1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[L] [Forfirith][Preto no Branco]

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Forfirith, 31 Jan 2004.

  1. Forfirith

    Forfirith Usuário

    [Forfirith][Preto no Branco]

    A conselho de meu estimado colega Melkor, vou postar aqui meu mais novo conto :D
    -----------------------------------------------


    Preto no branco

    E então, antes mesmo de se dar conta, ele nasceu.Veio do fundo do vazio da branquidão.Pequenas manchas negras no fundo límpido.Papel cor de arroz, tinta cor de morte.Tinta cor de negro profundo.
    Desde sua formação, o contraste.Preto preto, no branco branco.
    Recém existente, tinha as folhas ainda frágeis, maleáveis, como broto de planta. Sem nunca ter sido exposto ao sol. Ao sol amarelo em cor.
    Como a semente que germina sabe se dirigir em direção ao sol? Da mesma forma o conto sabia o que contar. Ele nascera para aquilo. Mesmo sendo branco, mesmo tendo ainda poucas linhas pretas e pesadas, e ainda sendo frágil.
    Ele surgira já sabendo seu fim. Tivera tempo suficiente para memorizar o que dizer no vazio. E para saber que, como tudo que vive, passaria a amar o sol. Ele estava fadado a amarelecer. Bem como todas as existências amantes do astro luminoso.
    Foi passando então o tempo e o conto ficou pronto.Terminado, completo.Porém, não maduro.Ninguém o lera. Logo, conto não era ainda: era virgem na arte de ser lido.Não experimentara ainda a libidinosidade de ser lido, nutrir quem o lê, e ser nutrido de experiência. Ele continuava branco. E, conforme não foi sendo lido, suas entrelinhas continuavam vazias.
    O conto então foi envelhecendo, suas entrelinhas sendo preenchidas, seus desejos satisfeitos. Ele estava pronto para atingir seu destino. Ele estava pronto para começar a se tornar sol. Enfim o processo começaria. Enfim, agora que sua contenda pela existência já acabara, ele já se provara conto.E foi então.
    Assistia realizado e saciado da branquidão a si mesmo amarelecer. Quanto mais amarelecia, mais era lido, e assim mais amarelecia. E o júbilo mais que nunca se fez presente. O amarelecer vagaroso, a vida vagarosamente amarelada contida nas páginas da historia. Assim então, viveu o conto, e assim suas páginas se tornaram sol.
     
  2. Melkor- o inimigo da luz

    Melkor- o inimigo da luz Senhor de todas as coisas

    Eu já disse pra você o que acho desse texto mas vou dizer de novo, Forfi.

    No começo eu não tava gostando. Tava achando bobo. Depois comecei a não entender e comecei a achar legalzinho. Mas quando eu entendi de verdade, no fim, eu achei simplesmente demais. Me enganou várias vezes, me fez pensar... Foi uma surpresa mto gostosa quando eu entendi o que você queria dizer. Está muito bom, mesmo.

    Parabéns! =)
     
  3. Forfirith

    Forfirith Usuário

    Obrigada denovo Melk!! :mrgreen:

    Bem, eu vou confessar uma coisa...nem eu sei o q eu quis dizer com o conto 8O
    Eu escrevi porque veio na cabeça...ok, eu sou estranha... :osigh:
     
  4. Lord Meneltar

    Lord Meneltar Argerich

    Hmm,é uma coisa curiosa,está na minha classe imaginária de coisas que contam a sua própria história.Eu gosto muito dessa classe,acho fascinante!
    :grinlove:
     
  5. Vinci

    Vinci Usuário

    No começo é um pouco confuso e meio difícil de perceber o que você quis dizer (mesmo que você não saiba, né?), graças a grande quantidade de metáforas que são usadas, mas no fim, é realmente fascinante.
    E que bom que seu texto não é virgem na parte de ser lido, né? Por que é horrível pro escritor quando acontece.
     
  6. Forfirith

    Forfirith Usuário

    Hahahaha...sim, ainda bem, porque é horrível mesmo!
     
  7. Kementari

    Kementari É só marca do fogão!

    Nega, esse eu tinha lido mas não comentado ainda!
    Fascinante, que nem tudo que você escreve!
    Te adoro! :grinlove:
     

Compartilhar