1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Jogo de RPG motiva assassinato de família no ES

Tópico em 'RPG' iniciado por Deriel, 14 Mai 2005.

  1. Deriel

    Deriel Administrador

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    A Polícia Civil do Espírito Santo prendeu dois acusados pelo assassinato do aposentado Douglas Augusto Guedes, da mulher dele, a corretora de imóveis Heloísa Helena Andrade Guedes, e do filho do casal Tiago Guedes, em Guarapari. Os corpos dos três foram encontrados nos dia 5 de maio. De acordo com a polícia, a morte está ligada a um jogo de RPG.

    Segundo a polícia, Mayderson de Vargas Mendes, 21 anos, e Ronald Ribeiro Rodrigues, 22, confessaram que mataram a família motivados pelo jogo.

    No RPG, os jogadores representam personagens de uma história, sentados em círculo, em volta de uma mesa. O mestre cria o início do enredo da história é o mestre. A partir disso, os personagens criam o da trama.

    Segundo depoimento dos dois indiciados, eles estavam jogando RPG com Tiago, na casa da família, no dia em que as mortes aconteceram: 26 de abril. A partida já durava cerca de 5 horas naquele dia. Tiago teria perdido a partida e na história, o personagem dele, um policial, teria de morrer. Antes disso, os pais dele também seriam mortos.

    Os três teriam explicado ao casal o que aconteceria no enredo. Augusto e Heloísa aceitaram participar da "brincadeira" e deixaram-se imobilizar. Quando Ronald apareceu uma arma, a ficção começou a tomar forma de tragédia.

    Depois de dar sonífero para as vítimas , Ronald teria atirado contra o casal, com a presença com a presença de Tiago.

    O filho do casal, que também tomou sonífero, foi colocado na cama dos pais, e também morreu com um tiro na cabeça. Antes de matar o garoto, os dois acusados teriam ido ao banco e sacado R$ 1 mil da poupança do rapaz. Isso também estaria previsto no jogo, segundo os acusados. Um computador também foi levado.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Eu sempre alertei sobre esse tal de RPG, o jogo do demo... :mrgreen:

    Mas sério agora.

    O saco de tudo isso é que vai reacender toda aquela velha discussão sobre o RPG, o Gilberto Barros vai chamar aquele pastor doido que vai ficar crucificando o RPG e tudo o mais... quando o problema não está no RPG, mas nas pessoas... :osigh:

    Eu já vi esse filme antes.
     
  3. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Eu entrei direto aqui no fórum pra postar a mesma coisa....

    Mais uma vez a imprensa brasileira mostra como é atrasada e superficial...

    Nem colocar um "outro lado" pra alguém defender o RPG e se dizer imparcial o Terra fez...... :jornal:

    Pior é que a própria polícia diz isso.... Vergonhoso :oops:
     
  4. Finrod

    Finrod Visitante

    Agora só não podem falar que RPG não é adequado para pessoas com menos de 18 anos... :nope:

    Não pode culpar o RPG, o fato foi que só aconteceu a fatalidade porque os 3 garotos que estavam jogando levaram o jogo muito à sério (ou outro motivo), e acabaram cometendo um desastre.
     
  5. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    O que aconteceu não foi que eles levaram muito a sério. O que aconteceu é que juntou um monte de doente mental que por algum motivo explicável somente pela insanidade dos três, decidiram matar a família de um deles.

    Se eles realmente tivessem levado o jogo a sério, teriam levado a sério o aviso que existe em 100% do livros de RPG, de que o jogo não é real.

    É como querer culpar a fabrica de fósforos por um incêndio criminoso...
     
  6. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    O problema é que hoje em dia as pessoas têm mais merda do que cérebro na cabeça... :disgusti:
     
  7. Finrod

    Finrod Visitante

    Ah, sim... Meu erro de digitação. :wall:

    Ditto.
     
  8. dermeister

    dermeister Ent cara-de-pau

    Lá e de volta outra vez. Vamos ter que aguentar mais alguns meses de hype na imprensa sobre isso. A Folha também tem uma matéria sobre esse caso:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  9. Carriçø

    Carriçø Usuário

    Se o motivo do crime fosse só interpretação de papéis de um jogo de RPG, não seria necessário levar mais de R$ 4.000 da conta do cara, nem fazer a limpa na casa deles. Pra mim isso se chama assalto, e o RPG foi usado como pretexto.
     
  10. Metz

    Metz ...

    Kct só de ouvir "mataram porque jogaram RPG" ou então deixam isso claramente na reportagem, dá vontade de dar um pau na TV.
     
  11. KADU

    KADU Estão vendo esta caneta?

    Exatamente. Essa historia ta muito mal contada, e se realmente tudo aconteceu como contaram esse tal de Tiago era um doente mental de nivel tamanho que seria impossivel ninguem ter notado antes. Concordar em deixar matarem os pais e depois tomar sonifero para morrer deixando a conta bancaria para os amigos? Nem os tais doidos dos RPGistas sao capazes de acreditar nisso.
     
  12. Turgon

    Turgon 孫 悟空

    Concordo, isso está muito mal explicado.

    Pior que meu pai viu essa reportagem na Globo, no Jornal Nacional e já veio falar comigo sobre isso, só porque eu gosto de jogar. :roll:
     
  13. BLIND WIZARD

    BLIND WIZARD Ice Ice Baby

    Essa história é muito mal contada. Que cara comete um crime desses, deixa várias provas, (incluindo um bilhete escrito: Mayderson, se você quiser ir embora, fale com a minha mãe, mas eu prefiro que você fique.)
    E a primeira coisa que fizeram quando chegaram foi confessar e associar o crime ao RPG.

    Minha Opinião: Os caras cometeram o crime (talvez para roubar mesmo), quando a coisa ficou feia quiseram dar uma de doido para não serem presos.

    Obs: Se supostamente os Pais do cara concordaram com o jogo, o filho tinham razão de ser doido. :roll:
    Outra obs: a televisão fala tanta merda que os jornais tinham que ser proibidos para menores de 22. :lol:
     
  14. Ptah

    Ptah Usuário

    Eu me recordo que, sei la quanto tempo atras, um juiz do ES tinha conseguido proibir venda de livros de rpg, ou seja. A vontade de provar que rpg é coisa do demo é antiga por aquelas bandas. No fundo, tem gente que ainda deseja caçar bruxas e não sabe por onde começar, logo v~´ao falar que quem joga rpg é comunista e etc...
     
  15. Herrman

    Herrman Usuário

    Vai ver eles queriam comprar mais dados... :o?:



    Olha o que o RPG fez comigo...eu virei comunista... :twisted:
     
  16. str1ker

    str1ker Usuário

    :lol:

    Sim, sim. Vai ver queriam dados de 1000 faces, folheado à ouro élfico e autografado pelo Orlando Bloom.



    Mas, enfim, vários cornos matam por ciúme, e ninguém condena o sexo.
     
  17. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    Muitos morrem em briga de torcida e ninguém cogita em proibir o futebol....
     
  18. Herrman

    Herrman Usuário





    :lol: :lol: :lol: To me rachando até agora :lol: :lol: :lol:


    Deveriam também proibir novela mexicana(não que tenha qualquer coisa haver, mas é um sacrilégio para a inteligência humana...) :?
     
  19. KADU

    KADU Estão vendo esta caneta?

    :lol:
    Muito boa cara, essa foi a frase do ano.
    :clap:
     
  20. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    E o tal mongolão do ES inventou um projeto de lei pra impedir a venda de livros de RPG por lá...
     

Compartilhar