1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[L] [Nightcrawler] [A história de Kyn ]

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Vinci, 2 Jun 2002.

  1. Vinci

    Vinci Usuário

    [Nightcrawler] [A história de Kyn ]

    Ato I : O mistério da múmia

    Olá !
    Sou Kyn!
    Kyn Tanatt !
    Já aconteceram muitas coisas na minha vida, mas nunca como aconteceu no dia 13 de junho do ano de 1203 na Espanha...
    Eu tinha 13 anos, estava passeando como qualquer dia, a brisa estava aconchegante... Pelo que eu me lembre, a viagem me fez ficar muito cansado... Cheguei mais ou menos às 16 horas, dormi até a meia noite, disso eu me lembro perfeitamente, porque o sino de uma catedral tocou forte, e eu fiquei com aquele som na cabeça por um tempão...
    As pessoas que eu considero estranhas por conseguirem ficar acordadas por mais tempo que os “normais” estavam alvoroçadas, todos gritavam muito... Eu que já estava acordado fui ver o que acontecia. A razão do problema era clara, uma múmia estava na vila naquele instante, eu me virei pra ver se tinham outras , e quando eu vi que não já era tarde , a múmia tinha me desferido um ataque com os próprios dentes...
    Todos consideravam que quem era mordido por uma múmia ficava com uma doença, mas aquela múmia, não sei, eu me senti melhor... Durante a viagem de volta para França não senti sono nem nada...
    Ao chegar na residência, pedi aos meus pais, Tom e Trinity que me levassem na casa de Frank Arris, um mago amigo deles...
    Eles me levaram, numa espécie de plataforma móvel a vapor que um anão nos deu a casa de Frank.
    Meus pais disseram que tinham que voltar, pois o anão Thorm ia jantar lá hoje, e eles como sempre queriam preparar uma coisa legal, grandiosa...
    No que eu entrei na casa de Frank, me impressionei com a quantidade de livros e outras coisas que ele tinha lá , logo que entrei, ele me ofereceu um chá...
    Durante o chá, falei da múmia, ele pensando um pouco na situação disse:
    - Se esta múmia supostamente não lhe fez mal, então o caso é grave... Nestes casos , o que acontece é mais um aviso, a múmia te passa os poderes que ela tem acesso, pois ela sabe seu destino , que provavelmente é a morte , com certeza a múmia é um parente antigo seu... – Disse Frank, já preparando um tarot bruxo para ver alguma coisa sobre o destino de Kyn...
    - Realmente, vejo que o caso é grave, mas a parte desses poderes eu gostei... – Disse Kyn, num estado de que não conseguia distinguir medo de empolgação...
     

Compartilhar