1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[L] [Liteeliniel][Busca Pela Esperança]

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por liteeliniel, 8 Jun 2004.

  1. liteeliniel

    liteeliniel Usuário

    [Liteeliniel][Busca Pela Esperança]

    Então neh gente, deixa eu explicar... eu e um amigo meu da escola, o Tûk, resolvermos escrever um conto juntos a algumas semanas e temos escrito desde então e ele ficou mtu lekau.. entaum tava pensando em ir escrevendo em partes aki no forum, ou semanalmente ou em algum curto periodo de tempo pq, pelo menos nós gostamos bastante.
    Por isso coloquei Folhetim ali em cima e tbm, pq o conto num tem título ainda, mas assim que acharmos um nome pra ele eu coloco, e estamos aceitando sujestões.
    Espero que vcs gostem da idéia.


    Obs: O começo do texto pode parecer bastante bobinho, isso se deve ao fato de que antes de tudo, era uma brincadeira, apenas um joguinho. Mas Conforme o texto vai se desenrolando ele adquiri certa seriedade.



    Busca Pela Esperança
    Por Alex dos Santos e Júlia Souto (Liteeliniel)


    Primiera Parte; Tudo tem um começo...

    Era uma vez um garotinho chamado Lac, e ele morava num moinho no meio duma densa floresta com uma pequena raposa chamada Li. os dois eram amigos inseparáveis e sobreviviam juntos. Mas, um dia, Li chegou em casa agindo de uma maneira estranha e o menino resolveu investigar. Qual não foi sua surpresa quando viu que havia um pó dourado no animal.
    Então, ele começou a olhar em volta, procurando alguma evidência. Percebeu um rastro dourado deixado pela raposa e começou a seguir. Ela terminava na boca de uma carverna muito funda e diziam ser perigosa, pois lá dentro orava um monstro poderoso. Ele e Li se olharam e decidiram que era muito perigoso e resolveram voltar. Porém, no meio do caminho viram viram algo que os fez mudar de idéia: uma lebre branca de olhos vermelhos e carregava uma cesta com ovos de chocolate. Ela pulou e entrou na caverna. Lac adorava chocolate e Li adorava roedores (embora também comesse chocolate). Ascenderam então uma tocha feita de galhos secos espalhados pelo chão e entraram.

     
  2. Forfirith

    Forfirith Usuário

    Opa! Me lembra Alice no País das Maravilhas!!:grinlove:
    Parece, até agora, mais uma fábula, mas acho que promete!!
    Espero a continuação!! :D
     
  3. NeoDeSampa

    NeoDeSampa Usuário

    hm, eod de mais pra falar, mas parece que vai ser bom^^
     
  4. Excluído004

    Excluído004 Excluído a Pedido

    legal... preciso ver o resto... por enquanto tá interessante... :obiggraz:
     
  5. liteeliniel

    liteeliniel Usuário

    Segunda Parte; Tudo é questão de Escolhas


    Dentro, a luz que a caverna irradiava brincava com as sombras e uma corrente qualquer de ar faria um som que ao se misturar com as gostas de agua pingando do teto, criavam um ambiente estéreo e um clima assustador. Depois de algum tempo de caminhada, se depararam com uma bifurcação de dois túneis. O primeiro era para baixo, com uma grande escada que descia em espiral. O segundo ia em uma rampa para cima.
    Eles escolheram a primeira opção, pois, se havia uma escada, significava que alguém a construiu e por isso haveria alguma coisa la embaixo. Começaram a andar. A anciedade dos dois aumentava a cada passo.
    Quando avançaram alguns metros, puderam escutar um som de água corrente e lá embaixo iram de onde vinha: uma enorme rio cortava a caverna impedindo a passagem.
    - E agora Li? Como faremos para passar?

    Li não disse nada (claro, raposas não falam!) Ao invez disso, apenas caminhou até a borda do violento rio e chacoalhou-se le forma que o pó dourado armazenado em seu pelo, caiu; com a pata direita da frente, ele empurrou o montinho formado para a água. A correnteza parou e eles puderam nadar até o outro lado.
    Andaram mais um pouco com um ar cada vez mais pesado.
    - Acho que estamos descendo, Li. - Lac disse enquanto olhava em volta, procurando seu pequeno amigo. O encontrou fuçando em uma parede.
    - O que você achou ai? - Perguntou, aproximando-se.
    A raposa olhou para ele e com a pata, tirou de um buraco na quina, um mapa de aparência antiga. Nele, estava descrito o caminho para a Caverna de Cristal, lugar onde os magos se encontravam para se distrair e dar festas de vez enquando. Lac guardou o mapa.
     
  6. Éomer .

    Éomer . Usuário

    Muito legal a história Ju . Continue a escreve-la . :D
     
  7. Evestar

    Evestar Usuário

    ta 10 espero que continue logo tá :wink:
     

Compartilhar