm searching a real feeling
Not just a reckless wish
I'm still lost and confused about all this
I don't know what to think

I dreamed about you as my bride
I didn't notice you don't know me
As I dont know who you really are
So get back to your land and leave alone my heart

It was a little painful dream...

Something we both know won't get real
So let our masks down
'Cause I can't stand this situation anymore
Come on! Shout! Cry! Scream! Guilt me!

For all your undone pride...

For all the wounds in your heart
I let you attack me with no mercy
So all my good feelings about you
Will tear apart in a lot of pieces

And nobody will be able to mend it...



"Foolish Games - Jewel"
 
Dr.Estranho-eu tb escrevi uma carta de suicidio ,so k joguei fora ,te compreendo.


Valente-k saudade de vc e das suas poesias

Excalibur-bonita a sua poesia
 
Excalibur,

Que legal que você gostou!!! Fico Feliz :grinlove: .

Meu amigo ainda não compôs a música, mas penso em uma melodia bastante triste, pois a poesia é sobre um momento pelo qual passei.
 
Dr Destino

Não esquenta. Creio q a maior parte do pessoal q posta poesias com freqüência aqui no Poesia Sempre já sentiu esse sentimento horrível de desejar a morte. Não precisa se envergonhar.

-----

Siëlenor

Eu iria sugerir uma melodia triste com alguns relances agitados, algo q desse um ar meio q rebelde ao coro. Sua poesia, além de passar melancolia, parece mostrar q houve algum crescimento com toda a dor q foi sentida. Pelo menos, foi o q pude ver através dela. Tb gostei do ambiente criado relacionado com a natureza.

-----

Valeu, Amiguinha

Essa poesia foi pra uma pessoa q agora, mais do q nunca, tenho dificuldades de amar. Mas escrever sempre ajuda a extrasar o sentimento.
 
Menina dorme menina
Sossega que tudo há de se ajeitar
Há quanto tempo não tem medo de ser triste
Tanto, e tudo que tens é ser menina
Meninas nao têm medo
Apenas brincam, como se o mundo fosse do seu tamanho
Até que um dia o mundo cresce
E cresce rápido demais
Mas ainda é muito cedo
Sossega, tudo há de se ajeitar
menina dorme menina
 
CARROSSEL

Subindo e descendo,
Nessa mesma rotina,
Vendo o sol nunca nascer,
Tendo apenas o brilho na lua no seu olhar,
Vc minha querida,
Vive,
Subindo e descendo...
Nesse carrossel das desgraças...
Sentindo-se tão sozinha,
Porem tão completa,
Vc, meu amor, segue...
Rodando e rodando
Sem sair do mesmo lugar,
Tendo como apoio um lindo corcel,
Banhado em sangue...
Flores em seu tumulo é o que espera,
Mas nenhuma lagrima lhe será chorada,
E mesmo que por ventura o vento traga,
Uma pétala de uma flor,
Ao seu caixão,
Será por puro acaso...
Vc não se sentirá feliz,
Pq vc estará sempre, sempre...
Subindo e descendo
Rodando, rodando...
Nesse eterno carrossel
Nesse carrossel de almas caídas
Nesse carrossel das desgraças...
 

Valinor 2023

Total arrecadado
R$2.464,79
Termina em:
Back
Topo