1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[L] [Lorien] [Azul]

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Lórien, 15 Dez 2002.

  1. Lórien

    Lórien Última General de Nanto

    [Lorien] [Azul]

    Sigo em frente neste desafio insustentável de ser gente, e me perco em obras escuras de escuros poetas, que, como eu, amaram e viveram, tiveram sangue em suas veias. Contemplei os olhos azuis de meu anjo, e eles disseram: “Sou eu tua perdição, sou eu e este reflexo pálido de um céu primaveril. Terei mãos e braços e palavras macias, terei um sorriso abandonado em lábios ágeis e astutos. Sou eu quem vai te levar novamente ao antigo barco abandonado, e lá fitarei teu desespero ante as minhas promessas caveis. Mas não te magoes comigo. Sou poeta, mesmo em outro corpo que não sabe que me engendra. Sou poeta, mas poeta de carne, ossos e vivência, sou um poema escrito em rimas esquecidas. Sou essência. Sou o que te resta, e o que sempre irá amar.”
    Sentimento de perda e desistência, alma invadida pela esperança, então desfeita. Desta vez não acreditarei na Poesia. A Inspiração me assalta:
    - Ofereça tua alma a mim, cuidarei bem dela.
    Larguei a pena e o tinteiro ao chão. Não, não escreverei mais versos, não pelo amor.
     

Compartilhar