1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Justiça condena prefeitura de Natal a indenizar aluno que fez cocô na calça

Tópico em 'Planeta Bizarro? Estranhices? Bizonhices?' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 18 Abr 2012.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    [h=2]Professor negou três vezes o pedido do menino de 11 anos para ir ao banheiro.
    Administração terá de pagar R$ 5 mil ao jovem por danos morais; cabe recurso.[/h]

    O juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública, Airton Pinheiro, condenou a Prefeitura Municipal de Natal a indenizar em R$ 5 mil, por danos morais, um aluno que fez cocô na calça após ouvir do professor três negativas de ir ao banheiro durante a aula. O fato ocorreu em 13 de abril de 2009 em uma escola da rede pública municipal. A decisão foi publicada no Diário da Justiça nesta segunda-feira (16). Cabe recurso da decisão.

    A mãe do menino, que tinha 11 anos à época, entrou com a ação depois dos constantes constrangimentos sofridos pelo filho na escola, o que acabou provocando a perda do ano letivo dele, além da necessidade de acompanhamento psicológico durante um ano e meio. Segundo o advogado Giuliherme Martins de Melo, que representa a vítima,
    Em uma das audiências, o professor relatou que só percebeu a gravidade do problema após o aluno sair da sala de aula e ver fezes na carteira dele.

    O juiz cita em sua decisão o depoimento do adolescente, que confirmou ter pedido três vezes para ir ao banheiro e que os três pedidos foram negados pelo professor. O professor, em seu primeiro depoimento, disse que havia negado apenas o primeiro pedido do aluno, mas que teria autorizado a ida ao banheiro em seguida.

    O magistrado ouviu novamente o depoimento do professor e considerou conflitante as afirmações de que,
    Pinheiro disse, no texto da decisão, que o professor afirmou que estava cumprindo as normas da escola, que consta no ofício juntado em audiência. O juiz informou que o professor
    O juiz considerou que a atitude do professor foi conclusiva para que o aluno saísse da
    A Prefeitura Municipal de Natal foi procurada pela reportagem do G1, mas não retornou as ligações para comentar a decisão.

    Trauma para sempre

    disse a mãe do menino, uma costureira de 32 anos.

    disse a costureira.

    A madrinha dele que está pagando uma escola particular para meu filho.
    afirmou a mãe.

    "Foi feita Justiça"

    disse a vítima, que hoje cursa o 9º ano do ensino fundamental.

    disse o jovem.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Éomer

    Éomer Well-Known Member

    Que merda de situação, hein?
     
    • LOL LOL x 4
  3. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Enfim o Morfs postou uma noticia de algo que repercutiu em sua cidade

    Mas tinha que dar essa merda toda?
     
    • LOL LOL x 1
  4. Lórien Leaf

    Lórien Leaf Usuário

    Quer dizer que o professor seria o babido na historia?
    "Que legal a decisao do juiz", mas nao coloco minha mao no fogo pelos alunos de hoje. Sao falsos, mentirosos e quando nao gostam do professor fazem de tudo para prejudica-lo.
     
  5. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Que aluno cagaria na calça só para prejudicar o professor? :ahn?:
     
    • Gostei! Gostei! x 1
    • LOL LOL x 1
  6. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Segundo esse cara aqui
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    o segredo para uma mentira ter veracidade são os detalhes.
     
    • LOL LOL x 2
  7. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Acho meio difícil esse moleque não ter já algum problema mental. Isso nem foi cogitado, ou foi? Porque se não tinha agora deve estar pior com esse trauma.

    Lembrei de um amigo da sétima e oitava série, Alexandre, que as meninas gostavam e chamavam de Xande. A gente chamava de Cocôxande. :lol: Perguntei o porque disso pra um amigo nosso e ele dizia que era porque ele cagava nas calças durante as aulas da primeira à quinta série. :rofl:
     
    • Gostei! Gostei! x 1
    • LOL LOL x 1
  8. Lórien Leaf

    Lórien Leaf Usuário

    Nao coleguinha!

    Eu afirmei que esses alunos sao falsos e folgados e se passam de santinhos porque existe a permissividade dos pais e do sistema de ensino.

    Mas nao duvido que tem aluno que ja mijou nas calcas com o objetivo de querer prejudicar o professor ou outras situacoes semelhantes.

    A midia sencacionalista adora criar monstros e quando a corregedoria vai apurar nao e nada daquilo. Estou mentindo?

    Minha mae foi professora e agora esta aposentada. Antigamente uma aluna nao gostava dela e simplismente se cortou com estilete e disse para os pais que foi minha mae que tinha feito a agressao. Todo mundo viu que era mentira, mas os pais fizeram um estardalhaco daqueles e foram direto na policia registrar BO e denunciar na secretaria.

    Foi tudo desmascardo e minha mae ainda entrou na justica contra os pais e tiveram que pagar indenizacao. Isso eu adorei demais!!!!
     
    Última edição: 20 Abr 2012
  9. Felagund

    Felagund Well-Known Member

    Eu entendo, mas nesse caso, não é tão "fácil" assim.
    Não foi um caso de denuncia nem nada, o garoto literalmente SE CAGOU na sala de aula por causa da negação do professor em deixar o coitado ir no banheiro.

    Eu sou de família de professores também, eu mesmo já estou dando aula (particular por enquanto, maldita licenciatura!) e realmente, o que tem de mulecada folgada é absurdo.

    Mas o inverso também se vale! O que tem de professor que encarna o Mussolini dentro de sala é incrível!
    É a sensação de poder, o pequeno ditador em ação! Na sala ele pensa que vale tudo! Já testemunhei abusos dos mais diversos tipos no tempo que era aluno.

    No caso do menino aqui da matéria, provavelmente é o exemplo acima. O professor que se sente no direito de negar as vontades fisiológicas dos seus alunos por alguma razão estranha...
     

Compartilhar