1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[L] [O Sujo de Sangue] [Recuperando a Razão aos Tragos]

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por O Sujo de Sangue, 29 Nov 2002.

  1. O Sujo de Sangue

    O Sujo de Sangue Usuário

    [O Sujo de Sangue] [Recuperando a Razão aos Tragos]

    É só um prefácio:


    "É manha de sexta-feira. Ele acorda irrequieto. Sua visão, ainda fraca, busca desesperadamente reconhecer o local onde jaz o resto putrefato de sua condição física.

    Este é escuro, taciturno. Corpos agonizantes jazem ao seu lado, empilhados. Quanto tempo esteve fora? Donde estão seus íntimos neste momento de necessidade?

    Apenas uma coisa lhe era certa: nem mais um minuto poderia ele ficar naquele local. De sobressalto, impulsionado pela a angústia que lhe corroía, se colocou de pé. Não, ainda não era possível. Tombou, e lhe sobreveio a angústia. Como pôde chegar a este estado? Mas é persistente. Não na segunda, nem na terceira, mas enfim, numa das tentativas, logrou êxito. Caminhar se tornou prodigioso mister. Na sua angústia mental mal podia divisar os lúgubres corredores nos quais caminhava. Num deles, de soslaio, acuado pela dor de quem a muito se priva da visão, pode perceber uma luz, que, ainda que fraca, cativava sua latejante dor de cabeça.

    Ah, como se sentia bem em inspirar ar novo. A luz ainda lhe castigava, mas o suplício era compensado por aquele ar de vida. Não aquele com o qual se acostumara involuntariamente durante tanto tempo, pesado, necrotérico. Sua fortuna agora era constituída por aquilo que envergava. Um japona velha, uma calça de flanela.

    Tateia os bolso, como que por hábito, atitude de uma mente confusa. Que surpresa em encontrar um fumo de palha e uma velha caixa de fósforos! Definitivamente a razão ainda não lhe ocorrera. Há sensatez naquele que intoxica os pulmões depois de tanto regozijar-se por estar livre de um ar pútrido? Talvez apenas um tabagista compulsivo possa entender razão qual. A tosse rouca e seca acompanha cada trago, enquanto caminha, meio que sem rumo. Aos poucos, ia recuperando suas faculdades mentais, nos tragos mortíferos de seu cigarro de palha. "
     
  2. Lembas

    Lembas Usuário

    Tem clima...
    Vc diz que é só um prefácio, terá propósito também?
    []s
    Lembas
     
  3. Largo Cavafundo

    Largo Cavafundo Usuário

    Olha, costumo ser sincero em minhas avaliações de textos aqui, e assim serei.
    Não, o texto não está ruim. Mas não está bom. Você pode fazer melhor, eu percebo isto. O fato é que você se esforçou demais. Como já disseram aqui no fórum, não devemos nos fazer escrever, mas apenas escrever.
    Me senti lendo um livro pra escola, um daqueles que todos acham pentelhos e entediantes. Monótono. Seu texto é monótono.

    Porém, no fundo disto eu percebo uma idéia interessante e um escritor pronto para desenvolve-la da melhor forma possivel, e se isto é apenas um prefácio, espero o resto, até o posfácio se necessário, para ver se este desenvolvimento ocorre da maneira "correta" (não, não correta, pois escrever não se resume em certo e errado, mas apenas a maneira que eu gostaria).
     
  4. O Sujo de Sangue

    O Sujo de Sangue Usuário

    Obrigado pela crítica Largo. Fiquei surpreso ao perceber a idéia de um texto trabalhoso que lhe ocorreu. Eu compuz este prefácio em 10 min para o família valinolerie. Entretanto, ele me inspirou idéias, e resolvi postá-lo justamente por ter a intenção de continuar. Assim que tiver um pouco de tempo tentarei dar continuidade.
     

Compartilhar