1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Jogos realmente incitam a violência?

Tópico em 'Jogos Eletrônicos' iniciado por Kanawati, 3 Jun 2002.

  1. Kanawati

    Kanawati NI!

    "Aconteceu, nos últimos dias, mais dois casos bizarros de violência que estão sendo associados a jogos de videogame.

    No final de semana, Siriwan, uma menininha tailandesa de apenas 12 anos, suicidou com uma forca, dentro da própria casa. De acordo com um policial local, a menina vivia reclamando que não conseguia chegar no final de Bomberman e deve ter ficado muito estressada e frustada, o que a levou a cometer tal atrocidade.

    O outro caso aconteceu hoje, na França: No horário de almoço, assaltantes pararam um carro forte em uma pequena estrada e forçaram os seguranças a abrirem o veículo e seu cofre, ameçando-os com nada menos que um lança foguetes. A polícia está analisando o caso e diz que os crimonosos podem ter se inspirado no jogo Grand Theft Auto 3 (GTA3) para realizarem o assalto."

    Fonte: BBC News e Outrespace.com.br

    Bom, quem está acostumado a jogar, com certeza já foi questionado a esse respeito. Será mesmo q os jogos podem ser culpados por atos como esses?
    Eu sinceramente acho q naum. Se fosse o caso, um jogo seria tao culpado qt um desenho ou filme. Ja aconteceu de uma menina pular da janela e morrer pq queria imitar seu pokemon favorito. O desenho é improprio entao? Foi a causa da morte da garota?
    As autoridades brasileiras adoram esse tipo de caso para aparecerem na midia. Fazem de tudo para proibir jogos ditos "improprios". Um exemplo disso é Carmaggedon, um jogo de corridas onde vc tb ganha pontos por atropelar pedestres. Tá, nao é a coisa mais meiga do mundo, mas seria o suficiente para tornar alguem um assassino em potencial?
    Eu jogo Carmaggedon2 e nunca tive vontade de atropelar ninguem.. :twisted:
    Alias eu seria objeto de estudo pra esse tipo de teses, pq eu gosto de tudo isso q essas pessoas querem tanto proibir, e me considero normal.
    Tom e Jerry é um desenho pra criancas...mas dependendo de como vc o analisa, um rato correndo com uma faca nao é bem um exemplo ideal para uma criança...nao e?
    Ja tentaram proibir tb o RPG... no incidente do cinema (qd aquele maluco entrou atirando nas pessoas) a Globo mostrou um "FURO" de reportagem ao alegar q o cara foi influenciado pelo jogo Duke Nuken3d, q tem uma cena onde o personagem entra em um cinema e da de cara com os alienigenas e mete chumbo neles...
    Eu tenho esse jogo...aposto de muitos de vcs tb tem... alguem quer ir ao cinema comigo? 8O

    Fala sério...
     
  2. Fox

    Fox Visitante

    Isso é baboseira populista da antiga, Sr. Anão Velho. Ele sempre tentam encontrar coisas difundidas entre os "jovens" que já tenha causado ou que (eles adoram alegar) possa causar distúrbios psicológicos.

    Isso é besteira! Pra pessoa querer imitar a tal ponto de realismo tal jogo, tem que ter uma mente fraca ou desestruturada.

    Eu tambem curto à beça Carmageddon e acho engraçado à beça, pra falar a verdade. Mas já vi um atropelamento real e ao vivo e não achei a menor graça!!!

    Você levantou uma excelente questão, porque em casos assim que as autoridades querem mostrar serviço colocando limites nas "nossas crianças inocentes".

    Mas a sociedade tambem tem sua parcela de culpa. Não há nada mais reconfortante do que encontrar um bode expiatório específico pro problema em pauta. Púna-o e todos os problemas sumirão! Proiba tudo e tudo se resolve! Foi essa atitude que levou o cara lá a ser acusado pelo sequestro do Bebê de Lindbergh, nos EUA, nos anos 40 creio eu. E ele teve um julgamento super injusto, porque o povo amava Lindbergh e queria punir qualquer que entrasse nas mínimas possibilidades de ser sequer suspeito. O coitado já estava condenado antes do julgamernto começar! (não sei o nome do réu)

    E mais uma vcoisa. Há um certo abandono dos filhos nesses ultimos anos. Deixam eles em frente às tvs e consideram isso como seguro e pronto! Outro erro clássico que a atual geração de pais têm cometido com frequência.
     
  3. Hot Sauce

    Hot Sauce Usuário

    É claro que não incentivam a violência, pelo menos comigo... Se fosse assim, já teria matado um monte de gente atropelado, com tiros, na mão e com hadoukens... Pra mim, colocar a culpa em um jogo de computador é ótimo pra mídia, gera polêmica, etc... E se fosse realmente proibir tudo que possivelmente incentivaria a violência, teriam que proibir filmes, desenhos, etc... Mas eu ainda acredito que tenha gente sim, que seja influenciada por esses jogos, mas não somente jogos, o mesmo vale para filmes, desenhos... Mas aí já são casos muito específicos, que devem ser raros.
    E realmente Sra. Raposa Espacial, hoje em dia as crianças são educadas pela televisão. A televisão, de uns tempos pra cá, passou a ser a mais nova babá na maioria das casas, e eu acredito que isso esteja longe de acabar... Como você já havia dito, numa sociedade onde pais e mães trabalham mais de 8 horas por dia, quevivem cansados e com stress, nada mais fácil que deixar a TV cuidar dos seus filhos... Não que a vida ocupada justifique essa atitude, mas é o que mais acontece hoje em dia... E o pior de tudo, a criança não fica assistindo a TV por vontade própria, ela é ensinada a somente assistir TV, e ficar passível a ela, absorvendo tudo o que a TV passa, seja isso bom ou ruim...

    Putz, já fugi da idéia inicial do tópico legal!!
     
  4. Kyo

    Kyo Big bad wolf

    Mas é claro que não tem nada a ver essa história de que videogames incitam a violência, só se vc realmente estiver com a mente muito abalada, e realmente atormentado com o mundo. E realmente, se fossemos culpar alguma coisa por incitar a violência, teríamos que culpar a nossa sociedade que valoriza mais aquele que sai rebolando pela rua e falando bobagem (o que a maioria dos canais de TV vive mostrando), do que aquele que lê livros e se preocupa em estudar para ser alguém nesse mundo ao invés dos fúteis e descartáveis ´´artistas`` de nossa TV (acho que realmente estamos meio que fugindo do assunto, mas é necessário para se poder argumentar corretamente).
     
  5. Pode incentivar ou não, dependendo de cada pessoa. Eu tenho GTA3 e acho muito maneiro mas ainda não tive a minima vontade de sair por aí querendo assaltar lojas e matar pessoas... Mas em uma pessoa que tem uma mente diferente (leia-se pertubada ou louca) pode muito bem praticar a violência.
    Uma pessoa pode ter uma mente assim em conseqüencia de um problema pessoal, trauma ou seja lá o que for.

    Resumindo: o problema não é do videogame (se fosse, também deveriam culpar o cinema, a tv, os livros, etc.) mas sim da pessoa.
     
  6. Erunamo

    Erunamo Baluarte da Nostalgia

    Se realmente houvesse alguma relação entre jogos e violência, o mundo provavelmente já teria entrado em colapso devido a quantidade de atos violentos... Pessoas seriam atropeladas pelas ruas a todos os instantes; inúmeros assassinatos e chacinas sem propósito e todo tipo de atrocidades... isso sem contar a enorme quantidade de lunáticos que estariam alegando ser a última esperança para impedir a destruição do mundo...

    Basta analisar o número de pessoa que jogam videogames e comparar com a quantidade de "incidentes relacionados" para saber que é uma tremenda estupidez tentar atribuir uma coisa a outra ... é menos de 0,1%...

    O grande problema mesmo é que as pessoas tendem a repudiar aquilo que lhes causa estranheza, e como o videogame é uma invenção relativamente nova (assim como o RPG), ele ainda não foi totalmente "digerido" pela sociedade que ainda tenta utilizá-lo como bode expiatório para os problemas que não consegue (e não se esforça nada para) resolver ...

    Lamentável...
     
  7. inominavell

    inominavell Usuário

    Pessoas..
    Uma pequena observação...
    Você analisa um caso de morte ou assassinato, se for provado a instabilidade mental de seu comitente? Não. Atos Amorais são tratados de maneira diferente, e não são punidos com a lei.
    Dizer que os jogos incitam a violência é um absurdo.
    "A, mas e akele caso.." Bem, como eu disse no paragrafo acima, não podemos julgar estes atos, se estes foram cometidos por pessoas desprovidas de senso moral. ah, e outra coisa: Senso moral é completamente inabalável, ou seja, não é pq eu jogo Mortal Kombat é q meus valores para com a vida vão mudar não é!
    :)
     
  8. E além disso ninguém vê o lado bom do videogame. Não estou dizendo que exista um lado ruim... Na verdade existe, mas não a estimulação à violência, mas pode viciar, engordar, causar problema na vista, etc.
    Videogame também estimula o raciocínio e imaginação. Tanto que já tem algumas pessoas pensando em colocar o videogame como a oitava arte, pois eles já são capazes de transmitir sentimentos.

    Tipo, ninguém nasce assassino, ela vai se tornando uma pessoa assim com o tempo, em consequencia de que o indivíduo passou e viveu... Talvez, quem sabe, pois não sou especialista, videogame estimule um pouco disso? Pode ser, não vou dizer que é impossível, só acho errado dizer que tal pessoa fez tal coisa porque joga tal jogo. Isso não.
     
  9. Fox

    Fox Visitante

    Hã??? Engorda!?!?!? 8O
     
  10. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Lógico! Ou você acha que o período de sedentarismo em frente a um consolo, computador não vai ser descontado em algum lugar? :wink:
     
  11. Fox

    Fox Visitante

    Ah tá! Pensei que ele quis dizer que o console de alguma forma aumentava sua massa de gordura ou algo assim... nem raciocinei nessa... :roll:
     
  12. KADU

    KADU Estão vendo esta caneta?

    Eu acho que existe um limite de influencia, mas que ele existe eh uma realidade. Um garoto pode nao querer almoçar, ou responder sua mae por causa de algum jogo, ou um adolecente pode gastar muita grana em LAN. Mas matar ou ferir gravemente alguém estrapola a influencia de qualquer filme, jogo, musica, etc. Isso é um distúrbio da pessoa que soh preisa de um estopim para se manifestar e que em sua minoria sao através de jogos. Mas existem assassinatos demais ai chamados de banais e a mídia prefere algo diferente e menos corriqueiro e por outro lado governantes e autoridades preferem desvia a atençao publica do nosso sistema social falho e seus verdadeiros culpados. Nunca vao conseguir proibir nada, esse nao eh o caminho. Tudo pode ser conseguido pela pirataria, internet ou mesmo correio...eh uma doce ilusao...
     
  13. PleuraMan

    PleuraMan Usuário

    Isso é idiotice. Mas eu acho q isso vem daquela época da ditadura: "Tudo q é feito pelos jovens é proibido. Blá, blá, blá..."
    Mas eu concordo com o Erunamo. É pq a sociedade naum incorporou isso ainda, naum eh "normal" ainda.
    Falta vergonha na cara de quem se espelha em jogo pra matar pessoas. Essas pessoas não são influenciadas m**** nenhuma, são assassinos como os outro e merecem punição.
     
  14. Jimi Tûk

    Jimi Tûk Usuário

    depende muito da pessoa.....
    as autoridades ao tentarem proibir jogos q possam ter influenciado alguem a cometer um crime generalizam demais......

    cada individuo sofre uma influencia diferente...... os doidos q saum influenciados demais fazem coisas ruins..... naum importa que tipo de midia......

    sem mais.
     
  15. Deza

    Deza Blink

    Jogos são entretenimento, assim como as outras midias cinema, teatro, tv e literatura, toda manifestação humana tem componentes de violência até nas ditas singelas histórias de contos de fadas há trachos desse comportamento que é humano. O que nós faz perigosos, é a falta de limites, de senso crítico, de valores que cabem aos responsáveis pelas futuras gerações estabelecerem, não é um jogo que fará alguém um asssassino, mas os impulsos pervesos que não foram refreados no momento adequado. Proibir não resolve, só atiça a curiosidade e dá um tom de rebeldia a transgressão, o que excitante para qualquer jovem.
    Jogos são pura diversão e um meio seguro de colocamos nosso lado agressivo para fora, sem machucar ninguém de verdade, os que fazem esses atos não são pessoas normais que seriam atiçadas até se vc as encarar de forma errada.
     
  16. Bastian Hawkins

    Bastian Hawkins Usuário

    Esse negócio de q game incita a violencia eh besteira.
    Os games vao funcionar, no caso de alguem cometer alguma coisa, como aqueles borroes q se usa em testes psicologicos. As pessoas vaum ver o q quiserem.
    O q quero dizer com isso? Q se o cara naum cometer o ato de violencia (partindo-se do principio de q o game de alguma forma o influenciou), ele o cometeria de qq forma, mesmo vendo um clipe com as mais belas flores do mundo.
    Ateh jesus falou sobre isso, q deviamos tomar cuidado naum com o q vem de fora e pode nos contaminar, mas oq vem de dentro e nos apodrece.
    Uma pessoa q comete um crime eh pq queria cometer mesmo e acabou. As motivações tem q ser mais q um simples jogo. Um psicologo q estuda anos ou um policial (q na teoria tb estudou) naum pode simplesmente sair dizendo q um game eh a raiz dos problemas. Isso eh besteira!
    Como alguem em sa consciencia pode, pq viu ou jogou um jogo violento sair matando. Soh se o carafor maluco. O game eh culpado de ser maluco? NAO, de forma nenhuma. Alguem vai roubar pq viu num game? NAO, de forma nenhuma, volta a dizer. Soh se o car jah for pilantra, safado e ladrao.
    Volto a dizer: o cara cometer ou naum o ato independe de qq coisa. Se tiver q fazer vai fazer e acabou.

    EU ODEIO ESSA BESTEIRA DE GAMES FAZEM MAL... COMO EH ODEIO!!!!!

    :evil: :evil: :evil: :evil: :evil: :evil: :evil: :evil: :evil: :evil: :evil: :evil:
     
  17. Leir

    Leir Quem é vivo, né...

    Cara eu acho o seguinte.O vídeo game estimula um pouquiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinho.Qquem nunca perdeu no vídeo game e sem querer descontou no amigo?(sem violência)o máximo que o vídeo game faz é te deixar mau-humorado.Eu jogo zelda e te dou 500000000 se vc achar alguém que já me viu decepando alguém.Eu jogo cs e nunca encostei numa arma.Tenho uma mente sã.É isso que importa.Se um dia eu virar assasino(que isso não aconteça)não será por causa do vídeo-game.E sim por que eu sou ou:

    Loko
    Burro
    Invejoso

    PS:Minha quinquagésima mensagem!!ehhhhhhhhhhhhhhhhhheeeeeeeee!!!CLAP CLAP!!!!!!!!!!!!PALMAS!!!!!!!!!!!!Cheguei na idade honrrosa (the lord of rings.)
     
  18. *.Sarawood.*

    *.Sarawood.* Usuário

    Bem, eu jogo pra car*** todo dia, jogo: Driver 2(que dá para roubar carros)e nunca roubei um carro na minha vida(nem tentei :twisted: )jogo tmb GTA(Grand Theaf Auto)e jamais atirei, nem atropelei ninguém, a não ser no jogo que dá ponto... :twisted: jogo FF tmb, mas ai tem os que dizem que são violentos, ONDE TEM VIOLÊNCIA NAQUILO?!?!?!
    Ou seja, não é o jogo que é violento, e sim a pessoa que já nasce com esse "dom"pq falando sério, é mais fácil um filme, que é muiito mais real tornar uma pessoa violenta do que um game. Não tem lógica isso, e outra coisa, vc vendo uma pessoa apanhando ao vivo é mais fácil torna-la tmb mais violenta...o game não vem ao caso. Até pq se fosse assim, meus caros, eu estaria sendo procurada pelo FBI :lol: nem seria pela policia federa brasileira :lol:
     
  19. PleuraMan

    PleuraMan Usuário

    Mas gente, a questão tb é: porque temos prazer e diversão matando pessoas num jogo? Eu naum sei, mas gosto tenho esse prazer e essa diversão(mas às vezes me sinto culpado).
     
  20. Fox

    Fox Visitante

    É o nosso instinto animal da brutalidade sendo aliviado no processo de"matar" os "individuos" na telinha.
    MAs não se sinta culpado. Não são pessoas deverdade que você machuca. Muito melhor fazer isso no videogame do que na vida real
     

Compartilhar