1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[L] [Locke Cole] [Final Fantasy VI]

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Locke, 26 Jul 2002.

  1. Locke

    Locke Usuário

    [Locke Cole] [Final Fantasy VI]

    Esta obra nos trás a historia de Final Fantasy VI, vinda dos olhos de um fan da serie, em suas próprias palavras e idéias de expressão.

    Trata-se de um pequeno livro narrando as aventuras passados no decorrer do game. Todo o conteúdo é de domínio próprio, não existe copia e nem mesmo tradução em sua historia, caso haja isto certamente será informado.


    Final Fantasy VI

    Prefácio


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Um homem
    Nem sempre a vida é como queremos. Algo diferente do que imaginava aconteceu, tive muito a ganhar, mas também um alto preço a pagar. Ser feliz não é relativo, felicidade nem mesmo tem preço, existe somente duas formas a se conquista-la, uma delas é sonhar, a outra acordar. Talvez o melhor fosse esquecer os desejos e a sede pela aventura, porem precisava acreditar que não era mais um ser sem rumo, sem um espaço no mundo. Um caçador de aventuras, esta é a palavra certa para o meu verdadeiro objetivo, ver as pessoas com os olhos de um guerreiro, e em seu reflexo a alma de um herói.

    Um ladrão é indicado como um alguém de má fé; saberia me dizer o por que então um homem com um bom coração, que passa os dias procurando aventuras, caçando tesouros, e desafiando a natureza e o império, é visto desta forma? Um dia as coisas tem de mudar, vou encontrar o meu lugar entre os bravos, meu nome estará entre os grandes, eu sei que vou!

    Será mesmo que a felicidade é apenas preservada frente ao amor? Estava me questionando a respeito de tantos detalhes, sem encontrar um misero porque, foi só ai em que o inesperado me levou até ela, e nas minas da cidade pude notar em seu rosto um olhar do qual jamais vou me esquecer, do carinho e confiança depositados nela, mesmo não sabendo que aquilo mudaria minha vida para sempre, e junto um fardo a ser carregado, não importando os problemas e dificuldades pendentes ao caminho.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Uma mulher
    Havia tempos em que pessoas como eu poderiam ter uma vida normal, longe das ambições de pessoas seduzidas pelo poder. Eu não posso me lembrar de muito, apenas de que fui usada pelo império, com fins de concretizar um terrível plano envolvendo a busca pela Magia. Algo pertencente a mim parece atrair as mais terríveis entidades, devo confessar que seria mesmo meu fim se um homem não estivesse ali para me estender às mãos.

    Tenho vontade de ser como as outras garotas, deixar os problemas de lado e viver um conto de fadas, ter um lar e alguém ao meu lado com quem compartilhar o nascer do sol. Antes não conhecia este impulso em meu peito, mas agora sei que a cada momento pouco a pouco esta me possuindo, ou talvez eu esteja me entregando.

    Medo é apenas um adjetivo para o que tenho sentido, não pela dor ou sofrimento, estas são coisas que estão comigo desde o inicio dos tempos; meu medo é de não viver o bastante para continuar a entender os novos sentimentos..

    Muitas perguntas a serem respondidas... Porem uma única razão a ser encontrada.

    O Story Play escrito é totalmente elaborado por Locke Cole® Direitos reservados
     
  2. Locke

    Locke Usuário

    Capitulo I

    Uma misteriosa jovem

    Foi a um longo tempo atrás, logo apos a guerra de Magi, o mundo sofreu uma enorme perda, e nos anos seguintes a magia deixou de existir!

    1000 anos se passaram e grande maquinas metálicas, armas de fogo, e outras invenções tecnológicas foram descobertas...

    Mas ainda existiam pessoas que planejavam reviver novamente a magia, e fazer do mundo seu próprio reinado.

    Poderia o mesmo erro voltar a se repetir?


    No meio da noite seguindo diante uma estrada recoberta por neve, dois estranhos soldados e uma jovem caminham, carregados por grandes maquinas na forma de robôs grandes e pesados, na verdade pernas metálicas com uma região central, onde se locomove seu usuário. Eles mostram interesse na missão, era possível notar que estavam a procura de um Esper nas terras geladas, a acompanhante deles estava em silencio, e apenas integrava o grupo por ordens diretas do próprio Kefka, sim o próprio homem por trás do império. Era mesmo um bom caminho até a cidade a pouco avistada pelo grupo, não parecia haver comunicação entre eles; Biggs e Wedge eram seus nomes, já a garota, o misterio permanecia sobre ela.

    Na cidade parece deserto, as pessoas não se mostravam como de costuma, e logo após os primeiros passos do grupo, alguns lobos e soldados aparecem. A batalha acontece naquele mesmo local, o mais estranho das maquinas e que surpreendia vinha a ser a habilidade de lançar magias elementares; maquinas criadas para substituir magias, mesmo não sendo fortes o suficiente mostravam um bom poder perto de seus oponentes. Com ajuda das maquinas o grupo facilmente conseguiu adentrar as minas da montanha onde estava a cidade, e o que tanto procuravam, até encontrar lá mesmo uma grade, que segundos depois de ser arrombada fez um animal atacar-los. Um monstro como um caracol gigante, foi preciso um leve uso de suas magias e um pouco de estratégia, e rapidamente a criatura chamada Whek teve sua derrota.

    Lá mesmo no inicio da caverna no interior das minas estava o grande objetivo, o Esper, congelado em uma lapide de gelo, parecia inofensivo, isso ate sentir a presença dos invasores, e de alguma maneira enviar Biggs e Wedge para algum lugar, não me pergunte onde, tão rápido quando imaginarão foi sua desintegração. Quanto a pobre garota, teve uma estranha reação junto ao Esper, como um contato ou algo parecido, não resistindo por muito tempo consciente.
     
  3. Vinci

    Vinci Usuário

    Boa idéia a sua de adaptação de texto garoto-dos-mil-nicks!
    Estou fazendo algo assim desde o começo do ano, só que é com o jogo Twinsen´s Odissey
     
  4. Sister Jack

    Sister Jack Usuário


    Ha! Olha quem tá falando? Se eu não me engano, esse é o seu terceiro nick, né Karver?
     
  5. Locke

    Locke Usuário

    Sei lá.. To pensando em adaptar algo menor sabe, tipo The Bouncer ou Ico, Devil May Cry...

    Final Fantasy é muito extenso cara! :o?:
     
  6. Dante Aqueronte

    Dante Aqueronte Usuário

    Acho que vou adaptar Blood Omen e Soul Reaver.
     

Compartilhar