1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[L] [Inho][Mandos e Desmandos de um Coração Irrequieto]

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Inho, 3 Mai 2003.

  1. Inho

    Inho Usuário

    [Inho][Mandos e Desmandos de um Coração Irrequieto]

    Eu tenho algo pro CdE, mas num sei se crio um tópico pra isso. Eu quase colocava no Poesia Sempre, mas ficou muito grande pra lá. E eu também num queria que meu primeiro tópico no CdE tivesse esse título, já que muito pouco que eu escrevo é relativo à esse tema, mas... lá vai.

    Mandos e Desmandos de um coração irrequieto
    Inho

    Cap I - Mandos e desmandos...

    Não mandei você ser tão bonita.
    Não mandei você ter esse olhar tão hipnotizante.
    Não pedi que você fosse a coisa que eu mais quero neste mundo.

    Cap II - Uma estrofe

    Tem um olhar que foge do meu
    Mas que eu não resisto a procurar.
    O mesmo olhar não me respondeu
    e por isso estou hoje a chorar.

    Cap III - Sonetum Litera Prima

    Mas que outra arma tão certa
    ainda terias a me apontar.
    Não fosse suficiente o olhar
    ornando tua face, minha única meta.

    Eu sigo teus passos, cego.
    Lamentando o medo de gritar.
    A língua, escrava do silêncio soltar,
    é beijar de Deus a mão enquanto o nego.

    Última porta, nem sinal do querubim.
    Tola paixão, me leva a te seguir assim.
    E todo amor não enxuga meu pranto sem fim.

    Ao teu olhar eu me derreto.
    Me calas, eu cedo, receio.
    Outra guerra, outro poema, o mesmo desejo.

    Cap IV - seus olhos (citando Allan Poe)

    With the mouth and chin of a deity - singular, wild, full, liquid eyes, whose shadows varied from pure hazel to intense and brilliant jet.

    Cap V - Felicidade (ou Sonhando acordado com ela I)

    Um dia de sol. Eu corro dela pelos gramados do campus, rindo. Ela me persegue sem desistir, mas também ri muito. Certa hora, eu dou um pulo, giro no ar, e caio de costas na grama, claramente intencional. Ela vinha atrás de mim, pula em direção ao chão se apoiando antes de encostar em mim. Nossos narizes a menos de um palmo de distância.
    Esse momento é o da alegria maior. Na minha vista, somente ela e o céu azulíssimo ao fundo. Seus cabelos caindo sobre meu rosto e nos lábios um sorriso sincero da mais pura e inocente felicidade. É no castanho dos seus olhos, porém, que esta encontra seu mais fiel retrato - o mais fiel que já se teve o prazer de admirar. Os olhos meio que tremem, passeiam sem pressa pela minha face, a pálpebra relaxa. Ao final, nossos olhares se cruzam, e se travam. Nos deliciamos com isso.
    Por fim, ela rapidamente beija minha testa, se levanta de um salto, e começa a correr. Eu ainda passo alguns instantes parado, saboreando a sensação de estar com o coração cheio - expressa por um sorriso bobo no rosto. Ela para de correr logo em frente, se vira, e fica me olhando - ela sabe tudo que eu sei. Eu me levanto e começo a correr atrás dela.

    Cap VI - Sonhando acordado com ela II

    O problema nasceu quando você me disse que adorava o céu. Isso me fazia passar horas olhando as estrelas, como se fosse você que eu visse lá em cima. Mas você não estava. Dura realidade, ou talvez devaneio demais.
    Bem, talvez então o brilho dos seus olhos estivesse lá? Nas estrelas, nos satélites - em todos esses astros eu procurei, mas não encontrei nada que se assemelhasse aos seus olhos, inigualavelmente impecáveis. Na manhã seguinte, ao ver o sol, achei que tinha encontrado a comparação perfeita, mas, que nada: o sol me cega, me subtrai. Vocême expande, você me melhora - me completa.
    Aí que eu desisti de te procurar no céu. Lá, eu só encontro a tua lembrança e esta eu nem preciso procurar: está tão dentro demim que, se eu tentasse fugir dela, meu coração faria as vezes de Calabar, me entregando novamente à solidão passageira.

    Cap VII - Hoje

    O hoje foi feito para ser perfeito.


    Taí, eu queria censurar algumas partes, mas seria injusto com vocês... vá lá. Deu pra sacar que eu adoro os olhos dela, né? E quem pegar a idéia do cap. III...hum, ah, parabéns!

    :grinlove: Ê!
     
  2. Míriel- a elfa

    Míriel- a elfa Elfa Laiquendi

    Muito bom ... Vc sabe escrever .... adorei .... meus parabens ...

    :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap: :clap:
     
  3. Inho

    Inho Usuário

    :oops: mmm...brigado. Fiquei tocado com o calor dessa crítica...
     
  4. Míriel- a elfa

    Míriel- a elfa Elfa Laiquendi

    vc sabe escrever historias ?? Eu adoro historias e poemas ...

    não precisa ter vergonha, pois pelo o que vc escreveu vale a pena se elogiar ..!
    :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:
     
  5. Kementari

    Kementari É só marca do fogão!

    Apaixonante :obiggraz:
    Adorei as tiradas de situacoes relacionadas a sentimentos! :obiggraz:
    Se me permite, o final foi muito... como posso dizer... quebrou o clima romantico da subjetividade que o texto passava ate entao...
    O que n estragou de maneira nenhuma a obra, parabens :clap:
     
  6. Lukaz Drakon

    Lukaz Drakon Souls. I Eets Them.

    Realmente Inho. Está muito bom! :clap:

    Você imagina a cena no ato, e não há como não se emocionar com ela.
     
  7. Inho

    Inho Usuário

    É que o texto foi escrito em pedaços, em dias diferentes. No dia do último capítulo era dia de... ação! E aí eu precisava de total objetividade. Era a idéia do dia que tinha que ser perfeito.

    Valeu a força, pessoal! Brigadão!
     
  8. Tcheco_theOld

    Tcheco_theOld Usuário

    cara...
    não tenho nem oq falar.

    Parabens!
    Muito bom MESMO.
     
  9. Goba

    Goba luszt

    Inho le Puto!! Parabéns cra... Se vc escreveu pensando em alguém (duh!) sortuda seja sua escolhida... Hehehehe... :obiggraz:
     

Compartilhar