1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Justiça condena Boris Casoy e TV Bandeirantes a indenizar gari ofendido em telejornal

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Fúria da cidade, 24 Nov 2012.

  1. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    A 8ª Câmara de Direito Privado de São Paulo condenou o jornalista Boris Casoy e a TV Bandeirantes a pagar R$ 21 mil de indenização por danos morais ao gari Francisco Gabriel de Lima. Na noite de réveillon de 31 de dezembro de 2009, após Francisco Lima aparecer em uma vinheta desejando feliz natal, uma falha técnica levou ao ar o áudio de Boris dizendo: "Que merda: dois lixeiros desejando felicidades do alto da suas vassouras. O mais baixo na escala do trabalho". Procurado pelo UOL, Boris disse que desconhece o teor da decisão e que cabe ao jurídico da Band dar uma resposta. A assessoria de imprensa da Band afirmou que a emissora e o apresentador só poderão se manifestar sobre a decisão depois que o processo for analisado pelo setor jurídico do canal.

    O áudio foi transmitido ao vivo durante o jornal da Band e gerou grande repercussão. No dia seguinte, quando o vídeo já tinha milhares de visualizações na internet, Boris Casoy
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . ”Peço profundas desculpas aos garis e a todos os telespectadores", afirmou Boris Casoy. O caso não terminou na imprensa e foi parar na Justiça.

    Francisco Lima alegou que foi humilhado pelos comentários “preconceituosos” do âncora do jornal da Band. Contou em juízo que foi abordado por dois jornalistas da Rede Bandeirantes que solicitaram que desejasse felicitações de ano novo para veiculação na TV e que não imaginava que sua participação lhe renderia “preconceito e discriminação”.

    O gari ainda afirmou que não percebeu arrependimento na retratação “burocrática e pouco conveniente” de Boris Casoy e que suas desculpas não bastaram para “estancar a ferida lesada”.

    Frase infeliz
    Boris Casoy teve que se apresentar à Justiça e pessoalmente afirmou que jamais teve o intuito de criticar o gari pela profissão exercida. Também disse que não houve discriminação, desrespeito nem humilhação à dignidade de Francisco Lima e que, mesmo assim, pela “frase infeliz” pediu espaço à direção do telejornal para pedir desculpas.

    A TV Bandeirantes também tentou convencer a Justiça de que o episódio não teria causado dano moral ou humilhação ao gari. Citou a reportagem de um jornal em que Francisco Lima teria dito que “não guarda qualquer mágoa ou revolta”, o que demonstraria uma clara renúncia a uma indenização. A emissora chegou a afirmar que o gari “utiliza-se da prestação jurisdicional para obtenção de lucro fácil”.
    A TV Bandeirantes ainda entendia que não poderia ser responsabilizada pela fala de Boris Casoy, porque ele “emitiu opinião própria e desvinculada da edição do Jornal da Band”. Também alegou que é impossível obter controle sobre tudo o que o âncora do telejornal fala em programas ao vivo.

    Desculpas insuficientes
    Para o TJSP (Tribunal de Justiça de São Paulo), “ainda que sinceras”, as desculpas de Boris Casoy não são suficientes para reparar o dano causado ao gari. A decisão destacou que Francisco Lima avisou aos familiares que iria 'aparecer na televisão' e que a “lamentável ocorrência efetivamente ofendeu a dignidade do autor (gari)”.

    Ainda de acordo com a decisão, a alegação de que não houve intenção de ofender o gari não absolve o jornalista e a emissora. Ressalta que Boris Casoy, “experiente na profissão que exerce há décadas, seguramente conhece os bastidores de um programa apresentado ao vivo e que, muitas vezes, o intervalo é interrompido sem maiores avisos ou o áudio 'vazado'. Houve descuido de sua parte. E, ainda que tenha dito tais falas 'em tom de brincadeira', como narrou ao Juízo a testemunha (e também jornalista) Joelmir Beting, o fato danoso ocorreu e seguramente poderia ter sido evitado”.

    Por fim, o TJSP concluiu que a emissora é responsável pelo conteúdo que veicula e, por isso, deve dividir o valor da condenação com Boris Casoy. A única chance da emissora reverter a condenação é com um recurso direcionado ao Superior Tribunal de Justiça.


    ------------------------------

    Se deu mal hein Boris?

    Pra quem não se lembra, o lance polêmico foi esse

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
    • Gostei! Gostei! x 1
  2. Esse cara tá vivo ainda?
     
    • LOL LOL x 4
    • Gostei! Gostei! x 2
  3. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Mas isso faz tempo hein.

    enfim, justo.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. Anna De Courcey

    Anna De Courcey Usuário

    Eu me pergunto o que ainda leva seres humanos a falarem besteiras deste tipo em uma sociedade global cada vez mais politicamente correta. Aonde eles vivem? Narnia? Por menos do que isso a galera já faz cara feia, depois de um comentário desses, ele ainda tem emprego???
     
  5. Calib

    Calib Visitante

    Bem, a culpa de o comentário ir ao ar não é dele.
    É claro que o comentário é dele e revela o que ele pensa.
    Mas se alguém deveria perder o emprego, tinha que ser quem deixou vazar o áudio.
    E pessoalmente acho que foi só uma infeliz combinação de falha técnica com uma declaração preconceituosa.
    Ninguém deveria perder o emprego.

    Alguém acha que ninguém mais fala merdas desse tipo por todos os cantos, a toda hora?
    A gente é que só fica sabendo de algumas poucas, justamente quando dá uma falha técnica assim.
    Lembram do Bial falando mal do balé? "Isso é coisa de veado".
     
    • Gostei! Gostei! x 1
    • LOL LOL x 1
  6. Eu vi a do Galvão falando do Pelé kkk Aquela foi fogo na roupa
     
  7. Raphael S

    Raphael S Desperto

    Bah, não sabem fazer as coisas... Além da multa ele deveria ser condenado a trabalho comunitário por alguns meses como gari. Isso sim faria ele repensar o que disse.

    By Raphael S
    Deu Pau
     
    • Ótimo Ótimo x 2
    • Gostei! Gostei! x 2
  8. Calib

    Calib Visitante

    Só faria ele ter mais desprezo, isso sim.

    E, não, ele não deveria ser condenado a trabalho comunitário.
    Ele sequer cometeu um crime para isso.
     
  9. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Ele deu uma declaração preconceituosa e continuou empregado, Rafinha Bastos fez uma brincadeira, que qualquer retardado percebe que é uma brincadeira e perde o emprego, dois pesos e duas medidas, a Band já não era lá essas coisas, tem algum programa hoje que preste na Band? Poucos jornalistas de lá escapam.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  10. É sim, senhor. Está no
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    :

     
    • Gostei! Gostei! x 6
  11. Asca

    Asca Usuário

    Eu achei foi pouco o valor de 21 mil reais, cada parte tinha que pagar isso.
    Da pra escutar a risada de deboche dele, e que desculpas esfarrapadas mesmo.

    E por que ele sentiria mais desprezo em trabalhar como gari? Por estar fazendo isso de forma forcada? Sei lah, na minha cabeca trabalho comunitario conscientiza mais do que o contrario, mas vai ver eh soh no meu ponto de vista.
    Eu to sendo bem hipocrita, eh vero, mas convenhamos... eh igual o mp disse: ele trabalha no ramo a tempos, deveria estar ciente dessas falhas de transmissao e evitar esse tipo de comentario, ainda mais sendo uma pessoa de "influencia" e ao vivo.

    Pois eh, nem o Cine Band Prive tem mais =(
     
    • LOL LOL x 4
    • Ótimo Ótimo x 1
  12. Elessar Hyarmen

    Elessar Hyarmen Senhor de Bri


    fica acordado até as 01:00 am na band que vc vê ele...
     
    • Gostei! Gostei! x 1
    • LOL LOL x 1
  13. "No, thank you. Party Business Only", como dizia Bilbo! :lol:
     
  14. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Pois é cada um tem a sua parcela de culpa nisso.

    E longe de eu querer defender o Boris, mas ele foi pego fora do ar (se fosse ao vivo a gravidade daquele comentário seria muito maior), mas fora do ar nessa situação de descontração atire a primeira pedra quem nunca soltou um comentário como o dele as escondidas entre poucas pessoas durante o intervalo comercial de qualquer telejornal? No fundo acho até hipocresia considerarem o Boris como o grande e único bruxo que deve ir a fogueira enquanto outros ficam de santinho na história. De qualquer maneira ele foi multado em $$$ pelo comentário infeliz e pra mim já tá sendo uma punição bem justa.

    E pra mim o caso mais surpreendente de vazamento de comentários fora do ar e que poucos se lembram, no inicio dos anos 90, da Globo que deixou vazar aúdio e vídeo durante vários minutos num canal aberto de parabólica de uma de suas emissoras afiliadas, onde o então reporter e apresentador Carlos Monforte estava fora do ar ao lado do então ministro da economia Rubens Ricupero.

    Deixaram vazar áudio e vído e no dia seguinte o ministro foi demitido. Nada aconteceu com o reporter e a Globo nem se manifestou pelo ocorrido e abafou ao máximo o incidente, o que não é nenhuma novidade vindo dela.

    Pra quem não se lembra

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
    • Ótimo Ótimo x 2
  15. Asca

    Asca Usuário

    Eh que na rua eh assim, vacilaum naum tem perdaum, moro
     
    • LOL LOL x 4
  16. Tek

    Tek Girls tend not to like me

    :doh:
    Não acredito que eu li isso!

    Todo mundo tem preconceito, isso é óbvio, mas você tem que saber com quem e quando demonstrá-lo. Quer fazer uma piada preconceituosa pra alguém que você sabe que vai rir, faça. Mas na TV ou num palco é burrice! Hipocrisia, sim (e quem não tem, né?). Ditadura, não.
    Uma coisa é você, Calib Who, fazer exatamente o mesmo comentário pra alguém que está ao seu lado vendo o telejornal. Outra coisa é o BORIS CASOY falar isso durante a apresentação do programa, rodeado por microfones, câmeras e pessoas cujas vidas ele desconhece.

    Por quê?? Ele cometeu um erro PEQUENO que qualquer um na sua posição poderia ter cometido (um erro que não é tão raro). E ele deveria perder o emprego porque o BC foi sem noção?

    Tem muita gente fazendo comparação entre os dois casos. Eu acho sim que a indenização a ser paga deveria ser bem maior e que o BC deveria ter sido demitido, mas isso não torna o caso da WC menor. Vi você compartilhando isso no Face e achei absurdo! O dia que um cara falar que comeria sua esposa e o bebê que ela está esperando, me diz se você achou que foi "só uma piadinha".
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  17. Excluído045

    Excluído045 Banned

    Que parte do 'foi ao ar por acidente' não ficou claro?
     
  18. O problema, a doença, do ser humano...






    É assistir TV.

    A minha eu vendi faz tempos.
     
    • LOL LOL x 2
  19. [F*U*S*A*|KåMµ§]

    [F*U*S*A*|KåMµ§] Who will define me?

    A justiça podia forçar ele noticiar essa indenização e fazê-lo terminar a matéria com "Esse valor é uma......vergonha".
     
    • LOL LOL x 4
    • Ótimo Ótimo x 1
  20. Dantalian

    Dantalian Assassin

    Justíssimo.

    Achei até leve a punição.
     

Compartilhar