1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Notícias Justiça proíbe jogo 'Bully' no Rio Grande do Sul

Tópico em 'Jogos Eletrônicos' iniciado por Alanië, 10 Abr 2008.

  1. Alanië

    Alanië Usuário

    09/04/2008 - 13h20

    Justiça proíbe jogo 'Bully' no Rio Grande do Sul


    Empresa está proibida de importar, distribuir e comercializar jogo de 2006.
    Game coloca jogador no papel de estudante norte-americano em escola perturbada.


    O Ministério Público do Rio Grande do Sul anunciou nesta terça (8) que o jogo de videogame "Bully" está proibido no estado. A empresa JPF Magazine está proibida de importar, distribuir e comercializar o produto.

    A decisão judicial determina que sites e lojas suspendam a comercialização e as propagandas do jogo em um prazo de 30 dias. Paulo Roberto de Rugiero, da JPF Magazine, diz que a empresa vai acatar a decisão. Ele diz que à época do lançamento de "Bully", em 2006, outras empresas brasileiras também importaram o jogo.

    Segundo o comunicado do Ministério Público, o jogo foi proibido por retratar "fundamentalmente, situações ditadas pela violência, provocação, corrupção, humilhação e professores inescrupulosos, nocivo à formação de crianças e adolescentes e ao público em geral".

    Lançado para o PlayStation 2 em 2006, "Bully" ganhou uma nova versão para Xbox 360 e Wii em 2008. O comunicado do Ministério Público não informa se a nova versão, "Bully - Scolarship Edition", se enquadra na decisão estadual.

    O jogo, criado pela Rockstar Games, mesma produtora da série "Grand theft auto", narra a história de Jimmy Hopkins em uma escola fictícia norte-americana. Além de se virar para "sobreviver" entre valentões e professores autoritários, o jogador também enfrenta provas de inglês e química para passar de ano.

    Em janeiro de 2008, os jogos"Counter-Strike" e "Everquest" tiveram comercialização proibida no Brasil, considerados "impróprios para o consumo, na medida em que são nocivos à saúde dos consumidores" segundo decisão federal."

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Também no site da
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    -------------------------

    O [F*U*S*A*|KåMµ§] tinha postado essa notícia
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , mas decidi separar pra gente discutir sobre o assunto porque, como a maioria já sabe, esses dias algumas meninas resolveram filmar enquanto batiam numa garota que as "tinham ofendido no colégio".

    Bully também se usa da violência pra conseguir respeito no colégio, então acho que o assunto veio a calhar: será que esse jogo pode influenciar jovens a usar a violência pra conseguir respeito entre os colegas? Ou é falta de educação em casa e que acaba refletindo nesses atos?
     
  2. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Re: [Notícia] Justiça proíbe jogo 'Bully' no Rio Grande do Sul

    Eu não concordo em associar um game com a vida real. A culpa não é do jogo se um retardado sair batendo nos amigos no colégio.
    Se a pessoa não sabe a diferença de um jogo para a realidade significa que ele precisa estar em um hospício e não nas ruas.
     
  3. Idril

    Idril Usuário

    Re: [Notícia] Justiça proíbe jogo 'Bully' no Rio Grande do Sul

    Sempre achei besteira proibir um jogo por associá-lo a vida real. Se for assim, vão ter que proibir tantos jogos quanto se pode imaginar - e deveriam ter proibidos muitos outros clássicos dos consoles da década de 90.

    Já trabalhei numa editora e distribuidora de jogos pra PC, que teve um de seus jogos proibidos pela justiça brasileira. O interessante foi observar que com a proibição, a procura pelo jogo triplicou - e é o que vai acontecer com esse Bully e o que está acontecendo com Counter Strike.
     
  4. Lukaz Drakon

    Lukaz Drakon Souls. I Eets Them.

    Re: [Notícia] Justiça proíbe jogo 'Bully' no Rio Grande do Sul

    Dessa vez, é uma atitude coerente. O jogo trata de um tema que pode ser utilizado por alguma criança no colégio, então não é de todo errado proibir a venda do jogo. Mas, ainda assim é errado, por que quem deveria fazer isso são os pais da criança. É o caso de confiarem naqueles selos do Ministério da Justiça e esperar que a educação faça sua parte.
     
  5. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Re: [Notícia] Justiça proíbe jogo 'Bully' no Rio Grande do Sul

    Os deviam ensinar a diferença de um jogo e a vida real. Não somente tacar o moleque na frente do video-game pra ele parar de encher o saco.
     
  6. Belfalas

    Belfalas Ele é legal

    Re: [Notícia] Justiça proíbe jogo 'Bully' no Rio Grande do Sul

    Realmente, a culpa são dos Pais que "Liberam" para a criança.

    Por exemplo, meu primo de 8 anos, minha Tia deixa ele ficar jogando GTA, e o muleke adora ficar indo nas boates do jogo pra ver as "Tetudas" como ele mesmo denomina. A culpa é do jogo ? Ele tem faixa etária oras.
     
  7. Shazan

    Shazan siscapuliu

    Re: [Notícia] Justiça proíbe jogo 'Bully' no Rio Grande do Sul

    Yay, ditadura.

    Vamos proibir todos os jogos e filmes violentos, etc.
     
  8. Omykron

    Omykron far above

    Re: [Notícia] Justiça proíbe jogo 'Bully' no Rio Grande do Sul

    e de você falar dos filmes em blu-ray.
     
  9. Tarik Khalil

    Tarik Khalil Usuário

    Re: [Notícia] Justiça proíbe jogo 'Bully' no Rio Grande do Sul

    Sem comentários Idiotas 10 Liberdade 0...

    Jogos não influenciam pessoas mentalmente sãs, é responsabilidade dos pais cuidarem para que elas sejam devidamente educadas.
     
  10. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    Re: [Notícia] Justiça proíbe jogo 'Bully' no Rio Grande do Sul

    Eu tinha postado lá no outro tópico.

    Mas vamos lá.
    Se é pra proibir o jogo, que proibam a Turma da Monica também.
    Cebolinha é bully. Monica só resolve seus problemas na porrada. Cascão estimula ser anti-higienico. E a Magali incita a comilança desenfreada.
     
  11. Kyo

    Kyo Big bad wolf

    Re: [Notícia] Justiça proíbe jogo 'Bully' no Rio Grande do Sul

    Magali claramente é bulimica... não tem como comer tanto e não engordar
     
  12. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Re: [Notícia] Justiça proíbe jogo 'Bully' no Rio Grande do Sul

    Mais um jogo ridicularmente proibido.

    Fala sério, esse pessoal não tem o que fazer e fica arranjando problemas nos jogos para tentar explicar os atos de poucos, que muitas vezes, nem jogam video-game e talz.
     

Compartilhar