1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Keep of the ShadowFell - O Jogo

Tópico em 'Play by Forum' iniciado por KingElessarEledwhen, 1 Mar 2009.

  1. KingElessarEledwhen

    KingElessarEledwhen Elder Dragon

    Fichas dos Jogadores
    Keep of the ShadowFell

    Com o reinado dos doze principes de Netheril o sombrio reino estende sua ameaça sobre todos, e não menos contra Cormyr. A grande nação de Cormyr por muitos anos tem tentado suprimir a expansão do reinado das Sombras em aliança com outras como Evereska(dominada por Eladrins), Dalelands e Myth Drannor(dominada por Eladrins), patrulhando as bordas de Netheril tentando conter sua agressão. Mas Cormyr, assim como seu aliados eram um grande problema na sua expansão e os vinte príncipes a muito tentam eliminar seus rivais. Porém o reino de Cormyr assim como os demais era demasiados poderosos e contra esta aliança Netheril e os vinte príncipes não tinham chance. Mas muitos de seus servos e espiões foram infiltrados não somente nestas nações mas em toda a Faêrun, buscando aliados e meios de aniquilar seus inimigos.

    A companhia foi contratada por um historeador de Cormyr, chamado Douven Staul, para investigar rumores acerca de uma possível ruína nas cercanias de Winterhaven. Pouca informação o velho lhes forneceu acerca de suspeitas ou objetivos, mas ofereceu-lhes um pagamento de 250 POs por um mapa da ruína.

    Logo saindo de Suzail a viajem foi exautiva e duradoura, mas em alguns dias o grupo ja se encontrava na orla da Floresta ao norte, onde se encontrava Winterhaven seguindo-se por uma das estradas. A floresta parecia não ser muito convidativa mas também não aprentava grande perigo.
    Conforme avançavam hora ou outra podiam perceber movimentação entre as árvores, mas sem descobrir a sua verdadeira origem. A viajem foi monótona, mas pelo menos o tempo estava agradável e o dia belo. Após algum avanço na estrada o tédio foi quebrado por uma cena diferente da tranquilidade até agora...

    O grupo se aproximava do ocorrido e se escondia atrás de uma pedra para analisar a situação e por de trás da pedra o grupo podia observar um pouco mais a frente na estrada um homem que se encontrava ao chão inconsciente sendo revistado por três kobolds, os quais portavam pequenas lanças em suas mãos. Os kobolds se ocupavam de averiguar a bolsa do homem.

    Para quem não conhece um Kobold aqui vai uma ilustração...
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Mapa:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Mapa no Google Maps:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Condições
    BLINDED
    -> You grant combat advantage.
    -> You can’t see any target (your targets have total
    concealment).
    -> You take a –10 penalty to Perception checks.
    -> You can’t flank an enemy.

    DAZED
    -> You grant combat advantage.
    -> You can take either a standard action, a move action,
    or a minor action on your turn (you can also take
    free actions). You can’t take immediate actions or
    opportunity actions.
    -> You can’t flank an enemy.

    DEAFENED
    -> You can’t hear anything.
    -> You take a –10 penalty to Perception checks.

    DOMINATED
    -> You’re dazed.
    -> The dominating creature chooses your action. The
    only powers it can make you use are at-will powers.

    DYING
    -> You’re unconscious.
    -> You’re at 0 or negative hit points.
    -> You make a death saving throw every round.

    HELPLESS
    -> You grant combat advantage.
    -> You can be the target of a coup de grace.
    Note: Usually you’re helpless because you’re unconscious.

    IMMOBILIZED
    -> You can’t move from your space, although you can
    teleport and can be forced to move by a pull, a push,
    or a slide.

    MARKED
    -> You take a –2 penalty to attack rolls for any attack
    that doesn’t target the creature that marked you.

    PETRIFIED
    -> You have been turned to stone.
    -> You can’t take actions.
    -> You gain resist 20 to all damage.
    -> You are unaware of your surroundings.
    -> You don’t age.

    PRONE
    -> You grant combat advantage to enemies making
    melee attacks against you.
    -> You get a +2 bonus to all defenses against ranged
    attacks from nonadjacent enemies.
    -> You’re lying on the ground. (If you’re flying, you safely
    descend a distance equal to your fly speed. If you
    don’t reach the ground, you fall.)
    -> You take a –2 penalty to attack rolls.
    -> You can drop prone as a minor action.

    RESTRAINED
    -> You grant combat advantage.
    -> You’re immobilized.
    -> You can’t be forced to move by a pull, a push, or a
    slide.
    -> You take a –2 penalty to attack rolls.

    SLOWED
    -> Your speed becomes 2. This speed applies to all your
    movement modes, but it does not apply to teleportation
    or to a pull, a push, or a slide. You can’t increase
    your speed above 2, and your speed doesn’t increase
    if it was lower than 2. If you’re slowed while moving,
    stop moving if you have already moved 2 or more
    squares.

    STUNNED
    -> You grant combat advantage.
    -> You can’t take actions.
    -> You can’t flank an enemy.

    SURPRISED
    -> You grant combat advantage.
    -> You can’t take actions, other than free actions.
    -> You can’t flank an enemy.

    UNCONSCIOUS
    -> You’re helpless.
    -> You take a –5 penalty to all defenses.
    -> You can’t take actions.
    -> You fall prone, if possible.
    -> You can’t flank an enemy.

    WEAKENED
    -> Your attacks deal half damage. Ongoing damage you
    deal is not affected.

    Guia de Referência de Regras(Inglês):
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição: 2 Out 2009
  2. Lyvio

    Lyvio Usuário

    Morty olha atentamente a situação, talvez em outra situação ele não interferisse, afinal qual a importância da vida de um homem o qual ele mal conhece, Morty nunca foi bom, pratica suas atitudes quase que exclusivamente por puro egoísmo, para supriri sua propria necessidade ou desejo e um bom dinheiro o foi oferecido para encontrar um mapa e quem sabe esse homem caído não tem esse mapa. Ele olha para os demais e fala:

    -O que estamos esperando?, esse homem pode nos dar alguma informação útil se estiver vivo, ou mesmo esses largatos..., vocês querem os não os 250 PO, fomos contratados para isso, não costumo trabalhar em grupo, mas por exigência e a boa oferta me fez se misturar a vocês... . Ah...Será que estão com medo desses vermes inúteis? hahahahahaha..sorriu sarcasticamente Morty. Eu não tenho tempo a perder..

    Rapidamente Morty Sai detras da pedras, logo em seguida ele aponta sua varinah para o kobold mais próximo, pronuncia algumas palavras e desfere seu encanto malévolo.


    Iniciativa

    [roll0]

    O que eu uso como ataque a distância? como é esse edit blast?
     
  3. Oromë

    Oromë Purge 'em all

    OFF: Excelente trabalho em grupo, Lyv. Pulou pra batalha sem nem ao menos esperar o que os outros tinham a dizer, assim como sem nem ao menos saber o que sua personagem faz direito.

    Vendo a ação no mínimo precipitada, e com seu esconderijo já revelado, Aldaron se revela também, pronto para por um fim rápido à batalha.

    Já deixarei a iniciativa rolada. No caso o primeiro turno seria surpresa, King?

    Iniciativa:

    [roll0]
     
  4. KingElessarEledwhen

    KingElessarEledwhen Elder Dragon

    Iniciativa dos Kobolds:
    1: [roll0]
    2: [roll1]
    3: [roll2]
     
  5. Lyvio

    Lyvio Usuário

    Furtividade

    [roll0]

    Ataque do encanto Malévolo

    [roll1]

    Dano caso acerte

    [roll2]

    se tiver errada a jogada de ataque acrescenta aí o que faltar king, já errei mesmo..., tirei 4 1 só hoje em nos rpgs... que graaande sorte. devia te deixado 14 e não escutado o elad sem entender bem. kkkkk
     
    Última edição: 1 Mar 2009
  6. KingElessarEledwhen

    KingElessarEledwhen Elder Dragon

    Morty fez menção de atacar os kobolds, mas foi infeliz na tentativa, pois os pequenos inimigos perceberam os heróis e de imediato sairam correndo se embrenhando no meio do mato que cercava a estrada ficando fora da visão de qualquer um, deixando o pobre homem inconsciente no caminho da estrada.
     
  7. Vindicador

    Vindicador Usuário

    Janos

    Vendo a total ignorância do tiefling, Janos olha seu companheiro se lançar em combate de forma pouco inteligente. O dragonato sempre se mostrava aberto a relacionamentos com outras raças, mas uma vez sabendo da ascendência demoníaca dos tieflings, com estes, Janos sempre se manteve alerta, e não era diferente com Morty.
    E assim, coloca sua enorme mão sobre a testa em sinal de reprovação.
    Tiefling ignorante! Será que não sabe o que é agir em concordância??

    Após a retirada dos kobolds, Janos avança e se aproxima do homem prostrado no chão se agacha, sem se aproximar muito, pois sabe que a aparência dos dragonatos (principalmente de perto) parecia um pouco mais intimidadora, e talvez assustasse o homem ao acordar.
    Homem! Olhe para mim (elevando o rosto do homem para cima com sua mão), acorde rapaz!

    Iniciativa: [roll0]

    OFF:
    Eu não sei se você postergou isso para depois, mas pelo menos para mim, é imperativo a utilização de um grid de batalha, ou no mínimo uma descrição dos posicionamentos de cada um, uma vez que o meu PC tenha habilidades voltadas para um combate baseado em táticas com os aliados.
     
    Última edição: 1 Mar 2009
  8. KingElessarEledwhen

    KingElessarEledwhen Elder Dragon

    O homem abre os olhos com muito esforço e está tão ferido que nem se preocupa com a raça distinta que falara com ele, era de certo uma criatura jamais vista por ele, mas ele não estava em condições de julgar. Ele ergue a mão segurando o braço de Janos e em seguida desmaia. Ele estava vivo mas sua vida estava por um fio.

    Sua face estava toda ensanguentada e ele possuia um ferimento profundo de lança em sua barriga.
     
    Última edição: 1 Mar 2009
  9. Vindicador

    Vindicador Usuário

    Janos

    Vendo a situação alarmante do homem, o sangue cai em sua mão mostrando um trajeto inteiro vindo de sua barriga passando pela roupa.
    Passando os olhos rapidamente pelos acompanhantes, Janos olha para Gidel, a ranger humana e solicita
    Gidel, esse homem possui ferimentos graves, sua assistência me é necessária para estabiliza-lo

    OFF:
    CD 15 de cura para estabilizar as condições do sujeito
     
  10. Lyvio

    Lyvio Usuário

    -Cale-se Dragonborn!, kobolds são inuteis por natureza, não havia motivo para temê-los, e ainda por cima estavam em apenas três...!

    Dito isso o Tiefling se aproxima do Homem, mas não muito, ele olhava pro homem com uma espressão fria, sem demonstrar preocupação, pior, olhava com desprezo pelo homem ter sido derrubado por kobolds.

    Raum...-Pigarrou ele-, "a esperança que ele vivesse parece diminuir... fiz a minha parte espantando aqueles malditos, mas esse fraco humano parece ser inutil como a maioria da sua raça."-Pensava ele consigo-
     
    Última edição: 1 Mar 2009
  11. malk_2009_br

    malk_2009_br Usuário

    Gidel observa a estranha se desenrolar... e, enquanto espreita atrás das pedras, fica pensando em como os deuses conspiraram para ela parar ali. No passado, se alguém lhe perguntasse, nunca imaginaria responder que poderia vir a se juntar a um grupo tão, por falta de uma palavra melhor, diferenciado. Bem, também seria estranho alguém lhe perguntar algo, pois Gidel prefere evitar ao máximo o convívio com aqueles que não vivem numa floresta.

    Subitamente, um dos membros deste recem formado grupo realiza uma ação que lhe tira dos seus pensamentos. O "demônio" que auto intitula-se "Morty", sai de tras do esconderijo atacando as criaturas com seus raios, sem nem ao menos "estudar" os fatos. Uma atitude que Gidel considera, se não estúpida, impulsiva...
    Por sorte, os três kobolds se assustam com a repentina intromissão e debandan-se para a floresta ao lado.

    Enquanto seus aliados, se é que podem se chamar assim, se apressam até o corpo na estrada, Gidel ainda com o arco em prontidão caminha cautelosamente junto à Aglar até eles. Gidel aprendeu a "dura-penas" que não deve subestimar nenhuma criatura, nem mesmo aquelas que aparentam se fracas, e ela ainda tem a marca desse aprendizado.

    -------
    Teste de Percepção (Perception) para tentar ouvir qualquer ruído suspeito entre as florestas e arredores (tipo, criaturas se esgueirando pelas árvores, ou mesmo os kobolds que fugiram circundando pela floresta e tentando pegar o grupo por trás).
    [roll0]

    -------


    Ouvindo seu nome ser chamado, Gidel, ainda com o arco em prontidão, caminha até o corpo. A medida que se aproxima nota o grave ferimento que este possui. Colocando seu arco de lado, ajoelhando-se do lado do corpo e dizendo (em élfico, pois ele só obedece nesse idioma) para Aglar ficar alerta, começa a fazer o possível para ajudar o azarado homem. Ela sabe que as chances estão contra o coitado, mas também sabe que os humanos são uma raça que reluta em morrer.

    -------
    Teste de Cura (Heal) para ajudar no possível o pobre infeliz do homem caido no chão.
    [roll1]
     
  12. Oromë

    Oromë Purge 'em all

    O Eladrin calmamente fala ao Tiefling:

    "Quem deve se calar aqui é você. Agiu fora de concordância com o grupo, e equanto aqueles kobolds podiam estar mortos agora, existe a possibilidade de que estejam em busca de ajuda nesse exato momento. De nada adianta você ter mais poderes do que eles, Warlock, se não sabe usa-los com sabedoria."

    Dito isso, ele vai para perto do corpo, mas, como não pode fazer muito pelo infeliz, ele apenas fica atento aos arredores, pronto para algum eventual ataque.

    OFF: Dúvida, como estou prestando atenção de verdade aos arredores, faço uma rolagem de Percepção? Se sim, aqui vai:

    [roll0]
     
  13. Lyvio

    Lyvio Usuário

    Morty apenas escuta sem dar o mínimo de importânca as críticas, ele não estava disposto a discutir, apenas continuava a observar a mulher curar o homem caído, ele cruza os braços e se aproxima, ele não sabia o que era curar pelas mãos, só conhecia o destruir e logo a atitude dela chamou sua tenção e curiosidade.
     
  14. KingElessarEledwhen

    KingElessarEledwhen Elder Dragon

    Apesar de toda a atenção do grupo em qualquer barulho que viesse da floresta nada foi percebido. Nem sequer um ruído, o maior barulho que escutavam era o som da leve brisa que chegava na estrada vencendo o emaranhado de árvores.

    Gidel conseguiu suprir e estancar o ferimento do homem estabilizando sua situação, mas ainda assim o homem estava inconsciente e precisava de um lugar especializado para se curar completamente ou poderia voltar a piorar. Os kobolds deixaram pegadas que iam para a floresta com seus pequenos pézinhos de lagarto.
     
  15. Oromë

    Oromë Purge 'em all

    Aldaron fala ao grupo:

    "Acredito que seria melhor levarmos ele a Winterhaven, o mais rápido que pudermos. Assim também evitamos qualquer emboscada por parte do kobolds. Confesso que fico tentado a segui-los, mas para mim a prioridade é outra, claramente. Aguardo a opinião de vocês."

    Dito isso, ele volta a observar os arredores, se mantendo atento à floresta, não apenas à ameaças, mas a qualquer coisa que venha a chamar sua atenção.

    Vai lá de novo, Percepção, só por desencargo de consciência: :dente:

    [roll0]
     
  16. Elwë_Singollo

    Elwë_Singollo O de sonoridade ímpar!

    Kars'ten acompanhara tudo com pouco interesse. Ele fora treinado para ir à frente e atormentar os inimigos com suas proezas tanto marciais quanto arcanas, mas o tiefling saltou à frente e espantou as criaturas. Os outros o repreenderam e foram ajudar o homem caído.

    Enfim ele fala, com uma voz que mesmo que seus "colegas" já estivessem acostumados à, ainda soava como se fosse de outro lugar, muito distante.

    - Morty agiu de forma errônea, estrategicamente falando. Entretando, falar com este humano após o mesmo estiver melhor é boa, e creio que seja nosso próximo passo. Winterhaven? Sim, para lá iremos...

    O githyanki sabia que não importasse aonde, ele não seria bem recebido; qualquer cidade onde pisassem seria uma experiência de insegurança - afinal, o plano conhecido como Toril já fora atacado diversas vezes pelo seu povo. Mostrar-se diferente daqueles tiranos não seria fácil.
     
  17. Lyvio

    Lyvio Usuário

    Um pouco supreso com a salvação do homem Morty decide fala:

    -Bem, se ele tem chances de sobreviver devemos leva-lo a Winterhaven, e assim que ele abrisse os olhos já poderiamos ir o interrogando, afinal perguntas não cansam ninguém..., e não temos tempo ara esperar um dia de modo que ele esteja numa melhor situação... .
     
  18. malk_2009_br

    malk_2009_br Usuário

    Gidel se levanta e suspira aliviada, o estranho ainda tem chances... Olhando para os aventureiros ao seu lado, com sua voz que possui a capacidade tanto de acalmar as mais ferozes feras, como de amedrontar os mais corajosos guerreiros, começa a falar comandos.

    - Não temos tempo a perder, a vida deste homem esta em nossas mãos agora.
    Diz ela enquanto lava suas mãos ensanguentadas com um pouco da água que havia em seu cantil.

    - Será necessário improvisar uma maca para levá-lo, de preferência de forma a deixar ele imobilizado, caso contrário a ferida pode se agravar mais. E não, não recomendo interrogar o pobre homem Sr. Impulsivo, qto menos ele for incomodado, maiores serão as chances de sobrevivência dele.
    - Além do mais, diz a ranger enxugando suas mãos molhadas em suas vestes, ele está inconciente, acho que não responderá nada...

    Com estas palavras, Gidel se vira e começa a vasculhar os arredores tentado encontrar materiais que sirvam para construir uma maca improvisada.

    -----
    OFF: Não sei qual testes seria necessário para realizar esta tarefa, e logicamente que eu espero ser ajudado pelo restante do grupo :D, então vou rolar as duas opções que eu acho mais viáveis: Perception e/ou Nature
    -----
    ON:
    Teste de Perception
    [roll0]

    Teste de Nature
    [roll1]
    -----
     
  19. Lyvio

    Lyvio Usuário

    Morty decide ajudar..., ele se sente muito incomodado com isso mas está em grupo e deve agir em grupo, ele percebeu que aquela atitude foi um tanto quanto precipitada e individualista, mas não deixava transparecer.

    -Então vamos procurar...

    Percepão

    [roll0]

    Natureza
    [roll1]
     
  20. KingElessarEledwhen

    KingElessarEledwhen Elder Dragon

    O grupo se preparava pegando algumas madeiras e improvisando uma maca desconfortável, mas que servia a seu real propósito.

    O grupo seguiu para Winterhaven, estranhamente sem nenhum sinal de Kobolds ou qualquer tentativa de suepreendê-los. O pobre homem não manifestou qualquer sinal de melhora e aparentava estar sofrendo.

    Finalmente o grupo chegava a uma encosta onde se encontrava a cidade Winterhaven, uma cidade pequena que aparentava uma pequena fortaleza, mas sem qualquer torre.
    A noite caira e o grupo chegava quando os portões estavam fechados.

    Ao pararem em frente ao portão um dos dois guardas que patrulhavam de cima da muralha se adiantou e perguntou, claramente ele não havia percebido os indivíduos distintos devido a escuridão nem a maca:

    "Em que posso ajudar os senhores? Se não sabem Winterhaven não recebe viajantes a noite."
     

Compartilhar