1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[L] [KNOLEX][SENHOR DOS DERIÉIS e CRÔNICAS DE COPACABANA]

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Knolex, 26 Jun 2002.

Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.
  1. Knolex

    Knolex Well-Known Member In Memoriam

    [KNOLEX][SENHOR DOS DERIÉIS e CRÔNICAS DE COPACABANA]

    Em agradecimento a todos que votaram em mim e me deram o prêmio do Fórum Awards de Melhor Escritor, vou postar nesse tópico A obra completa de O Senhor dos Deriéis e o texto Crônicas de Copacabana.

    Pelo tamanho dos textos, o servidor não acewita ele inteiro num só post, portanto vou ter que pôr cada texto em um post, ok V?

    Agradeço a todos, e aviso que em respeito a todos qu e memandaram mesngaens, seja por MP ou pelo ICQ, continuarei a preparar a VErsão Extendida de O Senhor dos Deriéis.

    Aqui vão os textos, cada um em um post infelizmente.


    Copacabana

    Seis horas da manhã é o horário mostrado pelo relógio no calçadão. Os primeiros raios de sol saem discretos atrás do mar e os primeiros tiros de bom dia são disparados pelos traficantes.
    Já se pode ver crianças e adolescentes correndo em direção aos diversos pontos de ônibus, com medo de chegarem atrasadas em seus respectivos colégios. Também se vêem os donos de quiosques e bares abrindo seus estabelecimentos. O vendedor ambulante chega nos distribuidores de biscoitos esperando um dia de muitas vendas, enquanto os donos de barraquinhas de areia desenterram suas mercadorias do fundo da areia macia. Ao longe, dá para avistar uma senhora bem velhinha, daquelas que nem do próprio nome consegue se lembrar, jogando milho, sabe-se lá de onde, para centenas de pombos que ali habitam.
    No relógio já são nove horas. O trânsito é intenso e as pessoas correm para poderem chegar no trabalho a tempo. Ouve-se bastante também vendedores de praia e seus tão populares gritos de “Ô água!!! Sorvete!! Picolé!!”. No calçadão, idosos e jovens andam ou correm para manter a forma e conservar a saúde, enquanto as babás passeiam com os bebês falando mal “daquela vizinha de Guadalupe que tomou chifre do marido e apanha todo dia”, ao invés de cuidarem de suas próprias vidas, que já são tão massacradas pelo dia a dia de uma grande cidade.
    Três horas se passam, meio-dia, doze horas agora são. Executivos em restaurantes, mendigos pedindo comida, pivetes correndo atrás de velhinhas cuja bolsa está fácil de pegar. Moleque com camisa de time estrangeiro assaltando carro ou ônibus, O que der.
    Passaram doze oras, meia-noite. No mesmo calçadão por onde velhas loucas e babás fofoqueiras passaram pouco antes, travestis e prostitutas tomam conta do local. Boates lotadas, orgias no meio da pista, cartão-postal nacional agora é mundo “underground”.
    Numa seqüência de acontecimentos, um dia inteiro já passou, logo o horário será seis horas da manhã e tudo voltará a acontecer de novo, numa desvairada e fora do comum rotina, que esperamos que não tenha fim, afinal quando Copacabana ficou famosa com certeza já era assim.








    -------------------------------------------------------------------------------------

    Prólogo:

    O Fórum mudou.
    Eu sinto no layout
    Eu sinto nos posts.
    Eu vejo nos membros...
    Muito do que foi está perdido. Para os que agora acessam não se lembrem.

    O Senhor dos Deriéis

    Tudo começou com a criação dos Anéis dos Moderadores do Poder. Três deles foram dados para os Veteranos, imortais, os mais sábios e justos dos membros. Sete para os Olifantásticos, grandes desbravadores da memória. E nove, nove anéis foram dados para os Insones, que acima de tudo desejam permanecer acordados. Com esses anéis, foi dado o poder e a liberdade de moderar cada Fórum. Mas eles foram enganados, pois mais um anel foi feito.

    Nas terras de Curitiba, no Caldeirão da Baixada, O Senhor Escuro Wesley Negão forjou secretamente com seus dedos macios mais um anel, chamado Deriel, para controlar todos os outros. E nesse anel ele despejou sua homossexualidade, sua malícia e vontade de dominar o Fórum.

    "UM ADMIN PARA A TODOS MODERAR!”.

    Um por um, todos os tópicos livres do Fórum Valinor caíram diante do poder de Deriel. Mas alguns resistiram. Uma última aliança de Fazedores de Banners e Olifantásticos marchou contra os exércitos de Wesley e nas arquibancadas do Caldeirão da Baixada lutaram pela liberdade dos membros do Fórum.

    A vitória estava próxima. Mas o poder do Admin não poderia ser facilmente desfeito.

    E foi no momento em que toda esperança desvaineceu, que Kanawati, filho do açougueiro pegou o facão do pai e cortou o membro(CENSURADO) onde estava o anel.

    Wesley Negão, o inimigo dos membros livres da Valinor estava derrotado. O Deriel foi passado a Kanawati, que teve a chance de destruí-lo para sempre.

    Mas o coração dos homens é facilmente corrompido. E o admin do poder tem vontade própria. Traiu Kanawati o levando a morte. E algumas coisas que não deviam ser esquecidas se perderam.

    A história se tornou lenda, a lenda virou mito, e por dois mil e quinhentos anos, o Deriel permaneceu oculto. Até que quando teve a chance, encontrou ardilosamente outro portador, também de dedos macios, porém não era Wesley

    <<Omykron - Meu Preciossso>>

    O Deriel caiu nas mãos da criatura Omykron, que o levou para as profundas e escuras cavernas das Montanhas Sombrias. E lá, o consumiu de prazer.

    <<Omykron: Ele veio para mim, meu admin, meu amor, meu prrrrreciossssso!>>

    O Deriel deu a Omykron uma longevidade sexual anormal. Por quinhentos anos, envenenou sua mente. E na penumbra da caverna de Omykron ele esperou. A escuridão voltou à floresta do mundo. Rumores de uma grande sombra afeminada vinda do Leste, murmúrios sobre um medo inominável, e o Admin do Poder percebeu. A hora chegara.

    Ele abandonou Omykron. Mas algo ocorreu que não era do intento do Admin. Ele foi achado pela criatura mais improvável.

    <<Bastian : O que é isso?>>

    Um hobbit: Bastian Hawkins, do Condado.

    <<Bastian: Um anel.>>

    <<Omykron: (de longe)Perdi!!!! Perdi meu Deriellllllllllllll!!!!!!!!>>

    Em breve, hobbits governarão o destino de todos.

    A Sociedade do Deriel
    O Condado, 60 anos depois.

    <Um hobbit, lendo, sob uma árvore, ouve uma voz masculina cantando. Ele corre para ver quem é e vê um velho, com vestes cinzas e chapéu-sombrinha, guiando uma carroça com fogos>

    Velho: <cantando> Ops, I did it again, I played with your heart... Got lost in this game... oh baby baby....

    Hobbit: Você está atrasado!

    <O Velho não olha para o Hobbit inicialmente, e aí se vira lentamente, com uma expressão inconstante na face>

    Velho: Um mago nunca está atrasado, Largo Cavafundo. Nem está adiantado. Ele sempre chega precisamente quando ele pretende.

    <Ambos começam a rir>

    Largo: <corre até o carro e abraça o velho> É maravilhoso vê-lo Knolex!

    Knolex: Você não pensou que eu ia perder o aniversário do seu tio, pensou?

    Largo: O que há de novo no mundo lá fora? Quem venceu o Big Brother Arda?? Conte-me tudo!

    Knolex: Tudo? Você é muito ávido e curioso para um hobbit. Isso não é natural. Bem, o que posso lhe contar? Tom Bombadil venceu o Big Brother.... No geral, a vida no mundo continua igual ao que foi na última Era, cheia de vicissitudes e assuntos próprios, totalmente alheios à presença dos hobbits, O que me deixa muito grato.

    Hobbit feio: Olhem!!! É o Knolex!!!!

    <Knolex sorri e liga o ventiladorzinho do seu chapéu>

    <Hobbits erguem um Banner escrito: Feliz aniversário Bastian Hawkins (Mithrandir- SDB).>

    Knolex: Ooh! A festa muito esperada! E então? Como vai o velho Bastian? Ouvi dizer que a festa vai bombar.

    Largo: Você conhece Bastian, Ele agitou toda a galera.

    Knolex: Hmm, Isso deve agradá-lo.....

    Largo: Metade do Condado está convidada.

    Knolex: Cacete!!!

    Largo: Ele está armando alguma.

    Knolex: Oohhhhhhhhhhhh Que novidade!!!! Você descobriu o Brasil!!! Dããããããããã....

    Largo: Ok, guardem seus segredos.<Knolex ri> Antes de você aparecer nós Hawkins e Cavafundos éramos bem afamados.

    Knolex: Jura?

    Largo: Nunca tivemos nenhuma aventura ou feito inesperado.

    Knolex: Se você está se referindo ao incidente com o dragão, saiba que eu mal estive envolvido.Tudo que fiz foi dar um empurrãozinho para ele sair de casa.

    Largo: seja lá o que você fez, você foi oficialmente rotulado como perturbador da paz.

    Knolex: Sério? Não tá falando de sacanagem não?

    <Um hobbit olha feio para Knolex>

    Hobbits crianças: Knolex! Knolex! Fogos?


    <Knolex peida e da bunda dele saem fogos esverdeados>

    <Hobbitizinhos pulam alegres>

    <Knolex dá uma grande risada>

    <O hobbit que tinha olhado feio dá uma risadinha e a esposa dele dá uma bronca nele>

    Largo: Knolex - Estou feliz que você tenha voltado.

    Knolex: <após Largo saltar e sair> Eu também fedelho... Eu também....

    <Knolex chega a um portão com um cartaz anunciando que não queriam visitas que não estivessem relacionadas à festa.>

    <toc, toc, toc>

    Bastian: Não, obrigado! Não queremos visitantes nem parentes!!!

    Knolex: E que tal velhos amigos?

    <Bastian abre a porta>

    Bastian: Knolex?

    Knolex: Bastian Hawkins!

    Bastian: Knolex! <Eles se abraçam>

    <aparecem os dois tomando chá na cozinha>

    Knolex: Então, você continua com aquele plano?

    Bastian: Sim. Está tudo certo.

    Knolex: O Largo suspeita de algo....

    Bastian: É claro que desconfia! Ele não é um Bolseiro ou coisa do tipo!!!

    Knolex: Você vai contar a ele, não vai?

    Bastian: Sim...

    Knolex: Ele é amarradaço em você...

    Bastian: Tô ligado. Ele provavelmente iria comigo se eu pedisse. Mas ele ainda ama essa terra. Mas eu preciso de Férias, Knolex. Férias bem longas. E não acho que voltarei. Na verdade, eu não pretendo voltar.

    <À noite, no lado de fora de Bolsão>

    Bastian: Cannabis. A melhor erva de Medelin.

    <Bastian solta um círculo de fumaça e Knolex lança a fumaça em formato de pênis atravessando o círculo>

    <Corta para a festa de Bastian. Todos estão em volta de um palco. Inclusive dois hobbits. Um chamado Fosco Cachopardo e o outro chamado Francis Drake... Também havia o jovem jardineiro de Largo, Tirion Windlord>

    Hobbits: Discurso!!!!

    Largo: Discurso!!!

    Bastian: Meus queridos Hawkins e Cavafundos, Cachopardos e Windlords, Drakes e Beiçolargos!

    Peregrin Tûk: Beiçolargo é a PUTAQUETEPARIU!!!!!!!!!!

    Bastian: Hoje é meu 111° aniversário!!!

    Hobbits: Boca livre!!!! Viva!!!


    Bastian: 111 anos é um tempo curto demais para viver entre hobbits tão excelentes e admiráveis. Eu não conheço metade de vocês como gostaria e gosto de menos da metade de vocês a metade do que vocês merecem.

    Bastian: err.... Eu tenho coisas a fazer. Eu adiei isso por muito tempo. Lamento informá-los que é o fim. Estou indo agora. Desejo uma boa vida a todos. <ele põe o anel e desaparece>

    Hobbits: Ooh!

    <Corta para Bastian e Knolex em Bolsão.>

    Bastian: Estou deixando tudo para ele.

    Knolex: E esse anel aí?Também vai deixar?

    Bastian: Sim. Tá num envelope do lado do vibrador.

    Bastian: Opa, não está não. Está comigo... Engraçado, não? Por que eu não deveria continuar com ele? Adoro passar meus dedos macios nele.

    Knolex: Acho melhor deixá-lo... É tão difícil?

    Bastian: Não... E sim! Agora que percebo, ele é meu. Ele veio para mim!

    Knolex: Ihhhh Qual é? .Vai ficar revoltadinha, é?

    Bastian: Se estou bravo a culpa é sua! Ele é meu, meu anel, meu precioso.

    Knolex: Precioso? Ele já foi chamado assim, mas não por você..

    Bastian: Isso não é da sua conta!!!

    Knolex: Você já teve o anel por muito tempo..

    Bastian: Você o quer, não é?!

    Knolex: Bastian Hawkins! Não me julgue um Mister M da vida! Não quero te roubar! Quero te ajudar.

    Bastian: <começa a chorar>

    knolex: Somos amigos há anos. Confie em mim e deixe o anel.

    Bastian: você está certo. Vou deixar o anel para ele. Adeus.

    <bastian abre a porta>

    Knolex: bastian…

    Bastian: Hmm?

    Knolex: O anel.... Está no seu bolso ainda.

    Bastian: Oh, sim…

    <bastian tira o anel e o solta no chão>


    bastian: Pensei num final pro meu livro. Que tal: E viveu feliz para sempre...

    Knolex: Finalzinho muito boiola... Melhora ele....

    Bastian: Adeus, knolex.

    Knolex: Adeus, caro bastian.

    <Bastian sai cantando a Macarena e some no horizonte>

    knolex: Até nosso próximo encontro.


    Algum tempo depois...


    <Largo entra na toca e repara que está a maior bagunça>

    <knolex o segura por trás >

    largo: Huh?!

    Knolex: Está em segredo e a salvo?

    <Corta para Knolex jogando um envelope na lareira>


    largo: O que você está fazendo? Pirou?

    <knolex tira com um negocinho o anel do fogo>

    Knolex: Pode segurar Largo... Está gelado. Você vê alguma coisa?

    Largo: É claro!!! Não sou cego pô!!!

    Knolex: Eu quis dizer no anel, seu retardado!

    Largo: Ah...Nada. Não há nada... Espere. Tem uns trocinhos escritos. Acho que é russo. Não sei ler esse troço!

    Knolex: Poucos conseguem. A língua é de Curitiba, a qual não vou pronunciar aqui.

    Largo: Curitiba?

    Knolex: Na língua comum diz: "Um Admin para a todos moderar, Um Admin para os tópicos trancar, Um Admin para editá-los e nesse fórum deletá-los".

    Knolex: Esse é o anel de Admin, conhecido como Deriel. Forjado pelo Senhor Escuro Wesley Negão na Arena da Baixada. Tomado por Kanawati do membro do próprio Wesley.

    Largo: Bastian o encontrou. Na caverna de Omykron.

    Knolex: Sim. Por 60 anos o anel ficou adormecido aos cuidados de Bastian, prolongando sua vida. Mas não mais Largo. O mal retornou ao poder em Curitiba. Deriel acordou. Ouviu o chamado de seu mestre.

    Largo: Mas Wesley foi destruído!.

    Knolex: Não, Largo. Sua libido resistiu. Sua força está ligada ao Deriel. Wesley retornou. Seus orcs se multiplicaram. Wesley precisa de Deriel para cobrir o mundo em uma segunda escuridão multicor. Ele está o procurando. Eles são apenas um, Largo, Deriel e Wesley Negão. Ele jamais deve encontrá-lo!.

    Largo: Certo! Vou escondê-lo e não vamos falar sobre isso!. Ninguém sabe que ele está aqui! Alguém sabe, Knolex?

    Knolex: Omykron. Ele foi capturado por Wesley e após horas de torturas sexuais deixou escapar as palavras Condado e Hawkins.

    Largo: Condado. Hawkins. Eu sou Largo Cavafundo Hawkins. Eles vão me achar!

    Knolex: Você está ferrado.

    Largo: Então eu não posso ficar no Condado!!!!

    Knolex: Não... Não pode.

    Largo: O Que eu devo fazer?

    Knolex: Se manda depressa!.

    Largo: Pra onde??

    Knolex: Ah, sei lá... Vai pra Bri..

    Largo: Bri. E você?

    Knolex: Eu vou é fugir!.Não sou besta nem nada....

    Largo: Vai me deixar sozinho????

    Knolex: Ah tá. A gente se encontra no Pônei Saltitante.

    Largo: E o Deriel estará a salvo lá??

    Knolex: Sei lá Largo. Vou mandar um apo com um sujeito lá da minha Ordem. Ele é meio retardado, mas serve. Confie em mim e tome cuidados!!!

    Largo: Okey dokey.

    Knolex: Ah, Largo. Hobbits realmente são criaturas esquisitas! Baixinhos e de pés peludos... Como vocês são feios...

    <Knolex ouve um barulho e puxa algo de um arbusto>.

    Tirion: Oooff!!

    Knolex: O que você está fazendo Tirion Windlord???!!!! Estava espionando???

    Tirion: Eu não tava fazendo nada!!! Só estava tentando ver se o Largo estava se trocando. Sempre faço isso.

    Knolex: O que você ouviu???

    Tirion: Nada demais.... Só algo sobre um negão, um anel e o fim do mundo. Não faça nada comigo seu Knolex. Por favor!

    Knolex: Ah, não enche....

    <Corta para os três na mata.>

    knolex: Se liguem! O inimigo tá de olho. Não esquece Largo, o Deriel está tentando voltar para os dedos macios do Wesley.

    <Corta para knolex chegando em Orthanc. Folco, o Gamgee, desse as escadas.>

    Folco:Fumaça se ergue da arena da Baixada. O tempo passa e Knolex, o Flatulento vem à procura dos meus conselhos. Foi por isso que você veio não é meu caro amigo?

    Knolex: Folco. <

    <knolex e folco andam pela grama>

    folco: Você tem certeza?

    Knolex: Não há mais dúvida.

    Folco: Então o Admin do Poder foi achado...

    Knolex: Todos esses anos estava no condado.... Na minha cara....

    Folco: E mesmo assim você não percebeu. A cannabis dos pequenos deixou sua mente avariada.

    Knolex: Mas ainda temos tempo.

    Folco: Tempo? Que tempo você pensa que temos?

    <knolex e folco na sala de principal>


    folco: Está mais tarde do que você pensa. As forças de Wesley já se movem. Os Nove já deixaram o Clube da Insônia.

    Knolex: Os nove!

    Folco: Atravessaram o GERAL semana passada.

    Knolex: Chegaram ao Condado?!

    Folco: Eles acharão Deriel...E matarão o portador.

    Knolex: Largo!

    Folco: Você não achou realmente que um hobbit iria conter a vontade do Senhor Escuro, achou? Ninguém pode. Contra o poder vindo de Curitiba não há vitória possível. Devemos nos unir ao Wesley Negão!

    Knolex: Me diga, quando Folco, o Gamgee, trocou a razão pela insensatez

    <Knolex se vira para peidar, mas Folco solta um arroto e derruba Knolex>

    folco: Pelo que vejo você escolheu o caminho da dor... E do fedor!!!!

    <folco joga knolex pro alto de Orthanc>

    <Corta para o Condado. Tirion e Largo andam e no caminho vêem dois hobbits se acariciando>

    Tirion: Fosco e Francis!!!!!

    Francis: Largo! Largo Cavafundo!

    Fosco: Olá Largo!

    Francis: Pra onde vocês estão indo?

    Largo: Precisamos chegar em Bri o quanto antes!

    Fosco: Tudo bem! Nós vamos levar vocês! Suba no meu lombo... Ops, na minha carroça! Ela está estacionada do lado daquele carro que passou ao fundo do filme!

    <corta para os 4 hobbits chegando em Bri>

    Digo_s: O que vocês querem?

    Largo: Tamos a fim de tomar um Bala 12 lá no Pônei saltitante.

    Digo_s: Certo! Mas o que 4 hobbits vieram fazer em Bri?

    Largo: Você pergunta muito.

    Digo_s: Foi assim que eu me tornei o maior flooder do Fórum. Perguntar coisas sem razão é minha especialidade.

    <Hobbits entram no Pônei Saltitante>

    Largo: Ô do Balcão!!!

    Leo_CE: Fala fedelho!

    largo: Nós somos amigos do Knolex, o Flatulento. Ele já chegou?

    Leo_CE: Knolex? Ah, sim. Gordão, alto pra caramba e com um peido devastador. Não aparece há meses.

    <Eles ficam surpresos. Corta para eles numa mesa>

    tirion: O que que a gente vai fazer agora?

    largo: Sei lá. O jeito é esperar e ver se ele aparece....

    Tirion: Aquele sujeito não pára de te olhar. Acho que ele quer te comer.

    largo: <para Digo_s> Ei, quem é aquela bicha ali do canto?

    LEO_CE: Ele é um dos Guardiões. Não sei o verdadeiro nome dele, mas por aqui o chamam de Membrocurto.

    largo: Membrocurto. Humm.. Preciso ir ao banheiro

    <Corta para Largo no mictório do banheiro assobiando. de repente, o anel cai do bolso e vai parar no membro de Largo. Ele desaparece>

    Voz de Wesley: Nem tenta se esconder bofe! Eu te acho com os meus dedinhos! Hhihihihiihihihihih....

    <largo tira o anel e descobre que Membrocurto também estava no banheiro. Membrocurto puxa Largo e o leva até um quarto>

    Membrocurto: Qualé baixinho? Tá querendo se mostrar?

    largo: O que você quer? Eu sou espada!

    Membrocurto: Toma mais cuidado com essa p**** que você está carregando!!!!.

    largo: Eu não estou carregando nada!!!

    Membrocurto: De fato!

    largo: Quem é você?

    Membrocurto: Você está com medo?

    largo: Sim.

    Membrocurto: AHAHAHAHHA!!! Medroso!! Franguinho!! HAHAHAHAHAHAHHA.

    <A porta abre e entram os outros hobbits>

    tirion: Antes de comer ele vai ter que me comer primeiro

    Membrocurto: Você é muito viado para um pequeno hobbit. Fiquem nesse quarto que é mais seguro

    <Aparecem flashes dos Insones destruindo o quarto que seria destinado aos hobbits enquanto Membrocurto observa pela janela>

    largo: Quem são eles?

    Membrocurto: Já foram homens. Grandes filósofos humanos. Mas Wesley, o Biscateiro, os deu os nove anéis do Clube da Insônia. Cegados pela ânsia de se manterem acordados, eles aceitaram sem questionar. Um por um caíram na escuridão. agora são escravos sexuais de Wesley. Eles são os Nazgûl, Espectros do Sono, nem vivos nem mortos. Eles sentem a presença do Admin do Poder. Jamais vão deixar de perseguí-lo.

    <Corta para eles 5 caminhando>

    largo: Para onde estamos indo?

    Membrocurto: Para o clube da Nostalgia, em Valfenda. A casa do Mestre Erunámo.

    tirion: Legal!!! Vamos ver elfos!!! E melhor ainda, Olifantásticos!!!!!

    <Corta para Orthanc. Folco olha no Palantir>

    Folco: O poder do Fórum Geral está nas suas mãos, Wesley, Senhor da Pederastia.

    Voz de Wesley: Agita uns bofes dignos de Curitiba!

    <Orcs entram>

    Orc: Qual a ordem vinda de Curitiba? O que comandam os Dedos Macios?

    Folco: O Harry Knowles disse... ops... Wesley deu ordens!

    <knolex acorda e vê a destruição do GERAL>

    <Corta para os hobbits no topo do vento. largo está se masturbando quando vê abaixo 5 Nazgûls chegando>

    largo: Corram!!!

    <Os Insones chegam e apertam um botãozinho ligando seus sabres-de-luz>

    Insone 1: Eu sou um Insone mau e feio!!! Arghhh!!!!!

    Insone 2: Eu não sou Insone, não sou nada! Sou uma sombra!!!

    Largo: Vocês não vão me pegar! Eu sou um hobbit, assim como foi meu pai antes de mim!

    Líder dos Insones(Smarzaro): Largo, I´m your father.

    Largo: Nãoooooooooooooooooooooooooooo!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Smarzaro: Una-se ao lado negro Largo!

    Largo: Você está mentindo!!!

    Smarzaro: É... Estou, mas não deu certo... MORRA!!!!

    <Tirion se joga na frente mas é empurrado. Largo abre o zíper da calça e põe o anel. Quando ele some aparecem 5 figuras cor-de-rosa. Smarzaro avança e com o sabre-de-luz fere Largo>

    Largo: Aaaahhhh!

    Tirion: largo! <e corre para o lado dele>

    Largo: Oh tirion!

    <membrocurto aparece e liga seu sabre-de-luz e derrota os 5 Insones>

    Tirion: Membrocurto. Nos ajude!

    Membrocurto: Ele foi ferido por um sabre-de-luz da Insônia. Precisamos levá-lo a Valfenda.

    <Corta para knolex no topo de Orthanc. Aparece um mosquito>

    Knolex: Era só o que faltava. Já estou preso e agora me aparece um Aedes Aegypt.

    <Corta para as Minas de Folco, onde Pop Lurtz sai do casulo.>

    Folco: a quem você serve?

    Pop: Eu ejaculo!!!!!!!!

    Folco: eu perguntei: A quem você serve?

    Pop: À Mão Que Balança!!!!!!!!!!!!

    <Corta para os hobbits e Membrocurto jogando Imagem&Ação na mata. Do meio de arbustos sai uma elfa>

    Isil: Largo, sou Isil Ninque, e vim ter levar para a Casa de meu pai.

    Isil: Ouça minha voz e acorde logo, p****!!!!

    Fosco: Quem é ela.

    Isil: largo!

    Tirion: sei lá... Só sei que é gostosa...

    Isil: Ele tá nas últimas!

    Isil: Ele não vai durar. Vou levá-lo comigo

    membrocurto: Fica aqui. Eu o levo.

    Isil: Se manca, não adianta bancar o herói! Não vou desperdiçar minha imortalidade com um pé-rapado que nem você.

    Membrocurto: eu sei... Tentar não custa nada né? Vá com cuidado!

    <Aparecem flashes de Isil Ninque fugindo com Largo no cavalo até chegarem nos vaus de um rio>

    Smarzaro: Dá o fedelho aqui, ô sua biscate!

    Isil: Se você quer, vem pegar!

    <Os Insones avançam>

    Isil: Expectro Patronum!!!

    <Um patrono prateado em forma de cavalo avança e derruba os dementadores... ops, os Insones>

    <Corta para Largo deitado em Valfenda>

    largo: Onde estou?

    Knolex: Em Valfenda, na casa do Mestre Erunámo.

    Largo: knolex!

    Knolex: Sim... Você escapou por um triz em pirralho... Se safou na boa...

    Largo: E você? Porque não apareceu?

    Knolex: Sofri um pequeno atraso.

    <Flashback de Orthanc>

    Folco: Uma amizade com Folco não pode ser facilmente descartada.

    Folco: Essa é sua última chance! Abrace o poder do Deriel!

    Knolex: só existe um senhor dos Deriéis, e ele não divide poder.

    <knolex pula da torre e cai em cima de um F-22 americano que ia rumo às montanhas de Tora Bora>

    folco: Então você escolheu a morte....

    <Fim do Flashback>

    Largo: Knolex?

    Knolex: Ah....

    <Tirion entra>

    Tirion: largo! Largo!

    Largo: Tirion!

    Tirion: Finalmente você acordou!

    Knolex: Ele vinha todo o dia passar as mãos na suas partes Largo.

    Tirion: Eu estava tão preocupado.

    Knolex: Você sobreviveu graças aos poderes do Mestre erunámo.

    Erunámo: Bem-vindo a Valfenda, Largo, a terra dos Olifantásticos.

    <Largo vai ver Fosco e Francis e acaba vendo Bastian>

    largo: Bastian!

    Bastian: Largo!

    <Eles se abraçam>

    Bastian: Oh!

    <Corta para o Conselho de Erunámo. Estão reunidos elfos, homens, anões, Olifantásticos, fazedores de Banners, Harry Potter, Alvo Dumbledore, Artemis Fowl, Atreyú, Lestat, Merlin, Mordred, Paulo Coelho, os Jackson Five e o Kléber Bambam.>


    Erunámo:Viajantes de terras distantes, velhos amigos. Vocês foram chamados aqui para decidir a resposta à ameaça de Curitiba. O Fórum Valinor está à beira da destruição. Ninguém escapará. Temos que nos unir, ou cairemos. Traga o Deriel Largo....

    <Largo põe o Deriel em uma bancada>



    Leosgf: Então é verdade... Isso é uma dádiva!. Por que não usar esse Admin? Por muito tempo eu e meu pai, o Moderador do OBRAS lutamos para manter o perigo de Curitiba longe da terra de vocês. Vamos usá-lo!

    Skywalker: Nenhum de nós pode usá-lo! Ele só obedece ao poder de Wesley.

    leosgf: E o que um Guardião pode dizer sobre isso?

    <Um elfo com uma linguiça na mão se levanta>

    dirhil: Ele não é um mero Guardião. Ele é skywalker, filho de Anakin. Você deve a ele sua lealdade.

    leosgf: Skywalker? O herdeiro de Kanawati?

    Dirhil: E do trono do Obras.

    Skywalker: Sente-se Dirhil.

    leosgf: O OBRAS não tem Rei. E nem precisa.

    knolex: Skywalker está certo. Não podemos usá-lo.

    erunámo: Só temos uma escolha. Destruir o Deriel!

    ristow: Tá esperando o que?

    <Ristow levanta e com seu machado bate no Deriel, mas o machado se quebra>

    ristow: ARGH!!!!

    erunámo: O Deriel não pode ser destruído Ristow, filho do jornaleiro por nenhuma arma que nós possuímos. Ele foi feito nas chamas do Caldeirão da Arena da Baixada. Só lá ele pode ser destruído. Ele deve ser levado até os confins de Curitiba e jogado no fogo onde foi criado.

    erunámo: Um de vocês deve fazer isso.

    leosgf: Não se simplesmente chega andando em Curitiba. Os portões negros são guardados por mais do que meros torcedores do Atlético. Lá há um mal que não dorme. E os Grandes Dedos Macios estão sempre atentos. Nem com dez mil membros do Fórum nós poderíamos fazer isso. É loucura!

    Dirhil: Você não ouviu o que o Erunámo disse? O Admin tem que ser destruído!

    ristow: E tu tá crente que vai ser tu né?!

    leosgf: E se falharmos?! E se o Wesley recuperar o Deriel?!

    ristow: Prefiro morrer do que ver um elfo com o deriel! ninguém confia em elfos!

    largo: Eu levo! Eu levo o Deriel para Curitiba. Embora eu não conheça o caminho.

    Knolex: Eu levo um mapa Largo... Enquanto esse fardo for seu...

    Skywalker: Se com a minha vida ou a minha morte eu puder te proteger eu o farei. Você tem meu sabre-de-luz.

    Dirhil: E você tem minha lingüiça.

    Ristow: E meu machado!

    Leosgf: Você carrega o destino de todos fedelho. Se essa é a decisão do Conselho, o Fórum Obras a verá feita.

    Tirion: Ei! Quero ir junto!!! Quero um OSCAR de Coadjuvante!

    Erunámo: Pode ir, mas o OSCAR vai para o mais velho, que é o Knolex.

    Fosco e Francis: Opa! Tamos nessa!!!

    Francis: De qualquer forma, vocês precisam de gente inteligente nesse tipo de missão... Busca... Coisa.

    Fosco: O que descarta você né Francis.

    Erunámo: Nove Companheiros! Vocês serão a Sociedade do Deriel!

    Francis: Legal! Vamos para onde?

    <Corta para todos se despedindo>

    Bastian: Minha velha espada, Penetrada! Tome!

    Largo: Legal! Além de ser leve ela ainda vibra!

    Bastian: tome também essa cota de Mithril. É leve e resistente.

    Knolex: ande logo, Largo! Ainda hoje temos que chegar na porta das Minas Gerais. Será uma caminhada de 4 dias nos Salões Subterrâneos.

    Largo: Adeus Bastian....

    <A Comitiva parte>
    <Corta para o Portão das Minas Gerais, também conhecidas como Moria.>

    Ristow: Moria!

    Largo: O que está escrito?

    Knolex: "As Portas do Durão - Senhor das Minas Gerais e do Pão de Queijo. Cante o refrão da música Power Rangers de Sandy e Júnior e entre."

    fosco: O que isso significa?

    Knolex: É simples! Basta cantar o refrão que abre. "Power Rangers tem a força! Power Rangers são heróis!" Nossa... Esqueci o resto...

    Largo: Juntos eles formam o poderoso Megazord! O mundo precisa de vocês!

    Knolex: Isso!

    <As portas se abrem e Comitiva entra>

    Knolex: Devemos agora encarar a escura jornada pelas Minas Gerais. Estejam preparados. Espero que nós consigamos passar despercebidos.

    <Corta para Knolex sentado pensando em qual direção seguir>

    Francis: Fosco?

    Fosco: Que?

    Francis: Tô com fome

    Fosco: Foda-se!.

    <Largo vê algo se mexendo ao longe e se aproxima de Knolex>

    Largo: Tem alguma coisa lá embaixo.

    Knolex: É o Omykron.

    Largo: Omykron?

    Knolex: Está nos seguindo há 3 dias.

    Largo: Então ele escapou de Curitiba!

    Knolex: Escapou? Ou foi libertado? Ele ama e odeia o Deriel, assim como ele ama e odeia a si mesmo. Ele jamais se livrará dessa necessidade.

    Largo: Pena que Bastian não o tenha matado quando pôde!

    Knolex: Pena? Foi pena que impediu Bastian de fazer isso. Muitos dos que vivem merecem a morte, e alguns dos que morrem merecem a vida. Você pode dá-la a eles Largo? Então não seja tão ávido a julgar a morte alguém. Meu coração me diz que Omykron ainda tem algo a cumprir, para o Bem ou para o Mal, antes do fim. a piedade de Bastian pode governar o destino de muitos.

    Largo: Eu queria que o Deriel jamais tivesse parar comigo. Eu queria que nada disso tivesse acontecido.

    Knolex: É... você está fudido....

    Largo: Não gostaria jamais que ele tivesse vindo a mim!!! Eu odeio tudo isso!!!

    knolex: Assim como todos que vivem em tempos assim, mas isso não cabe a eles decidir. Tudo que decidimos é o que fazer com o tempo que nos é dado. Existem outras forças que trabalham nesse mundo, Largo, além do Mal. Bastian estava destinado a encontrar o Deriel, o que significa que você também estava destinado. E essa é uma idéia muito encorajadoura.

    knolex: Ah! É por aqui!.

    <Corta para eles num grande salão>

    knolex: Vou arriscar um pouco mais de luz. Eis a grande cidade de pedras dos anões.

    Tirion: Isso é um abridor de olhos e não é erro!

    Knolex: O que?????????

    Tirion: Ah, esquece...

    <Corta para ristow entrando corrndo na Câmara de Marzabul>

    Ristow: Haugh!

    Knolex: Ristow!

    ristow: O casaco que eu emprestei pro Balido foi rasgado!!!! AAARRRRRGHHHHHHH!!!!

    knolex: "Aqui jaz Balido, filho de Fudido, Senhor de Moria". Ele morreu, como eu temia.

    ristow: Buááááááááááá!!!!!!!!!!!!

    Dirhil: ARGHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!

    Skywalker: O que houve Dirhil???

    Dirhil: Quebrei uma unha!!! ARGHHHH!!!! BUáááááá!!!!!!!!!!

    <Nessa hora, Francis começa a a disputar cuspidas com Fosco e acerta um esqueleto que estava na beira de um poço, fazendo-o cair e provocar um grande barulho>

    knolex: Drake Tolo!!!! Da próxima vez cuspa a si mesmo!!!

    Francis: O que????

    Tirion: Largo!

    <Largo olha e vê que Penetrada está vibrando azul>

    Dirhil: Orcs!

    leosgf: eles tem um trasgo das cavernas.

    Skywalker: É Troll seu imbecil!!!!

    <ristow sobe no tumulo de Balido>

    ristow: Aarrgghhh!!! Deixe que entrem! ainda tem um anão vivo aqui dentro!!! VAMOS ARREGAÇAR ESSA BAGAÇA!!!!!!!!!!!

    <A porrada come solta até que matam todos os orcs e o troll>

    Knolex: Ei, pessoal!!!! Alguém viu o Largo por aí?

    Leosgf: Aúltima vez que eu vi ele tava batendo um papo com o troll. Todos olharam e viram Largo se contorcendo no chão>

    Tirion: Ele sobreviveu!

    Largo: Eu tô legal, gente!. Tava usando a cota que o Bastian me deu...

    knolex: Para a ponte de Khazad-dum!

    <Eles correm perseguidos por orcs até que estes se dispersam e uma grande luz vermelha aparece.>

    leosgf: Que p**** é essa?

    knolex: Um Thalivagorion - um demônio do Fórum Antigo. A chatice dele supera suas armas. CORRAM!!!


    <Eles conseguem atravessar o Salão e a ponte, mas Knolex pára no meio da Ponte. O Thalivagorion e ele ficam frente a frente>

    knolex:Eu sou um servo do Fogo Secreto, do Pêlo da Capivara Peluda!!! O Fogo negro não lhe protegerá Pele de Estrôncio!!!

    Knolex: TU... NÃO...PASSA...NEM...A...CACETE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    <Knolex golpeia a ponte com seu membro avantajado e o Thalivagorion cai no abismo, mas o chicote do Thalivagorion pega a perna de Knolex e o derruba junto>

    Largo: Knooooooooooleeeeeeeeeeeeeeeeeeeex!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    <A Comitiva sai das Minas>

    Skywalker: Sigam-me! Vou levá-los até a Senhora da Floresta do Clube da Amizade, também conhecida como Lóthlórien. A Senhora Urd irá nos receber bem.

    <Corta para os 8 chegando perante Vatho e Sirithlainiel Urd-Sama>


    Vatho: Oito estão aqui, mas nove saíram de Valfenda. Cadê o Knolex?

    Urd: Ihh... O cara se estrepou.... A missão tá indo de mal apior. Se ferrarem mais um pouco ela vai estar tudo acabado.

    Urd: Mas se os baixinhos não fuderem com tudo até que dá pra rolar alguma coisa....


    <Corta para Largo e Urd em frente a uma bacia cheia d´água >

    Urd: Quer olhar no espelho?

    Largo: Sei lá. O que vou ver?

    Urd: Depende.

    Largo: Depende do que?

    Urd: Ah... Sei lá...

    <Ele vê a água e nela enxerga uma grande boate gay com uma mão escura cheia de dos macios comandando>

    Urd: Eu sei o que você viu. Pois também está na minha mente. Isso é o que irá acontecer se você falhar. A Sociedade está caminhando para o seu rompimento. Já começou. Ele tentará pegar o Deriel. Você sabe quem. Um por um. todos serão destruídos.

    Largo: Qué procê?

    Urd: Bem, querer até que eu quero...

    <Urd começa a ficar púrpura com bolinhas laranjas>

    Urd: No lugar de um Senhor Escuro vocês teriam uma RAINHA!!!! Não escura, mas linda e terrível como o amanhecer! Mais traiçoeira que o mar! Mais forte que os fundamentos da TERRA! Todos me amarão e se desesperarão!!!!

    <Ela volta ao normal>

    Largo: Legal essa sua imitação de Tina Turner!!! Sabe fazer Britney Spears também???

    Urd: Passei no teste. agora vou diminuir e ir para o Oeste, e permanecer apenas Urd.

    Largo: Mas eu não posso me virar sozinho!!!.

    Urd: Você é o portador do Deriel, Largo. Carregar esse fardo é uma tarefa solitária. Essa tarefa foi designada a você e se você não arrumar um jeito, ninguem vai, e aí meu amigo, estamos todos FU!

    Largo: Então eu já sei o que vou fazer... Mas tenho medo....

    Urd: Até amenor das pessoas pode mudar o curso do futuro...

    <Corta para Orthanc>

    folco: Orcs!! Tragam os baixinhos e matem o resto!!!!

    <Corta para Lothlorien>

    Urd: Até a próxima, Largo Cavafundo. Estou te dando essa lanterna e pilhas Duracel, para que você tenha luz nos momentos mais escuros... Namarie.

    <Aperecem flashes da Comitiva nos barcos, até que aparecem duas estátuas>:

    Largo: Membrocurto, o que é aquilo?

    Skywalker: Zéze di Camargo e Luciano, Largo. Por muito tempo eu quis ver os Pilares dos Reis das Empregadas....

    <Corta para eles sentados perto do rio...>

    Skywalker: Vamos esperar até anoitecer para ir embroa... Se a gente sair antes a gente atrapalha o final do filme...

    fosco: Cadê o Largo?

    <Corta para Largo mijando em um arbusto e Leosgf vindo próximo>

    leosgf: Nenhum de nós deve andar sozinho. Muito menos você. Posso te dar um conselho, Largo?

    Largo: Eu sei o que você vai dizer, mas a Urd mandou eu não ter obedecer!!!

    leosgf: Você não percebe que tudo isso é uma loucura?

    Largo: Não há outro jeito!!!

    leosgf: Me empresta o Deriel... Por favor!!!

    Largo: Não!!!

    leosgf: Eu não sou um ladrão!

    Largo: Você está fora de si...

    leosgf: Me dá ele!

    Largo: Nã-nã-ni-nã-não!

    leosgf: Me dê logo o Deriel!!!

    Largo: Nãooooooooooooooooooo!!!!!!!!!!!

    <Largo, que ainda não tinha fechado a calça, põe o anel no membro e foge>

    leosgf: <ao fundo> Largo, foi mal!!! Me desculpa ae!

    <Corta para Largo tentando se esconder, mas Skywalker aparece>

    Skywalker: Largo?

    Largo: Ele já dominou o Leosgf. O poder do Deriel o tomou.

    Skywalker: Cadê o Deriel?

    Largo: Se manda!

    <Largo foge de Skywalker>

    Skywalker: Largo!

    <Largo pára>

    skywalker: Eu jurei te proteger!

    largo: Você pode me proteger de si mesmo? Você destruiría o Deriel?Would you destroy it?

    Skywalker: eu iria até o final.... Até os confins de Curitiba....

    Largo: Cuide de todos... especialmente do Tirion... Eu não sei se você sabe, mas ele eu temos um caso.

    Sky: Todo mundo sabe. <Ele vê Penetrada tremer> Corre Largo!!!!

    <Largo sai. Rola a maior porrada e os orcs levam Fosco e Francis. Leosgf tenta lutar, mas é morto. skywalker mata o Pop Lurtz. PS: Ele morre gritando "Eu Ejaculo!!!">

    <Corta para Skywalker, Dirhil e Ristow em volta de Leosgf>

    leosgf: Eles levaram os fedelhos.

    Sky: Foda-se eles. Antes eles do que eu.

    leosgf: Cadê o Largo?

    Sky: Eu deixei ele ir.

    leosgf: Conseguiu tirar o Deriel dele?.

    Sky: O Deriel está fora do nosso alcance agora..

    leosgf: Me perdoe. Eu falhei.

    Sky: Não, Leosgf. Você pelo menos manteve a honra.

    leosgf: Eu teria te seguido meu irmão. Meu capitão. Meu Rei. Meu amado. Meu amante. <leosgf morre>

    Sky: Fique em paz, seu filho da p***.


    <Corta para Largo partindo e Tirion chegando perto>

    Tirion: Largo!

    Largo: Não Tirion.

    <Tirion começa a nadar atrás de largoo>

    Largo: Volta Tirion! eu vou pra Curitiba sozinho.

    Tirion: Com certeza, e eu vou junto!

    Largo: Ah tá! Então entra logo e não enche o saco!

    <Largo puxa Tirion pra dentro do barco>

    Largo: Oh Tiron! Eu te amo!

    <Os dois se beijam>

    <Corta para os outros três perto dos outros barcos>

    Dirhil: Wohow!!!! Ganhamos pela trilogia, mmas a nossa missão já acaba aqui!! Férias.!!!.

    Sky: Não, essa porcaria ainda não acabou. Temos que livrar Francis e Fosco do tormento da morte, senão o cachê vai ser reduzido. Vamos caçar uns orcs!

    ristow: Issa!!!!!

    <Corta pra Largo e Tirion no alto das Montanhas do E os Bardos Cantam...>

    Largo: Curitiba. Eu espero que os outros tomem um aestrada mais segura.

    Tirion: membrocurto vai ficar de olho neles.

    Largo: Acho que nunca mais os veremos.

    Tirion: Mas talvez vejamos, Largo. Talvez sim.

    Largo: Tirion, ainda bem que você veio comigo.

    <Os dois se beijam e começam a descida da Montanha.>

    <A tela se apaga>

    DIA 18/04...

















    ...A JORNADA CONTINUA...

























    ...EM "OS DOIS TÓPICOS"



    <Uma mão pega uma melequinha na grama>

    <Aparece os rosto de Skywalker>

    <Aparecem 3 sujeitos correndo nus pelo Desfiladeiro de Rubão>

    <Aparecem vários orcs correndo ao som de Village People>

    <Aparecem Fosco e Francis olhando para algo>

    <Aparece Largo descendo as montanhas montado nas costas de Tirion>

    <Dirhil, Skywalker e Ristow param na Floresta>

    <Dirhil puxa uma lingüiça, Sky um sabre-de-luz e Ristow um Pogo-Bol>

    <Surge Knolex, o Cor-de-Burro-Quando-Foge>

    <Aparece Kakau assoando o nariz em Meduseld>

    <Aparece Isil Ninque séria>

    <Aparece Relghal sério>

    <Aparece Língua-de-Snake por trás de uma porta>

    <Parece Kakau chorando>

    Knolex: A Sombra de Curitiba toma forma. Há uma união entre os dois tópicos. "Vc se lembra?" e "Adão tem umbigo?"

    <Aparecem os dois tópicos>

    Largo: O Deriel.... Está ficando mais pesado...

    <Aparece Largo enfiando o pé na lama... do pântano>

    Urd: Não podemos fazer nada pelo Largo... Esse aí já está fudido até a alma.... Sua busca lhe tomará a vida...

    <Aparece Isil dormindo>

    <Aparecem Sky e Knolex>

    Knolex: Wesley não está tão do balacobaco quanto já esteve. Ele teme você Sky. Teme o que você pode se tornar.

    Sky: O que?

    Knolex: Um jedi... ops.. Rei do Obras...

    <Aparece Folco>

    Folco: Então Knolex, o Flatulento acha que encontrou o herdeiro perdido do OBRAS? O mundo dos membros vai cair...

    <Aparece Mystlink>

    Mystlink(enquanto um servo dá banho de esponja nele):
    Onde está a mula e o cabra? Onde está o berrante que ecoava?
    Onde tá o boné e o gibão(?) e o cabelo que desgrenhado embaraçava?
    Onde está a mão sobre a a sanfona e a tremelicada da fogueira junina?
    A prima Vera e a prima Rita que são gostosas de doer?
    Como uma feijoada passaram, com toucinho estragado;
    Os dias tão passando e cada vez tem mais viado.
    O bagulho que apaga quem irá enrolar?
    E essa droga de poema quando vai acabar?

    Minha terra tem palmeiras onde canta o sabiá
    As aves que aqui gorjeiam não gorjeiam como lá...

    No meio do caminho havia uma pedra;
    Havia uma pedra no meio do caminho;
    uma pedra...

    No outono é sempre igual
    As folhas caem no final
    Só não cai o meu amor
    Pois não tem jeito é imortal

    <Aparece a porrada comendo>

    <Aparecem cenas rápidas de todos os personagens, inclusive de uma luta de capoeira entre Kakau e Skywalker, de Hugo, irmão de Kakau, e do ENT Barlach>

    <Aparece Omykron descendo das montanhas>

    Omykron: O meu... Meu Deriel... Viadinhosssssssss ladrõessssssssss.. ssss

    <Largo abre os olhos>

    FIM



    _________________
     
  2. Knolex

    Knolex Well-Known Member In Memoriam

    ________________________________________________________________

    Prólogo:

    O Admin do Poder, também conhecido como Deriel, foi encontrado.
    Ele é a única forma que o Senhor do Escuro Wesley Negão tem para trazer a Escuridão Gay ao Fórum Valinor.
    O Portador do Deriel é o jovem hobbit Largo Cavafundo e junto de uma comitiva partiu pra Curitiba, a fim de destruir o Admin no único lugar possível, o Caldeirão da Arena da Baixada, onde foi criado.

    Porém, a Comitiva falhou. Knolex, o Flatulento, caiu nas sombras após combater o terrível Thalivagorion de Moria. Depois, Leosgf sofreu a tentação do Deriel e tentou atacar Largo, que fugiu com o Admin, sendo depois encontrado e acompanhado por Tirion. Leosgf morreu, e após um ataque de orcs, Fosco e Francis foram capturados. Skywalker, Ristow e Dirhil resolveram deixar Largo se fuder sozinho e partiram atrás os outros dois hobbits. E a jornada continua...


    OS DOIS TÓPICOS

    <Aparecem três figuras correndo no crepúsculo, de repente elas param>

    Skywalker: Por mais rápidos que estejamos jamais vamos encontrar o Fosco e o Francis. Aqueles orcs correm pra cacete.

    Dirhil: Então o que devemos fazer?

    Sky: Vamos diminuir o peso que levamos.

    Ristow: OK! Eu jogo fora meu elmo, meu machado e ainda faço um regimizinho básico!

    Sky: NÃO!!! Isso não é suficiente! Vamos ficar nus!

    Dirhil: Mas do que adianta ficarmos nus? Se acharmos eles não teremos armas para atacá-los! Além do mais... Tenho vergonha de deixar minha lingüiça exposta... É tão miúda...

    Sky: Não seja tolo! Isso é um filme! Se nós formos correndo nus, quando chegarmos ao nosso destino estaremos vestidos, sem que haja uma explicação plausível! Isso é Hollywood!

    Dirhil: Tá bom então...

    Sky: Ótimo! Não podemos perder tempo! Estamos próximos do Desfiladeiro de Rubão, a Terra dos Cangaceiros. Eles devem estar levando Fosco e Francis para Orthanc, então esse é o nosso caminho.

    <Aparecem flashes dos três correndo nus pelos desfiladeiros com as lingüiças de fora>

    <Corta para Fosco e Francis sendo carregados pelos orcs>

    Orc 1: Vamos parar!

    Orc 2:Por que?

    Orc 1: Não podemos ficar carregando esses pentelhos. Vão ter que correr junto.

    Fosco: É ruim, hein...

    Orc 2: Qualé baixinho? Tá querendo morrer é?

    Orc 1: Não podemos matá-los. O Folco quer os nanicos vivinhos.

    Francis: Não vamos conseguir correr!

    Orc 2: Então bebam isso.

    Fosco: Que troço asqueroso!

    Francis: O que é isso?

    Orc 1: Açaí.

    Fosco: Blerg!

    <Aparecem flashes do Orcs e dos Hobbits correndo>

    <Corta para os outros três novamente vestidos. Sky pára e vê algo no chão. Ele pega o que vê.>

    Dirhil: O que é?

    Sky: Uma melequinha... Deve ser daquele catarrento do Francis... Estamos no caminho certo. Vamos mais rápido. Venham!!!

    <Corta para um acampamento de orcs. Fosco e Francis estão no canto>

    Fosco: Nós precisamos fugir daqui o quanto antes. Não agüento mais esse fedor de orc.

    Francis: concordo que devemos fugir, mas o fedor é culpa minha. Acho que o lembas passou da validade.

    Fosco: Putz...

    <Um orc se aproxima>

    Orc com tracinhos: Sigam-me hobbits. Vamos sair daqui.

    Fosco: Mas por que? Você está traindo eles?

    Orc com tracinhos: Existe uma tropa de cangaceiros vindos de Rubão e eles devem atacar o acampamento de manhã. Vou levá-los para fora da floresta.

    Francis: Para onde nós vamos depois?

    Orc com tracinhos: Para Curitiba.

    <Nesse momento o Orc com tracinhos pega os dois e sai correndo, mas tropeça num galho e os dois hobbits fogem pela floresta de Frangão>

    <Corta para os dois andando pela floresta.>


    Fosco: Francis...

    Francis: Que?

    Fosco: Podíamos aproveitar que essa floresta é deserta e fazer... bem... você sabe o que...

    Francis: Mas e se algum orc passar e ver a gente fazendo... bem... você sabe o que...

    Fosco: Ah tá... Que porcaria... Quando será que nós poderemos fazer isso... Já estava até começando a simpatizar com esse lugar...

    Voz estranha: Isso é bom! Uma gentileza rara. Deixa eu dar uma olhada nessa cara feia de vocês.

    <Aparece Barlach, o dono da Voz>

    Barlach:Vocês são mesmo muito estranhos... feinhos que até dói... se não tivesse ouvido as vozes teria confundido com orcs e pisado em vocês.

    Francis: Pisado? Sujeitinho gente boa você, não?

    Fosco: Aliás, quem é você? Ou melhor, o que é você?

    Barlach: Sou um ent. Frangão é meu nome, assim como o nome dessa floresta, mas me chamam Barlach.

    Francis: Mas o que é um ent?

    Barlach: Vamos botar ordem na parada. Quem manda aqui sou eu e quem responde as perguntas são vocês. O que são vocês, é o que pergunto? Não estão na minha antiga lista.

    Fosco: Somos hobbits.

    Francis: Se quiser fazer versinho para ficar bacana faz assim: Hobbits pequenos, que moram em tocas.

    Barlach: Eu trocaria o “pequenos” por “pentelhos”, mas tudo bem. Qual o nome de vocês?

    Francis: Me chamo Francis Ford Coppola Drake, mas sou mais conhecido como Francis Drake e pelos amigos sou chamado de Francis.

    Fosco: Eu sou Fosco Collor Sarney Cachopardo, ou Fosco Cachopardo, ou pros íntimos Fosco.

    Barlach: Vou chamá-los então de Fosco e Francis. Não por intimidade, mas porque o Knolex tá com preguiça der digitar os nomes inteiros toda hora.

    Francis: Legal! Agora, você tem algum lugar onde a gente pode bater um rango e puxar um ronco?

    Barlach: Não se preocupem. Vou leva-los a um lugar com bebida que os manterá verdes e crescendo por um longo tempo.

    Fosco: Verdes? Se puder só matar a sede já tá bom. Pode ser água... Se tiver Coca-Cola é melhor.... Só não me venha com aquela Fanta Citrus, OK?

    Barlach: Sigam-me!

    <Corta para as Emyn Muil, também conhecidas como E os Bardos cantam. Aparece Largo montado nas costas de Tirion e os dois descendo. Eles param num trecho abaixo de uma rocha.>

    Largo: Bem, durma um pouco, Tirion. Vou dar uma olhada nesse lugar.

    <Ele pára. Aparece uma figura descendo as montanhas.>

    Largo: Tirion! Que p**** é aquela?

    Tirion: Deve ser aquele tal de Omykron! Você acha que ele consegue ver a gente?

    Largo: Não sei, mas acho que não. Vamos nos esconder embaixo daquela pedra. Quando ele chegar podemos surpreende-lo.

    <Eles se escondem.>

    Omykron: sssss... Onde estão... hobbitsesss viadinhosss... meu preciosssoo... ladrõessss... pederasssssttasssssssss.... Nós odeia elesss!

    <Omykron tropeça e pára perto deles. Tirion salta e monta em Omykron, que revira os olhos de ódio. Omykron vira e pega o pescoço de Tirion. Largo pula e desembainha Penetrada.>

    Largo: Solta ele Omykron!!! Esta é Penetrada!!! Vô corta o teu gogó mermão!!!

    <Omykron solta Tirion>

    Omykron: Não nos machuquem! Não preciosso! Por favor pequenos hobbitsess..

    Tirion: Bem, o que vamos fazer com esse farrapo aí?

    Largo: Não. Esse paspalho não fez nada até agora.

    Tirion: Ele ia matar a gente!!!

    Largo: Só consigo ter pena desse patife.

    Omykron: Isso messmo... somos patifessss...

    <Omykron bate a cabeça no chão seguidamente>

    Largo: Pára com isso Dobby!! Ops... Omykron!!! Você vai nos ajudar!

    Omykron: Demorô mas abalô ! O que vocês querem que eu faça?

    Largo: Cê vai guiar a gente até Curitiba.

    Omykron: Tá maluco???? Aquele lugar é uma porcaria!!!

    Largo: então você esteve lá? E está sendo atraído de volta, não está?

    Omykron: Já essstive, mas não quero voltar...

    Tirion: Mas vai!

    Largo: Vamos logo!

    <Corta para a caverna de Barlach>

    Barlach: Todos os ents foram convocados para um Entrevero.

    Fosco: Um que?

    Barlach: Um Entrevero. É uma bagunça que rola quando temos que decidir algo. Estamos preocupados com o Folco cortando as árvores por aí. Ele é malvado, além de ser um roteirista muito Tarantinizado pro meu gosto. Nós ents estamos a fim de dar uns tabefes nesse sujeito. Um ent amigo meu vai cuidar de vocês nesse tempo. Esse Entrevero vai durar uns dias.

    Francis: E que amigo vai ser esse?

    Barlach: Vai ser o Bechara. Não ia ser ele, mas o cara encheu tanto o saco pra participar de “Os Dois Tópicos” que o Knolex resolveu botar essa citação.

    Francis: Ah, tá...

    <Corta para uma rocha no meio desfiladeiro de Rubão, onde os três imbecis descansam>

    Dirhil: Ai, Ai... Desse jeito só vamos achar esses hobbits no “O Retorno do Gay”...

    Skywalker: Não podemos desistir! Vamos achar esses pentelhos nem que seja preciso que o anão morra!!!

    Ristow: Por que eu?

    Skywalker: Ninguém vai morrer, mas se fosse seria você! Eu sou importante no próximo filme, e o Dirhil é muito popular no Fórum, então só sobra você.

    Ristow: porcaria!!!

    Dirhil: Ei! Estou ouvindo cascos!

    Sky: Cavalos?

    Dirhil: Alguns cavalos, mas a maioria é mula ou jegue.

    Sky: Devem ser os Cangaceiros de Rubão!!!

    Ristow: O que faremos?

    Sky: Vamos esperar. Eles devem ter notícias pra nos dar.

    Dirhil: Ou lanças.

    Sky: Ristow, tira a capa élfica.

    Ristow: Por que?

    Sky: Se eles forem hostis e resolverem atacar é melhor que te vejam primeiro para que eu e o Dirhil possamos fugir.

    Ristow: Só eu que me ferro nessa história.

    Dirhil: Isso é porque ainda não mencionaram a barba das anãs. Depois que falarem nelas cê tá fú!

    <Os Cangaceiros se aproximam. Eles envolvem com seus jegues os três andantes e desembainham a pexera>

    Hugo: Vixe! Quem são vocês?

    Sky: Me chamam Membrocurto. Venho do Norte. Caço orcs.

    Hugo: Ô peste, Membrocurto num é nome de homem que eu conheça não. E ainda tão com capa de elfos. Quem são vocês?

    Sky: Apenas um de nós é elfo. E do tipo bem afeminado por sinal. É Dirhil, da Floresta das Lingüiças. Essas capas são presentes da Senhora Urd.

    Hugo: OXENTE!!!! Intão é verdade que existe uma Senhora Urd naquela Floresta lá pros outros lados???

    Ristow: Afinal, quem é você?

    Hugo: Sou Hugo com simbolozinhos, filho de meu pai e Terceiro Capitão-do-Mato da Terra dos Cangaceiros! E você cabra? Qual tua graça bichinho?

    Ristow: Sou Ristow! E bichinho é a mãe!

    Hugo: Nanico atrevido!!!

    <Ele saca a pexera. Sky se adianta>

    Sky: Calma! Não temos más intenções para com Rubão, nem para com seu povo, seus homens ou suas montarias, se é que pode-se chamar isso de montaria.

    Hugo: Tudo bem. Mas quem perambula por essas terras não pode ser avexado que nem esse anão. Agora pergunto, qual seu nome verdadeiro?

    Sky: Antes me diga a quem tu serves. É amigo ou inimigo de Wesley, Senhor de Curitiba?

    Hugo: Num semos amigo, mas tumem não há inimizade, entende? Aqui em Rubão só servimos ao nosso senhor. É ACM no Céu e Coronér Mystlink na Terra.

    Dirhil: Coronel?

    Hugo: É como chamemo o Rei, meu tio por sinal... Agora digam, quem são vocês e tão de conchavo cum quem?

    Sky: Não estou de conchavo ou a mando de ninguém, mas persigo os servidores de Wesley por quaisquer terras que eu possa andar. Os orcs que estamos perseguindo capturaram dois de nossos amigos. Veja meu sabre-de-luz! Sou Skywalker, filho de Anakin, herdeiro de Kanawati e do trono do OBRAS. Vai me ajudar ou me impedir? Decida logo!

    Hugo: Vixe! Esses dias são realmente estranhos. Lendas, mitos e crendices saltam do capim pra vida real. Diga-me então Herdeiro de Kanawati, o que o traz aqui? Qual o significado dessas palavras obscuras?

    Sky: A sina da escolha. Diga isso a Mystlink: A guerra está aberta diante dele, ao lado de Wesley ou contra ele. Se ele não decidir, estará fudido. Já lhe disse que procuramos os orcs que capturaram nossos amigos. O que tem a nos dizer?

    Hugo: Nós destruímos os orcs.

    Sky: E nossos amigos?

    Hugo: Não encontramos nenhum deles entre os defuntos.

    Sky: Não havia nada que parecesse uma criança feia pra cacete? Descalços? Com bicho-de-pé?

    Hugo: Nadica de nada. Nem criança nem anão.

    Ristow: Mas não são crianças ou anões. São hobbits.

    Hugo: Hobbits? Mas que diacho é isso?

    Sky: São os Pequenos. Esse nome com certeza já ecoou por aqui vindo de OBRAS.

    Hugo: Pequenos! Estamos andando em lendas ou sobre esse solo rachado à luz do dia?

    Sky: Tanto num quanto noutro.

    Hugo: Tudo que você diz é estranho, Skywalker. E é verdade. Mas você não disse tudo. Qual realmente é a sua missão.

    Sky: Parti com Leosgf de Valfenda para auxiliar na guerra, mas a Comitiva que me acompanhava tinha outros objetivos. Disso eu não posso falar agora. Éramos liderados por Knolex, o Flatulento.

    Hugo: Knolex!!! Ele é conhecido por essas bandas, mas tá com a cabeça a prêmio! A última vez que esse cabra da peste apareceu por aqui ele levou Kaji, o melhor cavalo do Coronér. Kaji voltou, mas não se deixa ser domado por ninguém.

    Sky: Pois Knolex caiu. Nas sombras de Moria.

    Hugo: Fico triste, porém sou um dos poucos. Se o Coronér souber vai mandar matar uns bois e fazer uma churrascada.

    Sky: Outro que caiu foi Leosgf. Caiu em batalha há 4 dias. Foi quando começamos nossa jornada por aqui, a partir do Tol Brandir.

    Hugo: A pé???

    Sky: Sim.

    Hugo: Oxente bichinho!!! Tu é arretado pra danar. Vai correr assim lá em casa... Vixe!!! Se você é quem diz ser, venha comigo para Meduseld, o Palácio de Mystlink. Podemos começar a articular como conter aquele tal de Folco. Ô magozinho lazarento!

    Sky: Não posso abandonar os dois fedelhos. Devo seguir nessa busca enquanto houver esperança. Ajude-nos se puder, ou pelo menos nos conceda a liberdade que ainda temos.

    Hugo: Vou te emprestar 2 cavalos. Aproveite, porque tá com sorte que não estou dando mulas. Só que vai ter que devolver depois. Não falhe.

    Sky: Não falharei!

    <Corta para os três acampando na Floresta de Frangão. Aparece uma figura de um velho de vestes Cor-de-burro-quando-foge. Eles se levantam, mas a figura some. Os cavalos também.>

    Ristow: Cacete! O que era aquilo?

    Dirhil: Não sei. Acho que era o Folco. Ele espantou os cavalos.

    Sky: Não sei quem ou o que foi, mas acho que devemos manter guarda. Eu fico com o primeiro turno.

    <Corta para Largo, Tirion e Omykron na entrada dos Pântanos Línguas Tolkienianas, também conhecidos como Pântanos Mortos.>

    Tirion: Não podemos ir por um outro lugar sem ser esse Pântano fedorento?

    Omykron: É o único caminho seguro.... sssimmm...

    Largo: Vamos Tirion! Já agüentamos até os peidos do Knolex na jornada. Esse pântano vai ser fichinha.

    <Eles adentram os pântanos>

    <Corta para Sky, Ristow e Dirhil em Frangão. Dirhil vê algo.>

    Dirhil: Olhem!

    Ristow: Olhar o quê?

    Dirhil: Ali, nas árvores.

    Ristow: Onde p****??!!!

    Sky: Estou vendo! É aquele velho.

    <Eles se aproximam. Sky puxa o sabre-de-luz, Dirhil a lingüiça e ristow o machado.>

    Sky: Vamos com calma.... AGORA!!!

    <Quando eles avançaram o velho levantou o cajado e eles caíram.>

    Velho: Bem-vindos! Muito estranho ver por aqui três andantes com vestuária élfica. Bem gay por sinal.

    Sky: Você fala como alguém que conhece bem essa Floresta de Frangão.... Isso é verdade?

    Velho: Mais ou menos... Venho aqui de vez em quando.

    Sky: Diga seu nome! Temos uma missão que não pode esperar!

    Velho: Meu nome!!! Ainda não adivinharam??? Não sabem, não sabem, vão ter que aprender! Orelha de burro, cabeça de ET. Parece fácil, mas é difícil. Um belo dia vocês hão de aprender!

    Dirhil: O que???

    <Nessa hora Ristow avança, mas o velho puxa o capuz.>

    Dirhil: Knolex!!!

    Knolex: Repito as boas vindas anteriores a você Dirhil.

    Sky: Além de todas as esperanças você retorna em nossa necessidade!

    Ristow: Mas Knolex... Você está todo de marrom…

    Knolex: Cor-de-burro-quando-foge seria mais exato Ristow. Atravessei o fogo e a água profunda desde nossa separação. Sei muitas coisas, mas outras perdi de conhecimento.

    Sky: Você sabe de Largo e Tirion? E dos outros dois.

    Knolex: Já soube que as duas bichinhas levaram o Deriel para Curitiba sozinhas. Quanto aos outros, suponho que aqueles pentelhos tenham sido suficientemente estúpidos para serem capturados.

    Sky: Uau! Você sabe mesmo das coisas, hein?

    Knolex: ah, você sabe né? CNN, internet... A informação voa...

    Sky: Mas não sei se você soube da morte do Leosgf.

    Knolex: Esse aí já foi tarde. Eta carinha mala!

    Sky: Esperava que você soubesse pelo menos o paradeiro de Fosco e Francis.

    Knolex: Barlach, o ent os pegou. Foi por ele que eu soube da estupidez dos baixinhos... Vocês não acreditaram quando eu disse que era uma suposição, acreditaram? Aqueles nanicos são burros mesmo.

    Dirhil: Mas espere. Você ainda não disse como foi que sobreviveu ao Thalivagorion.

    Knolex: Foi terrível... Durante toda a longa descida ele recitou Freud e outros pensadores da psicologia... Eu rebatia com Marx, Trotsky e Lênin só pra me livrar, mas não dava certo. Foi quando eu tive uma idéia, e comecei a citar as frases do Kléber Bambam e do Ricardo Macchi. Aquilo fundiu a cabeça dele e ele foi destruído. José, o Senhor dos Papagaios de Programas Matinais Femininos me salvou e me levou até Lothlórien, onde a Senhora Urd me arrumou um vale-transporte pra eu vir até aqui.

    Sky: Que terrível provação. O que faremos agora?

    Knolex: seus cavalos estão comigo. Encontraram Kaji nessa noite e vieram a mim. Nós vamos a Edoras, a sede do Reino-Latifúndio de Mystlink.
    Vamos!

    <Corta para o Portador do Deriel na travessia dos pântanos>

    Largo: Que luzes são essas?

    Omykron: São os mortosssss... Aqui foram travadasss ass grandess batalhasss do passsado... sss... Essasss luzesss são dasss Luzinhass de Geladeira que tomaram os corpossss.... Malígnasss... sssim...

    Largo: Será que falta muito pro fim desse lugar horrível?

    Tirion: espero que não.

    Omykron: Mais um ou dois diassss....

    <Aparecem os 4 viajantes cavalgando rumo a Edoras. Dois guardas se aproximam a cavalo>

    Guarda 1: Parem aí ô pestes!!! Mystlink num qué ninguém cruzando as portera da propriedade dele! E essa cavalada toda tumem é dele se eu não muito me engano.

    Knolex: Esse é Kaji, e os outros dois foram emprestados por Hugo a meus três companheiros. Estamos vindo devolvê-los.

    Guarda 2: Coronér Mystlink já sabe disso tudo. Língua-de-Snake que veio avisar pra parar qualquer estranho.

    Knolex: Língua-de-Snake? Minha mensagem é para o Senhor dos Cangaceiros e não para ele. Avise que chegamos.

    <Corta para os 4 caminhando até o portão de Meduseld. Aparece o Sentinela principal.>

    Kurteinhower: Saudações viajantes que vêm de longe pra danar! Sou Kurteinhower, deixem suas armas antes de entrarem.

    Dirhil: OK, Kurt Cobain! Guarde com cuidado meu arco e minha lingüiça.

    Kurteinhower: É Kurteinhower! Eu guardo.

    Sky: Não é meu desejo, caro Kurto e Grosso, deixar meu sabre-de-luz nas mãos de qualquer homem.

    Kurteinhower: É Kurteinhower!!!! E é um desejo do próprio Mystlink!!!

    Sky: Esse sabre é Jar-Jar Binks!!! Os circuitos foram feitos com os fragmentos do facão que Kanawati usou para cortar o Deriel do membro de Wesley, e a vontade de um velho coronelista não há de prevalecer à do herdeiro do OBRAS.

    Knolex: Deixe o sabre com o Kurt Russel, Sky! Não adiantará nada ser hostil.

    Kurteinhower: Pela última vez, meu nome é KURTEINHOWER!!!!!!!!

    Ristow: Calma rapaz... Vai ficar com úlcera se continuas estressado desse jeito... Relaxa...

    Kurteinhower: Prometo não tocar nas armas de vocês... Juro pelo meu Padinho Ciço...

    Knolex: Então vamos entrar!

    Kurteinhower: O senhor esqueceu de deixar seu cajado.

    Knolex: Você nunca leu o livro? Não sabe que se eu deixar o cajado aqui não dá pra fazer essa parte? Francamente...

    Kurteinhower: OK então... Podem entrar…

    <a porta se abre. Aparece Mystlink sentado no trono, Língua-de-Snake aos seus pés e sua sobrinha Arandelis ao seu lado.>

    Knolex: Salve Mystlink, filho de Antônio Carlos Magalhães! Retornei! A tempestade se aproxima e se não nos unirmos estaremos todos fudidos!

    Mystlink: Vixe... Num te dou boas vindas não seu cabra da peste!!! Quando tu aparece os problemas ficam mais arretados. Por que deveria ficar feliz com a tua volta, digue?

    Língua-de-Snake: Isso aí sinhozinho... Esse cabra aí só sabe avexar a situação...

    Knolex: Cala a boca seu inútil!!! Ninguém chamou você pra conversa. Mystlink, a cortesia de seu palácio parece ter diminuído ultimamente. Os sábios só falam do que conhecem, Língua-de-Snake! Você é um verme! Mantenha-se quieto! Me fez até esquecer de saudar à jovem senhora Arandelis, sobrinha do rei.

    <Arandelis faz uma reverência>

    Sky: Com licença senhora, mas há algo em cima da vossa boca.

    Arandelis: É buço.

    Sky: Oh! Desculpe-me então.

    Mystlink: Cuide de suas palavras ao se dirigir à minha sobrinha. Ela é moça de família. Vai casar com um hômi responsáver e ser dona de casa. Vai cubrí ela de ouro.

    Língua-de-Snake: Ish Alá!!!

    Arandelis: Não vô sê dona de casa coisíssima nenhuma. Quero é ir pro mato! Pra guerra!Num vô dexa hômi manda nim eu!

    Mystlink: Vê se se assossega garota! Num fala besteira.

    Língua-de-Snake: Haram, haram, haram!

    Knolex: Cale-se verme!!!

    <Knolex levanta o cajado>

    Língua-de-Snake: Oxente!!! Falei pra num deixar os hômi entrá armado!

    Knolex: Mystlink! Ouça-me! Acorde dessa escuridão que essa bicha linguaruda o impôs! Abram as portas! Mystlink, Rei de Rubão, Senhor dos Cangaceiros, filho de ACM, neto de Lampião, Herdeiro de Caetano e Betânia está de volta!

    <As portas se abrem>

    Knolex: Agora seu velho inútil! Olhe para sua terra! Respire o ar puro novamente! Sinta esse cheiro de porcaria de vaca outra vez!

    <Mystlink se levanta>

    Mystlink: Não está mais tão escuro...

    Knolex: Não... E você não precisa desse apoio...

    Mystlink: Você tá dizendo que eu posso andar sem isso? Sem nem precisar ir praqueles programas evangélicos da TV?

    Knolex: Pode! Você nunca precisou de apoio.

    Mystlink: Hugo! Eu mandei prende-lo!

    Knolex: Deixe! Eisenhower pode ir lá soltá-lo<Uma voz grita no fundo: É Kurteinhower!!!!!>. Não há tempo para lhe contar tudo o que precisa ouvir. O inimigo é mais forte do que podemos imaginar, apesar disso temos uma esperança que ele ainda não imagina.

    <Knolex fala algo no ouvido de Mystlink.>

    Mystlink: É uma pena que esses dias tristes devam ser meus. Ainda mais na minha velhice. Língua-de-Snake! Traga minha pexera!!!

    Língua-de-Snake: Caro sinhozinho.... É como eu tinha medo. Esse pajé balofo te enfeitiçou!

    Mystlink: Se isso for feitiço, é melhor que seus sussurros.

    Knolex: Diga-me Língua, quando que Folco te comprou? Qual foi o preço? Devo dizer que nesses poucos minutos que se passaram você andou olhando de forma muito suspeita para a dama branca de Rubão.

    Arandelis: Cabra safado!!! Vai ter uqe ser muito maior pra me vencer!

    <Nesse momento ela avança, mas Skywalker se interpõe entre ela e Língua-de-Snake. Ela dá um golpe de capoeira nele, mas ele desvia e os dois começam a jogar. No fim, ela se cansa.>

    Sky: Não é a mim que a Senhora deve agredir. Nem à esse verme. Deixe-o apodrecer com Folco.

    Mystlink: A decisão é sua Língua-de-Snake. Cumpra seu juramento perante a mim ou vá de encontro ao seu verdadeiro mestre.

    Língua-de-Snake<Olhando para Arandelis>: Você não sabe o que perdeu. Aquele filme “Garganta Profunda” foi baseado em mim.

    <Ele cospe no chão e foge.>

    Mystlink: Descansem amigos! Amanhã partiremos rumo ao GERAL! Vamos enfrentar o que devíamos ter enfrentado antes! O poder de Folco, o Gamgee deve ser contido!

    <Corta para Fosco e Francis na morada de Barlach. O ent entra.>

    Fosco: E aí? O que vocês decidiram no Entrevero??? A porrada vai comer?

    Barlach: Vai! Subam em mim! Avante! Destruiremos aqueles orcs e o seu líder!

    <Corta para Largo, Tirion e Omykron saindo dos pântanos.>

    Omykron: Estamosss chegando... Curitiba está próxima...

    Largo: É... Ainda bem... O Deriel está ficando pesado... Não iria agüentar muito mais tempo...

    <Ouve se um guincho distante>

    Largo: O que é isso???

    Omykron: Um insone.

    Tirion: Mas o som... estava vindo do alto....

    Omykron: Eless esstão usando as montariasss aladasss....

    Tirion: Aladas????!!!! Eu não sabia disso!!!

    Largo: Com ou sem montarias esses insones seriam desafio para nós. Não podemos fraquejar. Temos que seguir nosso caminho. Avance Omykron!

    <Corta para Lórien. Aparecem Isil Ninque e Urd>

    Urd: Largo não sobreviverá a este fardo... Ele está fufido até a alma... Essa busca consumirá sua vida...

    Isil: Eu estava pensando em ceder meu lugar na viagem para a Terra Abençoada a ele. O que você acha?

    Urd: A Terra abençoada? O Fórum de Administração e Moderação? Mas o que você iria fazer presa nessa terra pela eternidade?

    Isil: Bem... Sabe aquele tal de Skywalker? Se o Largo cumprir o objetivo, o Skywalker vai ser Rei, e eu comprei uma calça de marca maravilhosa que com certeza combina com a realeza. Nasci pra ser rainha!!! Mesmo que tenha que ser do lado daquele mané.

    <Corta para o quarto de Mystlink. Kurteinhower começa a pôr a armadura nele.>

    Mystlink: Onde está a mula e o cabra? Onde está o berrante que ecoava?
    Onde tá o boné e o gibão(?) e o cabelo que desgrenhado embaraçava?
    Onde está a mão sobre a sanfona e a tremelicada da fogueira junina?
    A prima Vera e a prima Rita que são gostosas de doer?
    Como uma feijoada passaram, com toucinho estragado;
    Os dias tão passando e cada vez tem mais viado.
    O bagulho que apaga quem irá enrolar?
    E essa droga de poema quando vai acabar?

    Minha terra tem palmeiras onde canta o sabiá
    As aves que aqui gorjeiam não gorjeiam como lá...

    No meio do caminho havia uma pedra;
    Havia uma pedra no meio do caminho;
    uma pedra...

    No outono é sempre igual
    As folhas caem no final
    Só não cai o meu amor
    Pois não tem jeito é imortal

    <Aparece ele de armadura completa.>

    Kurteinhower: Nossa.... Parece o Shun vestido de Andrômeda... Tá uma graça...

    <Corta para o Abismo de Jegue. É noite, e do lado de fora tem uma prrada de orcs putos. Skywalker liga o sabre-de-luz. Knolex se aproxima >

    Knolex: A Sombra de Curitiba toma forma. Há uma união entre os dois tópicos. "Vc se lembra?" e "Adão tem umbigo?".

    Sky: Conte-me mais.

    Knolex: Orthanc já foi a Torre do Tópico “Vc se lembra?”, base estrutural dos Olifantásticos no Fórum Antigo, que porém foi abandona em novos tempos e dominada por Folco, o Gamgee, para seus intentos malignos.

    Sky: E “Adão tem umbigo?”?

    Knolex: Esse foi um tópico há muitas eras cultivado na torre de Minas Clube da Insônia pelos filósofos da madrugada. Porém, eles se tornaram os Insones de Wesley, como você os conhece, e passaram a usar aquela área para os desígnios da Mão Negra de Dedos Macios.

    Sky: As forças de Wesley superam a imaginação de qualquer um.

    Knolex: Acalme seus pensamentos sua bicha!

    Sky: Por que eu deveria?

    Knolex: Wesley não está tão do balacobaco quanto já esteve. Ele teme você Sky. Teme o que você pode se tornar.

    Sky: O que?

    Knolex: Um jedi... ops.. Rei do Obras...

    Sky: Mas são muitos orcs...

    Knolex: Não se esqueça que você é um dos protagonistas do filme, portanto terá de ir até o final!

    Sky: Então não há realmente nada a temer! Kanawati está comigo!

    Knolex: Na verdade quem está contigo é o roteirista, que por sinal sou eu, então vá lá, o filme só tem mais 40 minutos e se essa guerra não começar logo vou ter que cortar mais que o Esparro do Condado...

    <Surge na frente de batalha de Rubão Mystlink>

    Mystlink: Ouçam bem pestes! Quando eu gritar Oxente vocês vão lá enfiar a mão na cara daqueles cabras, vixe?

    Hugo: Estamos prontos coronér...

    Mystlink: É um! É dois! OXENTE BICHINHO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! É porrada pra valer!!!

    <Rola a maior porrada por 20 minutos. No fim, os orcs perdem e Kurteinhower morre, enquanto tentava ensinar um companheiro de batalhão a pronunciar seu nome>

    <Corta para Largo, Tirion e Omykron subindo nas montanhas próximas ao Morannon. Aparece o grande portão fechado.>


    Omykron: Não podemos ir adiante! Prometi leva-los a Curitiba e aqui vocês estão! Não levarão o meu precissso Deriel para lá na cara dos orcsss!!!

    Largo: Mas não há outro caminho!!!

    Omykron: Há... Pelo menos havia...

    Largo: Então nos leve até lá! Logo!

    Tirion: Verme!!!

    <Corta para Knolex, Mystlink e Cia rumo a Orthanc. Aparecem Fosco e Francis na porta.>


    Fosco: Bem-vindos! No momento o dono da birosca está preso com um tal de Língua-de-Snake lá dentro. Os ents tão mandando na parada!

    Ristow: p*** QUE PARIU!!! A gente procurando vocês dois desesperadamente, expondo nossas lingüiças ao sol ardente e vocês banqueteando??? Vão tomar no CU!!! Espero que depois dessa trabalheira pelo menos o cachê compense.

    Sky: Com certeza pra mim... Mas você é secundário na trama... Salário mixuruca...

    Mystlink: Então esses coisinha é que sum hobbit? `Tarde procês!

    Francis e Fosco: BOA TARDE!!!

    Knolex: Fiquem aqui enquanto vou falar com Barlach. Cuidaremos de Folco daqui a pouco.

    <Corta para Largo e Cia. Eles(menos Omykron) estão numa clareira em Ithilen.>

    Voz no fundo: É daqui! O cheiro de maconha veio daqui!

    2ª Voz: Oba!!

    <Aparecem 4 sujeitos>

    Sujeito 1: Que p**** são vocês? Elfos?

    Sujeito 2: Orcs?

    Relghal: Não! Nem elfos nem orcs....

    Tirion: Quem são vocês?

    Relghal: Sou Relghal, capitão do OBRAS! Digam seus nomes! E onde está o terceiro do seu grupo?

    Largo: Não sei. É apenas um companheiro casual. Um merdinha que a gente ncontrou no caminho. Sou Largo e este é Tirion. Tínhamos mais 7 companheiros: Dois da minha raça, um mago,um anão e um elfo, além de dois homens. Um deles é Skywalker. O Outro se chama Leosgf.

    Relghal: Leosgf, filho de Engethor, meu irmão? Conte como ele morreu!

    Largo: Morreu? Num sabia... Que legal, ele era um mala! Ops... que pena... Como soube?

    Relghal: O roteirista me contou. Venha! Siga-me!

    <Corta para dentro de Orthanc. Língua-de-Snake e Folco estão na sala principal.>

    Folco: Quem são aqueles companheiros de Knolex que estão lá fora e morrerão em breve?

    Língua-de-Snake: Um é Dirhil, elfo da grande floresta do norte. Outro é Ristow, um anão. O homem é Skywalker. Knolex diz que ele é o herdeiro de Kanawati.

    Folco: Então Knolex, o Flatulento acha que encontrou o herdeiro perdido do OBRAS? O mundo dos membros vai cair... nenhum reizinho de araque há de impedir!

    <Corta pro povo do bem do lado de fora>

    Knolex: Folco! Apareça!

    Língua-de-Snake(de dentro): Quem é e o que deseja?

    Mystlink: Teu pescoço seu cabra da peste ordinário!!!!

    Knolex: Chame Folco seu verme!!! Depressa!!!

    Folco(de dentro): Por que perturbam meu descanso?

    <Folco aparece no parapeito da janela>

    Folco: PAZ!!! Desejo ajudar a todos vocês, em especial a esse paraibinha que chamam de Rei!

    Hugo: É coronér!!!

    Mystlink: Teremos paz apenas quando você seu bichinho safado estiver acabado, vixe?

    Knolex: Folco, desista!!! Accio cajado!!!

    <O cajado voou de dentro da torre para Knolex que o quebrou. Folco entra novamente para a sala principal. Aparece Língua-de-Snake com uma espada>

    Folco: O que você está fazendo com isso?

    Língua-de-Snake: Você não sabe? O Esparro do condado foi cortado, portanto...

    Folco: Mas por que?

    Língua-de-Snake: se aliar a você só fez eu me fuder nesse roteiro. MORRA!!

    <Folco avançou e pegou a Palantir para fugir, mas Língua-de-Snake atirou a espada de longe e atravessou o corpo de Folco que caiu com o palantir morto no chão defronte a Knolex>

    Knolex: São essas coisas que fazem valer a pena filmar por 18 meses./

    <Corta para Largo e conversando com Relghal>

    Relghal: Só uma perguntinha: O que você está levando para Curitiba é o Deriel?

    Largo: Err... é

    Relghal: YES!!! Ganhei dez pratas na aposta com um dos guardas.

    Largo: O que você vai fazer conosco?

    Relghal: Nada. Nossos diálogos são muito longos e não dá pra pôr no roteiro que já está terminando. Bem, na próxima cena vou me despedir de você e você já estará naquele caminho próximo ao Adão tem umbigo com aquele tal de Omykron... Corta de verbas é foda né? Mas pelo menos fiquei sabendo que no último filme eu pego uma das portagonistas... Até mais!

    <Corta para Orthanc. Língua-de-Snake sai da torre, mas não há ninguém.>

    Língua-de-Snake: Coronér!!! Me perdoe pela minha traição!!! Consertei meu erro e matei o cabra safado!!

    <Aparece de repente da névoa Arandelis, armada de uma pexera.>

    Arandelis: Toma teu pagamento!

    <Ela ergue a pexera e corta Língua-de-Snake de cima àbaixo, indo do pescoço dele até a virilha, obviamente o matando.>

    <Corta para Tirion, Largo e Omykron subindo a maior escadaria>

    Tirion: Falta muito?

    Omykron: Já é a décima vez que você pergunta! Quando chegarmos te aviso!

    Largo: Não dá pra gente parar pra eu soltar um barro não?

    <Corta pro acampamento do pessoal de Rubão. Francis pega a Palantir e começa a olhar>

    Voz do Wesley: Ai! Um baixinho pra eu trazer pra irmandade!!! Iupi!!!!

    Francis: Ahhhhh!!!!!

    <Nessa hora ouve-se um guincho. No ar aparece um Insone. Surge Knolex. >

    Knolex: seu imbecil!!! Você olhou nessa p****?

    Francis: Olhei ué...

    Knolex: porcaria!!! Agora temos que ir pra Minas Tolkien, no OBRAS. A tempestade está chegando!

    Francis: Mas a moça do tempo disse na TV que amanhã vai dar praia.

    Knolex: Cala boca seu inútil!!! Vamos!!!

    <Eles desaparecem montados em Kaji. Corta para Largo, Tirion e Omykron próximos à torre dos Insones. Um exérciot enorme está saindo liderado por Smarzaro, o Rei dos Insones. >

    Largo: a tempestade irrompeu. Será que Relghal poderá agüentar? Foda-se ele. Antes ele do que eu. Mas se eles vencerem estarei fudido. Tudo estará perdido. Terá sido tudo isso em vão?

    Tirion: Ainda vai falar mais baboseira ou podemos seguir em frente? Aquele verme acabou de sumir de novo. Se formos agora não precisaremos atura-lo mais.

    Largo: Vamos!

    <A tela se apaga>


    Em 27 de abril....



    ...A saga se conclui...




    ... em O Retorno do Gay!
     
  3. Knolex

    Knolex Well-Known Member In Memoriam

    ------------------------------------------------------------------------


    Prólogo:

    A Guerra do Deriel já teve começo.

    As hordas de orcs lideradas pelos Insones já deixaram Curitiba em direção aos tópicos livres do Fórum Valinor.

    A maior esperança dos membros do Fórum está com Largo Cavafundo, Portador do Deriel, o Admin do Poder, arma máxima do Senhor do Escuro Wesley Negão. Junto de Largo está seu fiel amante, Tirion Windlord, e os dois são guiados pela criatura Omykron, que um dia foi dono do Deriel.

    No desenrolar dos fatos Folco, o Gamgee, mago traidor dos tópicos livres, foi derrotado e morto, assim como seu exército. Seu lacaio Língua-de-Snake, que no fim assassinou seu mestre, teve o mesmo fim, sendo morto pela sobrinha do Coronel Mystlink, a determinada e enfezada Arandelis.

    Knolex, o Cor-de-burro-quando-foge, que antes de derrotar nas Sombras o Thalivagorion de Moria era conhecido como Flatulento, segue com o hobbit Francis Drake para Minas Tolkien, atual capital do OBRAS, após o hobbit ter feito a burrice de se revelar a Wesley Negão no Palantir e um Insone ter sobrevoado seu acampamento em Rubão.

    Ainda juntos dos Cangaceiros de Rubão encontram-se ainda Skywalker, Herdeiro do OBRAS e Senhor dos Jedi; Ristow, anão atarracado e feio; e Dirhil, príncipe elfo e Mestre das Lingüiças.

    O destino do Fórum está em jogo, e são poucas as peças que determinarão o desfecho, seja para o bem ou para o mal, mesmo que acabe tudo em pizza.


    O RETORNO DO GAY

    <Aparece do alto a visão de um cavalo branco, montado por um velho de capa cor-de-burro-quando-foge e um pequeno ser.>

    Francis: Onde estamos, Knolex?

    Knolex: No Fórum de Obras. Agora cala a boca e vê se dorme. E faça o favor de não babar enquanto dorme. Ontem tivemos que parar no caminho para eu lavar o manto e não temos tempo para outra parada.

    <Fade Out>

    <Corta para Largo e Tirion terminando de subir as escadas de Cirith Ungol.>

    Tirion: Aonde será que está aquela porrinha verde... Não confio nele...

    Largo: Só temos ele em quem confiar... Se ao menos o Knolex estivesse aqui.

    Tirion: Você sempre com esse papo de Knolex... Até parece que é ele que é seu amante e não eu...

    Largo: Pare com esses ciúmes! Você sabe que eu te amo mais que tudo. O Knolex nem sequer joga no nosso time. Quando vivia no Oeste ele dava uns pegas na Melian, viúva de um elfo boiola. Ele pra mim é como um pai.

    Tirion: Desculpe por ter duvidado de você meu amor.

    <Os dois se beijam. Aparece Omykron.>

    Omykron: Aqui estão vocês hobbitssesss bonzinhosss e viadinhosss... Ainda falta um lance de escada...

    Tirion: Mais um??? O que é isso??? A Igreja da Penha???

    Largo: Vamos!! Anime-se!!

    Tirion: Tudo bem.

    Largo: Omykron, você mencionou no outro dia algo sobre um túnel ou coisa do tipo né?

    Omykron: Sim... É depois da escadaria... Aí vocêsss estarão dentro de Curitiba... Não vou prosseguir com você messssstre...

    Largo: Então isso é um adeus? Jamais vamos nos encontrar? Já tava achando que íamos poder fazer um mènage a trois depois da guerra.

    Tirion: Com esse daí? Que nojento...

    Omykron: Adeusss hobbitssessss!

    Largo: Adeus Omykron!

    Tirion: Já vai tarde, meleca viva!

    <Corta para o acampamento em Rubão. Aparecem Sky, Ristow, Dirhil e Fosco>

    Sky: È... Somos nós 4 agora... Os 4 manés da Sociedade que não conseguiram fazer p**** nenhuma decente estão longe de toda ação.

    Dirhil: Pelo menos minha lingüiça não corre perigo algum.

    Sky: Mas correrá se no fim Wesley vencer. Temos que fazer algo importante. Se formos os responsáveis de alguma forma pela queda do Senhor do Escuro deixaremos de ser simplesmente os 4 babacas que ficaram pra trás em Rubão!

    Ristow: Às vezes você se empolga muito... Baixa a bola...

    Fosco: Seja qual for o caminho de vocês eu seguirei.

    Sky: Não! Você é muito chato. Vai ficar com o Rei Mystlink e aquela mulher-macho que é sobrinha dele. Chega de pentelhação pro nosso lado.

    <De repente ouve-se a maior barulheira.>

    Hugo: O que é isso? Serão cavalos?

    Sky: Não! São speeders! Os Jedi do Norte vieram em meu auxílio!!!

    <Os speeders se aproximam e do primeiro saem Yoda e Samuel L. Jackson... Ops.. Mace Windu>

    Mace: Skywalker!!!

    Sky: Fala brôu!!! Quanto tempo!!!

    Mace: Mestre Yoda quer falar contigo, tá ligado?

    Sky: Pô.. Pode ser... E aí Yoda! Tudo Certo?

    Yoda: Muito medo eu sinto em você.

    <Yoda mexe a orelha>

    Sky: Nem tô com medo. Qual vai ser a da gente? Vamos pra Minas Tolkien mesmo.

    Yoda: Muita ansiedade eu sinto em você.

    <Yoda mexe a orelha>

    Sky: É... Estou mesmo um pouco ansioso né... Cê sabe..0. Último filme da trilogia... Férias chegando... A ansiedade é natural...

    Yoda: A ansiedade é o caminho para o Lado Negro.

    <Yoda mexe a orelha.>

    Sky: Ah! Não exagera...

    Yoda: Muito nervosismo eu sinto em você.

    <Yoda mexe a orelha>

    Mace: Por que você está nervoso Sky?

    Sky: Bem... Pra falar a verdade, me dá o maior arrepio ver essa parada que o Mestre Yoda faz com a orelha. Se ele parar eu fico mais tranqüilo.

    Yoda: O nervosismo é o caminho para o Lado Negro.

    <Yoda mexe a orelha>

    Sky: Não pra você parar com isso não? Já pedi.

    Yoda: Para as Sendas dos Tópicos Trancados seu destino o leva.

    Sky: Pra onde??!!!

    Mace: Para as Sendas dos Tópicos Trancados. Lá estão os posts inúteis que não cumpriram seu dever no Fórum. Eles seguirão você e finalmente a sina deles estará concluída na luta contra Wesley. Devemos partir o quanto antes.

    Sky: OK! Esse pessoal daqui pode ir também?

    Mace: Claro! Desde que não encham o meu saco. Ah! A Senhora de Valfenda também te mandou isso. Ela mesma teceu.

    Sky: Que legal!!!Uma camiseta “A Verdade Está Lá Fora”!!! Que bacana!!!

    Mace: Agora descanse! Partiremos amanhã cedo. Que a Força esteja com você.

    Sky: Idem.

    <Corta para Largo e Tirion num túnel escuro pra cacete>

    Largo: Esse não pode ser o caminho... Devíamos ter passado por algum outro
    Lugar, mesmo que errado.

    Tirion: Sinto que algo nos observa.

    <Eles continuam caminhando. Sem que eles vejam, brilham ao fundo alguns olhos.>

    Largo: Nessa escuridão não vamos poder fazer nada.

    Tirion: Seu imbecil!!! Esqueceu que a Senhora Urd te deu uma lanterna com pilhas duracel??? Usa a lanterna!!!

    Largo: Isso!!! Como pude ter esquecido!!!

    <Largo liga o botão da lanterna. Ele vai virando até que vê os olhos que os observavam. O ser (Uma aranha gigante chamada Sercelda) começa a persegui-los>

    Largo: Pare!!!

    <Largo liga a lanterna do nível 3 e a aranha sai correndo pra dentro da toca>

    Tirion: Vamos sair daqui agora!!! A saída é ali na frente!

    Largo: Ih cacete!!! Tem teias nela!!! O que a gente faz!!!

    Tirion: Largo!!! Até parece que você comeu porcaria hoje!!! Usa a p**** da sua espada!!! Usa a Penetrada!!!

    <Largo puxa Penetrada e corta as teias. Eles saem e vêem a passagem para entrar em Curitiba.>

    Tirion: Aposto que foi aquele Omykron que armou pra gente encontrar esse aranhão!!!

    <Penetrada fica azul>

    Largo: Orcs!!! Que porcaria!! No filme passado não aconteceu quase nada e eu achei que nesse ia ser mais folga ainda!!!

    Tirion: O que vamos fazer??? De um lado tem os orcs, do outro aquela p****!!!

    Largo: Aperte-se bem com a capa élfica!!! Os orcs não vão demorar a passar!

    <Os orcs passam>

    Tirion: Uff!! Essa foi por pouco.

    <De repente Sercelda salta de uma das saídas da toca e pula em Largo>

    Tirion: Cuidado!!! A aranha!

    <Surge Omykron pulando em Tirion>

    Omykron: Pegamoss ele!!! O Hobbitse nojento !!! Sssimmm!!! Sercelda pega o preciosso pra nósss e nósss.. Pega o nanico pentelho...

    <Os dois caem na porrada até que Omykron foge. Tirion se vira e vê Largo caído com Sercelda sobre ele.>

    Largo: Vai!!! Vai !!! Isso!! Pica que eu gosto!!! Mais rápido!! Vai!!!

    <Sercelda o pica>

    Largo: ARGHHHH!!!

    <Largo perde os sentidos. Tirion sai correndo e pega Penetrada e decepa uma das garras do monstro, caindo embaixo da barriga de Sercelda. Ele corta a barriga dela e depois acerta os olhos. Sercelda sai correndo com o ferimento para dentro de sua toca. Tirion corre ao encontro de Largo.>

    Tirion: Largo! Meu amor!!! Acorde!!! Estou grávido!!! Ops.. Não estou, mas poderia estar... Eu acho... Não me deixe sozinho!!!

    <Tirion olha pro rosto de Largo. Imóvel.>

    Tirion: Eu não acredito.. Você morreu... WOOOOOOOHOOOOOOWWWW!!!!!! Virei protagonista!!! Iupi!!! Ah... E agora? O que devo fazer? Hummm... Acho que se eu levar o Deriel para a Arena da Baixada vou ficar mais famoso até do que o Largo... É isso!!! Vou levar o Deriel!!!

    < Tirion pega o Deriel. De repente Penetrada fica azul>

    Tirion: Orcs! Vou ter que pôr o Deriel!

    <Tirion abre o zíper da calça e põe o Deriel. Os orcs se aproximam dos dois lados. Um deles vê Largo.>

    Orc 1:Ei! Que p**** é essa? Um espião!!!

    Orc 2: Hummm... Tenho certeza de que isso é do interesse do Senhor do Escuro.

    Orc 3: O que você acha que devemos fazer?

    Orc 2: Devemos levar o que quer que isso seja para a torre.

    Orc 1: Você acha necessário? Sercelda pegou ele de jeito. Deu um fim nele.

    Orc 2: Seu tolo! Quando Sercelda ataca não come carne morta. A picada dela tira os sentidos, mas não a vida. Ela só come carne viva. Ele não está morto!!!

    <Os orcs pegam o corpo de Largo e o levam rapidamente para a Torre de Cirith Ungol. Quando fecham a porta Tirion tira o Deriel do membro e fecha as calças.>

    Tirion: Então o Largo não morreu! A única forma que eu tenho agora de me tornar mais popular que ele é salva-lo! Esses orcs se esqueceram que o guerreiro que derrotou Sercelda ainda está a solta. Isso vai ser divertido.

    <Tirion corre em direção à porta fechada, mas tropeça numa pedra e desmaia. Corta para Minas Tolkien. Já é de manhã e Knolex e Francis estão próximos à porta do Regente-Moderador do OBRAS>

    Knolex: Não se esqueça fedelho! Cuidado com suas palavras! Se Engethor perguntar sobre o filho Leosgf o responda devidamente, mas não abra o bico sobre a missão do Largo ou sobre qualquer coisa do Skywalker.

    Francis: Por que? Qual o problema com Membrocurto, além é claro de ter o membro curto? Ele estava querendo vir pra cá, não é? Ele não tardará a chegar.

    Knolex: Talvez, Mas é melhor que a notícia da chegada não venha por você. É pouco inteligente trazer duas notícias como a morte de um filho e a chegada de alguém para assumir a realeza.

    Francis: A realeza?

    Knolex: É claro! Você deve ser o único imbecil que até agora não entendeu que Skywalker é o rei por direito. Agora se prepare.

    <Knolex bate na porta, que se abre. Aparece sentado numa cadeira abaixo do trono Engethor, Regente-Moderador do OBRAS>

    Knolex: Salve Engethor, Senhor de Minas Tolkien!

    Engethor: Knolex chegou. Isso é sinal que vai dar porcaria.... Aliás, quem é o nanico? Ouvi rumores sobre a chegada de uma testemunha da morte de meu filho.

    Knolex: Ele é um dos dois que viu. O outro tá com o Rei-Coronel Mystlink.

    Engethor: Tristes são as notícias. Bem que eu deveria ter mandado aquele inútil do Relghal no lugar do meu Leosgf. Aquele fezes não serve pra nada mesmo.

    Knolex: Ele teria ido. Leosgf era um panaca. Morreu por estupidez.

    Engethor: Diga-me pequena aberração da natureza... Conte tudo.

    Francis: Ah, sei lá... Faz uns dias aí... Foi numa das porradarias que rolaram... Um orc que não parava de gritar que ejaculava matou ele...

    Engethor: E você? Estava lá? Por que não chegou ajuda ao soar o berrante?

    Francis: Hum... Não sei... Acho que como ele era o mais chato resolveram deixar ele pra ser o último a ser socorrido.

    Engethor: É só isso?

    Francis: Bem, acho que só... Olha o seguinte, como seu filho até me ajudou a não ser morto, posso virar seu serviçal... Tipo um arauto. Que tal?

    Engethor: Pode ser...

    Knolex: Pegue o punho da espada.

    <Francis pega>

    Francis: E agora? Que que eu faço?

    Knolex: Jure fidelidade a ele, ué!

    Francis: Ah tá! Eu, Francis Ford Coppola Drake juro fidelidade a esse cara, simplesmente por que a besta do filho dele morreu pra me salvar e porque ele tem um exército grande pra cacete que vai ficar na minha frente pra eu não morrer. Pronto!!!

    Engethor: Ótimo! Mais um vassalo pra mim! Agora descansem! Nesses dias que estão vindo serão escassos os momentos de descanso, portanto aproveitem!

    <Corta para Edoras. Arandelis está na porta de Meduseld. Sky, Dirhil, Ristow e os Jedi chegam.>

    Sky: Olá senhora! Estamos prosseguindo nossa estrada e resolvemos parar pra avisar que vencemos a força de Folco.

    Arandelis: Tô muito agradecida pela consideração, mas ocês tão fora do caminho, vixe?

    Sky: Não. Não estamos. Nossa estrada segue pelas Sendas dos Tópicos Trancados, e por aqui deveríamos passar de qualquer forma.

    Arandelis: OXENTE!!! Tua missão é procurar a morte, bichinho? É a única coisa que tu vai encontrar lá, vixe?

    Sky: Eu posso passar. Eu tenho o poder de sublevar os tópicos inúteis e faze-los cumprirem o seu verdadeiro destino.

    Arandelis: Oxente! O dotô fala bunito! Então deixa eu ir junto!

    Sky: Seu dever está com seu povo.

    <Ele parte com seus companheiros. Corta para a Torre de Cirith Ungol. Tirion está parado do lado de fora. A porta se abre e dois orcs caem mortos>

    Tirion: Legal!!! Briga de orcs!!

    <Ele entra e vê duas espécies de sentinelas de pedra. Ele levanta a lanterna ligada e passa. Ele vai subindo pelas escadas passando por uma porrada de orcs mortos, até que vê, no salão mais alto Largo, só coberto com farrapos >

    Tirion: Largo!!! Sou eu!! Tirion.

    Largo: Deixa eu dormir mãe.... Ainda faltam duas horas até a aula...

    Tirion: Não Largo!!! Você não está acordando pra ir pro colégio. Você está em Curitiba! Na torre de Cirith Ungol. Domínio dos orcs de Wesley Negão.

    Largo(acordando de repente): p*** QUE PARIU!!! Curitiba??!!!

    Tirion: É! E temos que vazar logo, senão os orcs vão chegar e nossa missão estará perdida!!!

    Largo: Então está esperando o que??? Sebo nas canelas!!!!

    <Eles vestem rapidamente roupas de alguns orcs mortos e saem da torre. Largo vê ao longe a Arena da Baixada e senta nas sombras>

    Largo: porcaria! A Demanda fracassou.. Eles levaram tudo...

    Tirion: Calma Largo...

    Largo: Como calma??!!! Eles levaram TUDO!!! Eles levaram o D....

    Tirion: Não levaram não. Ele está comigo. Achei que você tinha morrido e peguei pra mim.

    Largo: Sério?? Passa aqui!!! Rápido!!!

    Tirion: Toma!!! Que isso... Eu não ia roubar...

    Largo: Deve ter sido efeito do Deriel. Desculpa.

    Tirion: Que isso... Ah! Eu também estou com Penetrada! E com a lanterna da Senhora Urd!

    Largo: Isso é tudo que nos resta, e agora temos que ir! Rumo a arena da Baixada!!! Avante!

    <Eles partem na escuridão. Corta para a viagem de Sky e Cia. Eles chegam à entrada de pedra.>

    Mace Windu: Essa é a porta. Devo admitir que tá dando um *****ço de entrar nela.

    Sky: Deixa de ser boiola e entra logo. Vamos!

    <Aparecem flashes da viagem deles pela escuridão. Corta para Skywalker parando defronte a um cadeado>

    Sky(para as sombras): Deixem-nos passar, ó posts descartáveis, e sigam-nos!!! Eu, Skywalker, filho de Anakin, Herdeiro de Kanawati, Portador de Jar-Jar Binks, o Sabre-de-Luz feito do aço inoxidável do Facão-que-foi-quebrado, Senhor dos Jedi e Rei do OBRAS os convoco!!!

    <Aparecem flashes da viagem continuando.>

    Dirhil: Os posts inúteis estão nos seguindo. Vejo vultos de cadeados e lixeirinhas. Atenderam à convocação.

    Sky: É... e o Ristow tá quase se mijando de medo aqui...

    Ristow: O que me dá medo não são os posts, e sim aquelas orelhas do Yoda se mexendo...

    Sky: São estranhas, né? Nem consigo olhar que me dá um negócio... tipo uma ânsia, entende?

    Ristow: Exato!

    Sky: Vou te dizer um negócio... Mais meia-hora com ele mexendo essas orelhas e eu corto ele em dois pedaços...

    Ristow: Eu ajudo!

    <Eles chegam a uma pedra. Ela fala aos posts.>

    Pedra: Perjuro, por que viestes?

    Voz vinda de ninguém: Para cumprir nossa real utilidade e ter paz no Fórum.

    Sky: Finalmente é chegada a hora. Vocês terão paz após me ajudarem e o Fórum Valinor estiver livre dos servos de Wesley. Pois sou Skywalker, Herdeiro de Kanawati.

    <Corta para Francis e Knolex num alojamento em Minas Tolkien. Francis está dormindo e Knolex pensativo. Francis acorda.>

    Francis: Finalmente você voltou, hein? Vi que hoje chegaram os reforços de Lossarnach e Dol Amroth. É verdade? Ah, outra coisa. Por que está tão escuro?

    Knolex: Cale a boca e volte a dormir fedelho! Iremos ao nascer do dia até Engethor. Ou melhor, quando formos convocados. Não haverá nascer do dia. A Escuridão começou. Não haverá aurora.

    <Corta para Edoras. Os Cangaceiros liderados por Mystlink chegam. Assim que entram em Meduseld chega um mensageiro de Minas Tolkien chamado Kadu>

    Kadu: Salve, Rei-Coronel Mystlink. Sou Kadu, mensageiro de Engethor e trago a pica vermelha. Engethor precisa de toda a força de Rubão o mais depressa possível.

    Mystlink: A pica vermelha! Eu irei!

    Fosco: Eu irei com o senhor! Já fui dispensado pelos Jedi, mas não quero perder essa agora não.

    Mystlink: Não vai! Você é muito pentelho!

    Fosco: Vamos decidir então quando amanhecer.

    Kadu: Não haverá amanhecer. Essa sombra que jaz na noite foi enviada de Curitiba e não cessará. Já cobriu todo o Oeste.

    Mystlink: Então vamos partir imediatamente! Mestre Fosco, fique aqui com minha sobrinha Arandelis. Vocês são encarregados de governar Rubão durante a ausência das nossas tropas e de mim.

    <Arandelis se afasta com cara aborrecida.>

    Fosco: Mas eu vou ser o único dos hobbits da história que vai ficar fora da ação? Sacanagem!!!!

    <Fosco sai puto da vida e vai passear pela concentração das tropas, até que um Cangaceiro pára ele.>

    Cangaceiro: Ei bichinho! Tô sabendo que tu quer ir cum a gente, né?

    Fosco: É... eu queria ir a Disney, mas como não dá eu queria ir pra essa guerra sim...

    Cangaceiro: Então sobe no meu lombo!

    Fosco: Você também é viado?

    Cangaceiro: Não!!! Só estou te oferecendo uma carona!

    Fosco: Ah tá... Qual seu nome....

    Cangaceiro: Pode me chamar de Silednar.

    Fosco: Okey Dokey!

    <Ele sobe no cavalo escondido pelas vestes de Silednar e os dois se unem aos outros cangaceiros. Corta para Minas Tolkien. Francis está brincando com um iô-iô quando Knolex aparece descendo correndo pela cidade.>

    Francis: Ei! O que houve?

    Knolex: Relghal está de volta! Foi atacado por Insones!

    <Aparecem os guardas trazendo Relghal numa maca. Ele está consciente>

    Francis: Então esse que é o tal de Relghal!

    Relghal: Um Pequeno! Com uniforme da Torre! De onde você veio?

    Knolex: Da Terra dos Pequenos e Pentelhos. Veio comigo. Agora venha! Descanse!

    <Aparece Relghal, Knolex, Francis e Engethor entrando no aposento do Regente.>

    Knolex: Agora conte-nos sobre o que sabe sobre a guerra que está próxima.

    Relghal: O Inimigo está avançando. Não temos como contê-lo. Acho que não sei muito mais do que vocês. Exceto é claro sobre esse assunto estranho que são os pequenos.

    Francis: Estranho é a mãe!!!

    Relghal: Eu quis dizer estranho, pois você não é o primeiro pequeno que vejo nesses tempos.

    Knolex: Como assim?

    Relghal: Há poucos dias estiveram junto de mim e meus homens dois Pequenos e uma criatura esquisita.

    Knolex (sussurrando): Largo e Tirion...

    Relghal: É! São esses os nomes deles... Vinham acompanhados de um guia muito estranho devo dizer. Seu nome era Omykron. Encontrei eles em Ithilen. Já haviam passado pelas Emyn Muil e pelos Pântanos Mortos.

    Knolex: E para onde foram depois?

    Relghal: Tentaram o Portão negro, mas a vigilância era extrema. Resolveram seguir por Cirith Ungol.

    Knolex: Cirith Ungol???! No Vale dos Insones? Quando vocês se separaram Relghal?

    Relghal: Há poucos dias... Mas não se preocupe! Essa Sombra não tem a ver com eles. Começou ontem. Antes que eles pudessem ter sido encontrados. Espero não ter feito nada errado.

    Engethor: Nada errado? Meu filho, seu pai está velho, mas não está decrépito. Consigo entender finalmente muitas coisas. Vários enigmas tiveram resposta. Lamento muito por Leosgf.

    Relghal: Você gostaria que os lugares meu e dele estivessem trocados, não?

    Engethor: É claro. Pois ele era fiel a mim. Teria me trazido o que o pequeno que você encontrou carrega.

    Knolex: Não havia nenhuma possibilidade de Leosgf traze-lo até você. Teria sucumbido ao poder.

    Engethor: Deixar nas mãos de um Pequeno toda a esperança que nos resta, para que ele avance pela terra do Inimigo é loucura.

    Knolex: E o Senhor, Engethor? O que teria feito?

    Engethor: Manteria guardado e escondido o Admin do Poder. Não usaria, mas teria a certeza de que o Inimigo não o recuperaria caso a missão falhasse.

    Knolex: Não confio em você mais do que confiava naquele traste do Leosgf. Não acredito que se essa decisão fosse tomada no Conselho você cumpriria com tal dever.

    Engethor: Seu traste caduco!!

    Knolex: Bixa velha!!!

    Relghal: Parem!!! O roteiro já é longo o bastante sem essa briga!!!

    Knolex: Está bem... Vamos Francis!

    <Corta pros dois no aposento deles>

    Francis: E aí? Quais são as chances daquele viado do meu amigo cumprir a missão?

    Knolex: Sei lá... Não sei por que aquela besta foi por Cirith Ungol... Deve ter sido conselho daquele verme do Omykron ou daquele boiolinha do Tirion... Mas talvez a sua estupidez de se mostrar no Palantir faça Wesley achar que você possui o Deriel, e você está a no máximo poucos dias de Orthanc. Isso desviaria a Mão-de-Dedos-Macios do caminho do largo, e ele poderia acabar tendo mais facilidade em destruir aquela p**** do Admin do Poder...

    Francis: Mas não entendo o que Omykron estaria fazendo com eles.

    Knolex: Eu sabia que eles ainda iam se encontrar antes do fim. Para o bem ou para o mal.

    Francis: Mas como você sabia?

    Knolex: Li o livro antes de participar desse roteiro.

    Francis: Ah... E Relghal?

    Knolex: Foi ferido por um Insone. Deverá ficar nas Casas de Cura por um tempo.

    <Corta para a viagem dos Cangaceiros de Rubão. Aparece Mystlink parado em frente a um druedain.>

    Mystlink:’Tarde Sinhô dos hômi baxinho que chamam de druedain! É uma honra pra mim ficá perto du grande Tatuapu.

    Tatuapu: Uga Uga!!!

    Mystlink: Ocê sabe quar estrada nóis deve pegá pra se livrá dos orcs?

    <Tatuapu aponta para um dos caminhos>

    Tatuapu: Uga Uga!!!

    Hugo: Ele só sabe falar isso?

    Mystlink: U quê ocê qué de um pserdo-ator vindo de novela das 7, que antes era parquito? Pelo menos ele sabe o caminho. Vamos!

    <Corta para Minas Tolkien. A porrada está comendo do lado de fora das muralhas e as forças de Wesley tentam derrubar os portões liderados por Smarzaro, o líder dos Insones. Aparece a Casa dos Reis mortos. Estão Relghal, Engethor, Francis eu uns guardas.>

    Engethor: Tragam lenha de queima rápida. Façam isso depressa!

    Francis: Ah... Sei lá... Não é melhor esperar o Knolex não?

    Engethor: Quem manda nessa bagaça sou eu! Não aquele gordo peidorrento!!!

    Francis: ah! Quer saber de uma coisa? Cala a boca! Vou procurar o Knolex! E vocês fiquem quietos!!! Não façam nada!

    <Corta para Knolex em frente ao portão, que está sendo atingido seguidamente.. Surgem na batalha os Insones.>

    Galahan: O que é aquilo? Um avião?

    Tisf: É o Super-homem?

    Knolex: Não seus imbecis! São as montarias aladas dos Insones.

    Galahan: Mas são... são...

    Knolex: Exato! São Canários-do-Reino gigantes!

    <Francis chega mas se esconde quando o portão cai. Smarzaro, Rei dos Insones entra.>

    Smarzaro: Querida! Chegueeeeeeei!!!

    <Knolex ganha uma aura meio imortal e cresce em estatura. Smarzaro também>

    Knolex: CAN BE ONLY ONE!!!

    <Knolex lança um raio branco em Samrzaro que ao mesmo tempo lança um raio vermelho. Nesse momento ouve-se o som de berrantes e os dois param o ataque>

    Knolex(sussurrando pra si mesmo): Rubão chegou.

    <Aparece a enxurrada de cavalos, mulas e jegues de Rubão avançando pelo Pelennor. Volta para a cena de Knolex e Smarzaro. Smarzaro lança-se com seu Canário-do-Reino gigante para os campos. Francis se aproxima de Knolex.>

    Francis: Ei coroa!!!

    Knolex: Fala pentelho!! Não era pra você estar lá em cima?

    Francis: O sujeito que manda na parada endoidou. Tá querendo botar fogo nele e no Relghal.

    Knolex: Fudeu tudo! Me leve até lá!

    <Corta para a ofensiva dos Cangaceiros. Mystlink fica isolado com poucos guardas, entre eles Silednar e Fosco. O pássaro de Smarzaro desce e derruba o cavalo de Mystlink, enfiando aquelas uinhas que as aves tem no lombo do cavalo >

    Cavalo: Ai como dói!

    <O cavalo morre e Mystlink não consegue sair debaixo dele. Silednar salta para perto do corpo. Ele olha para o Insone>

    Silednar: Se manda seu Insone!!!

    Smarzaro: Não se intrometa no assunto de um Insone! Deixe-me matar esse velho!

    Silednar: Vai ter que ser muito macho pra passar por mim, vixe?

    Smarzaro: Nenhum homem pode me impedir!

    <Silednar tira o chapéu de Cangaço e mostra-se Arandelis>

    Arandelis: Sô macho mai num sô hômi não! Se manda bicho-ruim!

    <Fosco puxa a pexera de Mystlink e enfia no orifício traseiro do Insone que grita. Arandelis aproveita e castra ele. Depois, ela o decapta. Ela corre para o corpo de Mystlink. Fosco já está lá.>

    Arandelis: Como ele está?

    Fosco: MÓRREU!

    <Arandelis desmaia. Hugo chega.>

    Hugo: Levem ela para a cidade. Meu tio morreu.. não acredito... VIREI REI!!! OXENTE!!!! VAMOS FAZER UMA FEIJOADA!!!

    <Corta para a batalha. Do rio surge um grande navio trazendo Skywalker e o resto. A porrada come e um monte de gente morre, menos os principais. No meio da guerra, Skywalker mata Yoda que insistia em mexer a orelha. Corta para Sky e Hugo.>

    Sky: Eae! Soube que você virou rei.

    Hugo: É... Me dei bem... Ei, como você fez pra arrumar aquele navio?

    Sky: ah... Convoquei uns posts inúteis nas Sendas dos Tópicos Trancados e avançamos até as fozes do Grande Rio. Lá existia um galpão com material velho de um filme sobre Colombo. Arrombamos o galpão e viemos com os Jedi.

    Hugo: Ah tá...

    <Corta para Knolex chegando na Casa dos Mortos. Engethor está no meio da pira e Relghal numa cama próxima. Engethor segura uma palantir>

    Knolex: Larga essa p**** e solta seu filho seu imbecil!!!

    Engethor: Cala a boca seu inútil! Não restam esperanças!

    Knolex: Restam sim se não desistirmos. Galahan! Pegue Relghal! Engethor! Sai daí seu idiota!

    Engethor: Tá bom!

    <Galahan pega Relghal enquanto Engethor começa a sair da pira, mas antes que o Regente consiga sair, Galahan joga a bituca do cigarro que fumava para trás e acerta a lenha, ateando fogo na pira e matando Engethor.>

    Knolex: È... Não perdemos muita coisa...

    <Corta para Largo e Tirion seguindo seu caminho em Curitiba. Eles pensam em pegar um ônibus numa daquelas cápsulas maneirinhas, mas desistem com medo de orcs os acharem.>

    Tirion: Ei Largo!

    Largo: Fala!

    Tirion: Orcs! Estão vindo!

    <Antes que pudessem esboçar reação, aprecem orcs.>

    Orc 1: Seus merdas!!! Por que estão separados das tropas? Vamos!

    <Sob chicotadas os dois hobbits vestidos de orcs seguem com as tropas.>

    <Corta para uma grande sala de debate em Minas Tolkien>

    Hugo: E aí? Qual vai ser a da gente?

    Knolex: Bem... Arandelis, Fosco e Relghal já estão nas Casas de Cura e foram medicados por Skywalker. Agora temos que decidir o que fazer para desviar a atenção de Wesley.

    Hugo: Desviar daonde?

    Knolex: Você é realmente muito burro se ainda não percebeu que dois pentelhos dentre os hobbits estão indo pra Curitiba destruir o Deriel!

    Skywalker: Sugiro que sigamos direto ao Portão Negro para que wesley esqueça da estrada que leva de Cirith Ungol à Arena da Baixada.

    Knolex: Então vamos nessa!

    <Corta para Largo e Tirion se esgueirando para fora das tropas e chegando próximos ao portão principal da Arena da Baixada>

    Tirion: Nem acredito na sorte que tivemos! Aqui estamos!

    Largo: Agora só precisamos subir a rampa e descer pelas arquibancadas. Chegaremos ao abismo que está onde o gramado deveria estar e acabaremos com isso de uma vez.

    Tirion: Vamos!

    <Corta para as tropas do Bem paradas em frente ao portão negro. Mais a frente estão Francis, Hugo, Knolex, Ristow, Dirhil e Skywalker. O porta-voz de Wesley sai ao encontro deles. Não é possível ver sua figura.>

    Porta-voz: Bem... Aqui estão vocês para pedir arrego.. Já era de se esperar...

    Skywalker: Quem é você?

    Knolex: O porta-voz de Wesley Negão.

    Porta-voz: O roteirista pensou em criar um personagem chamado Boca-de-Wesley, mas não seria muito criativo. Também não havia nenhum membro que pudesse estar inserido nesse papel. Além do mais, mesmo eu não tendo muito a ver com essa confusão eu consigo atrair um público mais jovem ao cinema. Jovens que me temem! Minha criadora era fã da Obra que inspirou esse filme, portanto não estou totalmente fora do ambiente.

    Sky: Mas quem é você? Quem.....

    <O rosto de um homem começa a aparecer>

    Francis: Eu não acredito... Não pode ser ele...

    Sky: Quem é ele?

    Knolex: Ele é... é...

    Francis: LORD VOLDEMORT!!!!!

    <Voldemort aparece.>

    Voldemort: Inicialmente hesitei em participar desse filme, afinal estou acostumado a ser o vilão principal, mas como o cachê é bom... Ah! Já ia esquecendo! Creio que essa cota de mithril e essa espada sejam conhecidas de vocês.

    <Ele mostra a cota e a espada que antes pertencia a Tirion>

    Knolex(para si): Fudeu tudo.

    Voldemort: Vejo que não haverá negociação, então vamos acabar logo com isso.

    Voldemort: AVADA KEDRAVA!!!!

    <Ao mesmo tempo Knolex grita Expeliarmus e Voldemort cai longe. Ele desaparata e dos portões sai um enorme exército orc.>

    <Corta para Largo e Tirion. Eles estão na arquibancada mais baixa da Arena e no lugar onde deveria estar o gramado está um abismo magmático. >

    Tirion: È agora Largo! Está na hora meu amor! Jogue!

    Largo: Não!!! Eu quero o Deriel pra mim!

    Tirion: Não faça isso Largo!!!

    <Surge Omykron>

    Omykron: Nãooooooooooooooooo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Meu preciossssooo!!!

    <Largo abre o zíper e põe o Deriel no membro. Omykron avança com o faro e salta para a luta contra Largo. Parece em Barad-Dûr Wesley se agitando numa excitação orgamática homossexual. Aprecem os Insones que estavam na confusão nos portões voando rumo à Arena.>

    <Corta pra porrada na frente dos portões. Tudo está perdido quando surgem no céu os Papagaios liderados por José, o louro da Ana Maria Braga, que havia resgatado Knolex de Moria>

    Francis: Os Papagaios! Os Papagaios!

    <Corta para a Arena da Baixada. Largo e Omykron continuam a luta até que Omykron morde o membro(isso mesmo, o membro) de Largo e arranca o Deriel>

    Omykron: É meu!!! Meu preciossso!!!

    <Ele escorrega numa poça de catchup que estava lá desde o último jogo do Atlético e cai no nas Fendas.>

    Omykron: Meu preciossssssooooooooooooooooo!!!!!!!!!!!

    <O Deriel é destruído. Aparecem por uns 10 minutos os flashes da destruição de Curitiba. Aparece Wesley caindo de bunda em cima de uma escalagnite no fundo das fendas e morrendo.>

    <Corta para o campo de batalha. Os orcs estão desesperados sem rumo com a destruição de seu mestre. Louro José e Cia. Se aproximam de Knolex>

    Knolex: Zé! Me leva até a Arena. Temos que resgatar dois hobbits.

    Louro José: Só se você acertar a pegadinha de hoje!

    Knolex: O que?

    Louro José: Sem asas volita, sem voz ele ulula, sem dentes mordica, sem boca murmura.

    Knolex: você é burro mesmo, hein! Essa charada tem no O Hobbit! É vento!

    Louro José: porcaria! Sobe aí.

    <Aparecem flashes do resgate de Largo e Tirion.>

    <Corta para Largo acordando em Cormallen.>

    Knolex: Finalmente hein...

    Largo: Knolex!!! O que houve??!! Não consigo lembrar!

    Knolex: Está tudo bem. O Deriel foi destruído para sempre e a paz no Fórum Valinor há de ser eterna.

    Largo: E Tirion?

    Knolex: Olhe para a porta.

    <Os dois trocam olhares. Focalizam-se os olhos dos dois em silêncio total. Começa a tocar aquela música escrota da novela das 8(somente por amor... a gente põe a mão...) Ao som da música os dois trocam olhares e choram, até que chega a nota alta( a vida se refazzzzzzzzzzzzzz) e os dois correm um ao encontro do outro e se beijam>

    Largo: Eu te amo Tirion!

    Tirion: Te amo Largo!

    Knolex: Agora chega de viadagens. O Rei quer vê-los!

    Tirion: O Rei? Que rei?

    Knolex: Skywalker.

    Tirion: Membrocurto??? Legal!!!

    <Corta para imagens de Skywalker entrando em Minas Tolkien aclamado como Rei. Relghal está nos portões.>

    Sky: Ora! Vejo que melhorou!

    Relghal: É! E me casei!

    Sky: É? E com quem?

    Arandelis: Comigo! E ai desse cabra se ele me trair! Eu capo ele como fiz cum o encapuzado!

    Sky: Fico feliz por vocês.

    <Corta pro Casamento de Skywalker e Isil Ninque. Aparecem todos os personagens do Bem que haviam aparecido nos outros filmes, numa daquelas clássicas cenas manjadíssimas de último filme da série.>

    <Corta para Knolex, Largo, Dirhil, Ristow, Tirion, Fosco e Francsi cavalgando de volta pra casa.>

    Knolex: Afinal, o que vocês dois vão fazer agora?

    <Ristow e Dirhil se entreolham>

    Dirhil: Bem... Decidimos nos casar... Estamos indo pro norte apenas pra pegar nossas coisas... Compramos um apartamentinho em Minas Tolkien e vamos morar lá até que Lothlórien estaja vazia. Depois nós vamos construir lá um retiro neo-hippie naturalista.

    Knolex: Hummm... Interessante.

    Ristow: E nossos amigos hobbits?

    Knolex: Bem, Largo e Tirion vão para OFAEM, a Terra Abençoada, onde um dia você irá Dirhil.

    Dirhil: OFAEM... O Fórum Administração e Moderação....

    Fosco: Eu já tenho o que fazer! Entrei em contato com um empresário de Bri e vamos abrir uma empresa de informática. O nome dele é Bill Samambaia Gates. Acho que temos futuro.

    Francis: E eu fui convidado pelo SFT(Sistema Forumesco de Televisão) para participar do novo reallity show deles e depois estrelar uma novela.

    Knolex: Etamos todos bem de vida então...

    Dirhil: Vejam! Lá na frente vejo duas pessoas. Um homemzinho que não pára de cantar e pular e outra pessoa... Cabelos muito claros...

    Knolex: Suponho que sejam Tom Bombadil e Fruta D´Ouro...

    Dirhil: Não... É o Raul Gil e o Robinson...

    <Corta para os Portos Cinzentos. Fox, o Armador está lá, além de Urd, Erunámo, Knolex, Tirion, Largo, Bastian Hawkins, Jackie Chan, Ronaldinho Gaúcho, Carola Ex-Scarpa e o Dr. Albieri.>

    Fox: Vocês sabiam que aqui já foi chamado Portos Alvos? Mas com a poluição virou Portos Cinzentos.

    Knolex: Largo, agora que estamos indo, preciso lhe contar que eu tinha um dos Três anéis dos Moderadores...

    Largo: Quer dizer que as coisas poderiam ter sido mais fáceis? Eu não acredito!!! Você poderia ter facilitado tudo!!!

    Knolex: hehehehe É… Mas não teria tanta graça...

    <Corta para o navio. Tirion e Largo estão na proa. >

    Largo: Eu sou o rei do mundo!!!

    Tirion: Baixa a bola.... Menos...

    <Um iceberg bate no navio, que rapidamente fica na vertical e todos se penduram, mas Tirion escorrega e cai no mar, morrendo afogado.>

    Largo: Nãooooooooooooooooo!!!!!!!!!!!!!

    <Começa a tocar My Heart Will Go On enquanto imagens do afogamento de Tirion e do choro de Largo aparecem. A música pára e aparece uma luz na noite. É um navio voador, e nele está um cara com uma luz na testa. >

    Knolex: Ëarendil!!! Vem cá!! Dá uma carona!!!

    <Aparece Ëarendil resgatando todos. Corta para Largo chorando numa praia de OFAEM>

    Knolex: Pare de chorar Largo.

    Largo: Mas eu amava ele Knolex...

    Knolex: Você vai superar... Lembre-se que 90% da população daqui é de elfos boiolas. Você tem que se soltar! Como fazia antes.

    Largo: Você está certo.

    <Ele pega um cordão com uma foto de Tirion e atira na água.>

    Largo: Meu amor. Prometo dar muito. Como você gostaria de ver.

    <A câmera se aproxima dos olhos lacrimejantes de Largo e a tela se apaga.>


    EPÍLOGO:

    - Com um ano de casamento, Relghal traiu Arandelis e foi capado por ela. Com a hemorragia ele morre. Ela passa a mandar nas Casas de Cura obrigando todos os pacientes a tomar o remédio ameaçando capá-los.

    - Dirhil e Ristow viveram felizes por muitos anos e realizaram o sonho de criar a comunidade neo-hippie naturalista. Após a morte de Ristow, Dirhil tentou ir para a Terra Abençoada, mas naufragou numa ilha, onde passou anos construindo em pedras imagens do seu falecido amante anão. Após um tempo ele se matou. Atualmente essa ilha tem o nome de Ilha de Páscoa e ninguém sabe que as pedras entalhadas são as memórias do amor de um elfo viado.

    - Skywalker governou bem até que resolveu morrer e se trancou na Casa dos Mortos. Para garantir que ninguém o atrapalharia comeu a chave, impedindo assim que Isil saísse da Casa, também a matando por falta de ar.

    - Fosco foi o hobbit mais rico do mundo, mas é assassinado em segredo pelo serviço secreto de Minas Tolkien,

    - Francis vence o reality show e se torna uma celebridade mundial, mas perde o controle e morre de overdose e erva-de-fumo.

    - Bastian consegue com os Vala o direito de viver mais cem anos, mas morre de infarto ao tentar seduzir uma elfa peituda.

    - Knolex volta a namorar a viúva de Thingol Melian, mas mantém casos com Varda, Nienna, Nessa e as outras Valier.

    - Largo vive bem por um bom tempo, mas ao dormir embaixo de uma árvore em Valinor morre pisoteado por Tulkas que apostava uma corrida com Oromë.

    Esse é o fim de todos esses imbecis que fizeram essa história ser possível. O final obviamente foi escroto como todo o resto. Se alguém não gostou, FODA-SE! Eu tive o trabalho de escrever e vocês não!

    Bem... Agora os créditos já estão passando e eu continuo enchendo o sdaco... Vai ser mala sim lá em Mordor hein...

    O foda é que tem gente que ainda acha que depois dos créditos ainda aprece alguma coisa. Bem... Cansei de escrevr. [email protected]

    <A tela se apaga>

    FIM
     
  4. V

    V Saloon Keeper

    Knolex, estas histórias já não foram postadas aqui, em outros tópicos?

    Na boa mesmo, parabéns pela sua vitória, e tal... mas me explique porque eu não devo trancar, quiçá deletar, este tópico?

    Na boa, mesmo, viu? Não fiquei bravo. Só queria entender, ok? :wink:
     
Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.

Compartilhar