1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[L] [.:Manwë_Súlimo:.] A Origem da Confusão

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por .:Manwë_Súlimo:., 8 Fev 2003.

  1. [.:Manwë_Súlimo:.] A Origem da Confusão

    Bom, já que é para escrever vou dividir com quem se interessar algo que me ocorreu em uma madrugada de sexta feira.



    A Origem da Confusão.

    E Deus criou a Dor, a Magoa, a Saudade, o Amor... juntou tudo, misturou, e o duro fardo, nas costas de Adão, o bom Mestre jogou. Pobre que foi Adão, aquele que mal sabia que do pior dos frutos ainda estava por experimentar, antes, tivesse seus labios tocado somente o pecado, pecado que de pouco valeria seus labios em deleite lograr, se, em futuro proximo um duro fardo não fosse carregar. Mas o que O Sem Causa pretendia com o pobre Adão, quando no lombo do rapaz a confusão jogou? "Sê infeliz com o que levas", segurou, O Sem Causa, uma risada quase que cruel, e deixou que o coitado do Adão seguisse, sem saber do que ria o bom Mestre. Enfim, falou isto com desdèm de quem manda visita embora e soca a vassoura atrás da porta.
    Caiu Adão então no mundo, mas nada dentre vulvões, terremotos, furacões e Tsunamis era mais doloroso, mortal, fascinante e belo que o peso que carregava. Desertos e Montanhas viveu atravessou e em descanso parou e no ocio do pensar a curiosidade cutucou o fazer e ele o fez, foi ao encontro do fardo que carregava, bebeu da Magoa, sentiu a Dor, saudou a Saldade e matou o Amor...
    E cada noite, cada momento e cada vida, cresce o Homem que de pesar o Amor, sofreu a Dor, criou a Magoa e padeceu na Saudade.


    Deivson Rayner T. Costa ... Pindamonhangaba - 07/02/2003 - 2:07 AM
    - Pensamentos a respeito de coisas que sinto, vejo e imagino...
     

Compartilhar