1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Kinsey - Vamos Falar de Sexo (Kinsey, 2004)

Tópico em 'Cinema' iniciado por Tisf, 11 Nov 2004.

  1. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Kinsey


    Direção: Bill Condon

    Elenco: Liam Neeson, Laura Linney, Chris O Donnell, John Lithgow, Tim Curry.

    Kinsey, que deve tá estreiando nos Estados Unidos, mostra a vida de Alfred Kinsey, pioneiro na pesquisa da sexualidade humana. Em 1948, ele publicou o na época polêmico livro Sexual Behavior in the Human Male (Comportamento Sexual do Homem), um dos primeiros trabalhos que se tem notícia sobre o comportamento sexual humano.
    A direção fica por conta de Bill Condon, de Deuses e Monstros e roteirista de Chicago.

    Pôster:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. Bellcross

    Bellcross Ei, Ó o Auê aí ó !

    :think:
    Hummm !!
    A Premissa é interessantissima... ta com cara de que vai arrebentar.
    Ouvi dizer tbm que a atuação do Liam Neeson nesse filme ta exelente... é esperar pra ver né !! 8-)
     
  3. 655321

    655321 Usuário

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Ao que me parece, esse cara está para a sexologia assim como Freud para psicologia. Alfred Kinsey era bisexual, masoquista e fã de sexo grupal. As pesquisas dele eram controversas. Principalmente em relação a pedofilia. Nessa reportagem aí chegaram a comparar ele com um cientista nazista.
    Esse filme vai ser a polêmica do ano, principalmente pq os EUA está tomado por um fundamentalismo cristão.
    Pelo trailer o filme parece ser bom. O Lian Neeson tá cotado pra uma indicação, a Laura Linney tb.
    Pelo menos com essa polêmica a bilheteria já está garantida
     
  4. Gondorian Blade

    Gondorian Blade Usuário

    Caramba 8O !!!!!!! Depois dessa matéria aí, estou louco pra assistir ao filme. O cara sem dúvida teve uma vida bem agitada e o filme não parece estar com medo de mostrar tudo isso. E tendo Liam Neeson como o protagonista só podemos esperar coisa boa. Finalmente um filme polêmica q vale a pena ser assistido. Alguma idéia de quando estréia por aqui. Infelizmente parece ser aquele tipo de filme q as distribuidoras só vão exibir lá pra março ou abril (a menos q realmente faça sucesso).
     
  5. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Eu gostei do filme.

    É uma biografia bastante quadradinha, mas que acaba por demostrar o quanto o cara se esforçou pra começar a abrir a mente do pessoal com relação ao sexo.

    O Liam encarna o papel com um aspecto muito hilariante de : "ah isso é tão normal gente" :lol: A carinha dele com a testa franzida...

    O cara foi realmente um pioneiro e o filme conseguiu passar essa idéia. A última cena dele com o pai é bem emocionante.

    Não vão esperando uma coisa foda, mas um filme que apesar do tema, é bem leve com algumas cenas que podem até ser mais forte, mas não é motivo pra tanto alarde como aconteceu nos EUA. Podem até ser contra o cara que existiu, mas ir contra o filme me pareceu meio hipócrita.
     
  6. Esses protestos mostram que a sociedade ainda tem muito o que evoluir. Filmes violentos e sangrentos ganharam classificações bem mais leves que esse. Que mundo é esse que encara com apatia a violência mas repudia aquilo que tange a sexualidade, ironicamente algo natural e inerente a qualquer ser humano? Como disse Larry Flynt... uma guerra é defintivamente bem mais obsceno que uma penetração.

    Pelo menos "Kinsey" já tem mérito só por provocar esse tipo de reação. Dito isso, o filme é bem legal sim. Mais que uma mera biografia, é um bom cinema, com elementos cômicos, trágicos e emocionantes sob uma direção segura que não deixa o ritmo descompassar. Leva seus personagens à um processo de introspecção, o que é interessante: não somos nós que os analisamos, mas eles próprios. E isso funciona, porque achamos engraçada a inocência e a paranóia que eles descobrem em si mesmos; afinal, em algumas instâncias sempre foi divertido observar a problemática alheia.

    Mas o contexto dos anos 40/50 em que a história se passa é muito mais marcante pela hipocrisia do que pela ignorância. Porque as pessoas fazem uma coisa e dizem outra, como ficou claro nas respostas ao questionário do professor. Aliás, aqui a ignorância tem a hipocrisia como causa, pois quando fingimos ignorar aquilo que fazemos, deixamos de explorar o assunto, de desenvolver ciência e estudos. E Kinsey é um herói porque não foi abatido por essa falsidade. E tudo isso possui um fundo trágico com uma faceta cômica. Bom, enfim, tá certo... afinal, tem que rir pra não chorar.

    A sociedade mudou bastante, embora ainda tenha o que andar. Quanto a isso, acho que existe uma mensagem importante que o filme consegue passar: a coragem de um encoraja aqueles ao redor. Foi através da ousadia da Kinsey que aquela mulher no final conseguiu se "salvar". E acho que as pessoas estão ficando mais corajosas hoje em dia, sinal de que o processo continua. Retroceder é impossível. Mas, hm, é isso, né?
     
  7. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Então, com a profundidade que só minhas críticas tem, achei o filme bom.

    Acho q dei nota 60 pra ele, tá lá na minha lista de 2005.
     
  8. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Esse filme é muito bom, tanto como filme em si quanto porque trata desse tema. Muito bom mesmo, recomendo.
     

Compartilhar