1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Jimmy

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por Vail Martins, 19 Abr 2010.

  1. Vail Martins

    Vail Martins Usuário

    _Jimmy, vai ser assim, ó... Me escute Jimmy! Pare de tirar fotos destes passarinhos, você não percebe que eles querem intimidade?_gritou Lois Lane dando um cascudo na cabeça de Jimmy Olsen.
    _Hã?... Ah! Desculpe. É que eu tô trabalhando numa série de fotos sobre a vida selvagem. A reprodução de passarinhos faz parte, sabe? _disse Jimmy._E, além disso, eu to achando tão legal...
    _Chega! Preste atenção Jimmy, é importante!
    _Mas a reprodução dos passarinhos também é! Olha lá! Há... então é assim que...
    _Chega! Presta atenção! _ gritou Lois Lane _ Vai ser assim.... Você me amarra naqueles trilhos de trem ali adiante. Já me informei. O trem deve passar por volta das três. Daqui a quinze minutos...
    _Mas isso não é perigoso?
    _Sim! E ai está a graça nisso tudo!
    _Não entendi! Como pode ser engraçado?
    _Nós estamos tentado entrevistar o super-homem há muito tempo.
    _É verdade.
    _O povo de Metrópolis quer saber mais sobre ele. Onde ele nasceu? Porque a Terra quando existem muitos outros planetas mais interessantes? A cueca por cima do collant tem algum significado cósmico?
    __Eu tenho algumas teorias sobre isso...
    _Que seja! Então, você me amarra nos trilhos. Pega o carro e liga lá pro jornal naquele telefone que a gente viu na estrada quando vinha para cá, pede para eles espalharem a noticia. O super-homem sempre assiste o “Cidade Alerta” e correr para cá, vai chegar bem a tempo de me tirar dos trilhos antes do trem passar. Não é genial?
    _Bem... eu tinha uma palavra para coisas assim mas ela me escapa agora... _ disse, diplomático.
    _Tudo bem. Me amarre. E bem forte viu?!? Não queremos que eu consiga escapar, não é?
    Jimmy amarrou Lois nos trilhos. Pensou em amordaçá-la, um desejo antigo, o silêncio parecia tão precioso quando Louis estava por perto, mas desistiu.
    _Agora vai Jimmy. E não se esqueça de falar o quanto eu estou assustada e indefesa.
    Enquanto via o carro desaparecer numa nuvem de poeira, Lois ia pensando em como seria quando o super-homem chegasse. Bolou um olhar especial para essa ocasião. Ela estava vestindo uma roupa de couro que até um criptoniano sem um pingo de testosterona acharia sexy. E por baixo de tudo isso, uma lingerie especial, com um enorme “S”, do símbolo que ele tinha no uniforme, compondo a palavra “Salve-me”. Ela não ia precisar falar nada, afinal, ele tem visão de raios-X, pensou soltando um risinho divertido enquanto suas bochechas coravam.
    _Isso, chefe... Na linha do trem... Isso, o trem vai passar às três. É... amarrada...
    _Bom, Jimmy. Temos um problema, então _ disse Perry White, o editor do Planeta Diário_ o super-homem não está em condições.
    _Como é?
    _Sim. Ontem ele teve uma... hum.. luta com o Lex Luthor. Ele não está nada bem.
    _Ele foi ferido?
    _Só o orgulho dele. Parece que ontem Luthor chamou o super-homem para uma conversa. Disse que estava arrependido, chorou bastante dizendo que era um incompreendido, aquela conversa fiada de sempre, de como sua infância tinha sido difícil, que a falta de cabelos o prejudicava com as mulheres. E o super-homem, você conhece _ disse o editor com visível tom de reprovação _ é meio lento para esse tipo de coisa. Acreditou em tudo, até adicionou o Luthor no Orkut dele.
    _Mas chefe, e a Lois?
    _Ah, Jimmy. Ela vai ter que se virar. Por que com o super-homem não dá para contar. Ele tá mal. Parece que o Lex depois de toda aquela choradeira ofereceu para ele uma sopa de ervilhas, dá para acreditar? Sopa de ervilhas com criptonita! Bem bolado, né? Tudo verde... Bom... o Super comeu tudo. Tudinho! Luthor só não contava que o estomago do homem de aço não fosse aceitar bem aquilo e eliminasse tudo numa super-dor-de-barriga. Agora ele está lá, em algum lugar do deserto de Nevada. O barulho acho que dá para ser ouvido no Canadá. Não está trovejando ai também não?
    _Mas a Lois vai ser esmagada pelo trem! Faltam poucos minutos!
    _Ah, Jimmy, não enche! Nós dois sabemos que ela mesma deve ter se amarrado naqueles trilhos. Volte lá e a desamarre. Por que o super-homem... Francamente, né? Ele devia ter imaginado. Afinal, foi a terceira vez esse ano que o Luthor vinha com essa conversa de arrependimento... Bom, volte lá e a desamarre, Jimmy... ou tente o Batman. Tchau!
    _Putz! Tô ferrado!_pensou Jimmy Olsen, pois sabia que não ia dar tempo de voltar, os trilhos ficavam muito longe dali. Ele pensou em como estaria o México essa época do ano... " Ou quem sabe o Brasil? ", pensou.
     

Compartilhar